Sábado, 21 de Janeiro de 2023

Porsche 924 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Porsche 924 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

778ª – Porsche 924 Turbo Solido

Do ar para a água

O Porsche 924 foi desenvolvido pela Porsche a pedido da Volkswagen no início dos anos 70 tinha como objetivo comum a ambas as marcas e repetir o sucesso comercial do VW Porsche 914.

No Brasil, o engenheiro Rudolf Leiding incentivou a criação do Volkswagen SP2, entretanto apresentado na Alemanha em 1971, e a 1 de Outubro ser nomeado presidente do grupo Volkswagen. Uma de suas primeiras ações foi iniciar o projeto EA425 para uma joint-venture Volkswagen-Porsche com o objetivo substituir o 914.

A crise do petróleo em 1973, os investimentos na nova fábrica de Salzgitter e os quatro de seus cinco novos modelos (NSU Ro 80, Porsche 914, VW 411 e K70) com vendas abaixo do necessário para a sua fabricação aliado ao alto custo de desenvolvimento de novos modelos como  EA-425, Typ 17 Typ 53 e a nova versão do Audi 100, agravaram a crise da Volkswagen. As perdas de 800 milhões de marcos em 1974, obrigou a liderança de Leiding a renunciar em Fevereiro de 1975 e para o seu lugar foi Toni Schmücker que numa das primeiras decisões cancela o projecto Volks-Porsche e toma o Volkswagen Scirocco como o novo modelo desportivo da empresa. Após negociações, a Volkswagen resolveu vender o projeto e seu protótipo concluído em 1974 à Porsche por 100 milhões de marcos e a Porsche lançou o 924 com marca própria.

O Porsche 924 foi apresentado na região da Camarga e em Novembro de 1975 e num concessionário na Alemanha, em Fevereiro de 1976 e um teste de durabilidade foi realizado em Abril de 1976 quando a Porsche contratou Rudi Lins e Gerhard Plattner para realizar uma volta ao mundo em 30 dias utilizando um Porsche 924. Eles percorreram cerca de quarenta mil quilômetros, passando por quinze países, enfrentando temperaturas extremas (como -49 graus no Círculo Polar Ártico) e concluíram a volta em 28 dias. Durante a "volta", o 924 apresentou apenas um único defeito em um amortecedor.

Construído pela Audi em Neckarsulm inaugurou a era do motor dianteiro refrigerado a água na Porsche, está dotado de um motor 2.0 com quatro cilindros em linha, de injeção eletrónica e 125 cavalos de potência oriundo da Audi, colocado longitudinalmente à frente, a potência é transmitida às rodas traseiras através de uma caixa de velocidades transaxle (caixa e diferencial em cárter comum), colocada sobre o eixo traseiro, que melhorava substancialmente a distribuição de massas. Opcionalmente, podia adotar uma caixa manual de cinco velocidades ou uma automática de três velocidades.

Carroçaria monobloco, uma boa aerodinâmica particularmente visível através do capot plano e dos faróis pop-up. que lhe permitia alcançar 200 km/h

O protótipo inicial EA 425, apresentado em 1974, encontra-se em exposição no Museu Porsche.

IMG_20221030_124623.jpg

IMG_20221030_124648.jpg

IMG_20221030_124710.jpg

IMG_20221030_124826.jpg

Miniatura

Abre as portas.

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série

Referencia nº1051-02/80 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - França

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 19:00
link do post | comentar | favorito
Sábado, 14 de Janeiro de 2023

Mercedes-Benz SSKL 1931 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Mercedes-Benz SSKL 1931 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

770ª - Mercedes-Benz SSKL1931 Solido

Um Mercedes curto, mesmo em número de exemplares

Modelo real

Os desportivos da Mercedes-Benz eram os modelos K, S, SS, SSK e SSKL, projetados como veículos de estrada desportivos que também serviam para as corridas. Entre 1926 e 1933, eram conhecidos como “monstros invencíveis” ou pelo carinhoso apelido de “elefante branco”, estavam equipados com um motor de seis cilindros superalimentado o que os tornava inigualáveis ​​na estrada ou em corrida. Para os pilotos endinheirados, esses carros eram ideais nos vários eventos de corrida, locais extremamente importantes no calendário social.

