Quinta-feira, 20 de Maio de 2021

Cord 812 1937 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Cord 812 1937 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

213ª – Cord 1937 Dugu

A miniatura que o tempo fez mudar de cor                                                                                                    

Primeiros faróis do tipo retrátil e a primeira tracção à frente nos Estados Unidos.

Modelo real

A Cord consegui construir os 100 carros necessários para se qualificar para o show e estrear no Salão do Automóvel de Nova York em Novembro de 1935. Os visitantes subiam para o para-choque do carro para dar uma espreitadela. A traction avant permitiu a Buehrig dispensar o eixo de transmissão e o túnel e o resultado foi um novo carro tão baixo que não exigia estribos. A transmissão não estava pronta mas mesmo assim Cord recebeu muitos pedidos na feira, prometendo a entrega no Natal, com expectativa de produção de 1.000 por mês.

 A transmissão semiautomática foi mais problemática do que o esperado e o Natal chegou sem carros fabricados.

A perda de andamento e o bloqueio de vapor, arrefeceram o entusiasmo inicial. Os modelos restantes não vendidos foram renumerados e vendidos como modelos em 1937 como 812.

Sedan Cord 812 Supercharged 1937

A sobrealimentação, Supercharged, foi disponibilizado no modelo 812 em 1937, com o Schwitzer-Cummins acionada mecanicamente. Os modelos 812 Supercharged distinguiam-se dos 812s aspirados pelos tubos de escape externos cromados e brilhantes montados em cada lado do capô e da grade.

Em 1937, após produzir cerca de 3.000 desses carros, a Auburn interrompeu a produção do Cord.

IMG_3523.JPG

IMG_3524.JPG

IMG_3525.JPG

IMG_3529.JPG

IMG_3535.JPG

Miniatura

O Cord tinha faróis retráteis mas na miniatura parece que não, será que a Dugu esqueceu-se de incluir as ranhuras deles?

Os escapes laterais são feitos com uma mola tipo lapiseira.

Rico em detalhes, instrumentação no painel, o espelho retrovisor cromado colocado dentro, a meio caminho do pilar central do para-brisas.

A placa da matrícula, colada ao para-choque, é muito frágil.

O capô pode ser removido,

Nos catálogos da Dugu o modelo é definido como Cord Phaeton 1936.

O modelo é um 812 SC Phaeton, de 1937 embora na base, entre outras coisas, lemos CORD 1937. A versão de 1936 (o 810) era semelhante, mas não tinha escapes laterais.

Abre o capô.

Motor e interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Dugu

Série

Referencia nº 18

Material – zamac

Material da placa de base – plástico e com muitos pormenores.

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de papelão colorido e grande janela lateral contém a vitrine de base plástica e tampa transparente.

País – Itália


publicado por dinis às 21:59
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 10 de Maio de 2021

Brixia Zust 10 Hp 1908 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Brixia Zust 10 Hp 1908 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

203ª – Brixia Zust 10 Hp 1908 Rys

Um postal e mais tarde a miniatura de um modelo que se encontra actualmente no  Museu Nacional do Automóvel em Turin.

Modelo real

Zust (originalmente Züst) foi uma empresa italiana de automóveis entre 1905 a 1917.

Roberto Züst, industrial italiano de origem suíça, fabricava ferramentas de precisão em Intra, perto do Lago Maggiore fundou a empresa Zust para a fabricar carros e veículos comerciais. Os primeiros eram modelos enormes e caros, movidas por motores de quatro cilindros de alta cilindrada,  7432 cc a 11308 cc

Em 1906, Züst, com os seus cinco filhos iniciou a produção de um novo automóvel mais pequeno e para isso fundou uma nova empresa a Brixia-Zust na cidade de Brescia. (Zust e Brixia-Zust são frequentemente confundidos).

Um modelo 28/45 HP em 1908 participou da Corrida de Nova York a Paris de 1908 e terminou em terceiro.

A empresa produziu carros de corrida que participaram no Targa Florio, na Sicília.

Problemas financeiros, a Brixia-Zust fechou as portas em 1912 e a fábrica de Milão foi vendida e a produção de carros Zust concentrada em Brescia, onde a produção continuou até 1914. Os últimos novos modelos, o 15/25 HP ou 2S 365 (2592 cc / 158cuin) e o 25/35 ou S305 (4712 cc / 288cuin), apareceu em 1913.

Em 1 de Outubro de 1917, é a vez de a Zust  ser adquirida também pela OM, Officine Meccaniche de Milão, que continuou a fabricar o S305 até 1923 como OM nas instalações de Brescia.

