Domingo, 7 de Novembro de 2021

Peugeot 204 Táxi- Um olhar sobre as minhas miniaturas

Peugeot 204 Táxi- Um olhar sobre as minhas miniaturas

383ª – Peugeot 204 MetOsul

O Táxi português com tecto de abrir, o conhecido carro de aluguer  

 Modelo real

Berlina de tracção à frente lançada em Abril de de 1965.

Com uma carroçaria de Pininfarin  mas a maior parte do trabalho foi realizado no gabinete de design Garenne-Colombes com a supervisão de Paul Bouvot.

Fabricado entre 1965 a 1976 na França, com um motor a gasolina de 4 cilindros em linha de 1130 c.c. 6 cavalos fiscais e 58 cv SAE .

O motor Diesel só chegaria à berlina em Setembro de 1974.

 O 204 foi um sucesso, permitindo a Peugeot em 1971ficar no segundo lugar dos fabricantes Francesas, pelo terceiro ano consecutivo, 1969, 1970, 1971.

O 204 saiu de linha em 1976 com 1.604.296 unidades produzidas.

IMG_3028.JPG

IMG_3030.JPG

IMG_3039.JPG

Miniatura

O Peugeot 204 é uma miniatura Nacional e é o primeiro modelo da marca a abrir o capot.

Tem um nível razoável de detalhes: piscas, faróis, puxadores de portas e frisos pintados à mão

Será uma coincidência, a Dinky Toys francesa já tinha fabricado este modelo há uns anos antes.

Abre as portas, porta-malas e capô.

Os bancos são rebatíveis.

Motor e interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas têm pneus de borracha

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante MetOsul

Série

Referencia nº 24

Material – zamac

Material da placa de base – Zamac

A base está cravada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão.

País - Portugal

Anos de fabrico  a

 

 

 

 

 

 

 


publicado por dinis às 21:34
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 3 de Setembro de 2021

Mercedes Benz 200 CM - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Mercedes Benz 200 CM - Um olhar sobre as minhas miniaturas

318ª – Mercedes Benz 200 MetOsul

Um modelo de luxo a democratizar-se.

 Modelo real

Mercedes Benz 190-200

Primeira série (1961–1965)

Primeira Série

190c / 190Dc

Produção 1961-1965

O Mercedes 190c e 190D onde o "D" era de Diesel, uma tecnologia pioneira pela Mercedes-Benz muito pouco ao agrado da imprensa desportiva e de quem gostava de carros rápidos..

O 190 que ficaria conhecido por “rabo de peixe” substituía o Ponton muitos populares entre os táxis do Porto e Lisboa também conhecidos por fogareiros..

A fama do motor diesel utilizada nos táxis começava a interessar os particulares, uma tecnologia que nada tem a ver com os actuais motores a começar pelo característico barulho a faz logo mover as cabeças e arregalar bem os olhos principalmente no inicio, quando está frio mas que passados alguns quilómetros a fumarada dos escapes desapareça.

A carroçaria deriva da série W111, com uma frente 145 mm maior e faróis redondos numa semelhança aos modelos W120 / 121 "Ponton". A traseira era idêntica ao W111 220b (o 220b era o modelo básico da série W111). O interior e as dimensões também eram idênticos aos do W111 220b, mas com menos opções, como bancos traseiros fixos e acabamento em baquelite no painel em contraste com a madeira utilizada nos modelos W111. Como os modelos 190c e 190Dc eram basicamente um W111 220b com uma frente mais curta, mas com motores menores e mais econômicos. Isso os tornou extremamente populares entre os motoristas de táxi com a produção do 190Dc a ser maior do que o 190c com motor a gasolina em quase 100.000 unidades.

Segunda série entre 1965-1968.

A segunda série de carros de 4 cilindros modelos 200, 200D e 230 começou em Julho de 1965, na fábrica de Sindelfingen. O 200 e 200D substituíram os modelos 190c e 190Dc, respectivamente. O motor do 200 aumentou o  diâmetro de 85 para 87 mm, e 1988 cc, e foi equipado com dois carburadores enquanto o 190c tinha um único carburador.

O motor a diesel 200D era essencialmente idêntico ao do 190Dc com c.c. 1988..

Os piscas dianteiros foram colocados na da parte superior dos para-lamas dianteiros e por baixo dos faróis

Na parte traseira, as luzes traseiras são rectangulares e o acabamento cromado foi revisto para apresentar duas faixas de acabamento horizontais em vez de barbatanas traseiras com acabamento cromado.

Os modelos de 1968 foram equipados com colunas de direção dobráveis ​​para atender aos regulamentos de segurança americanos.

Todos os três carros da segunda série W110 terminaram a produção em Janeiro de 1968 com o lançamento dos W115 220 e 220D.