A abreviatura S/SS/SSK/SSKL (Super-Sport-Short-Light, adotado pela Mercedes-Benz para designar as etapas individuais de desenvolvimento dos carros, cada um equipado com um robusto motor de 7,1 litros em linha. motor supercharged de seis cilindros.

Os tipos SSK e SSKL constituíram a lendária série S cujo desenvolvimento culminou no modelo SSKL,

Comercializado de 1928 a 1933, o Mercedes SSKL (Super Sport Kurz Leicht) era um verdadeiro carro de corrida, projetado para clientes de corrida. Comparado com o já competitivo SSK, ele beneficiou de um aligeiramento substancial, principalmente na estrutura do chassis. O chassis SSK perdeu 200 kg de peso depois de ser perfurado várias vezes. típico da Daimler-Benz e já havia sido aplicado ao Benz Tropfenwagen.

Alimentado por um motor de 7 litros e 6 cilindros, são conhecidos actualmente sete exemplares do SSKL.

Modificação na miniatura

Acompanhado de uma folha de adesivos com matrículas.

IMG_20220922_180657.jpg

IMG_20220922_180737.jpg

IMG_20220922_180811.jpg

IMG_20220922_180827.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série Age d´Or

Referencia nº 4001 – 03/80 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País – França

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 20:11
link do post | comentar | favorito
Sábado, 10 de Dezembro de 2022

Porsche Carrera RSR Solido - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Porsche Carrera RSR Solido - Um olhar sobre as minhas miniaturas

738 ª – Porsche 911 930 Turbo Solido Transformado 

Porsche 911 Carrera RSR Gr4 Jagermeister 1000km Nurburgring 1975 Kelleners/Heyer/Wollek

Modelo real

O chassis do Porsche RSR Jägermeister foi entregue no final de 1974 à Kremer Porsche em Koln, Alemanha. Kremer numerou este chassi como 005 (ano 1975) e o carro nº 5 (0005) para fazer o chassi número 0050005. Na época, Kremer tinha dois Sampson RSR de 1974, um RSR Vaillant 1975 e um RSR Wallys Jeans 1975 (# 0050004 ).

Depois de receber o chassi RSR da Porsche, Kremer construiu um carro de corrida de acordo com suas especificações para a temporada europeia de DRM de 1975.

Em 1975, a equipe Kremer competiu com 3 Porsche RSRs - um carro construído de fábrica (o chassi do carro Vaillant # 9115609117) e dois RSRs construídos pela Kremer - Wallys Jeans (chassi0050004) dirigido por Cees Sievertsen e Jagermeister (chassi 0050005) dirigido por Helmut Kelleners .

Erwin Kremer fez com que Helmut Kelleners se juntasse a outros pilotos importantes para corridas de resistência. Hans Heyer e Kellers se enfrentaram pela primeira vez nos 1000 km de Monza em 20 de abril de 1975, mas desistiram. A 1 de Junho de 1975, Kellers fez dupla com Hans Heyer e Bob Wollek e venceram sua classe nos 1000km Nurburgring 1975 Porsche 911 Carrera RSR Gr4 Jagermeister n.54 Kelleners/Heyer/Wollek foi 8º

A prova foi vencida por Arturo Merzario (I)Jacques Laffite (F) Alfa Romeo T33/TT/12 11512-008  Willi-Kauhsen-Racing-Team, 2º. Howden Ganley (NZ)Tim Schenken (AUS)  Mirage Gulf GR7 Ford 704 GELO-Racing-Team, 3º. 7 Herbert Müller (CH) Leo Kinnunen (SF) Porsche 908/3-6 Turbo 006 Martini-Racing-Team

Hans Heyer, foi o vencedor do campeonato europeu de 1975,quando dirigiu sozinho o 0050005 sozinho e ficar em segundo lugar no Nurburgring Supersprint a 7 de setembro de 1975.

Eckhard Schimpf gerente e piloto da Jägermeister Racing nos anos 70. quatro décadas depois, Schimpf procura para adquirir os carros Jägermeister  um impressionante Porsche 911 Carrera RSR construído em 1974 já circula pelas pistas.

Modificação na miniatura

Refeita a frente e alargado á frente e atrás foi depois pintado e decorado.

