Segunda-feira, 27 de Maio de 2024

Lola T290 #HU2, Vic Elford - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Lola T290 #HU2, Vic Elford - Um olhar sobre as minhas miniaturas

1096 Lola T 280 Vila Real 1972 Solido transformada

Lola T290 #HU2, Vic Elford

Modelo real

Prova - XIX Circuito internacional de Vila Real 1972

Piloto – Vic Elford

Entre os presentes no Circuito, circulava que a equipa Bonnier estava com dificuldades na fronteira de Fuentes de Onoro  e Vic Elford, Bragation, Mário Araujo Cabral não treinassem na sexta-feira e estivassem a ver os treinos na bancada...

A Ecurie Bonnier tinha uma estrela o motor experimental Chevrolet Veja preparado pela Cosworth com injecção Lucas e equipado com caixa de velocidades Hewland FG 400é um 2litros  enquanto o FVC-Ford  com 1900 c.c. com 200 cv  mas batido em resistência  pelos FVC  com menos 20, 30 cv  

Bonnier já tinha experimentado o motor e era agora a vez de Vic Elford o experimentar nos treinos  de sábado  que fez 3`29,24`` com a chva a falsear alguns dos resultados.

“Pam”, avariou o carro durante as voltas de reconhecimento e já não participou. A boa partida de Vic Elford com o Lola Chevy Cosworth T290 a sair do 16º lugar da grelha fez 11 ultrapassagem a concorrentes nos primeiros metros, passando já à frente na primeira volta, com a batedela do comandante José Maria Juncadella na curva da Salsicharia

O comando foi por pouco tempo, o motor do Lola não aguentou o esforço e o grande campeão inglês viu-se forçado a abandonar com apenas seis voltas cumpridas.

Modificação na miniatura

17588006_lvKq4.jpeg

17588007_ULsgH.jpeg

17588008_arjQt.jpeg

17588009_s8C9w.jpeg

17588011_TfAhs.jpeg

Modelo real

Miniatura

Abre as portas.

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série

Referencia nº 15

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - França


publicado por dinis às 18:17
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 25 de Abril de 2024

Bugatti 57C coupé longo - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Bugatti 57C coupé longo - Um olhar sobre as minhas miniaturas

1180ª – Bugatti Atalante 57C Solido Transformado

Livro Jacques Conway Hugh e Greilsamer. Bugatti.

Bugatti 57C coupé Atalante de 1938 (chassis nº 57624, motor nº 448)

Modelo real

O Bugatti 57C coupé Atalante de 1938 com o chassis nº 57624, motor nº 448, era azul e preto, saiu da fábrica em dezembro de 1937 e ficou pronto em 28/01/1938.

Ele será exibido no Salão Automóvel de Genebra do mesmo ano, era azul e preto.

O motor é um 8 cilindros em linha de 3287 cc, duplo comando de válvulas no cabeçote e desenvolve, graças ao seu compressor, cerca de 160 CV. Com sua leve carroceria de alumínio, pode ir até 200 km/h!

Dos 685 Bugatti Type 57 construídos entre 1934 e 1939, apenas 34 cupês Atalantes foram fabricados no chassi 57 (com ou sem compressor) e 17 no chassi 57S (rebaixado).

A sua história é perfeitamente clara, teve a traseira modificada após um acidente e problemas na biela no final da década de 1950...

Recebeu o seu compressor em 1952, na fábrica da Bugatti que ainda existia.

 Participou até em ralis amadores no circuito de Le Mans.

Era azul e preto, e pintado de vermelho desde uma restauração em 1963.

Dos 685 Bugatti Type 57 construídos entre 1934 e 1939, apenas 34 cupês Atalantes foram fabricados no chassi 57 (com ou sem compressor) e 17 no chassi 57S (rebaixado).

O Bugatti 57C coupé Atalante de 1938 com o chassis nº 57624, motor nº 448, foi vendida durante o último salão Rétromobile (2018) pela Artcurial.

Modificação na miniatura

Depois de cortada a miniatura foi alargada e colada tendo a união sido feita com lata e tapado com barro plástico.

