Sábado, 4 de Fevereiro de 2023

DRM Ford Capri Turbo Zakspeed Grupo 5 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

DRM Ford Capri Turbo Zakspeed Grupo 5 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

752ª – Ford Capri Zakspeed TC Mini Racing

Ford Capri Zakspeed Turbo Wurth-Kraus Ludwig -Zackspeed Team 1º em .Hockenheim 1980

Modelo real

O Ford Capri MKIII para competir pelo Campeonato Alemão de Corridas foi cortado e rebaixado pela Zakspeed a equipe oficial da Ford na Alemanha, para competir na série DRM (Deutsche Rennsport Meisterschaft), a tal ponto de o carro mal chegar ao peitoril de um original, e um grande spoilers e aileron e para-lamas traseiro e dianteiro foram adicionados.

O carro ficou quase irreconhecível como um Capri, exceto a grade dianteira icônica e linha de teto curvilínea. Plástico reforçado com Kevlar foi usado para todos os principais painéis da carroceria, criando uma enorme economia de peso.

O chassis usava a tecnologia comprovada de spaceframe, como a maioria dos carros da época, com uma gaiola tubular soldada: 80 metros de tubos de alumínio foram usados em sua construção e toda a estrutura pesava apenas 75 kg. Modelos em escala foram usados na fase de pré-produção para encontrar a rigidez e o equilíbrio ideais do chassi. O tejadilho e os  telhado com pilares de um Capri MkIII foi então soldada à estrutura espacial.

A primeira prova foi o DRM Hockenheim Grand Prix no Grosser Preis von Deutschlanda 29.7.1978 Ford Capri III Turbo #001/78 (Zakspeed) - Mampe-Ford Zakspeed-Team Zakspeed L4 4v DOHC 1427 cc 2xKKK     Div.II mas não termou

Um outro chassis participou no DRM Zolder Bergischer Löwe Bergischer Löwe Zolder a 23.3.1980

utilizando o nº 1 - Ford Capri III Turbo #002/80 (Zakspeed) - Würth-Kraus-Zakspeed Team - Ford Cosworth BDA/Zakspeed L4 4v DOHC 1745 cc 2xKKK na Div.I

A primeira prova para este Zakspeed Capri foi na temporada de 1980 na divisão 1 com o número do chassi ZAK-G5C 001/80. Tinha o design preto Würth e Klaus Ludwig era o piloto principal. Depois que o grande spoiler traseiro foi banido em 1980, depois de apenas algumas corridas, eles tiveram que reagir rapidamente. Naquela época, Thomas Ammerschläger, designer e inventor do Zakspeed Capri, já havia desenvolvido um veículo de efeito solo com um grande eixo difusor no túnel de vento.

Em muito pouco tempo, eles modificaram o veículo de Klaus Ludwig e entraram na corrida seguinte com um eixo difusor e mais uma vez um pequeno spoiler traseiro - uma melhoria fantástica que alcançou uma força descendente muito melhor do que a versão proibida. Portanto, este Capri foi o primeiro veículo da nova geração Zakspeed Capri com efeito solo.

A 3º prova em Hockenheim inicia uma serie de vitórias com  Klaus Ludwig que se prolongariam no ano seguinte.

Na segunda corrida realizada novamente em Hockenheim  o Capri foi inscrito em ambas as divisões e finalmente foi decidido largar na menor divisão 2. Com uma possível vitória na divisão 2, eles tentaram roubar o máximo de pontos possível de Hans Heyer, o líder do campeonato. Isso daria a Ludwig uma chance teórica de ganhar o título.

Na sequência da mudança da divisão 1 para a divisão 2, eles tiveram que emitir um novo passaporte do veículo, que também incluía a alteração do número do chassi de ZAK-G5C 001/80 para ZAK-G5C 002/80. Essa mudança ainda pode ser vista no carro hoje.

Modificação na miniatura

É um kit da Mini Racing em metal

IMG_20230204_182539.jpg

IMG_20230204_182551.jpg

IMG_20230204_182605.jpg

IMG_20230204_182716.jpg

IMG_20230204_182814.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de metal de acordo com as originais.

Fabricante Mini Racing

Série Kit

Referencia nº 48 preço

Material – zamac

Material da placa de base – zamac

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão.