As rodas são da Luso Toys

IMG_20221210_143737.jpg

IMG_20221210_143751.jpg

IMG_20221210_143817.jpg

IMG_20221210_143833.jpg

Miniatura

Interior detalhado

As rodas são de resinade acordo com as originais.

Fabricante  Modelos 3J

Série GAM2

Referencia nº 63 preço

Material – bloco de resina ao qual se juntavam peças metálicas

Apresentado em caixa de cartão.

País - Portugal

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 19:53
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 8 de Dezembro de 2022

Citroen dos Bombeiros - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Citroen dos Bombeiros - Um olhar sobre as minhas miniaturas

737ª - Citroen C4F 1930 Solido

Citroen C4 F 1930 Bombeiros de Ville D´Argelès-Gazost

Modelo real

O AC 4 de André Citroen com um “look” de Chrysler ficou conhecida por C4, o novo modelo foi considerado apenas isso: novo.

O Citroën C4 foi apresentado pela primeira vez em outubro de 1928 no Salão Automóvel de Paris e foi construído de 1928 a 1932 como o sucessor do Citroën Type B14. Estava disponível em 16 carroçarias

.O C4 tinha um motor de quatro cilindros em linha com uma cilindrada de 1.628 cc e produzia 30 cv. Isso permitiu que o C4 atingisse uma velocidade máxima de cerca de 90 km/h e uma caixa de câmbio de 3 velocidades não sincronizada.

A versão C4F surgiu no Salão do Automóvel de 1930 e a versão C4G no Salão do Automóvel de 1931. A parte dianteira foi usado pela Michelin para seus primeiros protótipos de Micheline no início dos anos 1930. disponível e fabricado na versão militar Citroën Kégresse e Citroen-Kégresse P14, P17 e P19 para o ataque motorizado de André Citroën ao Yellow Cruise (entre abril de 1931 e março de 1932 ) e para a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Os Bombeiros de Argelès-Gazost uma comuna francesa nos Altos Pirenéus, região dos Occitânia, utilizou um exemplar segundo a Solido para os seus serviços.

Um modelo semelhante e com portas lateris foi visto em Aarberg Suíça em 2013

IMG_20221208_195259.jpg

IMG_20221208_185717.jpg

IMG_20221208_192903.jpg

IMG_20221208_193542.jpg

IMG_20221208_194146.jpg

IMG_20221208_195310.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série

Referencia nº 9/81 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - França

Anos de fabrico  a

 

 

 

 

 

 


publicado por dinis às 22:01
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 6 de Dezembro de 2022

Toyota Celica 1600 GT - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Toyota Celica 1600 GT - Um olhar sobre as minhas miniaturas

735ª - Toyota Celica Solido

Toyota Celica (TA22) GT Grupo 2 24 Hora SPA 1973 Ove Andersson (S)/Freddy Kottulinsky (S)

Um erro detectado pouco tempo depois quando resolvi cortar as fotos das revistas e jornais que já na época ocupavam muito espaço, na casa de Meus Pais, quando ainda não pensava em ir viver para Vila Nova de Cima.

Como a parte traseira estava errada, faltava o aileron traseiro e a pintura da faixa que o ligava aos guarda-lamas traseiro, ficou á espera para ser feito um dos Toyota Calica que correram em Vila Real. José Meireles, ou então Manuel Fernandes que embora não tenha corrido em Vila Real com o Toyota Celica também era um modelo a ter em conta,

Modelo real

A Toyota destacou-se em três grandes corridas internacionais realizadas em Julho de 1973. A primeira foi em Nűrburgring a 4ª prova do Campeonato Europeu de Carros de Turismo realizada na Alemanha Ocidental a 8 de Julho o Toyota Celica 1600 GT pilotado por Andersson e Kottulinsky vencer a 4ª Divisão e ficar em 6º lugar da geral, onde apenas 34 dos 76 participantes terminaram.

Duas semanas depois, na prova de 24 horas realizada no Spa Francorchamps nos dias 21 e 22 na Bélgica, o Toyota Celica 1600 GT voltou a ser pilotado por Ove Andersson e F. Kottulinsky  ocupou o 19º lugar na grelha de partida com  4:34.700.

