Segunda-feira, 20 de Novembro de 2023

Lotus 11 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Lotus 11 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

1029ª – Lotus 11 Modelos 3J 

Um dos muitos Kits ainda por fazer cerca de 220, como podes ver pai ,ainda cá está o Livro das corridas e o Livro da BP, bem guardadinho depois dos trabalhos para ver a minha primeira Corrida de automóveis. Obrigado. Um abraço onde quer que estejas

415ª – Lotus 11 Le Mans Modelos 3J

https://manueldinis.blogs.sapo.pt/lotus-11-um-olhar-sobre-as-minhas-1344251

429ª – Lotus 11 Modelos 3J

https://manueldinis.blogs.sapo.pt/lotus-11-em-vila-real-um-olhar-sobre-1351360

e agora o modelo do Lotus de John Campbell-Jones do qual nunca vi uma foto, na prova de Sport no Circuito Internacional de Vila Real em 1958 e que se classificou em

4º - 20 John Campbell-Jones Lotus 11 34 v 1:50:30,65 127,840

Seguido de 40 David Piper Lotus 11 33 v 1:47:30,25 127,540 em 5º lugar, em que o vencedor foi Stirling Moss o vencedor do Grande premio de Portugal no penúltimo fim de semana de Agosto.

IMG_20240321_184634.jpg

IMG_20240322_141532.jpg

IMG_20240322_141610.jpg

IMG_20240322_142024.jpg

 

Modelo real

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de resina de acordo com as originais.

Fabricante Modelos 3J

Série

Referencia nº8 preço

Material – bloco de resina e peças em metal

Apresentado em caixa de cartão.

País – Portugal

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 19:24
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 7 de Setembro de 2023

Lotus Eleven streamlined - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Lotus Eleven streamlined - Um olhar sobre as minhas miniaturas

956ª – Lotus Eleven Streamelined

Quando Stirling Moss no Lotus Eleven aerodinâmico estabeleceu o recorde mundial de velocidade para sua classe em Monza em 1956

Modelo real

O carro escolhido foi um dos três eplares em construção por Colin Chapman.

O carro era basicamente um Eleven da série dois, altamente polido e com uma "bolha" de perspex instalada sobre o compartimento de direção. Os conjuntos de freio dianteiro foram removidos para reduzir o peso da suspensão dianteira, que era do tipo triângulo F2. Entre o motor e o eixo traseiro, acoplado por dois eixos propulsores curtos, foi instalada uma caixa de cinco velocidades do tipo desenvolvido no carro de F2. Uma unidade diferencial normal foi usada em conjunto com o conjunto da suspensão traseira DeDion.

Na manhã de segunda-feira nas garagens que fazem parte da pista e enquanto o motor 1100 estava funcionando, para fins de aquecimento, o coletor do soprador partiu-se devido à vibração a placa pela qual estava fixada estava curvada foi remediado numa fábrica local para de tarde rapidamente atingiu a velocidade desejada, volta em 1 minuto e 5,7 segundos

Uma volta após o registro dos 50 km ter sido alcançado, as correias dos ventiladores queimaram devido ao afrouxamento. Cliff trouxe o carro e um conjunto de cintos velhos foi instalado. Em meia hora o carro estava na pista novamente, primeiro o motor passou, de repente, para três cilindros. Cliff continuou, embora seus tempos tivessem caído cerca de seis segundos por volta, e justamente quando decidi chamá-lo com medo dos efeitos da falta de combustível em um motor superalimentado, o carro começou a funcionar normalmente novamente. Mas logo após a marca dos 200 km ter sido ultrapassada, o motor voltou a ter três cilindros e Cliff decidiu encerrar o dia. Apesar de tudo, conseguimos estabelecer cinco novos recordes de classe G.

