Quarta-feira, 1 de Março de 2023

Opel Manta 400 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Opel Manta 400 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

807ª – Opel Manta 400 Vitesse

Opel Manta 400 de Guy Colsoul / Alain Lopes Paris-Dakar 1985. esteve na II Exposição de Miniaturas do CAVR na Garagem S. Cristóvão de 11 a 17 de Julho de 1988.

Modelo real

Em 1982, Walter Röhrl no Opel Ascona 400 foi a última tracçaõ traseira a conquistar o título mundial de rali, depois do Opel Manta B 400 der apresentado no Salão de Genebra em 1981, denominação devida às 400 unidades necessárias para a homologação de uma versão de competição em Grupo 4,

O mais raro e potente Opel Manta 400 dispunha de um motor de quatro cilindros DOHC (dupla árvore de cames à cabeça) de 2,4 litros, com quatro válvulas por cilindro e 144 cv.

O Campeão belga de rally em 1981 no Opel Ascona 400 Gr.4 foi Guy Colsoul  e Alain Lopes, mas foi ao volante de um Mercedes 280 GE em 1983  termina o Dakar em 6º lugar geral.

No ano seguinte, 1984 volta ao Rally Paris-Dakar, agora com o Opel Manta 400, Guy Colsoul e Alain Lopes para vencer a sua classe de veículos de tração ás duas rodas, termina em 4º lugar da classificação geral, logo atrás de três veículos de tração integral. O vencedor foi o Porsche 911 René Metge / Dominique Leymoyne seguido de  Zaniroli, Da Silva no Range Rover V8 e em 3º Cowan, Syer no Mitsubishi Pajero.

Em 1985 voltam novamente ao Paris-Dakar mas não tiveram   a mesma sorte onde o coupé de tração traseira talvez mais adaptado aos troços de rali do que ao Dakar e a ter de transportar por cima da mala um bidão, não terminou a prova, com o sucessor da Manta além de não ganha um título mundial, têm nos Quattro desde 1982, agora mais fortes para os simples tração às duas rodas.

Modificação na miniatura

IMG_20230314_141022.jpg

IMG_20230314_141420.jpg

IMG_20230314_141654.jpg

IMG_20230314_141943.jpg

IMG_20230314_142137.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Vitesse

Série

Referencia nº preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - Portugal

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 19:12
link do post | comentar | favorito
Domingo, 20 de Novembro de 2022

Opel Ascona 400 Plubimmo Racing - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Opel Ascona 400 Plubimmo Racing - Um olhar sobre as minhas miniaturas

719ª – Opel Ascona Troféu

Anders Kullang e Bruno Berglund Opel Ascona 400 no Rallye de Portugal 1981

Modelo real

A Opel através da equipa monegasca Plubimmo Racing inscreveu o Opel Ascona para o Sueco Anders Kullang e Bruno Berglund

Com uma previsão de muita chuva na verdade pouco choveu.

No Marão Mikkola no Audi desistiu com o motor partido  e Per Eklund  no Toyota Celica a teve uma saída e o navegador Ragnar Spjuth  a ser reportado para Vila Real e em seguida de helicóptero para o Porto. Anders Kullang e Bruno Berglund não passou tinha, ficado no final do 10º troço na Lousa  teve de abandonar com problemas no semi-eixo quando a sua prestação estava a ser melhor do que no ano passado.

Na no Safari em 1981 também com o Ascona 400 do Gr.4 mas com condições meteorológicas adversas quando detinha uma confortável vantagem na liderança  apesar de um furo a 12 km da chegada a Nairobi, continuou a não ter sorte.

Na segunda etapa e na passagem pela reserva uma vaca provoca um acidente obrigando a nova intervenção da Opel. O primeiro lugar acaba quando a bateria o leva a uma imobilização de 35 minutos, leva ao abandono e ver quatro Datsun nos quatro primeiros lugares. Mehta no Datsun 160J é o primeiro.  

Em 1990 Anders Kulläng fundou uma escola de rally por onde passaram muitos pilotos.