O mau tempo obrigou muitos pilotos a desistirem e apenas 27 dos 60 inscritos completaram a prova e no final o Toyota venceu a Divisão 1 e o 9º da geral

O vencedor foi Quester / Hezemans no BMW 3.0 CSL BMW  2º  Mass / Fitzpatrick Ford Capri RS 2600 LW  3º  Tricot / Haxhe Opel Commodore B GS/E da Marabout Racing Team

Pouco tempo depois Ove Andersson, foi ao Japao para os 1000 km de Fugi mas a  vitoria a geral veio por intermedio de um Toyota Celica LB de  K.Misaki & H.Takahashi enquanto o Toyota 1600 GT ficou em 3º e outro Toyota Celica em 4º  e pode conversau com executivos da Toyota sobre a expansão de sua pequena empresa de automobilismo para o que logo se tornaria a Toyota Team Europe.

No final do campeonato a Toyota terminou em 7º na classificação de fabricantes com 35 pontos.

Modificação na miniatura

Feito o spoiler dianteiro foi pintado e decorado com os decalques provenientes do Kit, que neste caso trazia dois carros.

IMG_20221206_173822.jpg

IMG_20221206_173838.jpg

IMG_20221206_180543.jpg

IMG_20221206_184748.jpg

IMG_20221206_184822.jpg

Miniatura

 Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de resina de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série Kit 5094

Referencia nº 1094 03-80preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - França

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 17:51
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 5 de Dezembro de 2022

Porsche 911 Carrera RSR DTM - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Porsche 911 Carrera RSR DTM - Um olhar sobre as minhas miniaturas

734ª – Porsche 911 930 Turbo Solido transformado

Sport Auto alemão de Fevereiro de 1975 foi a minha inspiração para mais uma transformação.

Modelo real

Porsche 911 Carrera RSR #911 460 9060 - Porsche F6 2v SOHC Team Max Moritz Foto Quelle  N 32, 2º DRM Norisring 1975 R.Stenzel

Para a temporada de corridas de 1974, a Porsche apresentou duas novas versões do 911 para clientes de corrida: o Carrera RS e o Carrera RSR. A segunda era a versão mais potente, com motor 911/75 de 3 litros que desenvolvia cerca de 330 cavalos de potência. O RSR, homologado no Grupo 4, tornou-se imediatamente um carro ideal para equipes como Georg Loos ou Kremer. O Carrera RSR teve uma utilização muito ampla em qualquer tipo de competição e mesmo depois de ter sido substituído no catálogo da Porsche pelo 934 em 1976, continuou a sua carreira por mais alguns anos.

O Porsche RSR 911 # 460 9060 é um dos cerca de trinta e nove carros originais montados na fábrica em 1974, foi montado pela Porsche em Abril de 1974, junto com uma válvula lateral injetada de 3,0 litros e 330 hp seis (motor nº 684 0083). O carro de corrida verde brilhante foi entregue à Autohaus, Max Moritz, que designou Reinhard Stenzel para dirigir, com pintura e patrocínio da FotoQuelle. Moritz fez as provas de 1974 a 1976, acumulando várias vitórias.

Na prova  ADAC-Norisring Trophäe "200 Meilen von Nürnberg"          realizada a  29.6.1975 o  vencedor foi o Ford Capri RS 3100 pilotado por Jochen Mass (D) Div.I

O segundo carro do Team Max Moritz o Porsche 911 Carrera RSR #911 360 0636 - Porsche  e pilotado por Jürgen Lässig foi 7º  a 2 voltas do vencedor laps

Modificação na miniatura

Depois de alargado á frente e atrás e de refeita a frente foi pintado e decorado.

IMG_20221205_142348.jpg

IMG_20221205_142412.jpg

IMG_20221205_142445.jpg

IMG_20221205_193234.jpg

Miniatura

Abre as portas,

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série Gam 2

Referencia nº 63preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - França

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 19:17
link do post | comentar | favorito
Sábado, 3 de Dezembro de 2022

Faltz-Alpina Essen BMW CSL - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Faltz-Alpina Essen BMW CSL - Um olhar sobre as minhas miniaturas

732ª – BMW 3.0 CSL Solido

Faltz-Alpina Essen BMW CSL 3.0 Ernst Kraus Werner Schommers 4 h Salzburgring 1974

Por vezes uma foto chegava mas quando era acompanhada de um esquema de montagem…

Modelo real

O 3.0 CSL continuou a evoluir, agora com elementos aerodinâmicos mais agressivos e mais potente, com 206 cv, fruto também dum maior «seis em linha» de 3,2 l.

