Quinta-feira, 20 de Maio de 2021

Cord 812 1937 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Cord 812 1937 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

213ª – Cord 1937 Dugu

A miniatura que o tempo fez mudar de cor                                                                                                    

Primeiros faróis do tipo retrátil e a primeira tracção à frente nos Estados Unidos.

Modelo real

A Cord consegui construir os 100 carros necessários para se qualificar para o show e estrear no Salão do Automóvel de Nova York em Novembro de 1935. Os visitantes subiam para o para-choque do carro para dar uma espreitadela. A traction avant permitiu a Buehrig dispensar o eixo de transmissão e o túnel e o resultado foi um novo carro tão baixo que não exigia estribos. A transmissão não estava pronta mas mesmo assim Cord recebeu muitos pedidos na feira, prometendo a entrega no Natal, com expectativa de produção de 1.000 por mês.

 A transmissão semiautomática foi mais problemática do que o esperado e o Natal chegou sem carros fabricados.

A perda de andamento e o bloqueio de vapor, arrefeceram o entusiasmo inicial. Os modelos restantes não vendidos foram renumerados e vendidos como modelos em 1937 como 812.

Sedan Cord 812 Supercharged 1937

A sobrealimentação, Supercharged, foi disponibilizado no modelo 812 em 1937, com o Schwitzer-Cummins acionada mecanicamente. Os modelos 812 Supercharged distinguiam-se dos 812s aspirados pelos tubos de escape externos cromados e brilhantes montados em cada lado do capô e da grade.

Em 1937, após produzir cerca de 3.000 desses carros, a Auburn interrompeu a produção do Cord.

IMG_3523.JPG

IMG_3524.JPG

IMG_3525.JPG

IMG_3529.JPG

IMG_3535.JPG

Miniatura

O Cord tinha faróis retráteis mas na miniatura parece que não, será que a Dugu esqueceu-se de incluir as ranhuras deles?

Os escapes laterais são feitos com uma mola tipo lapiseira.

Rico em detalhes, instrumentação no painel, o espelho retrovisor cromado colocado dentro, a meio caminho do pilar central do para-brisas.

A placa da matrícula, colada ao para-choque, é muito frágil.

O capô pode ser removido,

Nos catálogos da Dugu o modelo é definido como Cord Phaeton 1936.

O modelo é um 812 SC Phaeton, de 1937 embora na base, entre outras coisas, lemos CORD 1937. A versão de 1936 (o 810) era semelhante, mas não tinha escapes laterais.

Abre o capô.

Motor e interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Dugu

Série

Referencia nº 18

Material – zamac

Material da placa de base – plástico e com muitos pormenores.

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de papelão colorido e grande janela lateral contém a vitrine de base plástica e tampa transparente.

País – Itália


publicado por dinis às 21:59
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 6 de Maio de 2021

Fiat 525 N quase como o do Caramulo - Um olhar sobre as minhas miniaturas.

Fiat 525 N quase como o do Caramulo - Um olhar sobre as minhas miniaturas.

199ª – Fiat 525 N Decouverte  1925 Solido

Uma viatura Papal para transporte do Papa Pio XI

 Modelo real

O 525 foi o sucessor do Fiat 512, é um carro de passageiros, produzido entre 1928 e 1931.

 Um ano depois O 525 foi modificado e designado por 525N com uma distância entre eixos reduzida de 3400 mm para os 3260 mm, uma cabeça de motor modificada, uma relação final revista, rodas de menor diâmetro e ainda travões servo assistidos, sendo o primeiro automóvel no mundo a dispor de travões hidráulicos com duplo circuito.

Em Abril de 1929, Giovanni Agnelli, herdeiro do Grupo Fiat, ofereceu a sua Santidade, o Papa Pio XI, um automóvel deste modelo.

O Presidente da Fiat  Vittorio Valletta e o Senador e General Conde Alessandro Lessona. em 1965, visitaram o Museu do Caramulo, onde na altura estavam três Fiat, Valletta decidiu doar um Fiat à colecção do Caramulo. O escolhido foi o do Museu Biscaretti Di Ruffia.

No total foram produzidos 1874 exemplares do 525 N, dos quais restam apenas o modelo que se encontra no Museu do Caramulo, três unidades em Itália, uma em Inglaterra e uma outra nos Estados Unidos.