Modificação na miniatura

É um Kit da Trofeu em resina 

IMG_20230109_142028.jpg

IMG_20230109_142100.jpg

IMG_20230109_142325.jpg

IMG_20230109_142446.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de resinade acordo com as originais.

Fabricante Trofeu

Série Kit

Referencia nº 03 preço

Material – zamac

Material da placa de base – resina

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão.

País - Portugal

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 18:18
link do post | comentar | favorito
Domingo, 16 de Outubro de 2022

Opel Kadett Ronda GT/EChevenole - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Opel Kadett Ronda GT/EChevenole - Um olhar sobre as minhas miniaturas

684ª – Opel Kadet GT/E Solido

Ronde Chevenole 1976 Opel Kadett groupe 4 de Jean Louis Clarr 6º classificado

Nos treinos os carros levavam um número e para a prova era colocado no do tempo alcançado nos treinos.

Isto é na Round 76 de acordo com os dos números da corrida que são diferentes nos treinos: 43 e 8....com o 43º tempo ou então o n°43 nos testes em que ela teria alcançado o ..... 8º tempo de scratch !!

Modelo real

Lembro-me que para a corrida de domingo os números atribuídos correspondiam à classificação do treino de sábado

Esses testes foram classificatórios porque havia muitas inscrições e apenas um número limitado de competidores poderia participar da corrida (cerca de sessenta eu acredito)

Sobre este assunto, lembro-me de uma anedota bastante significativa sobre o estado de espírito que reinava na época entre os concorrentes.

“Em 74 creio que a Opel BP Marseille contratou 2 Commodores do grupo 1; um para Jean Louis BARAILLER que estava concorrendo ao título de campeão francês na categoria e um para a charmosa Marie Odile DESVIGNES que veio fazer um "freelance" graças à BP.

No entanto, nos treinos ela não foi rápida o suficiente e os tempos que conseguiu não permitiram que ela se classificasse para a corrida.

Um estratagema foi então posto em prática: Jean Louis Barailler (amplamente qualificado) fingindo ter a montaria errada (eram estritamente idênticas, exceto pelos números) partiu com a de Marie Odile para seu último teste.

Infelizmente, quebrou no meio do caminho e o locutor anunciou que Marie Odile havia parado perto de Le Vigan e que estava esperando por sua ajuda.

Você pode imaginar o constrangimento do pobre Jean Louis que não ousou sair do carro por medo de ser reconhecido.

A moral estava segura já que Marie Odile não foi admitida na largada!!!!!”

Cordialmente

Jean-Louis Clarr

Então, se este Kadett é o número 6 ou 26, é o mesmo carro na rodada 76 e em ambos os casos estou dirigindo

JLC

Vincent Francis em Alpine-Renault A310 GR4 em 2:13:00.8

94.7 foi o vencedor seguido de Mouton Michèletambem também em Alpine-Renault A310

Modificação na miniatura

É um Kit da Solido muito simples de montar

IMG_20221014_124554 (1).jpg

IMG_20221014_124621 (1).jpg

IMG_20221014_124632.jpg

IMG_20221014_125002 (1).jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série K 70

Referencia nº 70 – 11/78 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão em Kit e em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico o modelo de venda normal.

País – França

Anos de fabrico  a

 

 


publicado por dinis às 19:08
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 30 de Agosto de 2022

Opel Kadett GTE- Um olhar sobre as minhas miniaturas

Opel Kadett GTE- Um olhar sobre as minhas miniaturas

639ª – Opel Kadett coupé GTE Solido

Opel Kadett coupe GTE  Rally Mille Pistes 1978 Alain Errani/ R. Luparia

Miniatura fotografada no dia em que fui buscar o nº1 da colecção WRC da Salvat

Modelo real

O Opel Kadett GTE tornou-se numa lenda dos ralis…é a versão desportiva do Kadett C lançada em 1975. Equipado com um motor de 4 cilindros de 105cv, o carro fez grande sucesso e foi amplamente utilizado em competições, devido à homologação nos Grupos 1 e 2. Já no início da carreira, no Rali de Monte Carlo de 1976, o GT/E obteve um excepcional quarto lugar geral com Walter Rohrl, depois dos três Lancia Stratos HF.