A CSL competiu no Grupo 2 do Campeonato Europeu de Carros de Turismo, com os pilotos da CSL ganhando o título de Pilotos em 1973

Rüdiger Faltz era um revendedor da Alpina.e pilotava os seua carros em varias provas, com as características cores iniciadas no BMW 2800CS em 1971

Desta vez, o CSL 3.0 de portadora do Nº 15  - BMW L6 3300 cc Faltz Tuning (D) Ernest Kraus /Werner Schommers nas 4 h Salzburgring Austria -Trophäe Salzburgring 21.4.1974

Foi 9º nos treinos com 1:21.530, mas não terminou.

O vencedor foi

O BMW Nºº 1 de Ickx / Stuck no BMW 3.0 CSL da BMW Motorsport GmbH Div.2

2º nº 10 Finotto / Mohr no BMW 3.0 CSL do Jolly Club Milano

3º Nº9 Peltier / de Fierlant BMW 3.0 CSLS.A.LA Precision Liegeoise   

4º e vencedor da divisão 1 o Nº23 Kautz / Heyer Ford Escort RS 1600 do Castrol Team Zakspeed Radio Luxemburg         

Modificação na miniatura

É um Kit em metal muito simples de fazer em que quase era preciso somente pintar.

Muito colorido, como se fosse pintado por uma criança, a lembrar os modelos brancos lisos da Carrera que podiam ser pintados com os marcadores d'água associados, com os quais as crianças podiam desenhar seus próprios.

IMG_20221203_105539.jpg

IMG_20221203_105627.jpg

IMG_20221203_105643.jpg

IMG_20221203_105922.jpg

IMG_20221203_110023.jpg

Miniatura

Abre as portas.

Os bancos são rebatíveis.

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante  Solido

Série Kit

Referencia nº Kit 175 preço

Material – zamac

Material da placa de base – Metal

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País – França

Anos de fabrico  a

 

 

 


publicado por dinis às 21:52
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 28 de Novembro de 2022

Porsche 924 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Porsche 924 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

727ª – Porsche 924 Solido

Porsche - 924 GTS LB-ZL 366 Rally Montecarlo 1979 J.Barth - R.Kussmaul

Um turbo que não era turbo

Modelo real

Em Abril de 1978 já tinham sido construídos 50.000 Porsche 924 e no final do ano foi apresentado o 924 Turbo, conhecido internamente de 931, que se distinguia do Normal pelas entradas de ar laterais no capot,.

Jürgen Barth trabalhava para a Porsche como piloto de corridas, chefe desportivo para clientes, piloto de rally, mecânico em conjunto com Roland Kußmaul e o colega Helmut Ristl e gerente de vendas da concessionária Würzburg Porsche Spindler, Alex Janda, compraram dois 924 Turbo do teste de fábrica, que prepararam para rally.

Para participar no Rallye Monte-Carlo de 1979, o carro teve de alterar as especificações uma vez que ainda não havia os 1.000 carros de estrada necessários para ser homologado como Turbo produzidos até 31 de Dezembro de 1978.

Os mecânicos tiveram de colocar um motor aspirado enquanto as restantes modificações do turbo, como travões, chassis e caixa de cinco velocidades, foram deixadas no carro.

Um autocolante Heico largo e o sinal de rali a 90 graus do local normal taparam as aberturas de ar de resfriamento para as verificações técnicas.

O Gr 4 de Juergen Barth, Roland Kussmaul iniciaram o Rali de Monta Carlo no único Porsche 924 Turbo, sem turbo, portanto com menos de cerca de 50 cavalos, certamente que não tiveram a prova que esperavam mas, terminar em 20º no geral e em 4º na classe GT4, que foi considerada um grande sucesso

O turbo foi homologado foi uma semana depois do Monte e agora com as especificações Turbo foi então utilizado no Safari, mas problemas de chassis impediram-no de ter sucesso. a apenas 300 km do final do evento de 6.000 km, um componente no transaxle falhou. Menos de três semanas depois, uma peça atualizada que provavelmente não teria falhado foi incluída em todos os carros de produção.

