Domingo, 16 de Maio de 2021

Gulf Mirage M6 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Gulf Mirage M6 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

209ª – Gulf Mirage M6 Solido

Era Natal, em 1974 quando recebi a prenda da minha mãe Aida ferreira Rego depois de cuidadosamente me ter entregue o dinheiro e, como não podia deixar de ser, um Solido.

 Modelo real

John Wyer forma a JWAutomotive em conjunto com John Willment em Slough, na Inglaterra,

O Mirage Lightweight Racing Car era o nome dos carros de corrida construídos pela J.W. Automotive Engineereing para competir com as cores da Gulf Oi Corporation.

A Gulf Oi já tinha competido com o Ford Gt 40 construído com o apoio da petrolífera Gulf, o primeiro Mirage M1, mas o engenheiro John Wyer para o desenvolvimento do seu próprio carro para se concentrar no GT40 a pedido da Ford e a a Gulf Oi muda o patrocínio para o Porsche 917 em 1970 e 1971.

O 917 sai de cena por força dos regulamentos e o nome Mirage é ressuscitado.

Em 1972 a JWAE desenvolveu o novo modelo, o M6 com motor Ford Cosworth para competir no Mundial de Marcas.

O novo projeto de Len Bailey  o M6 tinha um chassis de alumínio rebitado reforçado com aço e um motor Cosworth DFV Fórmula 1 de 3 litros e por cima  uma carroceria leve e baixa de fibra de vidro aberta com um grande aileron traseiro.

O primeiro chassi foi concluído em Março de 1972 para as 12 horas de Sebring, o segundo carro foi concluído na metade da temporada e o terceiro usado para testar o motor Weslake V12.

A única vitória do M6 foi no ano seguinte em Spa, nos 1000 km Spa-Francorchamps com Derek Bell e Mike Hailwood

IMG_3426.JPG

IMG_3389.JPG

IMG_3390.JPG

IMG_3391.JPG

IMG_3393.JPG

Miniatura

Abre o capô e vê-se o motor..

Motor e interior detalhado

Com suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série

Referencia nº 17 10/73

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - França

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 19:14
link do post | comentar | favorito
Sábado, 15 de Maio de 2021

Ligier JS3- Um olhar sobre as minhas miniaturas

Ligier JS3- Um olhar sobre as minhas miniaturas

208ª – Ligier JS3 Solido

A prenda de Natal do meu Pai Mário Rodrigues Dinis naquele ano de 1974 e escolhido por min, naturalmente um Solido, representando o modelo pilotado pelo seu construtor Guy Ligier.

Modelo real

Guy Ligier empresário de sucesso que começou a carreira como piloto profissional um pouco tarde e em parceria com seu compatriota Jo Schlesser num Ford GT40 são os vencedores das 12 Horas de Reims em 1967.

Problemas mecânicos com os vários carros levaram Schlesser a perguntar a Ligier?

"E se fizéssemos nossos próprios carros?

Jo Schlesser teve uma estreia azarada na Fórmula 1 no Grande Prêmio da França em 1968 onde perdeu a vida, no Honda.

Ligier deixa as corridas para prosseguir com a produção de seus próprios carros de corrida e funda a Automobiles Ligier em 1968.

O JS1 foi o primeiro modelo da Automobiles Ligier em 1968 e é também um modelo em homenagem a Jo Schlesser.

O projectista Michel Têtu continua com mais dois protótipos diferentes construídos e testados no túnel de vento Eiffel no final de Janeiro de 1971 antes de escolher um para se tornar o projeto final destinado exclusivamente para corridas de circuito e ganhar as 24 Heures du Mans.

O chassi foi uma combinação das técnicas de Michel Têtu usadas no JS1, um monocoque de Klegecell-PVC com painéis de folha de alumínio e alumínio soldado

O JS3 é apresentado a 15 de Março de 1971 nas oficinas da Automobiles Ligier, em Vichy, com as cores verde e amarela do patrocinador do carro, a British Petroleum.

No seu único ano de vida, o único JS3 construído o chassi 01, fez a sua última prova nas 24 nas de Le Mans a 13 de Junho de 1971 pilotado por Guy Ligier e Patrick Depailler.

Utilizava um Motor Ford Cosworth DFV V8/90° 4v DOHC 2993 cc e uma caixa  Hewland de 5 velocidades.

Nos treinos alcançou o 17º lugar com 3:39.800

A parceria com Depailler no JS 3 estava a funcionando muito bem, até que surgiram problemas de transmissão. A caixa de câmbio foi reconstruída durante a corrida e embora agora fora do ritmo, completou o evento no 13º lugar, 127 voltas atras do vencedor, mas não se qualificou por distância insuficiente.