IMG_20240425_194859.jpg

IMG_20240425_194931.jpg

IMG_20240425_195146.jpg

IMG_20240425_195446.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série Age d´or

Referencia nº 88 579 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - França

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 22:29
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 15 de Janeiro de 2024

Mercedes Benz Argentino - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Mercedes Benz Argentino - Um olhar sobre as minhas miniaturas

1083ª – Mercedes-Benz SSKL1931 Solido   

O 770ª - Mercedes-Benz SSKL1931 Solido

https://manueldinis.blogs.sapo.pt/mercedes-benz-sskl-1931-um-olhar-1517162

o 885ª – Mercedes-Benz SSKL 1931 Solido

https://manueldinis.blogs.sapo.pt/mercedes-benz-sskl-um-olhar-sobre-as-1674127

agora

o branco ou vermelho sem para-lamas

Mercedes-Benz SSK #14 C. Zatuszek. Corrida do Outono 1931, Argentina.

Modelo real

Mercedes-Benz SSK #14 vencedora Argentina Outono Raça 1931 C. Zatuszek

Carlos Zatuszek mecânico do exército na Primeira Guerra Mundial chegou em 1923 á Argentina, para começar a trabalhar na oficina automóvel de Luis Viglione, uma das mais importantes da cidade de Buenos Aires e onde também são preparados carros de corrida.

Os seus conhecimentos mecânicos são aplicados na preparação do carro de corrida de Ernesto H. Blanco, lhe pede para acompanhá-lo em algumas corridas.

Mais tarde abrem a própria oficina mecânica atendem todos os tipos de veículos, são especializados em automóveis Mercedes Benz, alguns dos quais modelos como o S e o SSK circulam pelas ruas de Buenos Aires.

Carlos Zatuszek, acompanhado pelo seu cunhado Juan Maczak, conseguiu a primeira vitória nas 12 Horas Standard, um dia depois de ter contraído casamento com a irmã.

O Mercedes com a qual venceu em La Tablada foi fornecida por Perico Ganduglia entusiasmado, decidiu adquirir outra unidade da mesma marca, mas do modelo SSK de 7.020 cc. de deslocamento, teve com primeiro proprietário Juan Malcom e vendido a Berndt, imediatamente o vendeu para Pedro Ganduglia.

Essa, por pressões familiares (“Você comprou O QUÊ!!? Filho, você vai se matar...” “Se você vai correr com isso, arrume outra mulher, eu vou embora.. ." etc. etc.) Ganduglia Percebeu que havia uma certa maré em sua família e emprestou o carro novo para Zatuszek correr as 500 Milhas de Rafaela e o Audax em Córdoba, terminando em 2º em Rafaela e 1º em Audax com o o enigmático Julio Berndt como co-piloto.

Equipado com motor de 6 cilindros com compressor, produzia 250 CV. Tinha válvulas suspensas e um virabrequim montado em 4 bancos. Zatuszek e Maczak conseguiram extrair um ótimo desempenho deste Mercedes.

Julio Berndt adquiriu o SSK, e com Carlos Zatuszek e o número 14, competiu no Prêmio Otoño da Argentina de 1931 12/04/193, corrida de 400 quilômetros que venceu a estabelecendo um novo recorde.

Construído em 1929 e com acabamento em vermelho, este SSK foi pilotado vitoriosamente por Carlos Zatuszek em uma série de corridas de longa distância na Argentina, até a prova em que faleceu em 8 de outubro de 1937.

Depois que Berndt e Zatuszek venderam o carro  Chassis #: 36246, foi restaurado e Carlos Zatuszek ficaria para sempre ligado aos SSK dos outros dois pilotos lendários do difícil SSK com  travões sempre escassos e estabilidade horrível, Hans Stuck (1900-1978) e Rudolf Caracciola (1901-1959).

Modificação na miniatura

Retirado os guarda lamas tipo bicicleta ficou á espra da uma solução de pintura.

IMG_20240115_142848.jpg

IMG_20240115_142935.jpg

IMG_20240115_143009.jpg

IMG_20240115_143449.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série Age d´or

Referencia nº preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País – França

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 19:06
link do post | comentar | favorito
Domingo, 26 de Novembro de 2023

Bugatti T 41 Royale - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Bugatti T 41 Royale - Um olhar sobre as minhas miniaturas

1035ª – Bugatti T 41 Royale Solido     

Muitas vezes Jean Bugatti ainda pensei em fazer o Binder mas… acabei por o dar ao meu filho que o guardou. Anos mais tarde devolveu-mo com uma sugestão, e uma capota em cartolina.

