Sexta-feira, 16 de Fevereiro de 2024

Chevrolet Lumina ou Buick Regal de 1990 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Chevrolet Lumina ou Buick Regal de 1990 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

1115ª – Chevrolet Lumina  Raybestos Hut Strickland  Quartzo

Chevrolet Lumina  Raybestos Hut Strickin 1992  nº12 - Bobby Allison Racing

A Quartzo e escreveu “Strickland” em vez de Stricklin. Somente espero que não seja o Buick Regal 1990 de Hut Stricklin #12 Raybestos Brakes com uma cor metalizada Raybestos da equipe de Bobby Allison.

Com tanto modelo não me digam que comprei o errado numa época em que já havia o Eurosport outro grande canal desportivo da época, o Sky Sport, com a NASCAR a ter poucos seguidores na Europa.

Uma coisa é certo, o catálogo da Quartzo de 1996 não o contempla. Será que com uma pouco de trabalho transformo um Chevrolet Lunina num Buick Regal de 1990?

Modelo real

A Chevrolet está na NASCAR Grand National inicialmente  com os sedans grandes de duas portas dos primeiros dias do automobilismo stock car entre 1950 e 1970, um tanto desviada, quando as equipes Chevrolet pilotaram o Chevrolet Monte Carlo.

No ano seguinte e 1972 foi utilizado o Chevrolet Chevelle, em 1973 e 1974 o Chevelle Malibu e a partir de 1975 o Chevrolet Laguna S3, eram carros mais pequenos.

A partir de 1977, as grandes limusines voltaram, Chevrolet Monte Carlo, um típico enorme road cruiser dos exuberantes anos 70, Ford Thunderbird, Mercury Montego, Dodge Magnum ou Chrysler Imperial.

Depois de 1980, algo fundamental mudou na NASCAR, a partir de então uma gaiola espacial tubular não era mais construída em carrocerias de produção relativamente padrão; em vez disso, as formas dos “carros de estrada” foram soldadas em uma estrutura espacial tubular recém-projetada a partir de folhas de alumínio. A Ford só ficou com o Thunderbird na corrida contra a superioridade do grupo GM com o Buick Regal, Pontiac Grand Prix e Oldsmobile Cutlass. A Chevrolet manteve-se fiel ao Monte Carlo.

Entre 1988 e 1994, a Chevrolet um carro menor, modelo intermediário Chevrolet Lumina para vencer o Campeonato de Construtores em 1988-91 e 1993, bem como o Campeonato de Pilotos em 1990, 1991, 1993 e 1994 por Dale Earnhardt.

IMG_20240216_134346.jpg

IMG_20240216_134351.jpg

IMG_20240216_134356.jpg

IMG_20240216_134433.jpg

IMG_20240216_134439.jpg

Miniatura

Interior detalhado

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Quartzo

Série Nascar

Referencia nº preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País – Portugal, feito na China

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 18:52
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 6 de Outubro de 2023

Buick Super descapotável 1950 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Buick Super descapotável 1950 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

986ª – Buick Super 1950 Solido

Buick Super Cabriolet 1950

Buick Sedanet Fastback 1950

https://manueldinis.blogs.sapo.pt/tag/miniatura+buick

Modelo real

Buick Super Convertible 1950 série 50 Third generation

Os novos designs da Buick no pós-guerra apareceram em 1949, com automóveis de construção sólida e ricamente aparados, ostentando um visual totalmente moderno inspirado em aeronaves contemporâneas. Os Buicks ficaram ainda mais elegantes, com uma grade grande, distinta e única, cujos “dentes” desciam por baixo do carro. Um aceno para as futuras tendências de estilo em que muito cromo era suficiente, fez com que o Buick se destacasse instantaneamente entre a multidão e continuasse sendo um grande favorito dos entusiastas, especialmente porque os modelos de 1950 seriam os únicos Buicks a ter esse recurso de estilo.

A Buick disponibilizava para 1950, além da sua linha a básica, Special, a intermediária, Super, e a mais luxuosa, a Roadmaster. Os modelos Special e Super eram adornados nas laterais do para-lama dianteiro com três aberturas e a Roadmaster com quatro aberturas. Esses “buracos” de ventilação nas laterais eram um detalhe lançado na linha de 1949 que perdurou por vários anos. Eram apelidados de “buracos de rato”…

A plataforma da carroceria do Buick Super 1950 era a plataforma C da General Motors, compartilhava com o Buick Roadmaster, mas com uma distância entre eixos menor de 121,5”, em comparação com a distância entre eixos de 126,25” do Roadmaster.

A novidade em 1950 foi a nova grade de proteção do para-choques e um estilo mais arredondado.

Os Buicks tinham discos cromados nas rodas completas como padrão.

