Domingo, 27 de Setembro de 2015

Competição termina em Misano com posições a definir

Competição termina em Misano com posições a definir

Lugares no pódio final ainda em aberto

12046638_785380891587812_1140172906886876904_n.jpg

 O Troféu 500 Assetto Corse Portugal, cumpre nos dias 2, 3 e 4 de Outubro, a sua quinta e derradeira jornada, no circuito italiano de Misano, naquela que foi uma temporada em que a internacionalização foi a nota dominante, e uma aposta ganha por parte de Jorge Rodrigues, responsável pela organização da competição.

Depois da passagem por Braga e Vila Real, em solo nacional, o Troféu 500 Assetto Corse Portugal, já passou por Spa-Francorchamps, na Bélgica, Imola em Itália, terminando agora com mais uma etapa transalpina no Misano World Circuit - Marco Simoncelli.
Manuel Pedro Fernandes é já o virtual campeão, mas nem por isso esta etapa deixará de ter pontos de interesse na luta pelos lugares seguintes que ainda estão em aberto.
Nuno Cardoso, campeão em 2013 é, nesta altura, o segundo classificado, depois de já ter vencido este ano uma vez, neste caso, em Vila Real. O piloto de Vila das Aves tem apenas dois pontos de avanço sobre José Carlos Pires. Este último, está a ter uma parte final de época forte, vencendo três corridas seguidas, das oito realizadas no total. A luta pelo segundo lugar promete, tal como para os lugares seguintes.
Bernardo Gonzalez é quarto, tem nesta altura mais sete pontos que José Rodrigues. Estes dois pilotos ainda têm possibilidades de ascender ao segundo lugar, embora não dependam apenas de si para isso suceder. No entanto, a luta pontual entre os dois também se apresenta como um foco de interesse, mais que não seja, na disputa pela terceira posição final.
Depois, assiste-se ao regresso de José Manuel Pires e Francisco Carvalho, ausentes em algumas provas. Quer um, quer o outro, já subiram ao pódio este ano e com apenas três pontos entre eles de diferença, a luta também se espera animada.
O programa começa no dia 2 de Outubro com uma sessão de treinos livres agendada para as 17h20. No dia seguinte, os treinos cronometrados começam às 10h40. Ainda no sábado, a primeira corrida está marcada para 18h30. Por fim, a segunda corrida será no domingo, às 16h20.

 

12043005_787862804672954_3789064325788553350_n.jpg

Treinos Cronometrados - Troféu 500 AC Portugal

Circuito de Misano - Itália
1º José Rodrigues, 1m56,796s; 2º José Carlos Pires, 1m57,003s: 3º Nuno Cardoso, 1m57,725s; 4º Bernardo Gonzalez, 1m58,789s.

12072712_787993171326584_6233222730667793314_n.jpg

1ª Corrida - Troféu 500 AC Portugal – Disputada à noite
Circuito de Misano - Itália
1º José Carlos Pires; 2º Bernardo Gonzalez; 3º José Rodrigues; 4º Nuno Cardoso

 

10689879_788362584622976_3770569608554713854_n.jpg

 

2ª Corrida - Troféu 500 AC Portugal
Circuito de Misano - Itália

1º José Rodrigues; 2º Nuno Cardoso; 3º José Carlos Pires; 4º Francisco Rodrigues.

12143285_788362547956313_1812364220916119896_n.jpg

 