Provavelmente uma simples capota, abrigava por vezes o chofer das intempéries.

Fez a capota e entregou-mo.

Obrigado, é mais um.

131ª – Bugatti 41 Royale 1930 Solido

https://manueldinis.blogs.sapo.pt/bugatti-royale-coupe-napoleon-um-1094005

510ª – Bugatti Royale T 41 T 41 1927 Rio

https://manueldinis.blogs.sapo.pt/bugatti-royale-t-41-um-olhar-sobre-as-1406472

591ª – Bugatti 41 Royale 1930  Solido

https://manueldinis.blogs.sapo.pt/bugatti-type-41-ou-royale-um-olhar-1459221

697ª - Bugatti Royale type 41 Torpédo 1926 châssis N° 41100 Mini Racing

https://manueldinis.blogs.sapo.pt/bugatti-royale-prototipo-um-olhar-1545342

731ª - Bugatti Royale mod. 41 1929 Mini Racing

https://manueldinis.blogs.sapo.pt/bugatti-royale-coupe-um-olhar-sobre-1564606

774ª – Bugatti Royale mod. 41 1929 Rio

https://manueldinis.blogs.sapo.pt/bugatti-royale-um-olhar-sobre-as-1531459

806ª – Bugatti Royale Kellner Coupe Aurora Models

https://manueldinis.blogs.sapo.pt/bugatti-royale-41-kellner-um-olhar-1622336

823ª - Bugatti Royale Coach Mini Racing

https://manueldinis.blogs.sapo.pt/bugatti-royale-type-41-weyman-1929-um-1570849

939ª – Bugatti Royale Mod 411928 Rio

https://manueldinis.blogs.sapo.pt/bugatti-royale-um-olhar-sobre-as-1719463

960ª – Bugatti Royale Solido

https://manueldinis.blogs.sapo.pt/bugatti-royale-um-olhar-sobre-as-1731867

988ª – Bugatti 41 Royale 1927-33 Rio

https://manueldinis.blogs.sapo.pt/bugatti-royale-berline-um-olhar-sobre-1748628

Modelo real

Modificação na miniatura

A capota em cartolina foi, entretanto, substituída por um bocado de uma de um Rolls Royce Phanton III de 1939 da Solido

IMG_20240323_013120.jpg

IMG_20240323_193753.jpg

IMG_20240323_193813.jpg

IMG_20240323_193826.jpg

IMG_20240323_193856.jpg

Miniatura

Abre as portas, levanta o capô para ver o motor.

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série: Age d´or

Referencia nº 4036 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País – França

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 19:18
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 21 de Novembro de 2023

Bugatti 57 S Atalante Cabriolet - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Bugatti 57 S Atalante Cabriolet - Um olhar sobre as minhas miniaturas

1030ª – Bugatti 57 S Atalante Solido transformado

Harrah’s Bugatti T57C # 57775 Número do motor: 74C

Uma miniatura baseada num calendário de bolso e a mudança nas Férias Grandes para Entre Caminhos, iniciada durante o Verão.

Modelo real

O Bugatti Type 57SC Atalante Coupé 1937

O primeiro Type 57S estreou no Salão Automóvel de Londres de 1935 com carroceria fastback Aérolithe

O Bugatti Type 57SC Atalante é o primeiro de quatro construídos no verão de 1937 com faróis aerodinâmicos. Tinha acabamento em preto com estofamento em pele de porco. A carroceria, com o farol baixo colocado entre o radiador e os para-lamas dianteiros, é idêntica à do carro mostrado no Salão Automóvel de Paris de 1937.

Testado em estrada em 4 de junho de 1937, o carro foi concluído e saiu da carroceria da Bugatti em Molsheim com a carroceria Atalante em 23 de julho do mesmo ano.

O seu primeiro proprietário utilizou o Atalante até ao início da guerra. Colin Doane, oficial da Força Aérea dos EUA, trouxe-o para os Estados Unidos.