O modelo mais acessível da linha 1950 era o Buick Special Coupe, que era vendido por 1.803 dólares. Na outra ponta, eram necessários 3.407 dólares para adquirir o modelo mais caro, o Buick Roadmaster Station Wagon. Para termos uma ideia de quanto isso significava, o modelo mais em conta da General Motors, à época, era o Chevrolet Bussines Coupe, com preço de 1.329 dólares. Por outro lado, o mais básico dos Cadillac, a linha top da General Motors, era vendida por 2.761 dólares.

O novo motor foi projetado para operar com os novos combustíveis de alta octanagem do pós-guerra, Buick Fireball de 8 cilindros em linha F-263 cu in (4.310 cc) respirando através de um único carburador de dois cilindros e produzindo 128 cv com transmissão automática Dynaflow de duas velocidades

O descapotável tinha bancos elétricos de couro, vidros elétricos e capota.com 12.259 unidades construídas,

IMG_20231006_144306.jpg

IMG_20231006_144426.jpg

IMG_20231006_144503.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série Age dór

Referencia nº 4512 preço 1500$00

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - França

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 17:47
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 24 de Agosto de 2023

Buick Special 1958 "Sweepspear"

Buick Special 1058 Closed Cabriolet - Um olhar sobre as minhas miniaturas

944ª – Buick Special 1958 Closed Cabriolet Vitesse

Buick Special 1958 "Sweepspear"

Na época, o Buick Special era uma das séries mais vendidas nos Estados Unidos ficou conhecida por Buick Sweepspears na sua  Primeira Série, 1949-1958 caracterizadas pelas três pequenas entradas de ar de cada lado, com exceção parcial do Buick Super, que mudou de três para quatro em 1955.

https://manueldinis.blogs.sapo.pt/tag/miniatura+0920+buick+sedanet+fastback+pr

o "Sweepspear" é um acabamento lateral cromado a começar no cimo da abertura da roda dianteira e caindo em direção à abertura da roda traseira. Uma variação foi uma curva secundária para cima e sobre a abertura traseira, tornando-se então horizontal em direção à extremidade traseira do carro.

Em meados de 1955, o Buick Special Riviera de quatro portas , junto com o Century Riviera, o Oldsmobile 98 Holiday e o 88 Holiday, foram os primeiros hardtops sem pilares de quatro portas já produzidos.

Em 1956, o motor V8 maior de 322 cu in (5,3 L) foi compartilhado com o resto da linha, embora tenha sido substituído pelo maior V8 364 de 250 cv (186 kW) para 1957. Este ano também trouxe uma carroceria totalmente nova, bem como uma carrinha com capota rígida de quatro portas chamada Buick Riviera Estate. A distância entre eixos de 1957 permaneceu em 122 polegadas. Na edição de junho de 1957 da Popular Mechanics, o Special fez de 0-60 mph de 11,6 segundos, economia de combustível de 17,4 mpg-US (13,5 L/100 km; 20,9 mpg-imp) a 50 mph (80 km /h) e distância ao solo de 175 mm (6,9 pol.).

Os carros da General Motors receberam uma reforma radical em 1958. O  Sweepspear é uma extensão da decoração de montagem de faróis. As aberturas redondas das rodas traseiras foram abandonadas para que o estranho painel de exaustão de ar falso pudesse ser incorporado à confusão visual. Mas teve mais cromados e faróis duplos, à medida que o carro ficou mais longo e largo, embora com um chassis inalterado.

As versões anteriores tinham uma linha de personagem inspirada em "Sweepspear" ao lado do corpo, enquanto as versões posteriores tinham a moldura "Sweepspear" anexada à lateral de todos os modelos. A GM renomeou o Buick Special como LeSabre para o ano modelo de 1959, tomando o nome do carro-conceito Le Sabre de 1951.

Modificação na miniatura

Os frisos laterais vinham em decalque colado em plástico transparente e agora não descolam.

IMG_20230824_163554.jpg

IMG_20230824_163850.jpg

IMG_20230824_163913.jpg

IMG_20230824_163935.jpg

IMG_20230824_164217.jpg

Modelo real

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Vitesse

Série

Referencia nº 451 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País – Portugal

Anos de fabrico  a

 

 

 

 


publicado por dinis às 17:37
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 27 de Junho de 2023

Buick fastback 1950 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Buick fastback 1950 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

920ª – Buick Sedanet Fastback Provence Mulage

Buick Sedanet Fastback 1950

Modelo real

O último Sedanet da GM

A Buick dispunha de uma variedade de estilos de carroceria, desde um sedam de quatro portas até um conversível, capota rígida de duas portas e uma carinha revestida de madeira real, e o Jetback Sedanet fastback de duas portas.