País - França

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 18:11
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 1 de Fevereiro de 2023

Ford Escort  “Onde está o Ás”- Um olhar sobre as minhas miniaturas

Ford Escort  “Onde está o Ás”- Um olhar sobre as minhas miniaturas

749ª – Ford Escort XR 3i Diabolique

Ford Escort XR3i “Onde está o Ás”-

A pensar nos novos valores a Ford Lusitana e a Diabolique organizaram o concurso “Onde está o Ás

Como muitos também comprei o perfume da DIABOLIQUE e que dava direito a uma inscrição em “Onde está o Ás” um dos maiores eventos publicitários da Ford onde os participantes iriam fazer testes para piloto por um ano com as cores da marca de perfumes. Entreguei a minha ficha mas, não fui chamado.

Miguel Oliveira era um Empresário e praticante do desporto automóvel que gostava de ser copiloto nos ralis, e de um perfume que não se encontrava… fez a prova no Circuito de Vila Real integrada no Rali de Portugal em 1980 e permitiu em 1983 a Joaquim Santos fazer o Circuito de Vila Real e a prova do Trofeu Toyota  que terminou em 4º. Em 1983, Ford Escort RS Joaquim Santos e Miguel Oliveira sagraram-se bicampeões nacionais de ralis com quatro vitórias e o título de “melhor português” no Rali de Portugal.

Na segunda semana de Junho decorreram no Autódromo do Estoril a primeira fase e uma facha etária entre os 19 e os 25 anos, onde dos 1400 candidatos com um grande espirito de desportivismo prestaram provas, dos quais foram apurados 140

A 14 e 15 de Julho foi o contacto dos concorrentes nos pisos de terra para selecionar os seis que terão um volante para a sua estreia em Ralis.

Modelo real

O Ford Escort XR3i de grupo A, 1984,

Foram então preparados pelo menos 8 carros para os seis ases e posteriormente envolvidos no Campeonato Nacional de Ralis de Iniciados.

Foram então preparados pelo menos 8 carros para os seis ases e posteriormente envolvidos no Campeonato Nacional de Rallyes de Iniciados.

Na primeira prova, Rali de Ponte de Lima verificaram-se alguns acidentes e uma viatura foi então destruída.

O DJ-80-70,foi  utilizado por Joaquim Santos no Rali de Portugal 1985 e no Rali das Camélias 1990, onde fez de carro de treino..

IMG_20230201_141441.jpg

IMG_20230201_141505.jpg

IMG_20230201_141549.jpg

IMG_20230201_141631.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de resina de acordo com as originais.

Fabricante F Project

Série Kit

Referencia nº preço

Material – resina

Material da placa de base – resina  

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão .

País - Portugal

Anos de fabrico  a

 

 


publicado por dinis às 18:37
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 27 de Janeiro de 2023

Ford Mustang GTP  - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Ford Mustang GTP  - Um olhar sobre as minhas miniaturas

744ª – Ford Mustang GTP Imsa Elkhart Lake 83 Record

Ford Mustang GTP Imsa Klaus Ludwig /de Bobby Rahal em Elkhart Lake 1984

Quando em 1983, a classe GTX do campeonato americano foi substituída pela categoria IMSA GTP. Bob Riley projetou o novo carro, para substituir o Ford Mustang na GTX IMSA GT e ser dotado de um motor dianteiro, turboalimentada de 2,1 litros o Ford Cosworth BDA de quatro cilindros em linha, capaz de produzir cerca de 600 cv (447 kW; 608 cv).

Roush Performance, Protofab e a divisão Ford Aerospace Western Development Labs construíram o chassi e a carroceria, composta por painéis de fibra de carbono ligados a um chassi monocoque composto de fibra de carbono e Nomex, que foi reforçado com Kevlar em áreas-chave. A aerodinâmica do carro foi configurada para maximizar a força descendente gerada pelos efeitos do solo, embora a suspensão fosse bastante convencional; triângulos duplos com molas helicoidais KONI e barras estabilizadoras ajustáveis em ambas as extremidades do carro. O presidente da Ford, Philip Caldwell, foi positivo sobre o desenvolvimento do carro, afirmando que sentiu que era "uma vantagem clara do desenvolvimento tecnológico". pesava aproximadamente 1.770 lb (803 kg). Três carros foram construídos como parte do programa.