Em 1961 vendeu- o em 1951 a William Harrah, que restaurou o carro e o devolveu à configuração original, recriando as pequenas janelas traseiras originais e removendo alguns dos enfeites cromados que haviam sido adicionados.

Além de pintar o Bugatti em suas cores atuais Patrol Cream e Lemon Oxide, um supercharger foi instalado, elevando-o às especificações definitivas do Type 57SC. Concluído em 1976, ganhou o prêmio máximo, o Best of Show no 26º Pebble Beach Concours d'Elegance.

Os destaques técnicos incluem um motor de cárter seco de oito cilindros em linha supercharged DOHC de 200 cv e 3.257 cc, caixa manual de quatro velocidades, eixo dianteiro oco com molas de lâmina semi-elípticas, eixo traseiro dinâmico com molas de lâmina quarto-elípticas invertidas e braço de torque, e freios a tambor mecânicos nas quatro rodas operados por cabo.

A Harrah’s Automobile Collection, foi criada por William Fisk Harrah (1911 – 1978), fundador da Harrah’s Hotel and Casinos, e que chegou a ter 1.400 veículos. Alguns atualmente compõem o National Automobile Museum, em Reno, Nevada (EUA); outros foram leiloados ou vendidos nos anos 1980.

JB Nethercutt venceu o Pebble Beach Concours de 1959 e o vender a Bill Harrah. Um dos carros comprados de volta por J.B. após a morte de Bill Harrah, ainda está na coleção Nethercutt

1956 1930 Bugatti Type 37 Grand Prix – Dr. Milton R. Roth

1959 1939 Bugatti Type 57C Gangloff Atalante Coupe – J.B. Nethercutt

1964 1932 Bugatti Type 50 Coupe Profile – William Harrah

1966 1931 Bugatti Type 41 Royale Binder Coupe de Ville – William Harrah

1976 1937 Bugatti Type 57SC Atalante Coupe – William Harrah

1985 1939 Bugatti Type 57 Saoutchik Cabriolet – Jack Becronis

1990 1938 Bugatti Type 57SC Atlantic – Ralph Lauren

1998 1938 Bugatti Type 57SC Corsica Roadster – John Mozart

2003 1936 Bugatti Type 57SC Atlantic – Peter D. Williamson

Modificação na miniatura

Depois de cobertas as rodas foi o modelo pintado de acordo com o Calendário de bolso da época.

IMG_20231121_165846.jpg

IMG_20231121_165852.jpg

IMG_20231121_165859.jpg

IMG_20231121_165903.jpg

IMG_20231121_165941.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série Age d´or

Referencia nº 88- 5/79 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País – França

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 17:11
link do post | comentar | favorito
Domingo, 22 de Outubro de 2023

Matra Simca Tour de France - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Matra Simca Tour de France - Um olhar sobre as minhas miniaturas

1002ª – Matra Simca 650 Solido transformado

O meu primeiro Matra nos 1000km de Buenos Aires 1970

https://manueldinis.blogs.sapo.pt/um-olhar-sobre-as-minhas-miniaturas-1079274

Durante a sua evolução, teve dois ailerons em 1970 nos 1000 km Brands Hatch de Jack Brabham /Jean-Pierre Beltoise  o que indica que também seria uma possibilidade a par das duas vitorias no tour auto de 1970 e 1971 pelo recorte do cockpit e do arco de segurança a todo o cumprimento. embora a última versão seja a mais provável, embora lhe falte a entrada de ar invertida para o motor.

Modelo real

O Matra MS650 foi concebido para as 24 horas de Le Mans onde se esperam monstruosos Porsche 917 e Ford GT40  e Ferrari 512, equipado com um motor originalmente desenvolvido para a Fórmula 1, o MS650 era um protótipo desportivo criado especificamente para corridas de circuito

Matra modificou dois para o Tour de França Automóvel. Por mais improvável que fosse um carro para competir neste tipo de evento, Larrousse lembrou que ele era mais do que válido: “O MS650 era um protótipo, mas foi perfeitamente construído para todos os propósitos”.

Para o Tour de France Automobile em 1970 a Matra inscreveu os carros com que fazia o Campeonato e chegaram ao pódio.