Modificação na miniatura

Nunca teve as figuras do Vaticano

IMG_3237.JPG

IMG_3238.JPG

IMG_3241.JPG

IMG_3246.JPG

 

Miniatura

Abre as portas.

Interior detalhado

Com suspensão.

As rodas têm pneus de borracha

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série age L ´Âge d´Or época de 1925 a 1935

Referencia nº 154

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão.

País - França

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 23:40
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 19 de Abril de 2021

Duesenberg Model J - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Duesenberg Model J - Um olhar sobre as minhas miniaturas

182ª – Duesenberg Sj 1931 Solido

Errett Lobban Cord, o proprietário da Auburn Automobile comprou a Duesenberg Motor Corporation em 26 de Outubro de 1926.

A nova empresa é designada como "Duesenberg, Inc." e os irmão Duesenberg, August e Fred continuariam como vice-presidente e encarregado de engenharia e trabalho experimental rapidamente começaram a trabalhar projetando sua visão do automóvel de maior prestígio do mundo.

O espectacular Duesenberg Model J foi apresentado em 1º de Dezembro no New York Car Show de 1928 e na Europa, no "Salon de l'automobile de Paris" de 1929.

O primeiro modelo apresentado em Nova York o J-101, era um phaeton Le Baron sweep panel com dupla cobertura, com acabamento em prata e preto.

A Grande Depressão estava aí e em Outubro de 1929, a Duesenberg Company tinha fabricado cerca de 200 carros. Em 1930 outros 100 foram entregues mas, longe da meta original de vender 500 carros por ano.

O Modelo J era o carro mais rápido, mais caro e mais exclusivo da América. Os compradores exigiram a melhor carroceria, com Willoughby, LeBaron, Murphy, Franay, Gurney Nutting e muitos outros esperavam uma oportunidade de embelezar o chassis Duesenberg J.

Magnatas dos negócios, estrelas de Hollywood e a realeza clamariam por uma chance de serem vistos no impressionante novo Duesenberg.

O Modelo J foi disponível com um compressor após 1932 e vendido até 1937.

Há uns anos Jay Leno encontrou um original não restaurado num estacionamento em Manhattan, com a carroceria Woods, agora podemos vê-lo na Jay Leno's Garage

IMG_2971.JPG

IMG_2975.JPG

IMG_2980.JPG

IMG_2978.JPG

 Modelo real

Modificação na miniatura

Miniatura

Abre as portas e capô.

Motor e interior detalhado

Com suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante

Série L ´Âge d´Or época de 1925 a 1935

Referencia nº 156

Material – zamac e plástico

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão.

País – França

Anos de fabrico  a

 

 

 

 

 


publicado por dinis às 21:16
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 13 de Abril de 2021

Morris Bull Nose 1923 Spot-On - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Morris Bull Nose 1923 Spot-On - Um olhar sobre as minhas miniaturas

176ª – Morris Bull Nose 1921 Spot-On

Uma miniatura com um banco da sogra.

Modelo real

O segundo modelo de Morris Oxford anunciado em Setembro de 1918 (1919 1926) continuou a ser montado com componentes feitos localmente era maior, mais forte que o antigo Oxford, o suficiente para transportar cinco passageiros, o novo Oxford manteve o estilo de radiador Bullnose do pré-guerra em sua versão maior. A partir de Agosto de 1919, o Cowley uma variante para o mercado de baixo custo, com apenas uma carroceria de 2 lugares e pneus menores mais leves.

O motor de 1548 cc de 11,9 cavalos de potência fiscal foi fabricado sob licença em Coventry para Morris por uma filial britânica da Hotchkiss, a empresa de artilharia francesa.

Em 1923, o motor foi aumentado para1802 cc e conhecido como 14/28. Em 1925, ele ganhou um chassi de distância entre eixos mais longa para afastá-lo do Cowley e freios nas quatro rodas. Esse modelo da Oxford seria a base do primeiro MG, o 14/28 Super Sports.

Mudança a meio do ano de 1926 para nariz achatado

IMG_2895.JPG

IMG_2896.JPG

IMG_2900.JPG

Miniatura

Abre a mala que se transforma no banco da sogra.

Motor e interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas têm pneus de borracha

Fabricante Spot-On

Série

Referencia nº 266

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão.