A quarta-feira, 4 de dezembro, foi dedicada à montagem do motor de 750 cc e aos trabalhos nos painéis traseiros da carroceria, mas ao fim de 30 voltas cancelei a tentativa porque o motor obviamente não estava desenvolvendo potência total.

por Mike Costin

Na primeira vez que Stirling Moss conduziu um Lotus, disse:

Completei a volta em 1 minuto e 21 segundos, 115,58 mph, e descobri que o carro estava se comportando bem, embora em rotações máximas estivesse vibrando um pouco e ainda ziguezagueando na inclinação. Minha segunda volta foi concluída em 1 minuto e 9 segundos, e descobri na terceira volta que o carro estava entrando no South Banking a 7.400 r.p.m., que calculamos mais tarde como uma velocidade real de 148 mph. O carro estava contornando a inclinação apenas a 7.000 rpm e, com o passar das voltas, notei que o solavanco na traseira parecia estar piorando - imediatamente atribuí isso ao combustível extra e aos meus doces. Nessa época, fiz a volta mais rápida da tentativa em 1 minuto e 7,6 segundos (138,30 m.p.h.).

Modificação na miniatura

Tapada a parte do cockpit foi feita ao bolha  aerodinâmica

IMG_20230906_193144.jpg

IMG_20230906_193355.jpg

IMG_20230906_193415.jpg

IMG_20230906_193119.jpg

Miniatura

Sem suspensão.

As rodas são de resina de acordo com as originais.

Fabricante Modelos 3J

Série

Referencia nº preço

Material – resina em bloco único

Apresentado em caixa de cartão.

País – Portugal

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 00:04
link do post | comentar | favorito
Domingo, 28 de Maio de 2023

Chevron B 19 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Chevron B 19 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

890ª – Chevron B 19/21 Modelos 3J

Jonh Bamford  Chevron B19 -71-4 Cosworth FVC Vila Real 1971 e 3º classificado. Chevron B19 B19-71-4

De acordo com o plano nº 4 que custava 30$00, era possível fazer 14 versões , mas nas folhas de decalques que a 3J também disponibilizava somante alguns dos autocolantes eram disponibilizados.

O Chevron B 21 com lista azul foi pilotado em Dijon ou Paul Ricard em 1971, mas como a decoração não era completa nas folhas de decalques da 3j, optei para o guardar para o de Jonh Bamford no Chevron B19 Cosworth FVC que correu em Vila Real em 1971 e ficou em 3º.

Modelo real

Chevron B19 B19-71-4

Para John Bamford dirigir no Campeonato Europeu de 2 litros de 1971: estreia BARC 1000 4 de abril de 1971 (MN 8 de abril de 1971 pp12-14,24) inscrito pela Worcestershire Racing Association e co-dirigido por John Burton. Também dirigido por Bamford em Thruxton Yellow Pages Trophy Race em 12 de abril, os carros desportivos do GP de Paris em 23 de maio, Silverstone em 5 de junho, Vila Real em 4 de julho (MN 8 de julho de 1971 p19),

Depois dos belos Chevron B 8 que proliferavam no circuito de Via real a presença do novo Chevrom B19  Worcestershire Racing Association que veio a Vila Real ou os não menos belos Chevron B16 de de Ken Walker ou o de Thierry Tilmant.

Modificação na miniatura

IMG_20230528_214026.jpg

IMG_20230528_214114.jpg

IMG_20230528_214130.jpg

IMG_20230528_214320.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Modelos 3J

Série

Referencia nº preço

Material – bloco único de resina e partes em metal branco

Apresentado em caixa de cartão

País – Portugal

Anos de fabrico  a

 

 


publicado por dinis às 22:05
link do post | comentar | favorito
Domingo, 21 de Maio de 2023

GRD S 73 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

GRD S 73 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

883ª – GRD S 73 Modelos 3J

A miniatura já trazia a decoração de Vila do Conde, mas eu queria a de Vila Real que era muito simples, mas não a consegui iniciar, penso que só falta o nº 29. . que ainda consegui colocar no tripé original. 

GRD S 73 Lumaro, ou seja, Luís Madeira Rodrigues,

Modelo real

A classe Sport de 2 Litros em Portugal tinha em Vila Real quatro automóveis fantásticos 2 Lola T292 do Team BIP e 2 GRD S73, importados em 1973 pela Gazo-Indústrias Portuguesas Lda. para o Campeonato Nacional de Velocidade os dois GRD S 73 foram estreados em Vila Real depois dos testes de adaptação no autódromo do Estoril.

Os carros com os chassis #072 e #073 chegaram a Portugal em Junho de 1973, mostrando uma boa impressão nos testes feitos no Estoril. Os motores eram os Ford BDA de 1997 cc e cerca de 270 cv, preparados pela Racing Services.