Em 1977, o motor do GT / E foi aumentado para 1979cc para uma potência de 115 cavalos, graças ao ajuste de Irmscher.

O Opel GTE participou em muitos ralis, como o famoso Rallye des Mille Pistes em 1978, onde foi conduzido por Alain Errani mas que teve de abandonar.

Foram construídas 8.660 unidades do GT/E 1.9 - e 2.234 unidades do 2.0.

Modificação na miniatura

A primeira decoração disponibilizada pela Solido permitia fazer o Opel Kadett coupe GTE do Rally Mille Pistes pilotado por Alain Errani/ R. Luparia e 8 e 9 de Julho 1978 grupo 2 calasse II

Cortados parte dos alargamentos traseiros.

Enquanto  decoração 2 da Solido me deixava uma possível decoração para o rali de Portugal

IMG_20220830_171925.jpg

IMG_20220830_170915.jpg

IMG_20220830_170953.jpg

IMG_20220830_171035.jpg

IMG_20220830_171051.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série K70

Referencia nº 70 - 11/78 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - França

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 17:52
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 3 de Junho de 2022

Opel Kadett GTE Rallye Monte Carlo 78 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Opel Kadett GTE Rallye Monte Carlo 78 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

589ª – Opel GTE Rallye Solido

Opel Kadett GTE Rallye Monte Carlo 78, Dorche/ Vieux

Primeiro queríamos a miniatura depois bastava uma foto de preferência cores para fazer mais uma miniature.  Por vezes chegavam as indicações da própria folha de decalques por escrito.

 Modelo real

No Salão Automóvel de Frankfurt em Setembro de 1975, foi a apresentação oficial do GT/E. baseado na plataforma e a carroceria do coupé de duas portas SR, utiliza umas corres vivas e muito marcantes.

É um GTI que não diz o nome e cujo “E” é a inicial de “Einspritzung”, que significa injeção em alemão O Kadett Rallye de 1967 foi substituído pelo Kadett C GT/E homologado para o G4, para 1976 para se juntar ao Opel Kadett homologado para o G1 e G2.

O seu motor posto de forma longitudinal na frente e tração traseira, dava uma ótima estabilidade para o conjunto, sendo tocado com um câmbio de 5 marchas para um motor com 240hp.

No 46º Rallye Automobile de Monte-Carlo realizado a 21-Janeiro a 28-Janeiro de1978 o Opel Kadett GTE da Pantashop pilotado por Christian Dorche-Jean Bernard Vieu foi 13º a 24 min 47 s e em 3º lugar do Grupo 2.

IMG_20220603_113045.jpg

IMG_20220603_113056.jpg

IMG_20220603_113106.jpg

IMG_20220603_113213.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série

Referencia nº 70 – 11/78 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - França

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 19:56
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 24 de Março de 2022

Opel Kadett GTE - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Opel Kadett GTE - Um olhar sobre as minhas miniaturas

518ª – Opel Kadet GTE Luso Toys

Opel Kadett GT/E Gr1  "MêQuêPê" (Manuel Queiroz Pereira)  - João. Batista no Rali de Portugal de 1976, 3º classificado.

 Modelo real

O Kadett C surgiu em 1973 com uma mecânica muito próxima do anterior e foi a versão da Opel dos 'T-Car' da GM, nas versões berlina e coupé., foi o último pequeno Opel com tração traseira em produção na fábrica da Opel em Bochum até julho de 1979.

A versão desportiva do Kadett C foi lançada em 1975 como GT/E. inicialmente com o motor da Opel de injecção da Bosch de 1897cc, e homologado para o G1 e G2.