José Carlos Pires e José Rodrigues foram os vencedores em Misano

O Troféu 500 Assetto Corse Portugal, cumpriu a sua derradeira jornada no circuito de Misano, em Itália, com José Carlos Pires e obter mais uma vitória, na primeira corrida, enquanto na segunda, foi José Rodrigues a levar a melhor. Pires foi penalizado na segunda corrida, depois de ter liderado de início a fim.
Na primeira corrida, com a particularidade de ter sido à noite, José Rodrigues aproveitou bem o fato de largar da primeira posição para se colocar na frente. Logo a seguir vinha José Carlos Pires e Bernardo Gonzalez. Nuno Cardoso sofreu um toque logo no arranque e desistiu mais tarde com o intercooler danificado.
No final da primeira volta o «Safety-Car» entrou em pista, e no reatamento, Rodrigues e Pires lutavam metro a metro pela liderança, com estes dois pilotos a serem mesmo os melhores entre os concorrentes do Troféu 500 Europeu.
Com sete voltas decorridas, o «Safety-Car» volta a entrar em ação, depois de mais um acidente, e no recomeço, faltavam três voltas para terminar, José Carlos Pires chega à liderança, mas José Rodrigues nota que o seu carro começa a perder rendimento. Este problema, que se traduziu num furo pequeno na radiador, depois dos toques no arranque da corrida, veio mesmo a implicar a desistência do piloto de Braga. José Pires limitou-se depois a segurar o primeiro posto e a conquistar mais uma vitória: “Foi uma boa corrida para mim, depois de uma boa partida, pois tive uma boa opção de arrancar por fora ao contrário de alguns adversários. Ganhei algumas posições e disputava o lugar com o José Rodrigues. Atrás de nós vinham alguns pilotos do Troféu 695 que não facilitavam e forçavam a passagem. Um deles capotou quando tentava passar-me e eu desviei-me bem. No reatamento, consegui passar o José Rodrigues e fui até ao final em primeiro”, esclareceu.
Bernardo Gonzalez, ficou com o segundo lugar, depois de andar sempre no grupo dos portugueses, ou seja, no topo da corrida. O piloto de Lisboa viu a oportunidade de chegar ao lugar intermédio do pódio e não a desperdiçou. José Rodrigues, apesar de cumprir apenas oito voltas, ainda foi terceiro classificado.
Na segunda corrida, José Carlos Pires arrancou muito bem e esteve na liderança até ver a bandeira de xadrez. Contudo, não venceu a prova pois sofreu uma penalização de 25 segundos, que lhe retirou o triunfo nacional e europeu: “Entenderam que eu cortei muito as bermas numa parte da pista e penalizaram-me. De qualquer forma, sou segundo na classificação final do Troféu”, esclareceu o piloto que ainda foi terceiro da corrida.
Com os danos da primeira corrida reparados, José Rodrigues voltou à ação para terminar a vencer. Sempre seguido por Nuno Cardoso, os dois pilotos tentaram ao longo da prova ir ganhando posições em termos gerais e isso foi conseguido. Na parte final, Rodrigues conseguiu alguma vantagem que permitiu gerir: “Estou muito satisfeito com esta minha primeira vitória. Já não contava correr hoje, mas a equipa V-Action conseguiu recuperar o meu carro e dou-lhes os meus parabéns. Venci porque o José Carlos Pires foi penalizado, mas tive hoje a sorte que não tive na primeira corrida”, disse no final.
Nuno Cardoso fechou as presenças no pódio, depois de ter quase sempre andado perto de José Rodrigues. O piloto de Vila da Aves confirmou a terceira posição da classificação geral.
Já Francisco Rodrigues, que partilhou o carro com Bernardo Gonzalez, ficou com a quarta posição, tendo sofrido um toque logo nos primeiros metros da corrida que o atrazou.

A classificação final do Troféu 500 Assetto Corse Portugal é a seguinte:
1º Manuel Pedro Fernandes, 175 pontos; 2º José Carlos Pires, 153; 3º Nuno Cardoso, 131; 4º José Rodrigues, 125; 5º Bernardo Gonzalez, 121.

 


publicado por dinis às 14:53
link do post | comentar | favorito
Domingo, 20 de Setembro de 2015

Troféu Abarth 500 Portugal - Imola

Troféu Abarth 500 Portugal Imola

Dupla vitória de José Pires em Imola, com o titulo a ficar com Manuel Pedro Fernandes

11143369_782299251895976_6207102851339735207_n.jpg

12032982_782299315229303_3166577767091141108_n (1)

12039251_782299158562652_9152933491738375486_n.jpg

 

12003895_782684308524137_555354966822195697_n.jpg

Pódio da segunda corrida do Troféu AC 500 Portugal em Imola

 

José Carlos Pires foi o grande dominador da quarta jornada do Troféu 500 Assetto Corse Portugal, que teve lugar no circuito italiano de Imola. O piloto de Espinho, foi o mais rápido na qualificação e venceu as duas corridas sem grandes problemas.