O  MS650 também teve de ser totalmente legalizada para circular em estrada, para que pudesse completar os troços entre as etapas cronometradas. De particular interesse foi a suspensão, como explica Larrousse: “O carro estava mais alto do que o normal, com suspensão de percurso mais longo.” Além de aumentar a altura do passeio, os amortecedores e as molas também foram suavizados para ajudar a eliminar os solavancos da estrada. Ventiladores elétricos adicionais também foram instalados para ajudar no resfriamento durante o trânsito. Um aro de largura total também foi instalado para o co-piloto. na carroceria especial com saliências muito curtas.

Os dois Matra MS650 fazem a dobradinha,

1º  #146 Jean-Pierre Beltoise - Jean Todt Matra Simca MS650

4 minutos depois

2º  #145 Henri Pescarolo – Johnny Rives Matra Simca MS650

Em 1971 voltaram e numa luta mais competitiva, o primeiro foi o #134 Gérard Larrousse - Johnny Rives Matra Simca MS650 Spider

E o segundo foi o #142 Juncadella / Guénard / JabouilleFerrari 512 M Escuderia Montjuich e assim terminou o recesso dos monstros ao Tour de France Automobile. Fiorentino e Gélin com o nº 135 desiste.

“Fui co-piloto de Patrick Depailler e depois de Jean-Pierre Beltoise no Tour de France Auto de 1970”, lembra Jean Todt, A sua preparação foi um pouco diferente do normal, não porque o MS650 fosse um protótipo, mas porque era aberto: “Na verdade, este carro estava aberto – era um Spider; tivemos que laminar os road books e modificar o sistema de áudio do carro, motorista/co-piloto.” Outras mudanças no cockpit necessárias para tornar a estrada MS650 legal incluíram a adição de um velocímetro. Com as velocidades que o Matra com motor V12 era capaz, nenhuma peça pronta para uso serviria. Em vez disso, o MS650 foi equipado com o velocímetro normalmente encontrado em um Lamborghini Miura.

Modificação na miniatura

Cortada a parte traseira, parte do cockpit para o copiloto e feito o arco de segurança a toda a largura, ainda pintei a faixa lateral de branco e assim ficou à espera dos decalques.

IMG_20231022_145313.jpg

IMG_20231022_145325.jpg

IMG_20231022_145412.jpg

IMG_20231022_145455.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série

Referencia nº 178 6/70 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - França

Anos de fabrico  a

 

 

 

 


publicado por dinis às 17:54
link do post | comentar | favorito
Sábado, 23 de Setembro de 2023

Abarth 031- Um olhar sobre as minhas miniaturas

Abarth 031- Um olhar sobre as minhas miniaturas

973ª – Fiat Abarth 031 Luso Toys Transformado

Abarth 031 "131 mirafiori"

1°class. 3° Giro d'Italia 1975 Pianta/Scabini

Modelo real

Com o Fiar 124 Spider já pouco competitivo. o abandono do projeto X1/9 pela Fiat é agora a vez do Fiat Abarth 031 baseado no Fiat 131 Mirafiori Special, começado com o protótipo Abath SE031.dotado de uma carroceria com enormes entradas de ar laterais, e muitas outras modificações feitas para garantir um carro leve e potente.

O motor V6 provem do FIAT 130 de 3 litros modificado pela Abarth e aumentado para 3,5 litros

Para distribuir o peso foi diretamente montada no eixo traseiro a caixa de cinco velocidades de um De Tomaso Pantera.

A FIAT recorreu à Bertone, para a carroçaria futurista, feito principalmente de fibra de vidro, alumínio e plexiglass (apenas o para-brisa é feito de vidro verdadeiro), o peso é reduzido para 1.120 quilos.

No Giro d'Itália de 1975 a Alfa Romeo apresentou um Alfa Romeo T33/3 Coupe equipado com um motor V8 do Alfa Montreal, e a Fiat apresentava o 1º protótipo nº 1 do novo Fiat 131 Abarth foi inscrito como Fiat Abarth 031 para se pilotado por Giorgio Pianta, e tinha como navegador Scabini.