Ford Mustang GTP com motor dianteiro que estreou no final da temporada IMSA de 1983 na Road America.na 15ª prova do IMSA GT Championship, o Road America 500, e como os motores de 2,1 litros ainda não estavam prontos, utilizaram o de 1,7 litro do turbo BDA patrocinados pela Motorcraft e 7 Eleven  para Tim Coconis e Klaus Ludwig de Bobby Rahal e Geoff Brabham.

A estreia foi um sucesso; Coconis e Ludwig venceram a corrida por duas voltas, enquanto Rahal e Brabham ficaram em terceiro lugar geral e segundo na categoria GTP e estabeleceu o recorde da volta, um grande começo para um carro novo mas, não ganharam outra corrida naquele ano

O desenvolvimento do Mustang GTP continuou com Zakspeed e Ford continuou em 1984 e o motor de 2,1 litros pronto e utilizado durante toda a temporada o que obrigou a mover o volante do lado direito para o lado esquerdo do carro e o chassi do carro era Kelvar e fibra de carbono, e a carroceria era toda de fibra de vidro, que foi alterada para fibra de carbono na temporada de 1984

As 500 Miles de Road America em Elkhart Lake nos United States, 6.437 kms o  nº7 de Klaus Ludwig /de Bobby Rahal o Ford Mustang GTP da 7-Eleven Zakspeed foram 3º onde o vencedor foi o 14 Al Holbert / Derek Bell Porsche 962 Holbert Racing e o 2º o nº 56 de Randy Lanier / Bill Whittington o March 84G Chevrolet.

O carro foi por vezes muito rápido, mas não venceu uma única corridas, assim nas duas temporadas, somente uma única vitória, a Ford a desistir do projeto, com Michael Kranefuss a dizer que "foi o pior projeto em que já estive envolvido". o carro tinha aerodinâmica questionável e era muito difícil de dirigir quando as cargas de combustível eram baixas.

IMG_20230127_143954.jpg

IMG_20230127_144006.jpg

IMG_20230127_144034.jpg

IMG_20230127_144403.jpg

IMG_20230127_144512.jpg

Modificação na miniatura

O pequeno esquema disponibilizado era parco nas indicações apesar de nos indicar como documentos de a consultar a revista Grand Prix nº 81 de Maio e 86 de Agosto de 1984

Miniatura

Abre as portas,

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de metal e borracha de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série Kit

Referencia nº preço

Material – resina

Material da placa de base – resina

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão

País - França

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 19:57
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 23 de Janeiro de 2023

Ford Mustang - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Ford Mustang - Um olhar sobre as minhas miniaturas

783ª – Ford Mustang Norev

Ford Mustang (Terceira geração)

 Modelo real

O modelo de 1979 do Mustang foi baseado na plataforma Fox, uma ideia da Ford para um carro de tamanho único a servir como carro desportivo de duas portas e um carro familiar de quatro portas.

O seu uso inicial fou no Ford Fairmont e Mercury Zephyr apresentados em 1978.

A Ford construiu o Mustang 1979 em torno da plataforma compartilhada com carros Lincoln-Mercury-Ford para manter os custos de desenvolvimento e construção baixos.

Os estilos de carroceria do Mustang incluíam um sedã de 2 portas (coupé) e sedan de 3 portas (hatchback). Dois níveis de acabamento estavam disponíveis: o modelo básico e o modelo Ghia mais luxuoso. A distância entre eixos era de 5 polegadas (127 mm) mais curta do que a série Fairmont/Zephyr em 100,5 polegadas (2.553 mm) (quase o mesmo que o Ford Capri europeu de saída e mais de 4 polegadas (102 mm) mais longo que o Mustang II.

O Ford Mustang de terceira geração foi produzido pela Ford de 1979 a 1993. Sendo construído na plataforma Fox da Ford, é comumente referido como o Mustang de corpo Fox. Ele evoluiu através de vários submodelos, níveis de acabamento e combinações de transmissão durante sua vida útil de produção.

IMG_20220423_145152.jpg

IMG_20220423_145243.jpg

IMG_20220423_145315.jpg

IMG_20220423_145514.jpg

Miniatura

Abres as portas.