Mas motivos para sorrir tem também Manuel Pedro Fernandes que, apesar dos dois terceiros lugares, é já o virtual vencedor absoluto da edição 2015 do Troféu 500 Assetto Corse Portugal.

Arrancando da primeira posição, depois de ser o mais rápido na qualificação, José Carlos Pires instalou-se no comando da primeira corrida, tendo atrás de si Nuno Cardoso, Manuel Fernandes, José Rodrigues e Bernardo Gonzalez. As posições mantiveram-se até à quinta volta, altura em que Cardoso não consegue evitar o toque num concorrente que seguia à sua frente e que fez um pião, e passa para a última posição. Nesta altura, Fernandes passa para segundo, mas Pires mantinha-se na frente e começava a desenhar a vitória. Até final, ainda houve mais alterações, com algumas saídas de pista, como o caso do comandante da classificação geral que, a três voltas do fim, perdeu o segundo lugar para José Rodrigues que aproveitou bem a oportunidade de subir a segundo. José Pires venceu assim a sua segunda corrida do ano, depois de liderar todas as voltas: “Começou bem para mim na qualificação onde consegui fazer várias voltas no mesmo segundo. Estava com muita confiança para a corrida e aqui arranquei bem. Tive algumas complicações com os concorrentes do Troféu 695 Europeu que atrapalharam um pouco, pois eles têm carros mais potentes. O Nuno Cardoso ainda esteve perto, mas depois fui-me embora e fiz o resto da corrida mais tranquila”, disse o vencedor do no final.

Manuel Fernandes já não foi a tempo de tentar recuperar o segundo lugar, tendo ficado atrás de José Rodrigues. Bernardo Gonzalez, foi quarto, com Nuno Cardoso, após o toque que danificou a mecânica do seu carro, a ser quinto classificado.

Para a segunda corrida, José Carlos Pires aplicou a mesma fórmula da primeira. Arrancou bem e cedo começou a ganhar vantagem. Ao longo de toda a corrida dominou os acontecimentos para voltar a ser o primeiro a ver a bandeira de xadrez: “Acho que esta prova foi melhor que a primeira. Disputei a liderança do Troféu 500 Europeu com o vencedor do ano passado. Estive na frente durante mais de metade das voltas. Estava muito rápido mas ele tinha mais carro que eu nas retas”, avançou o piloto, sublinhando: “Em termos nacionais, estive muito bem, numa corrida quase sempre no máximo. Entre os portugueses, cedo me destaquei, e depois tentei o melhor resultado em termos gerais”.

Para o segundo lugar houve um pouco mais de disputa. Manuel Fernandes surpreendeu José Rodrigues no arranque e colocou-se na segunda posição. Ao longo de quatro voltas foram estes os lugares. Rodrigues, contudo, veio a recuperar o lugar intermédio do pódio. Ainda sofreu alguma pressão, mas nas derradeiras voltas conseguiu segurar bem o lugar. Francisco Rodrigues, que fez equipa com Bernardo Gonzalez, foi quarto classificado, enquanto Nuno Cardoso, apenas deu 6 voltas, depois de um toque que lhe danificou o radiador.

Manuel Pedro Fernandes, conseguiu assim, ser já o campeão, não escondendo a sua satisfação: “Naturalmente que sim. Depois de uma corrida apenas em 2014, a ideia era fazer a época este ano. Em princípio era só para fazer Braga e Vila Real, mas como as coisas correram bem, e o projeto para o WTCC em Vila Real não foi possível, decidi apostar nesta competição”, avançou o piloto de Vila Real, que considera: “Não ter sido uma época fácil. Os adversários evoluíram muito e por isso, a minha tarefa foi difícil, provado pelo que aconteceu agora em Imola”, concluiu.