A lista de inscritos incluía Lancia Stratos, Porsches, De Tomasos e até o Escort Zakspeed de Finotto, logo no final do Circuito de Imola, Andruet no Alfa Romeo 33/3 coupé assume o comando da prova e Pianta no Fiat Abarth 031 mantêm o 5º lugar, não correndo riscos com o verdadeiro laboratório que pilotava.

No último Circuito em Casale, Carlo Facetti comandava com o Stratos e Cogiola em Porsche Carrera Rs discutia o segundo lugar com Pianta no Abarth 031. Mas, Facetti tem problemas no Lnacia Stratos quando terminava a 11º de 20 voltas ao circuito e o comando passa para  Cogiola no Porsche, mas Pianta não largou a luta e vence a prova nas três últimas voltas onde consegue bater o Porsche RS por 16 segundos, e fazendo história, pois o ABARTH 031 acabava de ganhar a sua primeira prova, ainda com todos os equipamentos de testes montados e em medições, ganhava a sua prova de estreia a duas voltas do final da prova.

Modificação na miniatura

Alargada a miniatura do Fia t 131 Abarth da Luso Toys foi feita a frente as entradas de ar e o aileron.

IMG_20230923_181054.jpg

IMG_20230923_181106.jpg

IMG_20230923_181418.jpg

IMG_20230923_181209.jpg

Miniatura

Abre as portas, levanta a mala e o capô para ver o motor.

Os bancos são rebatíveis.

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas têm pneus de borracha

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

As rodas são de plástico Whizzwheels.

Fabricante Luso Tots 

Série

Referencia nº 17-08-80 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - Portugal

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 22:41
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 15 de Agosto de 2023

Rolls-Royce  "Papal"  - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Rolls-Royce  "Papal"  - Um olhar sobre as minhas miniaturas

936ª – Rolls-Royce Phantom II 1937 Solido transformado

Rolls-Royce Phantom III descapotável 1937

O Rolls-Royce onde o Papa fez a visita a Portugal, a escultura conhecida com Espírito do Êxtase foi substituída pela bandeira do Vaticano e na segunda visita o Spirit of Ecstasy foi novamente colocada e nos guarda lamas frontais as bandeiras do vaticano.

Modelo real

O Rolls-Royce Phantom III comprado por ordem do Marechal Craveiro Lopes, Presidente da República na época, para transportar a Rainha Isabel II durante a sua visita a Portugal, foi adquirido pelo Estado português, em Fevereiro de 1957, depois de Harry Rugeronni ter ido a Inglaterra adquirir o RR Descapotavel novo, optarm pelo que tinha pertencido ao Príncipe de Berar, filho do Nizam de Hyderabad, que reinava este Estado atualmente pertence à província de Telengana, na Índia, em 1937, depois de o ter encomendado à Windovers uma carrosserie especial, tipo Cabriolet, adaptada e recheada de acessórios para a caça como faróis, porta-armas, estribos e tudo o mais, depois de ter sido pintado de branco.

Como já lhe tinham retirado o equipamento de caça e pintado de preto, chegou a Portugal no dia 28 de março de 1957 e recebeu a matrícula DD-30-92. entrou ao serviço da Presidência da República, e utilizado na visita da Rainha Isabel II a Portugal em Fevereiro de 1957 e veículo Papal em 1967 e em 1982,

Na primeira visita contava-se que à última hora, o Papa informou que não pretendia deslocar-se num Rolls Royce por ser um veículo de luxo e muito ostensivo, mas sem qualquer outra viatura de substituição optaram por tapar todas as alusões à marca, colocando a bandeira do Vaticano por cima dos símbolos da Rolls Royce dentro e fora do veículo.

Voltou novamente para transportar outro Papa, João Paulo II, na primeira vez que esteve no nosso País mas, da segunda vez João Paulo II teve á disposição um “made in Portugal”, o UMM Alter.

Este modelo pode ser visto actualmente no Museu do Caramulo.

Modificação na miniatura

Depois de adquirido o Kit que trazia duas miniatura para montar, utilizei o corpo central do modelo de 4 portas ao qual juntei uma parte da mala da versão aberta e de duas portas.

Os restos ainda se encontram sem qualquer utilidade.