O GRD S-73 de Ernesto Neves estava já pintado com as cores do Cartão Sottomayor e chassis  S-73/072, e o de "Lumaro" mantinha o amarelo original e chassis S-73/073. Os motores preparados pela Racing Services, passam a ser em Portugal assistidos nas oficinas do Team Palma, com os mecânicos David Monteiro (Néné) e Moita (Lumaro

A estreia, do carro ocorreu no Circuito de Vila Real, onde o GRD de Lumaro se apresentou com o amarelo original.

Adaptação foi rápida e fez o 15º melhor tempo. evidenciando os problemas de Ernesto Neves e nos segundos treinos o recuperador de óleo e alguns tubos começaram a arder.

Na corrida, apenas percorreu uma volta e meia devido a problemas na caixa de velocidades.

IMG_20230507_185152.jpg

IMG_20230521_181943.jpg

IMG_20230521_182008.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de resina de acordo com as originais.

Fabricante Modelos 3J

Série

Referencia nº preço 1850$00

Material – resina de bloco único e peças em metal

Apresentado em caixa de cartão.

País - Portugal

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 18:38
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 6 de Março de 2023

Porsche Kremer K2 grupo 5 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Porsche Kremer K2 grupo 5 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

812ª – Porsche 935 Modelos 3J

Um modelo inesquecível de Vila Real

O fantástico Porsche 935 K de Jorge Petiz adquirido na Alemanha estreado na rampa da Lagoa Azul de 1981 a que o acelerador bloqueou nos treinos, e que levou Jorge Petiz a uma forte saída de estrada, e que correu incógnito em Portugal

Modelo real

O Porsche Kremer 935 K2, era equipado com um motor 3500cc de admissão atmosférica e preparação da Auto Mapusi que desde o acidente da Lagoa Azul substituiu F.Riboira.

Nos treinos Jorge Petiz fez somente 6 voltas por problemas na embraiagem, mas faz o 3º melhor tempo, atras de Giannone e Rufino Fontes.

No inico da prova Petiz leva o  Ponto Verde a primeiro no final da reta da meta seguido Rufino Fontes com o Porsche "RSR" da Garagem Aurora, o outro carro da Aurora,  Joaquim Moutinho, com o novo motor de 3.5 litros Aurora e a rodagem feita nos treinos. era o mais leve dos quatro Porsche a necessitar de levar lastro para atingir os 900 kg,

 O quarto Porsche 935 é o Silhouette Almeras de Robert Giannone, outro RSR modificado com as liberdades do grupo 5 e com um motor de 3,5 litros.

As potências anunciadas para Vila Real eram 385 cv para Giannone Petiz achava que o motor Kremer de 3.5 litros não ultrapassar os 360 cv, Rufino falava nuns 350 cv e, Moutinho a anunciava um desempenho semelhante ao do motor 3.5 de Rufino.

Esta animação durou até a 7º volta quando Petiz deixa o comando a Moutinho.

No Final o único sobrevivente dos Porsche foi o Vencedor  Robert Giannone .

Modificação na miniatura

Abertos os faróis retiradas os espelho retrovisores foi pintado somente de branco na esperança de encontra listas brancas ou Verdes.

IMG_20230225_194834_resize_wm.jpg

IMG_20230225_194858_resize_resize_wm.jpg

IMG_20230225_194922_resize_resize_wm.jpg

IMG_20230225_195150_resize_wm.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Modelos 3J

Série Export  

Referencia nº 15 preço 1400§00

Material – resina e metal

Material da placa de base – resina

A base está colada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão.

País – Portugal

Anos de fabrico  a

 

 


publicado por dinis às 22:15
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 30 de Dezembro de 2022

Bravo GRD - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Bravo GRD - Um olhar sobre as minhas miniaturas

757ª – GRD 73S Modelos 3j transformado

Com as mesmas imagens de 1978 olhei com muitas saudades deste carro que embora não fosse uma novidade era um ressurgir de carros que eu sempre muito gostei, mascas nacionais e suas sua derivação.

Modelo real

Os GRD que estiveram em Vila Real voltaram ao Estoril em 1977 para duas corridas diferentes com Sidio Viana a vencer a prova da Fórmula Livre a contar para o Campeonato Nacional de Velocidade e o de Orlando Gonçalves agora modificado na prova internacional de Sport. 