 

Manuel Pedro Fernandes é o vencedor absoluto do Troféu Abarth500

Foi um fim de semana em cheio em Ímola. Além dos habituais momentos de sofrimento e concentração em busca do objetivo, deu também para outros momentos de convívio, descontração e camaradagem, que perdurarão na memória de todos que acompanharam o Manuel Pedro Fernandes nesta incursão a Itália e que acabou por coroá-lo como Vencedor Absoluto do Troféu Abarth 500 Portugal, 2015.

11250084_948074261920273_5128950150675246098_n.jpg

12002981_948073955253637_917446137630487134_n.jpg

12003020_948074078586958_1542304005792754415_n.jpg

12004063_948074168586949_5054014313853614788_n.jpg

12004829_948074271920272_8144657806555146160_n.jpg

12004962_948074285253604_3087068148211447952_n.jpg

12006251_948073911920308_341961575902954068_n.jpg

12019844_948074151920284_7467867677158405424_n.jpg

12027681_948074051920294_5741189132869492401_n.jpg

12032110_948073845253648_4509814467054061323_n.jpg

12036629_948073778586988_4249219731807838301_n.jpg

12036758_948073981920301_309307098422800766_n.jpg

12038220_948073831920316_8198284968557612934_n.jpg

 

12038500_948074031920296_2526088854554691246_n.jpg

12038531_948073988586967_5102512521038902505_n.jpg

12046650_948073775253655_8877555460090219831_n.jpg

12046650_948073885253644_7575056641635957784_n.jpg

12046830_948074005253632_3013890238633637268_n.jpg

12049265_948073908586975_2318194011766739674_n.jpg

12049607_948073785253654_3330013047844029346_n.jpg

 

 


publicado por dinis às 22:58
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 18 de Setembro de 2015

Troféu Abarth 500 Portugal no Autódromo Dino e Enzo Ferrari - Imola

Troféu Abarth 500 Portugal no Autódromo Dino e Enzo Ferrari - Imola

Quarta etapa do Troféu 500 AC Portugal

11149586_10206650107403894_1251569558334189580_n (Partita la spedizione delle 500 Abarth del Troféu Portugal... Imola arriviamo!

11998997_946196945441338_6525757743738943126_n.jpg 

12036925_996027557115959_5055998492763557815_n.jpg

Treinos Livres - Troféu 500 AC Portugal sexta-feira

1512819_781190332006868_340094551607121907_n.jpg

1º Manuel Fernandes, 2m10,354s;

2º José Pires, 2m10,824s;

3º José Rodrigues, 2m10,959s;

4º Nuno Cardoso, 2m11,629s;

5º Bernardo Gonzalez, 2m14,047s.

 

Treinos Cronometrados 

É muito o calor que se faz sentir em Ímola.
Com o fim do primeiro dia deste fim de semana, no qual decorreram os treinos livres, o resultado foi bom. Primeiro tempo no Trofeu Abarth 500 Portugal e também primeiro tempo no Trofeu Abarth 500 Europa.
Agora é tempo de descansar e preparar os treinos cronometrados e a primeira corrida de amanhã.

 

SÁBADO (Saturday):

12019833_946676035393429_8196448139883554619_n.jpg

 12h30 (11h30 PT) - Qualificação

 

Terminaram os treinos cronometrados.
Manuel Pedro Fernandes fez o segundo melhor tempo, a um décimo de segundo do melhor tempo.
Na penultima volta, quando se preparava para atacar o melhor tempo, sofreu um toque de um 695 que tinha saido de pista, impedindo o piloto de Vila Real de voltar ao ritmo que tinha até então.
Agora é tempo de descansar e preparar a primeira corrida de mais logo à tarde.