Modificação na miniatura

Os decalques foram colocados segundo as indicações do fabricante.

Anos mais tarde…

Como só havia 3 números podia ter acertado no do lado direito, e coloca-lo a meio, ou então atrás no lado esquerdo.

IMG_3371.JPG

IMG_3366.JPG

IMG_3367.JPG

IMG_3369.JPG

Miniatura

Abre o capô e vê-se o motor.

Motor e interior detalhado

Com suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série

Referencia nº 195 3/72

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País – França

Anos de fabrico  a

 

 

 


publicado por dinis às 18:52
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 7 de Maio de 2021

Porsche 917 Le Mans 1971 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Porsche 917 Le Mans 1971 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

200ª – Porsche 917 K Solido

Da fábrica para Le Mans em 1971 e regresso à Porsche.

No catálogo da Solido indica como Le Mans 1972.  

Vitoriosa no ano anterior a Porsche continuava uma das favoritas para Le Mans em 1971

O segundo chassis em magnésio construído o 917-053 tinha uma estrutura ultraleve de magnésio um terço mais leve do que o seu homólogo de alumínio foi entregue em branco a Martini Racing

As “barbatanas de tubarão” na parte traseira utilizadas em Monza, melhoraram a estabilidade direcional em altas velocidades e reduziu o arrasto em onze por cento.

 No dia 11 de Junho a decoração ainda estava incompleta

 E assim aconteceu depois de partirem na quinta posição  e vinte e quatro haras de corrida Helmut Marko e Gijs van Lennep chegaram em primeiro e também estabeleceram um recorde que se manteve até 2010, ao percorrerem 397 voltas nas 24 horas de corrida, ou seja, mais de 5335 km rodados.

O segundo classificado, Herbert Muller e Richard Attwood foi também um Porsche 917 KH da John Wyer Automotive.

Apos a vitoria, o Porsche 917 K voltou para Weissache e nunca foi vendido encontrando-se hoje exposto no museu da Porsche nas sua configuração original, Le Mans 1971.

IMG_3249.JPG

IMG_3251.JPG

IMG_3255.JPG

IMG_3257.JPG

Miniatura

Abre o capot do motor.

Motor e interior detalhado

Com suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série

Referencia nº 198 e 186

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização..

País - França

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 22:58
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 6 de Maio de 2021

Fiat 525 N quase como o do Caramulo - Um olhar sobre as minhas miniaturas.

Fiat 525 N quase como o do Caramulo - Um olhar sobre as minhas miniaturas.

199ª – Fiat 525 N Decouverte  1925 Solido

Uma viatura Papal para transporte do Papa Pio XI

 Modelo real

O 525 foi o sucessor do Fiat 512, é um carro de passageiros, produzido entre 1928 e 1931.

 Um ano depois O 525 foi modificado e designado por 525N com uma distância entre eixos reduzida de 3400 mm para os 3260 mm, uma cabeça de motor modificada, uma relação final revista, rodas de menor diâmetro e ainda travões servo assistidos, sendo o primeiro automóvel no mundo a dispor de travões hidráulicos com duplo circuito.

Em Abril de 1929, Giovanni Agnelli, herdeiro do Grupo Fiat, ofereceu a sua Santidade, o Papa Pio XI, um automóvel deste modelo.

O Presidente da Fiat  Vittorio Valletta e o Senador e General Conde Alessandro Lessona. em 1965, visitaram o Museu do Caramulo, onde na altura estavam três Fiat, Valletta decidiu doar um Fiat à colecção do Caramulo. O escolhido foi o do Museu Biscaretti Di Ruffia.

No total foram produzidos 1874 exemplares do 525 N, dos quais restam apenas o modelo que se encontra no Museu do Caramulo, três unidades em Itália, uma em Inglaterra e uma outra nos Estados Unidos.

Modificação na miniatura

Nunca teve as figuras do Vaticano

IMG_3237.JPG

IMG_3238.JPG

IMG_3241.JPG

IMG_3246.JPG

 

Miniatura

Abre as portas.

Interior detalhado

Com suspensão.

As rodas têm pneus de borracha

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série age L ´Âge d´Or época de 1925 a 1935

Referencia nº 154

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão.

País - França

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 23:40
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 3 de Maio de 2021

Citroen GS Solido - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Citroen GS Solido - Um olhar sobre as minhas miniaturas

196ª – Citroen GS Solido

 Modelo real

O Citroën GS foi um carro popular com um design de Robert Opron dotado de linhas muito fluidas, três janelas laterais, grade e faróis em formato de trapézio, capot em cunha e uma longa cauda. Uma estética pouco usual para o mercado automóvel dos anos 70.