IMG_20230814_224810.jpg

IMG_20230814_224937.jpg

IMG_20230814_225012.jpg

IMG_20230815_005311.jpg

IMG_20230815_005327.jpg

IMG_20230815_005336.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas têm pneus de borracha

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante. Solido

Série Kit

Referencia nº 5402 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - França

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 00:26
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 27 de Junho de 2023

Porsche 930 Flatnose  - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Porsche 930 Flatnose  - Um olhar sobre as minhas miniaturas

919ª – Porsche 935 Luso Toys transformado

Porsche 930 Flatnose 

Modelo real

O Porsche 935 foi uma evolução do 934e consequentemente também do 911. conquistaria inúmeras vitórias em corridas e pistas de todos os tipos, desde sprints até corridas de resistência de 24 horas em Daytona ,  Le Mans em Raly Cross e Autocros. .

A sua forma foi utilizada por muitos que utilizaram as suas características formas em várias modalidades e que culminou com o imponente Matti Alamäki en Pike's peak em 1986 onde o velho Porsche de rallycross de Matti Alamaki nos anos 80 foi equipado inicialmente com um flat seis cilindros e com  700 cavalos de potência, um sistema de tração nas quatro rodas construído em casa usando uma roda livre para conectar os eixos dianteiro e traseiro e uma asa traseira ridícula que exibiu nos últimos anos para estabilidade. Tudo isso somado a um formidável carro de corrida que poderia igualar um carro de Fórmula 1 contemporâneo em termos de aceleração.

Modificação na miniatura

Baseado no Porsche 935 da Luso Toys moldei esta forma sobre o qual não tenho qualquer elemento.

IMG_20230627_005123.jpg

IMG_20230627_005233.jpg

IMG_20230627_005324.jpg

IMG_20230627_005425.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Luso Toys

Série Kit

Referencia nº preço

Material – zamac

Material da placa de base – cartão

A base está colada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - Portugal

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 02:44
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 23 de Junho de 2023

Ferrari 312 P - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Ferrari 312 P - Um olhar sobre as minhas miniaturas

916ª – Ferrari 312 PB Solido transformado

Ferrari 312 P prototype ou  NART

Ferrari 312 P/71 #0872 - Ferrari 312 V12/60° 4v 3000 cc

A inspiração foi numa revista da época e agora vim a descobri-lo na América era oficialmente conhecido como 312P, mas acrescentado com o 'B' pela imprensa para o diferenciar do 312P de1969.

A nova versão de 1971 apresentava um motor de doze cilindros, conhecido como boxer. Muitas publicações acrescentaram a letra "B" após o "P" ao seu nome para indicar o tipo de motor, porém, essa variação nunca foi adotada oficialmente pela Ferrari, o chassi também diferia em alguns aspectos, como os rebites do painel de alumínio à estrutura tubular de pequeno diâmetro, um passo a mais em direção ao conceito monocoque.

Modelo real

Em 1969, a Ferrari introduziu o Ferrari 312 P com um motor de 48 válvulas semelhante ao seu F1e na estreia nas 12 Horas de Sebring, foi pilotado por Amon e Mario Andretti classificou-se na pole e terminou a corrida em segundo lugar geral e primeiro na classe foi o seu melhor desempenho do veículo, posteriormente substituído por um 512S de cinco litros.

A segunda versão o de 1971, Ferrari tinha o mesmo nome, mas um motor completamente diferente.

O protótipo Ferrari 312 P Coupe #0872 - Ferrari 312 V12/60° 4v 3000 cc criado em 1969 e entregue à Nart pela Scuderia Ferrari em 1969, apareceu em 1971 com uma carroçaria semelhante ao novo protótipo da Ferrari como o Ferrari 312 P/71 #0872 - Ferrari 312 V12/60° 4v 3000 cc N/A

A Ferrari 312P foi inscrita pela equipe norte-americana NART alem de uma carroçaria muito semelhante aos novos protótipos da Ferrari. utilizou o mesmo nº 21 nas duas provas

Nas 24 Hours of Daytona, realizadas a 31.1.1971 o Ferrari 312 P/71 #0872 foi pilotado por Garcia-Veiga (RA)/Luigi Chinetti, Jr. (USA)/Alain De Cadenet (GB) nos treinos foram 13º nos treinos com 1:58.950.No final foram 4º e 1º dos protótipos.