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico tipo roda rápida.

Fabricante  Norev

Série

Referencia nº

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - França

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 19:46
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 17 de Janeiro de 2023

Ford T 1911 lizzie aberto - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Ford T 1911 lizzie aberto - Um olhar sobre as minhas miniaturas

773ª – Ford T 1911 lizzie aberto Minialuxe

Uma nova capota aberta e ai estava mais um modelo da Minialuxe .

263ª – Ford T Lizzie 1915 fechado Minialuxe

https://manueldinis.blogs.sapo.pt/ford-t-lizzie-um-olhar-sobre-as-1250165

Numa daquelas prateleiras do Bragança ainda lá estava este modelo da Minialuxe que era a versão aberta de um que eu já tinha

Modelo real

Em 1915, Edsel Ford, aos 21 anos, com um Modelo T da fábrica do pai. Henry e foi com alguns amigos de Detroit até São Francisco para a feira mundial em São Francisco, que celebrava a inauguração do Canal do Panamá, numa viagem de cerca de 5,6 mil quilômetros pelos Estados Unidos durante 34 dias.

100 anos depois, um Modelo T, de 1915, recentemente restaurado repetiu a viagem e chegou ao Palácio das Artes, em São Francisco, na última quarta-feira  dia 19/08/2015, 34 dias depois de partir de Detroit, com paradas em diversas cidades e eventos sobre carros antigos.

IMG_20221009_143008.jpg

IMG_20221009_143032.jpg

IMG_20221009_143132.jpg

IMG_20221009_143324.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Minialuxe

Série

Referencia nº 11

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está colada à carroçaria

Apresentado em vitrine transparente sob base de cartão.

País - França

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 18:42
link do post | comentar | favorito
Domingo, 15 de Janeiro de 2023

Lincoln Continental 1941 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Lincoln Continental 1941 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

771ª – Lincoln Continental 1941 Rio

Modelo real

Em 1938, Edsel Ford encomendou ao estilista chefe, Eugene T. "Bob" Gregorie, um automóvel personalizado para as suas férias de Março de 1939.

Pela primeira vez Lincoln-Zephyr Continental apareceu em um carro da Lincoln, como um modelo Lincoln-Zephyr em vez de um modelo separado, como o veículo pessoal único de Edsel Ford,

Era um elegante descapotável com um longo capot cobrindo o motor V-12 de 292 polegadas cúbicas e a transmissão de 3 velocidades com overdrive borg-warner e longos para-lamas dianteiros, e um porta-malas curto com pneu suplente que se tornou a série Continental, marca registrada,

A produção começou em 13 de Dezembro de 1939, com o Continental Cabriolet, a partir de junho de 1940 também disponível como Continental Club Coupe. Foram construídos apenas 350 Cabriolets e 54 Club Coupes.

Parcialmente construídos à mão, os modelos de 1939 e os 400 construídos em 1940 tinham painéis de carroceria martelados à mão, já que as matrizes para prensagem de máquinas não foram construídas até 1941. O número limitado de modelos de 1939 produzidos é comumente referido como '1940 Continentals', os modelos de 1941 com pequenas modificações de ano para ano

A linha Continental da Lincoln recebeu elementos de estilo "continentais" europeus no exterior e como novidade um pneu sobressalente na traseira, com a roda recoberta por metal da cor do carro, o detalhe era esteticamente muito bonito e fez imediato sucesso, esse acessório ganhou o nome de “Kit Continental”.

muito caro para a época, o preço sugerido original era de $ 2.778,00, mas o salário médio anual era de apenas 1.492,00 um ano!

Somente 618 desses veículos foram construídos quando a Ford cessou toda a produção após o bombardeio de Pearl Harbor em 7 de Dezembro de 1941, a fim de apoiar o esforço de guerra, e a produção do Lincoln Continental só seria retomada em 1946.

IMG_20220929_141831.jpg

IMG_20220929_141853.jpg

IMG_20220929_141926.jpg

Miniatura

Levanta o capô para ver o motor.