O modelo mais interessante era o de 10 cv em 1909, movido por um motor de 1495 cc de três cilindros. A produção de automóveis terminou - devido a dificuldades financeiras - em 1912.

IMG_3282.JPG

IMG_3284.JPG

IMG_3285.JPG

IMG_3290.JPG

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico semelhantes às originais.

Fabricante Dugu

Série Museo del Automobilli

A série Museo da Dugu reporta os automóveis expostos no Museo del Automobilli  Carlo Biscaretti di Ruffia Torino Itália o seu fundador, é actualmente  designado por Museu Nacional do Automóvel de Torino após a intervenção de Giovanni Agnelli.

Referencia nº 9

Material – zamac

Material da placa de base – zamac

A base está cravada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão.

País – Itália

Anos de fabrico 1967 a


publicado por dinis às 22:23
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 5 de Março de 2021

Fiat Balilla 1934 "Copa D'Oro"- Um olhar sobre as minhas miniaturas

Fiat Balilla 1934 "Copa D'Oro"- Um olhar sobre as minhas miniaturas

136ª – Fiat 508 Sport Spyder Balilla "Copa D'Oro". Dugu

 Modelo real

O 508 / Balilla, foi um pequeno carro apresentado no Milan Motorshow de 1932.

Em 1933, a FIAT lançou um 508S (Sport) mais potente e adicionou um spider da Ghia e um cupê aerodinâmico à gama de estilos de carroceria disponíveis. A traseira incluía um tratamento de cauda distinto apelidado de "cauda de inseto".

Os guarda lamas a cobrir as rodas tormou-o mais elegante foi mais um desenvolvimento do 508 Balilla.

IMG_1101.JPG

IMG_1108.JPG

IMG_1109.JPG

Miniatura

Miniatura realizada com a colaboração da Fiat e do modelo existente no Museu do Automóvel Carlo Biscaretti di Ruffia em Turin.

Abre as portas e capô.

Motor e interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas têm pneus

O para-brisas já lá não está.

Fabricante Dugu

Série

Referencia nº S 17

Material – Plástico

Material da placa de base – Plástico

Apresentado em caixa de cartão.

País frança

Ano de fabrico 1968 e 1970


publicado por dinis às 18:17
link do post | comentar | favorito
Domingo, 17 de Janeiro de 2021

Fiat 3,5 HP 1899 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Fiat 3,5 HP 1899 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

64ª – Fiat 3,5 HP 1899 Aperta Dugu

No século XIX, o primeiro Fiat.

 Modelo real

Apresentado em 1899, foi o primeiro Fiat produzido.

Giovanni Ceirano trabalhou 8 anos com o pai na relojoaria e em 1888 começou a produzir uma bicicleta chamada Welleyes e funda a empresa Ceirano GB&C.

Em Outubro de 1898, Giovanni Battista e Matteo co-fundaram a Ceirano GB & C e começaram a produziram o automóvel Welleyes com grande sucesso.

Em Julho de 1899, a planta e patentes, foram vendidas a Giovanni Agnelli que pagou $ 400 pela sua parte (que valia cerca de $ 11.500) e é produzido o primeiro F.I.A.T. - o Fiat 4 HP.  e Giovanni Battista foi nomeado pela Fiat como agente para a Itália,

Pouco depois saiu para fundar a Fratelli Ceirano & C. que em 1903 se tornou a Società Torinese Automobili Rapid (S.T.A.R.),

Em 1899 do Fiat 4 HP ainda foram construídas 8 unidades num total de 24 produzidas nos dois anos.

O Fiat 4 HP foi projetado por Aristide Faciolli.

O carro usava um motor de 679 cc, que podia levar o veículo aos 35 km / h. No entanto, a economia de combustível para este modelo foi grande, com apenas 8 litros de gasolina para cada 100 km de estrada. O carro pesava 680 kg.

IMG_1436.JPG

IMG_1437.JPG

IMG_1438.JPG

IMG_1439.JPG

 

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas têm pneus

Fabricante Dugu

Série

Referencia nº 11 ou 12

Material – Zamac

Material da placa de base – zamac

Apresentado em caixa de cartão com janela redonda, em base opaca e caixa transparente plástica.

Miniatura muito frágil nas rodas

País – Itália

Anos de fabrico 1966 a


publicado por dinis às 11:15
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Cord 812 1937 - Um olhar ...

. Brixia Zust 10 Hp 1908 - ...

. Fiat Balilla 1934 "Copa D...

. Fiat 3,5 HP 1899 - Um olh...

.arquivos

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs
RSS
Em destaque no SAPO Blogs
pub