Modificação na miniatura

Alargados os guarda-lamas da frente foi pintado e decorado  

IMG_20221128_122548.jpg

IMG_20221128_122807.jpg

IMG_20221128_123035.jpg

IMG_20221128_123957.jpg

Miniatura

Abre as portas.

Os bancos são rebatíveis.

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas têm pneus de borracha

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série

Referencia nº 1051-02/80 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - França

Anos de fabrico  a

 

 

 

 

 


publicado por dinis às 19:37
link do post | comentar | favorito
Domingo, 27 de Novembro de 2022

Colani Ferrari - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Colani Ferrari - Um olhar sobre as minhas miniaturas

726ª – Colani Ferrari Daytona Solido transformado

Colani Ferrari Daytona

Um modelo de um designer fabuloso Luigi Colani

Modelo real

Lutz Colani nascido 2 de agosto de 1928 em Berlim, estudou pintura e escultura na Universidade das Artes de Berlim, antes de se mudar para Paris, onde as suas ilustrações fizeram a capa da revista L'Automobile de Dezembro de 1952.

Colani projeta carros únicos e conceituais, para seu próprio prazer sem pretensão de chegar as lojas e principalmente para uso próprio.

Carros produzidos em pequena série eram ocasionais, como o Colani GT, um pequeno roadster feito sobre a plataforma dos Volkswagen arrefecidos a ar, apresentado em 1958, do qual teve cerca de 260 exemplares fabricados.

Altera o primeiro nome para Luigi Colani e tornou-se num um designer industrial e aerodinamicista a projetar e a redesenhar veículos de todos os tipos desde o início dos anos 50.

Fiel à sua filosofia biodinâmica de design, procurando demonstrar como poderia ser aplicada aos automóveis. Colani projecta carros em projetos únicos, sem pretensão de chegar as lojas, onde a maioria era para uso próprio.

Em 1974, no auge da sua criação pega no Ferrari 365 Daytona e ousa retocar a obra do designer Leonardo Fioraventi para a Pininfarina, do qual aproveitou o cockpit do Daytona e de o alargar, elabora uma frente ainda mais baixa, muito aerodinâmica com uma grande entrada de ar totalmente funcional no capôt e duas saídas de ar laterais onde aplicou o seu estilo "bio-design" no seu Ferrari Daytona, onde encontramos o seu estilístico característico aliadas às suas pesquisas aerodinâmicas.

Luigi Colani tinha conhecimento que seus projetos eram polêmicos, e não agradavam a todos, mas este apresentado em vermelho inicialmente e posteriormente modificado e pintado em cinzento poderá ser o mais consensual.

Modificação na miniatura

Refeita a frente e depois de alargadas as vias traseiras foi pintado

IMG_20221127_175719.jpg

IMG_20221127_175751.jpg

IMG_20221127_175804.jpg

IMG_20221127_180032.jpg

Miniatura

Abre as portas.

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são adaptadas de acordo com as originais.

Fabricante  Solido

Série

Referencia nº preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - França

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 17:45
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 24 de Novembro de 2022

BMW 530 E18 Produção - Um olhar sobre as minhas miniaturas

BMW 530 E18 Produção - Um olhar sobre as minhas miniaturas

723ª – BMW 530 i Solido

BMW 530 E18 Produção Pau 1978 Lapeyre

Modelo real

O BMW 530i é um sedan desportivo de luxo confortável, prático e com bom desempenho e grande manuseio.

A carroceria de quatro portas de estilo conservador era uma progressão do que havia antes, e não algo totalmente novo, apresentando a tradicional grade do radiador 'em forma de rim', tinha o equipamento de corrida estabelecido da BMW, consistindo em suspensão McPherson Strut na frente e braços traseiros na traseira, com freios dianteiros a disco / tambor traseiros combinados inicialmente e uma configuração totalmente a disco posteriormente nos modelos maiores. Lançado com um motor de quatro cilindros de 2,0 litros sob o capô, o Série 5 ficaria disponível com uma variedade de motores, variando de um de quatro cilindros de 1,8 litros a um de seis cilindros de 3,0 litros.