País – Irlanda do Norte, Belfat, By Triang

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 23:29
link do post | comentar | favorito
Sábado, 10 de Abril de 2021

Voisin 17 CV "Carene".- Um olhar sobre as minhas miniaturas

Voisin 17 CV "Carene".- Um olhar sobre as minhas miniaturas

173ª – Voisin 17 CV “Carene” 1934 Solido

Modelo real

No Salão de 1932, o C24 foi anunciado, compartilhando a mesma especificação mecânica essencial do C23, mas em um chassi suspenso com o codinome Surmeltem.

O cockpit estava no estilo Voisin típico da época, incluindo o tecido art déco e o painel amplamente muito completo. O seis cilindros de 3 litros do C23 foi ligeiramente ajustado para fornecer 10 bhp extras e, como o C23, as taxas do amortecedor eram ajustáveis a partir do banco do motorista. Fiel aos princípios de Voisin, o carro ostentava as características caixas de bagagem laterais projetadas para centralizar a distribuição de peso.

O C24 foi oferecido em 1933 como um salão com o codinome Charquatre, um duas portas com o codinome Carene (mais tarde imortalizado na escala 1/43 pela Solido) e um faeton de quatro lugares disponível para encomenda especial.

Duas actualizações foram adicionados no Salon de 1933. Charmeuse e Caravelle, eles introduziram as curvas como uma concessão à então moda actual para formas mais simplificadas.

O modelo permaneceu inalterado em 1934, último ano em que foi listado.

Este Voisin C24 de 1934 encontra-se no Muséu Henri Malartre

IMG_2861.JPG

IMG_2863.JPG

IMG_2866.JPG

Miniatura

Um modelo Solido com volante à direita 1934 Voisin 17 CV "Carene". As portas se abrem para revelar um interior incrivelmente detalhado. Existem duas rodas sobressalentes no porta-malas

Abre as portas.

Motor e interior detalhado

Com suspensão.

As rodas têm pneus de borracha

Fabricante Solido

Série Série L ´Âge d´Or

Referencia nº 144 1/65

Material – zamac

Material da placa de base –  zamac

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização que envolvia um expositor transparente com base de plástico

País - França

Anos de fabrico  a

 

 

 


publicado por dinis às 20:09
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 5 de Abril de 2021

Panhard & Levassor 6 Cil 35 CV  1925 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Panhard & Levassor 6 Cil 35 CV  1925 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

168ª – Panhard 1925 Solido

8 Cilindros 35 CV

Panhard & Levassor 35cv 8 cilindros Landaulet 1925

Primeira versão do Landaulet Solido numa homenagem ao automóvel francês de maior prestígio de sua época

 Modelo real

Em 1924, a Panhard & Levassor inova ao modificar profundamente seus motores sem válvula. Até então as camisas são feitas de ferro fundido. Este material tem a vantagem de possuir boas características antifricção. Por outro lado, o peso elevado impede regimes elevados.

Panhard & Levassor substitui camisas pesadas e grossas de ferro fundido por camisas de aço três vezes mais leves. Para evitar a apreensão, a jaqueta externa, menos tensionada termicamente, é regulada. A lubrificação também é amplamente dimensionada, o que explica a flâmula característica que acompanha um automóvel sem válvula.

Todos os motores ganham em velocidade e desempenho.

Em 1925, Panhard & Levassor absorveu Delaugere e Clayette em Orlean e torna-se na carroçadora da casa. A organização da produção na Panhard & Levassor continua muito tradicional e nada tem a ver com as fábricas ultramodernas das grandes que são a Peugeot, a Renault e especialmente a Citroën.

IMG_2812.JPG

IMG_2814.JPG

IMG_2816.JPG

IMG_2817.JPG

Miniatura

Abre as portas.

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas têm pneus

Fabricante

Série L´age d´or

Referencia nº 140

Material – zamac

Material da placa de base – zamac

A base está carvada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão.