O Citroën GS foi lançado em 4 versões distintas: o G Especial, o GS Club e o GS Pallas e, mais tarde, na versão carrinha. Em 1979, o modelo foi redesenhado e incluída uma porta traseira, nova grade, novos para-choques, nova iluminação GSA.

Em 1973 e 1974 , o GS foi agitado pelo espírito inovador da marca ao introduzir um motor rotativo. O modelo Birotor foi equipado com um motor Wankel que em combinação com a notória suspensão Citroën e um interior luxuoso transformavam qualquer viagem num sonho. A crise do petróleo de 1973 foi um dos argumentos para a baixa produção de apenas 847 veículos, mas o principal problema foi um o seu preço, na medida em que o Birotor equivalia monetariamente a um Citroën DS.

O Citroën GS durante os 10 anos que esteve em produção atingiu as 1 896 742 unidades e foi o Carro do Ano em 1971.

IMG_3211.JPG

IMG_3212.JPG

IMG_3215.JPG

IMG_3216.JPG

Miniatura

Abre as portas e a janela tem o aro.

Motor e interior detalhado

Com suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série

Referencia nº 193 2/72

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela visualizadora.

País - França

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 23:30
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 27 de Abril de 2021

Matra V8 F1 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Matra V8 F1 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

190ª – Matra V8 F1 Solido

Os ailerons eram uma realidade e a Matra também não fugiu á regra no seu primeiro ano da Fórmula 1,como representa a miniatura de Jackie Stewart, em 1968, no Grande Prémio da Holanda, com o número nº 8, provavelmente durante os treinos com o MS 10, uma vez que não conheço nenhuma foto com o aileron.

Modelo real

Um Matra da Formula 2 foi adaptado á Fórmula 1 por Kem Tyrrel até que em 1968 apresentou o MS 10 com um motor Ford para Jackie Stewart que tinha deixado a BRM e Jean-Pierre Beltoise, eram os pilotos da marca debutante.    

Jackie Stewart na primeira prova Kyalmi faz o terceiro tempo mas na segunda prova Espanha Jean-Pierre Beltoise termina em 5º e obtém a volta mais rápida. No Monaco é Johnny Servoz-Gavin obtém o segundo tempo enquanto Jean-Pierre Beltoise alcansa o oitavo tempo e os dois abandonam. Na Bélgica  

Jackie Stewart na Bélgica alcança o 2º melhor tempo e termina em 4º e Jean-Pierre Beltoise faz o 13º tempo e termina em 7º a três voltas. Na Holanda Jackie Stewart é o vencedor com o nº8  e Jean-Pierre Beltoise segundo. Volta a vencer em Nurburgring e Watkins Glen e no final é segundo no Campeonato do Mundo de Construtores.

IMG_3092.JPG

IMG_3095.JPG

IMG_3098.JPG

IMG_3099.JPG

Miniatura

Motor e interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas têm pneus de borracha e de acordo com as originais

Fabricante Solido

Série

Referencia nº 173

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão.

País - França

Anos de fabrico  a

Mais tarde a Solido/Verem voltou a reedita-lo.

 

 

 


publicado por dinis às 22:17
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 21 de Abril de 2021

Ferrari Fórmula 1 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Ferrari Fórmula 1 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

184ª – Ferrari V 12 312 F1 Solido

Ferrari F1 312 Jacky Ickx vencedor Grand Prix de França 1968

Modelo real

Ferrari 312 F1  foi o representante da Ferrari na Fórmula 1 entre  1966-1969

As regras da Fórmula 1 foram alteradas mais uma vez em 1966 e, como resultado, ditaram o uso de motores normalmente aspirados de 3000 cc ou 1500 superalimentados, todos com um peso mínimo de 500 kg.

A Ferrari entrou com um carro que deu origem a um monolugar da série312 F1, propulsionado por um motor de três litros, 60ª V 12 derivado do protótipo P2.

Para 1967 é a evolução do ano anterior, o 3 litros de 12 cilindros teve o seu primeiro estágio com cerca de 390 hp que subiu para 410 as 10600 rpm no Grande premio de Itália com a adopção de 48 válvulas.

1968 foi o Ano de transição da Ferrari para a Fiat em que o seu criador ficou com toda a liberdade de acção.

Os novos pilotos eram Chris Amon e Jacky Ickx que mostrou todo o seu talento em Rouen com a vitória no Grande Prémio de França e com ela a fama de piloto de chuva, um resultado favorecido pelo aileron e, sobretudo pelos pneus de chuva que Amon não segui, quando pensou que não iria durar muito.