 

1º José Pires, 2m08,636s;

2º Manuel Fernandes, 2m08,863s;

3º José Rodrigues, 2m08,989s;

4º Nuno Cardoso, 2m09,893s;

5º Bernardo Gonzalez/Francisco Rodrigues, 2m11,710s

12004886_946733822054317_1848325278342168066_n.jpg

12038486_946733845387648_2818261379290176027_n.jpg

 17h25 (16h25 PT) - Corrida 1

 

Terminou o segundo dia de provas em Ímola.

Hoje realizaram-se os treinos cronometrados e a primeira corrida.
Nos treinos, MPF obteve o segundo melhor tempo e na corrida ficou-se pelo terceiro posto.

A corrida em si, foi bastante atribulada, com bastantes toques já que à partida a grelha estava preenchida por carros de três campeonatos diferentes.

Muitas ultrapassagens, e mesmo muitas saídas de pista, Os pilotos portugueses viram-se envolvidos na luta pelos lugares cimeiros do Europeu 500 e do Europeu 695.

Ainda assim, com o terceiro posto, MPF conquistou 15 pontos, tendo ainda obtido mais um pelo facto de ter efetuado a volta mais rápida da prova.

12027588_946920552035644_6616443577365352961_n.jpgAmanhã, segue-se então a segunda corrida, a partir das 15h05 (14h05 PT).

11220106_529635900534319_6692005616333971860_n.jpg

12049538_991936660858409_2402242773565416290_n.jpg

12049698_947283075332725_6903543672311785077_n.jpg

 Parabéns Campeão, extensível a toda a sua equipa.

12019776_947282898666076_4897660963020486299_n.jpg

11350921_529635830534326_1776481062831690698_n.jpgImagems da sua Filha  Francisca Fernandes

 

12046652_947852835275749_6319123056653910611_n.jpg

 


publicado por dinis às 14:09
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 10 de Setembro de 2015

Troféu Abarth 500 Portugal no Autódromo Dino e Enzo Ferrari

 

Troféu Abarth 500 Portugal no Autódromo Dino e Enzo Ferrari

 

Competição prossegue em Itália


Imola é palco da quarta jornada do Troféu 500 Assetto Corse Portugal

O Troféu 500 Assetto Corse Portugal prossegue nos dias 18, 19 e 20 de Setembro com a sua segunda jornada internacional, quarta em termos gerais, em Imola em Itália.
No Autódromo Dino e Enzo Ferrari, a competição portuguesa fará parte do programa de mais uma etapa do Ferrari Challenge Europa, estando em pista com os Troféus Abarth 500 Itália e Europeu, reunindo assim um grande lote de carros e pilotos.
Manuel Fernandes chega a esta altura na liderança da classificação, sendo um dos grandes favoritos a somar mais um triunfo ao seu palmarés. O piloto de Vila Real pode ainda, antecipadamente, resolver já a questão do titulo a seu favor, a uma prova do final da temporada.
Grande interessado em que isso não aconteça é Nuno Cardoso, segundo da classificação geral, tendo nesta altura menos 41 pontos que o seu adversário mais direto. O piloto de Vila das Aves é o único que pode impedir Manuel Pedro Fernandes de festejar.
Nos lugares seguintes a luta também promete, neste caso, por um dos lugares do pódio final. Bernardo Gonzalez está no terceiro posto, mas tem José Pires e José Rodrigues perto, pelo que tudo está em aberto. Embora mais atrás na classificação, fruto de alguns contratempos ao longo da época, Francisco Carvalho é sempre um nome a ter em conta na luta por um dos melhores lugares desta jornada.
O programa desta mais esta incursão internacional Troféu 500 Assetto Corse Portugal, começa na sexta-feira, 18 de Setembro, com uma sessão de treinos livres às 13h10. No sábado, os treinos cronometrados estão agendados para as 11h30, com a primeira corrida a ser disputada às 16h25. No domingo, a segunda corrida do programa tem lugar às 13h55.

Classificação do Troféu 500 Assetto Corse Portugal, após SPA:
1º Manuel Fernandes, 144 pontos; 2º Nuno Cardoso, 103; 3º Bernardo Gonzalez, 67; 4º José Pires, 59; 5º José Rodrigues, 48; 6º José Manuel Pires, 30; 7º Francisco Carvalho, 27; 8º Rui Meireles, 25; 9º João Ribeiro, 24; 10º António Costa, 17; estão classificados mais 10 pilotos.