Em Sebring para as 12 Hours a  20.3.1971 recebeu uns faróis auxiliares no orifício cortado para os implantar no meio da capot da frente, foi pilotado por Luigi Chinetti, Jr. E George alcançaram o  15º tempo com 2:56.800 e no final foram 8º

Um episodio interessante ocorreu durante a troca de piloto quando Luigi Chinetti Jr. não encontrou o seu capacete. Alguns pensaram que havia sido roubado e Chinetti começou a experimentar outros capacetes, mas nenhum cabia. Tudo isso foi acompanhado por muitos gestos com as mãos, gritos, entretanto  Eaton chegou à sua box, foi avisado que ele deveria sair de novo por causa do problema no capacete.

Com o carro agora abastecido e voltou para a corrida. Não muito tempo depois, um dos tripulantes disse que o capacete de Chinetti provavelmente estava no trailer da casa NART. Alguém o colocou lá pensando que Chinetti estava tirando uma soneca antes de sua passagem ao volante.

IMG_20230630_230424.jpg

IMG_20230630_230433.jpg

IMG_20230630_230444.jpg

IMG_20230630_230645.jpg

IMG_20230630_230736.jpg

IMG_20230630_232806.jpg

Modificação na miniatura

A frente e a parte central do carro foi refeita com barro plástico.

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas foram substituídas por outas da Solido.

Fabricante Solido

Série

Referencia nº 194 5-72 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - França

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 23:49
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2024

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Lola T290 #HU2, Vic Elfor...

. Bugatti 57C coupé longo -...

. Mercedes Benz Argentino -...

. Bugatti T 41 Royale - Um ...

. Bugatti 57 S Atalante Cab...

. Matra Simca Tour de Franc...

. Abarth 031- Um olhar sobr...

. Rolls-Royce  "Papal"  - U...

. Porsche 930 Flatnose  - U...

. Ferrari 312 P - Um olhar ...

. Ferrari 312P Spyder - Um ...

. Kodak Lola T290 Le Mans -...

. Bugatti 57 S aberto - Um ...

. Porsche 907 - Um olhar so...

. Renault Turbo cabrolet- U...

. Renault 4 cv berline Joan...

. Packard  38  Phaeton - Um...

. Datsun 240 Z SCCA- Um olh...

. Bugatti 57 S Atalante des...

. Fiat Ritmo cabriolet  - U...

. Ferrari T 1975 - Um olhar...

. Peugeot 203 Conversível -...

. Citroën Traction avant de...

. Bravo GRD - Um olhar sobr...

. Porsche Carrera RSR Solid...

. Porsche 911 Carrera RSR D...

. Fiat Ritmo de circuito - ...

. Colani Ferrari - Um olhar...

. Peugeot 504 4x4 Dangel Da...

. Datsun 240Z Vila Real - U...

. Ferrari 512M Vila Real - ...

. Chevron B23 - Um olhar so...

. LOLA T292 Gitanes - Um ol...

. Porsche 911 SC - Um olhar...

. Porsche 911 SC - Um olhar...

. Chevron B 21 FVC John Bri...

. Porsche 935 Loos - Um olh...

. Renault 5 Alpine - Um olh...

. Porsche 934/935 - Um olha...

. Porsche 930 Kremer - Um o...

. Mini rebaixado - Um olhar...

. Kremer Porsche 917/81 - U...

. Porsche 917/10 - Um olhar...

. Porsche 930 Turbo GR 4 - ...

. Porsche 908/3 Toblerone -...

. BMW M1 Procar- Um olhar s...

. BMW esquife voador - Um o...

. BMW M1 Procar- Um olhar s...

. Lancia Stratos protótipo ...

. Renault R5 Pick-up - Um o...

.arquivos

. Julho 2024

. Junho 2024

. Maio 2024

. Abril 2024

. Março 2024

. Fevereiro 2024

. Janeiro 2024

. Dezembro 2023

. Novembro 2023

. Outubro 2023

. Setembro 2023

. Agosto 2023

. Julho 2023

. Junho 2023

. Maio 2023

. Abril 2023

. Março 2023

. Fevereiro 2023

. Janeiro 2023

. Dezembro 2022

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Julho 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs
RSS
Em destaque no SAPO Blogs
pub