O estilo fastback surgiu América dos anos 1940 e inspirada na aerodinâmica, juntamente com alguma eficiência aerodinâmica real quando os estilistas adaptaram a forma de lágrima, arredondada na frente e afinando na parte traseira, baseados nos estudos realizada na Alemanha na década de 1930, mas não implementada em carros de produção.

Os estilistas da General Motors mostraram o seu talento nas carrocerias fastback na década de 1940 que  apareceu pela primeira vez no Buick de 1942 e continuada nos modelo de 1946 a 48.

Os fastbacks com menor capacidade de porta-malas devido ao formato do compartimento de passageiros se estreitava semelhante aos carros esportivos. tinham visivelmente menos espaço no porta-malas do que os sedãs equivalentes.

Buick Supers e Roadmasters ganharam novas carrocerias em 1949. O afunilamento da cauda do barco é mais extremo do que nas carrocerias mais antigas. A curva do teto é mais refinada, criando uma aparência mais leve e graciosa. As janelas laterais traseiras terminam em “dog-leg”, criando também uma aparência menos pesada. Tudo isso, exceto pelo formato da janela, rendeu menos espaço no porta-malas.

Este foi o último ano para os fastbacks da Buick, embora as carrocerias de 1950 tenham sido redesenhadas. A curva do teto é um pouco mais alta do que nos anos 49 e é mais arredondada no perfil longitudinal. As formas das janelas laterais traseiras revertem para o padrão de 1948. A abertura do porta-malas é menor que a versão '49.

A sua venda não foi o esperado e os fastbacks da GM terminaram a produção no início dos anos 1950.

Modificação na miniatura

Como é um Trans Kit somente vinha com a carroçaria da Provence Moulage que que obrigava a compra do modelo da Solido correspondente

IMG_20230627_183330.jpg

IMG_20230627_183438.jpg

IMG_20230627_183500.jpg

IMG_20230627_183532.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Provence Moulage / Solido

Série

Referencia nº preço

Material – Resina

Material da placa de base – plástico

A base está junta à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - França

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 22:02
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 3 de Fevereiro de 2021

Buick Riviera - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Buick Riviera - Um olhar sobre as minhas miniaturas

87ª – Buick Riviera Corgy Toys

Modelo real

Primeira geração1963 a 1965

O Buick marca da G.M apresentou o Riviera a 4 de outubro de 1962, como um modelo de 1963, com uma carroceria distinta e exclusiva da marca, Design original com faróis ocultos menos dispendiosos escondidos nas grades do pára-lama.  

Uma estrutura semelhante ao padrão do Buick, mas mais curta e estreita, com um trilho mais estreito de 51 mm A distancia entre eixos de 117 pol. (3.000 mm) e comprimento total de 208 pol. (5.300 mm) eram 6,0 pol. (150 mm) e 7,7 pol. (200 mm) mais curtos, respectivamente, do que um Buick LeSabre, mas um pouco mais longo que um Thunderbird contemporâneo. Compartilhava os motores Buick V8 padrão, com um deslocamento de 401 pol. Cúbicos (6,57 L) ou 425 pol. Cúbicos (6,96 l), e a transmissão automática de turbina dupla de projeto continuamente variável exclusivo. Os freios hidráulicos eram padrão, usando os enormes tambores "Al-Fin" (aletas de alumínio) da Buick de 12 pol. (300 mm) de diâmetro. A direção hidráulica era um equipamento padrão, com uma relação geral de direção de 20,5: 1, proporcionando 3,5 voltas de bloqueio a bloqueio.

IMG_1831.JPG

IMG_1832.JPG

IMG_1835.JPG

Miniatura

Colocando um foco luminoso atrás do carro e tapando a entrada de luz no vidro traseiro os faróis acendem e apagam-se.

O mesmo acontece com os faróis traseiros.

Interior pouco detalhado devido ao sistema de luzes. 

Com suspensão.

As rodas têm pneus

Fabricante Corgi Toys

Série

Referencia nº 245

Material – zamac

Material da placa de base – zamac

A base está cravada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão.

País – Inglaterra

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 19:19
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2024

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

13
15
16
17
18

19
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Chevrolet Lumina ou Buick...

. Buick Super descapotável ...

. Buick Special 1958 "Sweep...

. Buick fastback 1950 - Um ...

. Buick Riviera - Um olhar ...

.arquivos

. Maio 2024

. Abril 2024

. Março 2024

. Fevereiro 2024

. Janeiro 2024

. Dezembro 2023

. Novembro 2023

. Outubro 2023

. Setembro 2023

. Agosto 2023

. Julho 2023

. Junho 2023

. Maio 2023

. Abril 2023

. Março 2023

. Fevereiro 2023

. Janeiro 2023

. Dezembro 2022

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Julho 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs
RSS
Em destaque no SAPO Blogs
pub