IMG_20210903_163202.jpg

IMG_20210903_163233.jpg

IMG_20210903_163734.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Com suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante MetOsul

Série

Referencia nº

Material – zamac

Material da placa de base – zamac

A base está cravada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - Portugal

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 22:51
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 3 de Junho de 2021

Citroen DS 19 curto - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Citroen DS 19 curto - Um olhar sobre as minhas miniaturas

226ª – Citroen DS 19 Curto MetOsul

O protótipo de Bob Neyret e a semelhança com o Citroen DS Coupe Ricou 1959

Modelo real

O Citroen ID/DS conhecido como Boca de Sapo foi fabricado entre 1955 e 1975

O primeiro DS foi lançado em Outubro de 1955 (Deésse ou Deusa) sucedendo ao Traction Avant normale e 2 anos depois no Salão de Paris surge o modelo ID (que significa Idée ou Idéia) para substituir o ao Traction Avant normale, segundo a imprensa francesa o modelo DS estava 20 anos a frente de qualquer outro carro e foi equipado com o motor do Traction Avant, ou seja, um motor de 1911cc, com 70hp a 4.500rpm.

A primeira vitória de um ID 19 aconteceu no rali de Monte Carlo de 1959 com a equipa Coltelloni-Alexandre-Desrosiers. Este resultado leva à decisão da Citroën de participar na competição.

Em 1963 a Citroen cria um departamento dedicado à competição automóvel supervisionado por René Cotton

Com uma aparência de Citroen DS Coupe Ricou de 1959 os protótipos DS eram cortados 60 cm na plataforma, entre os dois eixos, e retiradas as portas traseiras e o tejadilho era rebaixado e um motor mais potente.

As capacidades do DS são conferidas pela sua suspensão hidráulica, equilíbrio do chassis e baixo peso compensam a falta de potência.

Em 1966, a Citroën aumenta a cilindrada ao eterno quatro cilindros para 2175 cm3, adota a injeção potência e a potencia aumenta 125 cv.

Bob Neyret um dentista de Grenoble, corredor semiprofissional teve a sua primeira vitória em 1962 com um DS19, destacando-se em condições difíceis integra a equipe Citroën .

Com o DS 21 encurtado em 53 cm e 500 kg a menos que o DS convencional e 115 cavalos ocupa o 12º lugar no Rally de Marrocos em 1968.

Modificação na miniatura

A miniatura da MetOsul foi cortada logo a seguir à porta da frente e novamente um pouco antes da porta traseira.

Abertos os guarda-lamas traseiro e cortado o para-choques.

As rodas foram substituídas. por umas da Norev.

IMG_3762.JPG

IMG_3763.JPG

IMG_3766.JPG

Miniatura

A miniatura da MetoSul foi cortada logo a seguir à porta da frente e novamente um pouco antes da porta traseira.

Interior detalhado

Sem suspensão.

Fabricante MetoSul

Série

Referencia nº 2

Material – zamac

Material da placa de base – zamac

A base está cravada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País – Portugal

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 00:00
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 28 de Dezembro de 2020

Alfa Romeo Giulietta Spyder  - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Alfa Romeo Giulietta Spyder  - Um olhar sobre as minhas miniaturas

43ª – Alfa Romeo Giulietta Spyder  MetOsul

 Modelo real

Alfa Romeo Giulietta Spyder  é um dos carros abertos mais fascinantes de todos os tempos. A linha foi desenhada pela Pininfarina. A Giulietta Spyder determinou o ponto de inflexão industrial da Carrozzeria Pinin Farina e foi produzida em mais de 27.000 unidades. A linha é original, com o para-choque dianteiro bipartido e a grade vertical, com duas entradas de ar horizontais.

IMG_1061.JPG

IMG_1062.JPG

IMG_1063.JPG

Miniatura

A MetOsul era o mais antigo fabricante de brinquedos em Portugal fundada pelos irmãos Manuel e Artur Henriques na sua terra natal na cidade de Espinho, em 1931.

No início dos anos 60 começou a fazer cópias de vários fabricantes.

O Alfa Romeo Giulietta descapotável é um modelo idêntico ao da Solido.

O Giulietta Spyder Roadster tem a figura original do motorista

Detalhes: piscas, faróis, puxadores de portas e frisos pintados à mão.

Suspensão por lâmina.

As rodas têm pneus

Fabricante MetOsul

Série

Referencia nº 3

Material – Zamac

Material da placa de base – Zamac

Apresentado em caixa de cartão.

Exibido em várias cores e na versão Brigada de Trânsito da GNR e Polícia,

País Portugal  

Ano de fabrico 1965 e 1990


publicado por dinis às 19:24
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2022

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9


28

29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Peugeot 204 Táxi- Um olha...

. Mercedes Benz 200 CM - Um...

. Citroen DS 19 curto - Um ...

. Alfa Romeo Giulietta Spyd...

.arquivos

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs
RSS
Em destaque no SAPO Blogs
pub