No final a classificação dos Construtores foi assim

1º Lotus Ford 62 pontos

2º Mc Laren Ford    49

3º Matra Ford 45

4º Ferrari 32.

IMG_2997.JPG

IMG_2999.JPG

IMG_3000.JPG

IMG_3002.JPG

Miniatura

Um agradável modelo diecast em escala 1:43 do  Fórmula 1 Ferrari V12 1968, dirigido por Jackie Ickx feito há mais 50 anos pela Solido em França. Este modelo realmente bem construído, menos frágil, mas bem detalhado e pintado.

Motor e interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas têm pneus de borracha de acordo com as originais

Fabricante Solido

Série

Referencia nº 167BIS

Material – zamac

Material da placa de base – zamac

A base está cravada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela visualizadora. Também em caixa de metal e base de papelão

País – França

Anos de fabrico  a

Também foi fabricado pela Ixo na série  La Storia SF13/68 1:43

 


publicado por dinis às 21:07
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 19 de Abril de 2021

Duesenberg Model J - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Duesenberg Model J - Um olhar sobre as minhas miniaturas

182ª – Duesenberg Sj 1931 Solido

Errett Lobban Cord, o proprietário da Auburn Automobile comprou a Duesenberg Motor Corporation em 26 de Outubro de 1926.

A nova empresa é designada como "Duesenberg, Inc." e os irmão Duesenberg, August e Fred continuariam como vice-presidente e encarregado de engenharia e trabalho experimental rapidamente começaram a trabalhar projetando sua visão do automóvel de maior prestígio do mundo.

O espectacular Duesenberg Model J foi apresentado em 1º de Dezembro no New York Car Show de 1928 e na Europa, no "Salon de l'automobile de Paris" de 1929.

O primeiro modelo apresentado em Nova York o J-101, era um phaeton Le Baron sweep panel com dupla cobertura, com acabamento em prata e preto.

A Grande Depressão estava aí e em Outubro de 1929, a Duesenberg Company tinha fabricado cerca de 200 carros. Em 1930 outros 100 foram entregues mas, longe da meta original de vender 500 carros por ano.

O Modelo J era o carro mais rápido, mais caro e mais exclusivo da América. Os compradores exigiram a melhor carroceria, com Willoughby, LeBaron, Murphy, Franay, Gurney Nutting e muitos outros esperavam uma oportunidade de embelezar o chassis Duesenberg J.

Magnatas dos negócios, estrelas de Hollywood e a realeza clamariam por uma chance de serem vistos no impressionante novo Duesenberg.

O Modelo J foi disponível com um compressor após 1932 e vendido até 1937.

Há uns anos Jay Leno encontrou um original não restaurado num estacionamento em Manhattan, com a carroceria Woods, agora podemos vê-lo na Jay Leno's Garage

IMG_2971.JPG

IMG_2975.JPG

IMG_2980.JPG

IMG_2978.JPG

 Modelo real

Modificação na miniatura

Miniatura

Abre as portas e capô.

Motor e interior detalhado

Com suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante

Série L ´Âge d´Or época de 1925 a 1935

Referencia nº 156

Material – zamac e plástico

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão.

País – França

Anos de fabrico  a

 

 

 

 

 


publicado por dinis às 21:16
link do post | comentar | favorito
Sábado, 17 de Abril de 2021

Ferrari 312 PB - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Ferrari 312 PB - Um olhar sobre as minhas miniaturas

180ª – Ferrari 312 PB Solido

Miniatura do Ferrari 312 PB #0878  onde foi segundo com Jacky Ickx (B) /Clay Regazzoni (CH) noa 1000 Quilometros de Brands Hatch

IMG_2947.JPG

IMG_2950.JPG

IMG_2953.JPG

IMG_2955.JPG

Modelo real

Para 1971, a Ferrari apresentou um novo protótipo 3 l (2991) baseado no motor boxer 180 ° flat-12 do 312B da  F1. Oficialmente, era o projeto era 312P, mas a imprensa acrescentou um o B para evitar confusão com os carros 312P V12 anteriores.

Os primeiros testes do 312 PB foram realizados no circuito de Modena e Kyalami (África do Sul), com Peter Schetty ao volante, pela última vez na função de "verificador": com o título conquistado em 1969, ele ganhou a confiança de Enzo Ferrari, que o nomeou diretor esportivo.

A estreia foi nos 1000 km de Buenos Aires,com Ignazio Giunti e Arturo Merzario. Mas o  trágico acidente de  Ignazio Giunti quando tentava ultrapassar os 512 M de Parkes embateu de frente no Matra de Jean-Pierre Beltoise enquanto o francês empurrava o carro atingido de volta aos boxes.