O grupo 1 disponibilizava 105 HP era um veículo quase de série com poucas peças homologadas e grupo 2 onde se chegava aos 150/160 HP através de uma ficha de homologação que permitia peças especiais ao veiculo de série transformando-o num verdadeiro carro de corrida.

A sua decoração apelativa, amarelo brilhante por cima até á cintura lateral, e em baixo, preto, fazia sonhar…

Vários foram os preparadores mas, Irmscher era o preparador oficial e para os carros dos irmãos Queiroz Pereira era a Sorel, através de Mestre Raimundo.

No Rally de Portugal de 1976 foi pilotado por "Mêqêpê" e navegado por João Baptista, onde foi 3º da classificação geral atrás do Lancia Stratos de Sandro Munari e do Toyota Celica de Ove Andersson.

No ano seguinte voltou agora com o Nº10 mas em Grupo 2 foi 6º com Miguel Vilar como navegador

IMG_20220324_230142.jpg

IMG_20220324_230219.jpg

IMG_20220324_230642.jpg

IMG_20220324_230702.jpg

Miniatura

Abre as portas,

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Luso Toys

Série Kit

Referencia nº K9

Material – zamac

Material da placa de base – metal

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País – Portugal

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 23:38
link do post | comentar | favorito
Sábado, 18 de Setembro de 2021

Opel Ascona Rallye - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Opel Ascona Rallye - Um olhar sobre as minhas miniaturas

334ª –  Opel Ascona Rallye Auto Pilen

A versão de Rali da Auto Pilen

 Modelo real

O Ascona foi um modelo da Opel que em Portugal era vendido como 1604S ou 1904SR devido à consonância particular da palavra Ascona o nome de um município perto de Locarno, na Suíça e utilizado já na década de 1950 uma edição especial do Opel Rekord P1 foi vendida como Opel Ascona na Suíça, onde o nome foi novamente usado em 1968 para um local versão adaptada do Opel Kadett B na qual os fabricantes o equiparam com um motor de 1,7 litros do modelo Rekord, o maior da época.

O Ascona estreou se no Salão Automóvel de Turim em 1970 cabia no espaço entre o Kadett B e o Rekord C, um papel anteriormente

Tinha diversas motorizações a gasolina e gasóleo e uma versão denominada S/R, que dispunha de acessórios que tornavam o modelo mais desportivo.

A versão SR do Ascona tinha as qualidades de um vencedor. Walter Röhrl e Jochen Berger disputaram o Campeonato Europeu de Rally de 1974 com um de duas portas. Ao volante do Ascona apresentado pela Opel Euro Händler Team, Röhrl e Berger venceram seis das oito rondas com a pontuação máxima ainda incomparável de 120 pontos. Em 1975, pouco antes de o Ascona A ser substituído pela geração B, Röhrl e Berger conquistaram a vitória no Rally da Acrópole, a primeira vitória da Opel no Campeonato Mundial de Rally.

O Ascona foi produzido duração de 18 anos e 3 gerações e encerrou a produção em agosto de 1988

Ascona A (1970–1975)

Ascona B (1975–1981)

Ascona C (1981–1988)

No Reino Unido, e como Vauxhall Cavalier era saloon ou coupé, vinha da  fábrica na Bélgica e é o primeiro Vauxhall a ser construído no exterior. As extremidades frontais eram diferentes, apresentando a marca registrada de Vauxhall "droop snoot", projetada por Wayne Cherry.

Na África do Sul, havia uma versão montada localmente Chevrolet Ascona, idêntica em muitos aspectos ao Opel Ascona B. de quatro portas. O Ascona veio com um motor de 1,3 litros fabricado localmente do Vauxhall Viva. Uma versão de luxo anterior com a frente mais longa do Vauxhall Cavalier foi vendida como Chevrolet Chevair, equipado com motores maiores de origem Chevrolet. O Ascona foi lançado em julho de 1978 e substituiu o Chevrolet 1300/1900 baseado em Vauxhall. Estava disponível com acabamento De Luxe ou S, com o S recebendo um tratamento mais esportivo com um volante de três raios, inserções de assento de tartan e aros Rostyle.