País - França

Anos de fabrico  a

No início dos anos 2000 uma coleção de modelos lançados pela Hachette 'A Century of Cars' foi apresentada com os modelos das linhas Corgi e Solido incluiu este Panhard & Levassor,


publicado por dinis às 22:13
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 5 de Março de 2021

Fiat Balilla 1934 "Copa D'Oro"- Um olhar sobre as minhas miniaturas

Fiat Balilla 1934 "Copa D'Oro"- Um olhar sobre as minhas miniaturas

136ª – Fiat 508 Sport Spyder Balilla "Copa D'Oro". Dugu

 Modelo real

O 508 / Balilla, foi um pequeno carro apresentado no Milan Motorshow de 1932.

Em 1933, a FIAT lançou um 508S (Sport) mais potente e adicionou um spider da Ghia e um cupê aerodinâmico à gama de estilos de carroceria disponíveis. A traseira incluía um tratamento de cauda distinto apelidado de "cauda de inseto".

Os guarda lamas a cobrir as rodas tormou-o mais elegante foi mais um desenvolvimento do 508 Balilla.

IMG_1101.JPG

IMG_1108.JPG

IMG_1109.JPG

Miniatura

Miniatura realizada com a colaboração da Fiat e do modelo existente no Museu do Automóvel Carlo Biscaretti di Ruffia em Turin.

Abre as portas e capô.

Motor e interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas têm pneus

O para-brisas já lá não está.

Fabricante Dugu

Série

Referencia nº S 17

Material – Plástico

Material da placa de base – Plástico

Apresentado em caixa de cartão.

País frança

Ano de fabrico 1968 e 1970


publicado por dinis às 18:17
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 1 de Março de 2021

Bugatti Royale Coupé Napoleon - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Bugatti Royale Coupé Napoleon - Um olhar sobre as minhas miniaturas

131ª – Bugatti 41 Royale 1930 Solido

Único, imponente. 

Modelo real

O Bugatti T 41 Royale Coupé Napoleon #41100, foi o carro pessoal de Ettore Bugatti 

Originalmente, o protótipo levou uma carroçaria Packard .

A carroceria Packard foi substituída depois do acidente de Ettore Bugatti, quando adormeceu ao volante, viajando de Paris para a Alsácia.

Necessitando de uma grande reconstrução de Weymann foi encarregado da segunda carroceria tipo Salon e eis o segundo protótipo.

O Coupé Napoleon foi desenhado e construído em Molsheim e em versão defenitiva

O Coupé Napoleon foi adquirido por Fritz Schlumpf nos anos 60 para o seu Museu o actual Museu Nacional do Automóvel de Mulhouse, na França, junto de uma réplica autêntica do Nº 2 com a carroceria original do roadster.

IMG_0854.JPG

IMG_0855.JPG

IMG_0859.JPG

IMG_0860.JPG

Miniatura

O catálogo da Solido anunciava a série L´age d´or como

A super colecção psrs homens. As miniaturas mais prestigiosas de uma época determinada.

Um trabalho de procura muito importante realizado com a colaboração dos melhores especialistas.

Uma fabricação precisa, detalhada e luxuosa em metal.

Mas a realidade mostrar-se-ia diferente e uns anos mais tarde a Solido reeditou-a.

Uns anos mais tarde soube que faltava a cor azul lateral faltava. Não teria sido acrescentada posteriormente no próprio Museu de Mulhouse

Uma bela miniatura que perdeu o elefante, o motor e o para-choques dianteiro.

.

O interior é detalhado.

Suspensão em mola

Fabricante Solido

Série L´age d´or

Referencia nº 136 5/64

Material – Zamac

Material da placa de base – Zamac

Apresentado em base plástica opaca e caixa transparente também plástica.

País França e Brasil

Anos de fabrico  a 


publicado por dinis às 19:59
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 18 de Fevereiro de 2021

Alvis 1937 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Alvis 1937 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

120ª – Alvis Speed 25 construção própria  

A foto.

A minha primeira miniatura de construção própria e os meus calhambeques antes das corridas de 1973   onde provavelmente uma rádio transmitia “O calhambeque” de Roberto Carlos.

 

Uma foto encontrada num Album de Familia e que mostra as miniaturas  dos automoveis antigos que então possuia. Para minha surpresa, fui encontrar o Alvis naquela que assim foi a minha primeira minitura de contrução própria.

Durante  a passagem em Vila Real dos participantes na 1º Volta a Portugal em Automoveis Antigos que ocorreu de Junho de 20 a 27 de Maio de 1972, durante a sua breve paragem junto ao Regimento de Infantaria Nº 13, um dos automoveis que se destacava foi certament o Alvis de 1937, do qual registei duas fotos muito uteis que me vieram ajudar na realização da minha primeira niniatura de contrução própria.