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Rio

Série Automobili d´época

Referencia nº 43 cabriolet coberto e o nº44 aberto preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - Itália

Anos de fabrico  a

 

 

 


publicado por dinis às 18:42
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 13 de Janeiro de 2023

Ford Model A Woody - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Ford Model A Woody - Um olhar sobre as minhas miniaturas

769ª – Ford A 1930 Matchbox

 Ford Model A Woody Wagon 1930

Na caixa podia ler-se

“ O Ford A produzido a partir de 1927 foi destinada a substituir o Ford. Cerca de 2300000 modelos saíram das cadeias de produção durante os anos 30. A viatura estava equipada de um motor de 4 cilindros de 2033 cc e travões as quatro rodas. A popularidade da versão Woody Wagon foi notável mesmo durante os anos 50 especialmente na Califórnia amnates de surf.”

Modelo real

Ford Modelo A Woody Wagon era uma das opções disponíveis  no mercado Americano, com uma variedade de modelos desde o roadster de duas portas ou quatro portas, um cupê,  a uma pick-up e carrinha de madeira,

O Ford Modelo A Woody era um veículo comercial com uma bela carroçaria de madeira que iniciou a sua produção em Outubro de 1928,tornando a Ford na primeira marca a oferecer uma carrinha de fábrica. As caixas eram feitas por construtores externos mas a Ford usou sua própria madeira, bétula e basswood provenientes de florestas propriedade da empresa na Península Superior de Michigan.

 O Woody Modelo A tem motor de 4 cilindros com 3,3 litros e 40 HP. a 2.200 rpm; caixa de velocidades: manual de três velocidades; Suspensão: eixo maciço com molas de lâmina; travões de tambor nas quatro rodas.

A carroceria do modelo A de 1929 era feita principalmente de bordo duro, com inserções de bétula ou mogno e goma doce para painéis. A cabine foi totalmente feita à mão em madeira, incluindo o forro do teto, portas, painel e porta traseira. Havia de quatro portas, com as portas traseiras presas ao pilar C, abrindo para trás. Até 1934, apenas o para-brisa era de vidro, com todas as outras aberturas cobertas por cortinas de lona com pequenas aberturas de plástico, muito utilizados pelos surfistas Beach Boys para as sua pranchas.

A carrinha modelo A apresentava duas fileiras de assentos removíveis na parte traseira.

IMG_20220915_141114.jpg

IMG_20220915_141133.jpg

IMG_20220915_141322.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante  Matchbox

Série Models of Yesteryear

Referencia nº Y-21 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está cravada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - Inglaterra

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 20:08
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 15 de Novembro de 2022

Ford Capri RS - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Ford Capri RS - Um olhar sobre as minhas miniaturas

714ª – Ford Capri 2600 RV Solido

Ford Capri RS 2600 - Ford Gerstmann Racing Team, Albrecht Krebs /Hartmut Kautz 1973

Modelo real

Em 1973 o Campeonato Europeu de Turismo Grupo 2 iniciou-se com as 4 Horas de Monza a 25 de março de 1973.

Os treinos oficiais proporcionaram a Stewart/Glemser a serem os mais rápidos no Ford Capri, depois de a Ford ter de cortar 50 mm do spoiler dianteiro, apesar dos intensos testes e do trabalho no túnel de vento no Inverno.

Brambilla ficou em segundo lugar seguidos pelo Capri de Mass/Scheckter, do BMW de Stuck/Amon, do Ford Capri de Birrell/Fitzpatrick, do BMW de Hezemans/Quester e a Alpina CSL de Lauda/Muir.

No início Vittorio Brambilla no BMW do Schnitzer Motul compartilhado com Bob Wollek foi o mais rápido dos 24 carros que iniciaram a prova.

Enquanto a dupla da Ford e BMW lideravam a corrida, Gerry Birrell/John Fitzpatrick no Capri abandonou com apenas três voltas por causa de um tubo da junta da cabeça.

O segundo BMW de Toine Hezemans/Dieter Quester vai ao paddock com problemas de suspensão e porcas de roda continuamente soltas e o Tino Brambilla/Walter Brun BMW Schnitzer com sua caixa de velocidades partida.

O duelo alemão entre a Ford e a BMW continuava.

Jody Scheckter, leva o Ford Capri para o que deveria ter sido uma paragem de rotina e troca com J.Mass que perdem quatro minutos na troca do pneu traseiro

Glemser fez uma troca rápida com Stewart e continua na liderança incontestável e Lauda é agora segundo.