No Brasil, o Ascona C foi vendido de maio de 1982 até 1996 como Chevrolet Monza.

IMG_20210918_184134.jpg

IMG_20210918_184151.jpg

IMG_20210918_184212.jpg

Miniatura

Abre as portas, porta-malas e levanta o capô para ver o motor.

Os bancos são rebatíveis.

Motor e interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas têm pneus de borracha

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Auto Pilen

Série M

Referencia nº 227 9  76

Material – zamac

Material da placa de base – zamac

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País – Espanha

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 22:37
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 10 de Setembro de 2021

Opel Manta - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Opel Manta - Um olhar sobre as minhas miniaturas

325ª – Opel Manta Solido

Um dos últimos da serie 100 da Solido

Um Opel Manta alargado para fazer o de Manuel Gomes Pereira no Circuito de Vila de Real de 1972, mas que lhe faltam os alargamentos pela indecisão de fazer um Transeurope Engineering.

 Modelo real

Um novo Opel Manta apresentado pela Opel no Salão de Paris, é um coupé de quatro lugares, é a resposta da GM ao Capri da Ford.

O Manta A lançado em Setembro de 1970, dois meses antes do então novo Opel Ascona no qual foi baseado.

Os faróis traseiros redondos distintos, bastante semelhantes aos do Opel GT, foi buscar o nome ao Manta Ray de 1961, que também influenciou o Chevrolet Corvette C3 de 1968 o que não admira pois a Chevrolet e Opel tinham a General Motors como sua empresa mãe.

No mercado do Reino Unido, o primeiro Manta foi vendido apenas como Opel e não havia nenhum Manta com a marca Vauxhall

O Manta era normalmente equipado com um motor 1.6, 1.9 litros e 1.2 litros.

Nos Estados Unidos foi distribuído pela Buick não havendo interesse por parte da GM em criar uma rede distribuição.

Transeurope Engineering

Um TE2800 pintado de vermelho e branco ocupou um lugar de destaque no stand da Opel no Salão Automóvel Internacional de Bruxelas de 1974.

O TE2800 foi projetado por George Gallion, o autor do Opel Gt e sua equipe no Opel Design Center em Rüsselsheim.

O TE2800 foi vendido por $ 19.980 DM. a Transeurop vendeu apenas 79 TE2800. Um dos problemas era a própria Opel ao não autorizar a marca no carro.

Um total de 30 carros foram vendidos na Alemanha através da Steinmetz do final de 73 a 74. Irmscher vendeu os carros restantes em 1975. O restante do TE2800 foi vendido para clientes na Bélgica, França, Holanda, Suíça, com cinco enviados para a África do Sul.

Modificação na miniatura

Os alargamentos foram feitos em barro plástico

IMG_20210910_182750.jpg

IMG_20210910_182819.jpg

IMG_20210910_182943.jpg

Miniatura

Abre as portas,

Motor e interior detalhado

Com suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série 100

Referencia nº 188 5/71

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - França

 


publicado por dinis às 22:30
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 12 de Agosto de 2021

Opel Rekord - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Opel Rekord - Um olhar sobre as minhas miniaturas

296ª – Opel Rekord A Norev

Modelo real

Opel Rekord A 1700 duas e quatro portas Coupe 1963-1965

O Opel Rekord A sucedeu ao Rekord P II como uma continuação com umas carrocerias completamente novas desenhadas no Michigan e não em Rüsselsheim, e inspiradas no Chevy II

O Rekord combinava uma carroçaria moderna e elegante com uma gama de motores que pouco tinham mudado desde 1937.

Alguns extras foram disponibilizados, travões de disco a frente com duplo circuito e caixa de quatro velocidades com o selector no chão em vez do selector no volante. Uma caixa de velocidades automática e uma de três velocidades semiautomática também eram opções.