11222576_776301172495784_2382687001778309977_n.jpg


publicado por dinis às 22:35
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 23 de Julho de 2015

Spa-FranchampsTroféu Abarth 500 Portugal

 Troféu Abarth 500 Portugal

 

Primeira prova internacional tem lugar em Spa-Franchamps

Jornada portuguesa acompanha as 24 Horas de Spa

10524615_749592648499970_639393885542196797_n.jpg

Depois das emoções fortes em Vila Real, o Troféu 500 Assetto Corse Portugal está de partida para a Bélgica, onde nos dias 23 a 25 de Julho disputa a sua primeira etapa internacional deste ano e terceira do seu calendário.

Será no mítico circuito de Spa-Francorchamps com os seus pouco mais de sete quilómetros, que a competição portuguesa vai evoluir acompanhando as 24 Horas de Spa, etapa do campeonato Blancpain Endurance Series que passará por Portugal em Setembro, no Algarve.

Após as duas primeiras jornadas, Manuel Pedro Fernandes lidera a classificação geral, ele que em quatro corridas conseguiu três vitórias e um segundo lugar. O piloto de Vila Real volta a ser um dos fortes candidatos ao triunfo, mas não está sozinho. Nuno Cardoso, que também já subiu ao lugar mais alto do pódio este ano, também é um dos interessados no triunfo. Mas a lista não se fica por aqui, pois há que contar com José Rodrigues, também ele, um dos mais rápidos do pelotão.

Bernardo Gonzalez é outra das presenças em destaque tal como José Pires ou a dupla António Costa e Francisco Carvalho. Os atuais campeões em título ainda não conseguiram traduzir em resultados o seu andamento. Carvalho é um dos que já correu em Spa-Francorchamps, conhecendo assim o traçado belga.

O programa desta primeira incursão internacional de 2015 do Troféu 500 Assetto Corse Portugal, começa na quinta-feira, 23 de Julho com os treinos livres agendados para as 14h30. No dia seguinte a qualificação começa às 09h00, tendo ainda lugar nesse dia a primeira corrida às 12h55. No sábado, 25 de Julho, a derradeira prova está marcada para as 09h40.

Classificação do Troféu 500 Assetto Corse Portugal, após Vila Real:

1º Manuel Pedro Fernandes, 98 pontos; 2º Nuno Cardoso, 76; 3ºs José Rodrigues e Bernardo Gonzalez, 40; 5º José Manuel Pires, 30; estão classificados mais 15 pilotos

11703385_917883308272702_8931121881879277234_n.jpg

13726_917883321606034_8511887913093278657_n.jpg

11703385_917883308272702_8931121881879277234_n.jpg

"Queremos esclarecer que, em Spa-Francorchamps, o ‪#‎MPF‬ está a correr o Trofeu Abarth 500 Portugal e, na mesma prova, há mais um trofeu em disputa: o Trofeu Abarth 695 Europa.

No Trofeu Abarth Europa, os carros, como o nome indica são os Abarth 695, com caixa sequencial e uma diferença de cavalagem enorme para o bólide português.

#MPF"

150723_Abarth_Spa_Trofeo-Abarth-Selenia-Europa.jpgClassifica Trofeo Abarth Selenia Europa: 1. Scalvini 60; 2. Anselmi 58; 3. M. Campani 57; 4. Lilja e Pajuranta 52.

Classifica categoria Abarth 500 Assetto Corse Europa: 1. Appelqvist 79; 2. Darbom 76; 3. Cimarelli 64; 4. Arrigosi 39; 5. Di Cosmo 35
 

23/07

Classificação - Treinos Livres em Spa-Francorchamps:
1º Manuel Fernandes, 2m57.004s; 2º José Rodrigues, 2m57,514s; 3º Bernardo Gonzalez, 2m58,734s; ..