Na 117ª volta Stewart abandonou em Lesmo quando o eixo de comando partiu, deixando o BMW Alpina-BMW de Lauda/Muir a comandar. Jochen Mass, faz tudo para se aproximar de Lauda, que ainda tem tempo para abastecer.

Os dois Ford Capri privados, mais velhos, terminaram em terceiro e quarto lugares, sete e oito voltas depois respectivamente.

Os Ford Capri RS 2600 dos nossos conhecidos, Jaime Mesia e vencedor em Vila Real em 1971 e Alberto Ruiz Giménez que abandonou, foram 3º com 135 voltas.

O Ford Capri 2600 RS do Gerstmann Racing Team Albrecht Krebs e Hartmut Kautz nos treinos fizeram 1:42.200 o que lhe proporcionou o 6º lugar na grelha de partida

Na prova, os pilotos patrocinados pela Shell terminaram no 4º com 134 voltas concluídas.

Modificação na miniatura

Um kit simples que depois de alisado e pintado foi decorado na última versão da folha de decalques da Solido.

IMG_20221115_142232.jpg

IMG_20221115_142240.jpg

IMG_20221115_142251.jpg

IMG_20221115_142305.jpg

Miniatura

Abre as portas.

Os bancos são rebatíveis.

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série K 26

Referencia nº 26- 9/74 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão e o modelo de venda também em cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - França

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 17:48
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 8 de Novembro de 2022

Ford Capri Team Shark 1975 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Ford Capri Team Shark 1975 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

707ª – Ford Capri 2600 RV Solido

Ford Capri RS 2600 LV.Nr. 95 Le Mans 1975 Berthe Moline Jean-Claude Guerie /Dominique Fornage abandono 4º hora

O Shark Team de volta a Le Mans e aí temos a segunda miniatura da mesma fabrica de modelos reduzidos, realizada com a adição de uma folha de decalques.

Duas miniaturas juntas que só agora descobri que podem ser a mesma.

Modelo real

Em 1972, a Ford vem a Le Mans e vence depois de inscrever 3 Ford Capri 2660 RS em TS, Turismo especial, enquanto o Shark Team dispõe de um Ford Capri 2600RS para Jean – Pierre Rouget e Jean-Claude Geuria que abandona na 4ª hora

Em 1974 na Categoria  TS o Shark Team inscreveu o Capri 2600 RS Nº 90 e motor 2990 cc para J.C.Geurie/  D. Fermage/ S. Godart abandona à 16 hora como vimos na miniatura Nº 681

https://manueldinis.blogs.sapo.pt/ford-capri-2600rs-um-olhar-sobre-as-1530883

Em 1975 voltam novamente na Categoria TS onde o Shark Team inscreveu dois carros, ou três? Um para Jean-Paul Bodin 94 Shark Team Ford Capri RS e segundo com o mesmo numero para Christian Gouttepifre 94 Shark Team Ford Capri RS, mas na lista vamos encontrar o nº 94 para Gouttepifre/ Bodin patrocinado pela Shark Jean-Paul Bodin 94 Shark Team Ford Capri RS

O outro com o Nº 95 também um Ford Capri RS 2600 LV. Patrocinado pela  Berthe Moline para  Jean-Claude Guerie /Dominique Fornage que nos treinos obtiveram o 33º tempo com 4:22.800

O n° 94 da mesma equipe não partiu tendo por ter cedido seu motor ao 95, para Jean-Claude Guérie e Dominique Fornage para fazerem a prova mas, abandonaram com problemas no motor

Modificação na miniatura

Um Kit simples, em que o principal problema era não haver fotos do modelo a representar.

IMG_20221108_140001.jpg

IMG_20221108_140009.jpg

IMG_20221108_140021.jpg

IMG_20221108_143426.jpg

Miniatura

Abre as portas.