O modelo foi baseado no Fiat Balilla  da Mercury e com ajuda da lima, serra de metal, barro plástico e lixa e muita paciencia,  assim foi surgindo a miniatura.

Imediatamente reconheci a miniatura,  a terceira da fila que está na vertical do lado esquerdo e lá fui eu a sua procura, já não me lenbrava dele.

Ei-la na vitrine do Néné com algumas das sua pinturas, o que quer dizer que tambem brincou com ela.

 Já lhe faltavam os parachoques, e os faroies  então provenientes de um SS Jaguar da Solido e colocados posteriormente, rodas diferentes e um pneu furado.

Com um pouco de emoção, comecei por procurar uns parachoque mas acbaram por serem feitos apartir dos ganchos da Esmeralda.

Os farois proveem  de um Duesemberg da Revel  e as rodas voltaram a ser as do Balilla.

Modelo real

O Alvis Speed 25 foi um carro de grande turismo britânico fabricado entre 1936 e 1940 pela Alvis Ltd em Coventry. Considerado um dos melhores carros produzidos na década de 1930, substituiu o Alvis Speed 20. O motor de seis cilindros proporcionava os seus ocupantes em alta velocidade em um luxo excepcional, acompanhado pelo atraente som de um poderoso escape profundo e gutural. Sua beleza também é confirmada por ser o único carro a ganhar o prestigioso prêmio Ladies Choice VSCC Oxford Concourse por dois anos consecutivos.

IMG_1992.JPG

IMG_20210215_161708.jpg

151419503_403811320917806_6419278045300294422_n.jp

151427226_292513292296175_5378703043112542878_n.jp

152222260_442417500177402_7252459971112198700_n.jp

Miniatura

Abre as portas,

Interior.

Sem suspensão.

As rodas têm pneus

Fabricante

Material – zamac

Material da placa de base – barro plástico

Ano de fabrico 1973

 


publicado por dinis às 19:02
link do post | comentar | favorito
Domingo, 14 de Fevereiro de 2021

Lagonda Drophead Coupé 1936 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Lagonda Drophead Coupé 1936 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

116ª –Lagonda Drophead Coupé 1938 Matchbox

Na caixa podia ler-se:

Este carro era movido pelo famoso motor de Henry Meddows Ltd. O motor tinha uma potência declarada de 140 bhp, dando ao carro uma velocidade máxima de quase 100 mph. Um lagonda usado o mesmo carro foi o vencedor das clássicas 24 h de  Le Mans em 1935

Modelo real

Depois de uma tentativa tímida de permanecer com sua empresa homônima após sua aquisição pela Rolls-Royce, W.O. Bentley mudou-se para Lagonda, outro nome respeitado em carros de turismo rápidos. Foi na Lagonda que a Bentley produziu um motor que muitos consideram sua obra-prima, o fabuloso V-12, um design de 60 graus com válvulas no cabeçote modernas com uma única árvore de cames no cabeçote para cada banco de cilindros e utilizando vários metais especiais para leveza e durabilidade. Foi montado em uma estrutura de seção em caixa com suspensão dianteira independente com barra de torção e freios a tambor hidráulicos.

IMG_2047.JPG

IMG_2050.JPG

IMG_2051.JPG

Miniatura

interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas têm pneus

Fabricante Matchbox

Série Models of Yesteryer

Referencia nº Y11

Material – zamac

Material da placa de base – zamac

A base está cravada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão.

País – Inglaterra by Lesney Models

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 20:00
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Cord 812 1937 - Um olhar ...

. Fiat 525 N quase como o d...

. Duesenberg Model J - Um o...

. Morris Bull Nose 1923 Spo...

. Voisin 17 CV "Carene".- U...

. Panhard & Levassor 6 Cil ...

. Fiat Balilla 1934 "Copa D...

. Bugatti Royale Coupé Napo...

. Alvis 1937 - Um olhar sob...

. Lagonda Drophead Coupé 19...

. Packard Victoria - Um olh...

. Fiat Balilla  - Um olhar ...

.arquivos

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs
RSS
Em destaque no SAPO Blogs
pub