A iniciativa de Claude Ballot Lena, em 1976 e Daniel Boutonnet, jornalista do L'Equipe, para o Campeonato Francês de Carros de Produção no intuito de atrair pilotos renomados para os circuitos da França. Tinha como oblectivo um compromisso entre espectáculo, variedade de cenários, actuações e preço de custo que assegurava um grande eco junto dos media e do público visava os maiores pilotos franceses, incluindo as estrelas da F1 a fazerem incursões neste campeonato continuou em 1977

Xavier Lapeyre, piloto francês multidisciplinar, ele foi um dos especialistas em carros de produção.

Lapeyre participou com o BMW 530i Motul no Campeonato Francês de Carros de Produção em 1978

Em Rouen a 18 de Junho a 6º prova o domínio foi da Ford com os Capri em 1º e 2º lugar seguido dos BMW  com  Lapeyre em  5 lugar

Na seguinte em Pau l Ricard os Capri continuara a dominar seguido dos BMW com Xavier Lapeyre abandona com problemas de na caixa de velocidades.

O campeonato foi novamente para a Ford France e o melhor BMW foi o de Alain Cuudini em 3º que depois de ter sido líder do campeonato. O Triumph Dolomite de René Metge foi medalha de prata na classe 2,5 da companhia aérea Air Inter e que depois veio para Vila Real e pilotado por Manuel Fernandes.

Manuel Fernandes

Modificação na miniatura

É um kit da Solido pertencente á primeira serie em que estava disponível com uma miniatura e três decorações.

IMG_20230114_170010.jpg

IMG_20230114_170108.jpg

IMG_20230114_170230.jpg

IMG_20230114_184750.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série Kit 5089

Referencia nº 89 /7-79 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização em kit e para venda normal em caixa de cartão e expositor plástico.

País - França

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 18:33
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2023

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Porsche 924 - Um olhar so...

. Mercedes-Benz SSKL 1931 -...

. Porsche Carrera RSR Solid...

. Citroen dos Bombeiros - U...

. Toyota Celica 1600 GT - U...

. Porsche 911 Carrera RSR D...

. Faltz-Alpina Essen BMW CS...

. Porsche 924 - Um olhar so...

. Colani Ferrari - Um olhar...

. BMW 530 E18 Produção - Um...

. Peugeot 504 4x4 Dangel Da...

. Alfa Romeo Alfasud trofeu...

. Ford Capri RS - Um olhar ...

. Ferrari 512 BB Pioneer LM...

. Ford Capri Team Shark 197...

. BMW M1 Le Mans - Um olhar...

. BMW 530 produção - Um olh...

. Peugeot 104 ZS no Marão -...

. Porsche 3.0 SC versão not...

. Renault 5 Cup  - Um olhar...

. Alfa Romeo Alfasud trofeu...

. Opel Kadett Ronda GT/EChe...

. Ford Capri 2600RS - Um ol...

. Chevron B 21 FVC John Bri...

. Alpine Renault A 110 - Um...

. Toyota Team Europa - Toyo...

. Jaguar SS 100 1937 - Um o...

. Autovama Firenze Alfa Rom...

. Alfa Romeo Alfetta GT - U...

. Peugeot 104 ZS - Um olhar...

. Renault 5 Alpine - Um olh...

. Porsche 934/935 - Um olha...

. Peugeot 504 Coupe V6 Rall...

. Alfa Romeo Alfetta GTV Ra...

. BMW 520 Produção - Um olh...

. Citroen CX Rallye - Um ol...

. BMW 3.0 CSL Alpina Muir –...

. Kremer Porsche 917/81 - U...

. Opel Kadett GTE- Um olhar...

. Porsche 917/10 - Um olhar...

. Porsche 930 Turbo GR 4 - ...

. BMW M1 Procar- Um olhar s...

. BMW esquife voador - Um o...

. BMW M1 Procar- Um olhar s...

. Lancia Stratos protótipo ...

. Renault R5 Pick-up - Um o...

. Ferrari Daytona - Um olha...

. Alpine A310 V6 Pack GT - ...

. Lancia Stratos HF Safari ...

. Volkswagen Golf Gti - Um ...

.arquivos

. Fevereiro 2023

. Janeiro 2023

. Dezembro 2022

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Julho 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs
RSS
Em destaque no SAPO Blogs
pub