Sexta-feira 24/07

Começou mais um dia....

11693959_575258949280782_6282462866257063631_n.jpg

 Sessão de qualificação 

11755835_918371304890569_3643583569007979765_n (1)

Classificação  - 1ª Corrida - Spa-Francorchamps

Manuel Fernandes foi o vencedor da primeira corrida no Troféu Abarth 500 Portugal e foi 7º da geral.

manuel Fernandes _n.jpg

1º Manuel Fernandes
2º José Pires
3º Nuno Cardoso
4º Benardo Gonzalez
José Rodrigues - Desistência na 2ª volta
Francisco Carvalho - Desistência

 

150724_Darbom.JPG

" Trofeo Abarth Selenia Europa: Successo dello svedese Lilja a Spa Francorchamps

Lo svedese Niklas Lilja, su Abarth 695 Assetto Corse Evoluzione, ha vinto la prima delle due gare del terzo appuntamento del Trofeo Abarth Selenia Europa, disputata sul circuito belga di Spa-Francorchamps nell’ambito della prestigiosa 24 Ore Gran Turismo Bancpain.
Grazie a questo successo Lilja si porta al comando della classifica generale del Trofeo Abarth Selenia Europa, nella quale precede Anselmi.
Con ben 24 Abarth al via, equamente distribuite tra i modelli Abarth 695 Assetto Corse Evoluzione e Abarth 500 Assetto Corse, non sono mancati lo spettacolo e i colpi di scena.
In Gara1 al via Lilja sfruttava bene la pole e si portava in testa davanti a Pajuranta, mentre Campani riusciva a superare Anselmi. Quest’ultimo si riportava però subito dopo al terzo posto. Nel secondo giro Barberini superava Campani, e subito dopo anche Anselmi. Nella tornata successiva Pajuranta attaccava Lilja, ma andava in testacoda e perdeva alcune posizioni, ritrovandosi 6°. Anche Barberini usciva di pista lasciando via libera ad Anselmi e Campani.
A metà gara, con le prime due posizioni ben delineate, si scatenava la lotta per la terza piazza tra Campani, Scalvini e Pajuranta. Gli ultimi due entravano appaiati alla curva più difficile,

denominata “Raidillon”, entrando in contatto. Scalvini usciva di pista sbattendo contro le protezioni, ma la robusta struttura dell’Abarth 695 Assetto Corse Evoluzione, gli permetteva di uscire indenne dall’incidente.

La corsa si concludeva in regime di safety car con Lilja vincitore davanti ad Anselmi e Campani.
Molta lotta anche nella categoria delle Abarth 500 Assetto Corse, con lo svedese Darbom che precedeva il portoghese Manuel Fernandes e l’italiano Franco Cimarelli. Grazie a questo successo Darbom scavalca nella classifica di categoria del Trofeo il connazionale Appelqvist.
Domani (sabato) la seconda corsa con il via alle ore 10,35 con diretta televisiva su SKY Sport2 HD, preceduta dalla differita di Gara1.
Classifica Gara1: 1. Niklas Lilja 9 giri in 26’36”469; 2. Luca Anselmi +1”094; 3. Maurizio Campani +2”184; 4. Cosimo Barberini +3”322; 5. Juuso Pajuranta +5”422; 6. Joakin Darbom (Abarth 500 Assetto Corse) +6”022; 7. Manuel Fernandes (Abarth 500 Assetto Corse) +7”137; 8. José Pires (Abarth 500 Assetto Corse) +9”205; 9. Jorge Rodrigues +10”699; 10. Franco Cimarelli (Abarth 500 Assetto Corse) +20”225. Tutti gli altri su Abarth 695 Assetto Corse Evoluzione. Giro veloce di Anselmi in 2’47”086, media 150,9 km/h.
Classifica Trofeo Abarth Selenia Europa: 1. Lilja 78; 2. Anselmi 77; 3. M. Campani 72; 4. Pajuranta 62; 5. Scalvini 60.

