Domingo, 3 de Março de 2024

Messerschmitt Tiger - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Messerschmitt Tiger - Um olhar sobre as minhas miniaturas

1131ª – Messerschmitt Tiger TG500 1958 Vitesse  

Depois do

1116ª – Messerschmitt KR 200 Kabrio- limousine 1960

https://manueldinis.blogs.sapo.pt/messerschmitt-kr-200-um-olhar-sobre-1828402

1958 F.M.R. Tg 500 'Tigre'

Modelo real

Messerschmitt é um dos mais conhecidos de microcarros, agora conhecidos por papa-reforma e também por mata velhos.

A FMR assumiu a produção do KR200 da Messerschmitt em 1956. Embora o KR200 ainda usasse o nome e o logotipo da Messerschmitt, o Tg500 foi identificado como FMR.

Em 1957, a filial automóvel da Messerschmitt foi comprada pelo governo alemão, e no verão de 1957, Fritz Fend à frente de sua própria empresa aplicou uma nova visão do carro que fosse em todos os aspectos superior à scooter de três rodas, especialmente em termos de velocidade e comportamento.

O Tg 500, também conhecido como “Tiger” foi baseado no monocoque do carro de três rodas Messerschmitt KR 200, no entanto, o Tiger foi equipado com quatro rodas maiores.

A Fichtel & Sachs, fornecedora  do motor Kabinenroller durante anos, tinha desenhos na prateleira para um motor estacionário de 400 centímetros cúbicos, a dois tempos e dois cilindros. O deslocamento foi aumentado para 494 centímetros cúbicos e, na verdade, foi fabricado pela F.M.R. e acoplado a uma caixa de câmbio de quatro marchas e marcha atras. Ele foi montado em um subquadro muito avançado no estilo Fórmula 1, incorporando uma suspensão traseira totalmente ajustável e tinha quatro rodas. As rodas e os braços da suspensão dianteira aumentaram de tamanho, assim como os faróis e os freios, que agora eram hidráulicos modernos em comparação com os Kabinenrollers de três rodas, que possuíam freios mecânicos acionados por cabo. O grande e luxuoso assento do piloto era necessário para lidar com o poder fenomenal nas curvas deste incrível veículo.

Como Tiger pertencia à Krupp, foi alterado, para “Tourenfahrzeug-Geländesport”, ou veículos de turismo esportivos cross-country, mas a contração não enganou ninguém.

Dos 320 exemplares do Tiger produzidos, acredita-se que apenas 150 sobreviveram.

IMG_20240303_125741.jpg

IMG_20240303_125818.jpg

IMG_20240303_125822.jpg

IMG_20240303_125851.jpg

IMG_20240303_125858.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Vitesse

Série

Referencia nº 683 preço 2290$00

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - Portugal

Anos de fabrico  a

 

 


publicado por dinis às 19:51
link do post | comentar | favorito
Sábado, 17 de Fevereiro de 2024

Messerschmitt KR 200 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Messerschmitt KR 200 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

1116ª – Messerschmitt KR 200 Kabrio- limousine 1960 Vitesse

Messerschmitt KR200 Kabriolet 1957

Modelo real

O fabricante de aviões alemão Messerschmitt foi proibido produzir aeronaves após a derrota da Alemanha na Segunda Guerra Mundial,

O Fend Flitzer era um carrinho para inválidos de três rodas projetada e construída por Fritz Fend, engenheiro aeronáutico que viu alguns veículos comprados por indivíduos fisicamente aptos e que procuravam um transporte pessoal, começou então a projetar e desenvolver um veículo de dois lugares semelhante ao Flitzer e chega a um acordo com a Messerschmitt para o construir em Regensburg

Fritz Fend adapta muitos dos conceitos básicos aos microcarros tipo scooter com cabine e o primeiro Messerschmitt, foi o KR175, batizado de Kabinenroller, que significa scooter com cabine. parecido ao cockpit de um avião de caça, em cima de três rodas, produzido na fábrica então readaptada

Este, foi então desenvolvido e eis o KR200, que chegou em 1955, também um veículo de três rodas, movido por um motor Fichtel & Sachs de 191 cc, monocilíndrico e dois tempos, produzindo um máximo de 10 cv a 5.250 rpm. tração na roda traseira por meio de uma caixa manual sequencial de quatro velocidades.

Uma carroçaria estreita, com a área frontal baixa com uma única abertura na lateral para a direita e para cima, assentos tandem, permitiu o corpo estreita como a fuselagem de uma aeronave, dentro de um comprimento prático, os assentos centralizaram a massa do carro ao longo do eixo longitudinal que, combinado com o baixo centro de gravidade, baixo peso e posicionamento das rodas nos extremos do veículo, deram ao KR-200 boas características de manuseio através de um guiador semelhante ao de uma motocicleta, virava a barra de direção em torno de seu eixo, mecanismo foi conectado diretamente às hastes das rodas dianteiras, proporcionando uma resposta direta, mais adequada a pequenos movimentos.

Vendido por cerca de 2.500 DM, o Messerschmitt KR-200 foi um sucesso imediato, com cerca de 12.000 produzido no primeiro ano.

Em 1956, Messerschmitt voltou a fabricar aeronaves e vende a fábrica de Regenburg para a Fend, que formou a Fahrzeug- und Maschinenbau GmbH, Regensburg (FMR) para continuar a produção do KR200 e seus outros veículos.

Em 1957, foi lançado o modelo KR200 Kabrio, com capota conversível em tecido e caixilhos das janelas laterais fixas.

IMG_20240217_153046.jpg

IMG_20240217_153049.jpg

IMG_20240217_153118.jpg

IMG_20240217_153543.jpg

IMG_20240217_153813_1.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Vitesse

Série La Colection

Referencia nº681 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País – Portugal

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 18:06
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2024

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

13
15
16
17
18

19
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Messerschmitt Tiger - Um ...

. Messerschmitt KR 200 - Um...

.arquivos

. Maio 2024

. Abril 2024

. Março 2024

. Fevereiro 2024

. Janeiro 2024

. Dezembro 2023

. Novembro 2023

. Outubro 2023

. Setembro 2023

. Agosto 2023

. Julho 2023

. Junho 2023

. Maio 2023

. Abril 2023

. Março 2023

. Fevereiro 2023

. Janeiro 2023

. Dezembro 2022

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Julho 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs
RSS
Em destaque no SAPO Blogs
pub