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série 26K

Referencia nº26 – 9/74 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - França

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 19:05
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 4 de Novembro de 2022

Ford T 1912 25 anos   - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Ford T 1912 25 anos   - Um olhar sobre as minhas miniaturas

703ª – Ford T 1912 - 25 anos  Matchbox

Y-12 45 1912 Ford Model T - 25th Anniversary - Matchbox Models of Yesteryear

Já tinha duas mas esta é a comemorativa dos 25 anos 1956 -1981 Models Yesteryer”

Já tinha duas mas esta é a comemorativa dos 25 anos 1956 -1981 Models Yesteryer” e hoje depois de ser fotografada no jardim foi encontrada á noite antes de publicar o post.

 Na caixa

“Baseado no modelo imortal e de estudo t chassis esta robusta e eficiente van serviu para muitos e comerciantes durante os anos 1910 e 1920 . a nota de forma básica mudando por quase 20 anos”

Modelo real

Em 1953 é criada a Matchbox como a marca comercial da britânica Lesney Products, que levava o nome de seus fundadores, os amigos Leslie Smith e Rodney Smith, vendendo todos os modelos em réplicas de caixas de fósfores. No mesmo ano, foi feito um modelo da carruagem utilizada na coroação da Rainha Elizabeth.

Quando eu nasci, em 1952, o engenheiro inglês, Jack Odell, na tentativa de resolver o problema da filha quando lhe disse estar triste porque para a escola só a deixavam levar um brinquedo se coubesse dentro de uma caixa de fósforos (“matchbox”). Como fabricante de peças metálicas para carros, Odell reduziu os detalhes de um deles que cabia na palma da mão da filha e, claro está, na tal caixinha, permitiu que crianças de todas as idades – e também alguns adultos, hoje coleccionadores – pudessem explorar o mundo e descobrir a sua própria independência, ou a paixão pelo mundo automóvel.

IMG_20221104_135659.jpg

IMG_20221104_135805.jpg

IMG_20221104_140253.jpg

IMG_20221104_140630.jpg

IMG_20221104_190029.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante  Matchbox

Série Models of Yesteryer

Referencia nº Y 12/45 1978 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está cravada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País -England

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 19:06
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2023

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. DRM Ford Capri Turbo Zaks...

. Ford Escort  “Onde está o...

. Ford Mustang GTP  - Um ol...

. Ford Mustang - Um olhar s...

. Ford T 1911 lizzie aberto...

. Lincoln Continental 1941 ...

. Ford Model A Woody - Um o...

. Ford Capri RS - Um olhar ...

. Ford Capri Team Shark 197...

. Ford T 1912 25 anos   - U...

. Ford T 1912 carrinha - Um...

. Ford Capri 2600RS - Um ol...

.  Ford Capri Production - ...

. Ford 999 72hp 1902 Barney...

. Ford Escort RS 1800 - Um ...

. Ford Escort Gr2 Zakspeed ...

.  Lincoln Continental - Um...

. Ford T 1909 - Um olhar so...

. Ford Fiesta 1978 - Um olh...

. Ford Escort  - Um olhar s...

. Ford Escort de Ralye - Um...

. Ford Capri 3000 GT- V6 U...

. Ford Mustang Rally «Spa S...

. Jeep da Champion - Um olh...

. Ford Escort Mk2 - Um olha...

. Ford Capri 3000 Gt - Um o...

. Ford Escort  - Um olhar s...

. Ford T com banco da sogra...

. Ford Capri de corrida - U...

. Ford Capri 2600 RS De Bag...

. Ford T 1908 - Um olhar so...

. Ford T Lizzie - Um olhar ...

. Ford GT 70 - Um olhar sob...

. Lincoln Continental Execu...

. Ford Mustang Mach 1- Um o...

. Ford Capri Roger Clark - ...

. Ford Capri - Um olhar sob...

. Ford Capri 2900 Injection...

. Ford T 1915 - Um olhar so...

. Ford Consul Cortina  - Um...

. Ford MKII - Um olhar sobr...

. Lincoln Continental - Um ...

. Ford Mustang Fastback- Um...

. Ford Mercury Cougar - Um ...

. Ford T bird Cabriolet  - ...

. Ford Gt J - Um olhar sobr...

. Ford GT Racing Car - Um o...

. Ford T 1911 - Um olhar so...

. Ford Mark IV Um olhar sob...

.arquivos

. Fevereiro 2023

. Janeiro 2023

. Dezembro 2022

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Julho 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs
RSS
Em destaque no SAPO Blogs
pub