 

Classifica categoria Abarth 500 Assetto Corse Europa: 1. Darbom 101; 2. Appelqvist 95; 3. Cimarelli 82; 4. Arrigosi 39; 5. Di Cosmo 35"
In:
.http://passioneautoitaliane.blogspot.it/2015/07/trofeo-abarth-selenia-europa-successo.html

 

11745354_752835271509041_586739130655179969_n.jpg

Segunda corrida do Troféu 500 AC Portugal em Spa-Francorchamps

Sábado, 25 de Julho - 09h40

Contando a classificação geral, e invertendo-se os 8 primeiros para a segunda corrida, amanhã, o #MPF parte da 2ª posição da grelha

 

11755893_981524308577314_5116637520293555895_n (1)

Troféu Abarth 695 Europeu – Circuito de Spa-Francorchamps

11796348_753258894800012_1376681154088961079_n.jpg

 

11760322_753258554800046_8508741040143273653_n.jpg

 

11745630_753257541466814_365180769605068804_n.jpg

Jorge Rodrigues com jornada complicada em 

Spa-Francorchamps

Não foi fácil a presença de Jorge Rodrigues em mais uma etapa do Troféu Abarth 695 Europeu que teve lugar este fim-de-semana no circuito belga de Spa-Francorchamps.
De fato, o piloto de Braga debateu-se com alguns problemas no seu carro, na primeira corrida e qualificação, que não permitiram lutar por posições melhores que o sexto lugar.
Logo desde os treinos cronometrados Jorge Rodrigues constatou que algo estava errado: “O carro não apresentou a estabilidade desejada nem o rendimento que estava à espera. Tentei o tudo por tudo, fiz um grande esforço para ficar neste lugar, mas não deu para mais. Perdi alguns segundos por volta para os mais rápidos e assim a minha tarefa tornou-me muito complicada”, desabafava o piloto.
Depois da equipa ter verificado o carro, constatou-se que se tratava de um problema com a suspensão, pelo que Jorge Rodrigues estava agora em posição de poder lutar por um lugar melhor.
Com as condições meteorológicas a não ajudarem, pois na segunda corrida choveu, o piloto de Braga partia cá atrás com as dificuldades que isso sempre acarreta: “O carro estava melhor, mas tive muitas dificuldades em passar alguns concorrentes, mesmo os que disputam o Troféu 500 Europeu. Com o piso molhado, as diferenças de potência não são tão evidentes em relação aos carros do Troféu 695”, esclareceu o piloto, acrescentando ainda: “Fiz a minha corrida com muitas cautelas, tentando não cometer nenhum excesso. Fui subindo alguns lugares, mas quando consegui passar alguns concorrentes mais lentos, já era tarde para ir mais à frente”, concluiu Jorge Rodrigues que repetiu a sexta posição da primeira corrida.
A próxima etapa está marcada para os dias 29 e 30 de Agosto no circuito de Sachsenring, na Alemanha.

 

" Manuel Pedro Fernandes e José Pires repartem vitórias em Spa-Francorchamps!

Apesar de ainda ter subido ao mais alto lugar do pódio também na 2ª Corrida, Manuel Pedro Fernandes viu mais tarde ser-lhe retirado esse lugar pela direção de prova, isto porque depois de uma luta muito interessante com José Pires, e de ter consumado a ultrapassagem e chegar ao primeiro lugar, foi mostrada na mesma volta a bandeira vermelha e o consequente termino da prova. Como a classificação que prevalece é a da volta anterior, José Pires acabou por ficar com a vitória.

Consideramos contudo, que o balanço foi extremamente positivo, pois obtivemos a pole, volta mais rápida em corrida e uma vitória e segundo lugar, o que contribuiu para consolidar o comando no Trofeo Abarth 500 Portugal"

 

 

 


publicado por dinis às 14:03
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10

15
19
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Competição termina em Mis...

. Troféu Abarth 500 Portuga...

. Troféu Abarth 500 Portuga...

. Troféu Abarth 500 Portuga...

. Spa-FranchampsTroféu Abar...

.arquivos

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs
RSS