Na Alemanha o seu preço era entre os DM 6,830 a 9,370; freios a disco dianteiros: + DM 200, quatro velocidades com mudança de piso: + DM 180. 885.292 unidades. Em números muito limitados, Karl Deutsch do Colônia vendeu uma versão conversível com motor 1700 S ou 2600 a  DM 11.765 e 13.060

O coupé foi baseado no design norte-americano do sedan tinha um perfil mais elegante, foi o trabalho da equipa de desenvolvimento alemã da Opel e montado na linha de produção de Rüsselsheim em conjunto com a Sedan e a CarAVan.

O Rekord A coupé serviu de base a conversões descapotáveis para construtores de carrocerias como a Autenreith produzido até 1964 e, posteriormente, por Karl Deutsch. Essa abordagem os tornou muito mais caros do que os outros carros da linha, e a conversão cabriolet não foi oferecida com o motor menor de 1.488 cc. Muito poucos cabriolés Rekord A foram vendidos.

Depois de Março de 1964 o motor L-6 com 2605cc, com seis cilindros em linha e 100cv era uma nova opção mas este motor também não era novo pois era baseado no Super 6 de 1937. Para o motor caber dentro do compartimento do motor foi necessário remover o radiador frontal e colocar um radiador de lado.

Este seria também o primeiro carro de passageiros Opel a funcionar com 12V.

Devido ao peso do motor e a falta de direcção assistida era difícil de conduzir.

De Março de 1963 a Agosto de 1965 foram construídos 887304..

IMG_20210812_175706.jpg

IMG_20210812_175717.jpg

IMG_20210812_180018.jpg

IMG_20210812_180058.jpg

IMG_20210812_180126.jpg

Miniatura

Abre as portas, porta-malas e levanta o capô para ver o motor.

Os bancos são rebatíveis.

Motor e interior detalhado

Com suspensão.

As rodas têm pneus de borracha de acordo com as originais.

Fabricante Norev

Série Metal

Referencia nº 803

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está carrvada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - França

Anos de fabrico  a

 

 

 

 


publicado por dinis às 23:50
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 7 de Junho de 2021

Opel Commodore- Um olhar sobre as minhas miniaturas

Opel Commodore- Um olhar sobre as minhas miniaturas

230ª – Opel Commodore Dinky Toys

Muitas vezes me tentei em fazer o carro de Fernando Carvalho

 Modelo real

A Opel reforça a forte influência americana depois equipar um Rekord 6 com um motor 2.6 L de 6 cilindros em Março de 1964, e em Fevereiro de 1967 surge o Commodore como a versão mais rápida e sofisticada do Rekord. O modelo Coupé com capota rígida tipo fastback de duas portas é no entanto semelhante na carroçaria tanto no Rekord como no Commodore.

O Opel Commodore A foi fabricado de 1967 a 1971

IMG_3817 (1).JPG

IMG_3818 (1).JPG

IMG_3820 (1).JPG

IMG_3822.JPG

Miniatura

Abre as portas, porta-malas e capô com roda suplente.

Os bancos são rebatíveis.

Motor e interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas têm pneus de borracha

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Danky Toys

Série

Referencia nº 179

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - Inglaterra

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 00:14
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2023

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Opel Manta 400 - Um olhar...

. Opel Ascona 400 Plubimmo ...

. Opel Kadett Ronda GT/EChe...

. Opel Kadett GTE- Um olhar...

. Opel Kadett GTE Rallye Mo...

. Opel Kadett GTE - Um olha...

. Opel Ascona Rallye - Um o...

. Opel Manta - Um olhar sob...

. Opel Rekord - Um olhar so...

. Opel Commodore- Um olhar ...

. Opel Doktorwagen  - Um ol...

. Opel Doktor Wagen - Um ol...

. Opel GT - Um olhar sobre ...

. Opel CD - Um olhar sobre ...

.arquivos

. Junho 2023

. Maio 2023

. Abril 2023

. Março 2023

. Fevereiro 2023

. Janeiro 2023

. Dezembro 2022

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Julho 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs
RSS
Em destaque no SAPO Blogs
pub