Dramaticamente, Arturo Merzario, seu companheiro de equipa, correu para tentar tirar Giunti da cockpit, mas sem sucesso. O piloto italiano morreu em decorrência das queimaduras sofridas.

Modificação na miniatura

Os autocolantes foram colocados por min

Miniatura

Abre o capô do motor.

Motor e interior detalhado

Com suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série

Referencia nº 194 5/72

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - França

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 23:49
link do post | comentar | favorito
Sábado, 10 de Abril de 2021

Voisin 17 CV "Carene".- Um olhar sobre as minhas miniaturas

Voisin 17 CV "Carene".- Um olhar sobre as minhas miniaturas

173ª – Voisin 17 CV “Carene” 1934 Solido

Modelo real

No Salão de 1932, o C24 foi anunciado, compartilhando a mesma especificação mecânica essencial do C23, mas em um chassi suspenso com o codinome Surmeltem.

O cockpit estava no estilo Voisin típico da época, incluindo o tecido art déco e o painel amplamente muito completo. O seis cilindros de 3 litros do C23 foi ligeiramente ajustado para fornecer 10 bhp extras e, como o C23, as taxas do amortecedor eram ajustáveis a partir do banco do motorista. Fiel aos princípios de Voisin, o carro ostentava as características caixas de bagagem laterais projetadas para centralizar a distribuição de peso.

O C24 foi oferecido em 1933 como um salão com o codinome Charquatre, um duas portas com o codinome Carene (mais tarde imortalizado na escala 1/43 pela Solido) e um faeton de quatro lugares disponível para encomenda especial.

Duas actualizações foram adicionados no Salon de 1933. Charmeuse e Caravelle, eles introduziram as curvas como uma concessão à então moda actual para formas mais simplificadas.

O modelo permaneceu inalterado em 1934, último ano em que foi listado.

Este Voisin C24 de 1934 encontra-se no Muséu Henri Malartre

IMG_2861.JPG

IMG_2863.JPG

IMG_2866.JPG

Miniatura

Um modelo Solido com volante à direita 1934 Voisin 17 CV "Carene". As portas se abrem para revelar um interior incrivelmente detalhado. Existem duas rodas sobressalentes no porta-malas

Abre as portas.

Motor e interior detalhado

Com suspensão.

As rodas têm pneus de borracha

Fabricante Solido

Série Série L ´Âge d´Or

Referencia nº 144 1/65

Material – zamac

Material da placa de base –  zamac

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização que envolvia um expositor transparente com base de plástico

País - França

Anos de fabrico  a

 

 

 


publicado por dinis às 20:09
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Gulf Mirage M6 - Um olhar...

. Ligier JS3- Um olhar sobr...

. Porsche 917 Le Mans 1971 ...

. Fiat 525 N quase como o d...

. Citroen GS Solido - Um ol...

. Matra V8 F1 - Um olhar so...

. Ferrari Fórmula 1 - Um ol...

. Duesenberg Model J - Um o...

. Ferrari 312 PB - Um olhar...

. Voisin 17 CV "Carene".- U...

. Panhard & Levassor 6 Cil ...

. Ford Capri 2900 Injection...

. Alfa Romeo Carabo Bertone...

. Ferrari 512 M Sunoco - Um...

. Ford Mustang Rally «Spa S...

. Mercedes SS Torpedo Fecha...

. Porsche 917-10 Can Am 197...

. Maserati Indy - Um olhar ...

. Alfa Romeo 33/3.1970 - Um...

. Alfa Romeo TZ 1 - Um olha...

. Bugatti Royale Coupé Napo...

. Mercedes Benz C 111 Genev...

. Oldsmobile Toronado “musc...

. Opel GT - Um olhar sobre ...

. Lola T70 MK 3B GT - Um ol...

. Chaparral 2F - Um olhar s...

. Alpine-Renault A110 Berli...

. Ferrari 312 P - Um olhar ...

. Volks Porsche 914 - Um ol...

. Lancia Flaminia Coupe Pin...

. Ferrari 512S - Um olhar s...

. Chaparral 2D - Um olhar s...

. Alpine Renault A220 3l Le...

. Alfa Romeo Zagato - Um ol...

. Matra-Simca MS650 #10 - 1...

. Ford Mark IV Um olhar sob...

. Lamborghini Miura P 400 -...

. Porsche 908 Le Mans - Um ...

. Mc Laren M 8B Can-am - Um...

.arquivos

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs
RSS
Em destaque no SAPO Blogs
pub