A equipa tinha as instalações debaixo das bancadas do Autódromo “Orlando Racing Organization” formada por Orlando Gonçalves um piloto radicado em França que em 1977 aparece ao volante do GRD (#72, ex. Team Palma e ex. Carlos Santos),

O GRD S 72/072 foi rebatizado de Bravo RR77-Ford como podemos ver na foto da revista Auto Mundo no Circuito do Estoril, transformado pelo Engº Bravo Marinho, depois de ter apresentado alguns meses antes um audacioso projecto para a construção de um F1 português em que anunciava soluções técnicas capazes de conseguir aumentar a potência do motor Ford Cosworth em 150 cavalos!

Na apresentação, a característica entrada de ar dos originais GRD, não se encontrava, mas, vamos encontrar uma nova frente para com duas entradas de ar em depressão para os travões e uma para o radiador de óleo colocado a frente. Um ailerom traseiro novo e a promessa de uma carroçaria inteiramente nova num futuro próximo.

Orlando Gonçalves, no Bravo foi o único veículo português a participar numa competição internacional, a 5º prova a contar para o Campeonato Mundial de Sport, disputada no Autódromo do Estoril no mês de Julho de 1977, reservado a Marcas e não a pilotos onde imperavam os interesses das marcas, pelo que quando a Alfa Romeo somente tinha inscrito dois carros mas face aos poucos carros inscritos decidiu trazer quatro carros, três de prova e um de reserva.

 Na 4ª e ultima linha da grelha de partida estava Bravo Marinho que fez 1m 58,88s e a seu lado Bracey/ e o nosso conhecido Birchenhough no Lola T 240 Ford. com 2m 07,85s

A prova foi curta, vários problemas mecânicos e muito tempo no boxe teve de abandonar ao fim de poucas voltas e não voltaria mais.

O carro ainda se encontra em Portugal e é propriedade de Alberto Velez Grilo que já mostru e com ele rodou em Vila Real neste século.

Modificação na miniatura

Feito o aileron traseiro, foi aberta as cavas das rodas.

IMG_20230209_231110.jpg

IMG_20230209_231115.jpg

IMG_20230209_231155.jpg

IMG_20230209_231259.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de resina de acordo com as originais.

Fabricante Modelos 3J

Série 2 Litros

Referencia nº2 preço 350$00

Material – resina e metal

Apresentado em caixa de cartão.

País - Portugal

Anos de fabrico a Fim de 1986

 


publicado por dinis às 20:35
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 1 de Dezembro de 2022

Audi Quatro - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Audi Quatro - Um olhar sobre as minhas miniaturas

730ª – Audi Quatro Modelos 3J

Audi Quatro 1982

Michèle Mouton a única Mulher a ganhar o Rali do de Portugal

Modelo real

Audi Quatro 1982

O engenheiro  da Audi, Jörg Bensinger, viu no Volkswagen Iltis a facilidade com que superava outros na neve, idealizou com Walter Treser a montagem do sistema de transmissão no Audi 80 o Ur-Quatro. Posteriormente aplicado no Coupé e originar o Audi Quattro com tração nas quatro rodas de alto desempenho, apresentado no Salão de Géneve 1980 de acordo com o Brupo B o revolucionário Quatro, iria destacar nos próximos cinco anos.

O Rali do Algarve de 1980 tem a abrir a prova com o nº 0, o Audi Quattro, com Hannu Mikkola/Arne Hertz aos comandos a primeira aparição pública s surpreender todos quando se soube que se os tempos do Audi valessem, teria ganho com muita vantagem.

No ano seguinte Hannu Mikkola/Arne Hertz volta para o Rali de Portugal na estreia oficial em terra da Audi acompanhado por Michele Mouton e Fabrizia Pons.  O Audi com cerca de 340cv de Hannu Mikkola/Arne Hertz no comando, abandona no Marão com avaria no motor. A jovem Mouton e Fabrizia Pons beneficia dos abandonos e termina no 4º lugar, á frente do Datsun Violet de Pond.e atrás do Toyota de Célica Waldegaard.

Em 1982, somente as equipas oficiais da Audi, Opel, Toyota e a Nissan com a Violet participante nos dois últimos safaris.

A Audi Sport dispunha de três carros oficiais e os C Visa Trophee de Grupo B numa edição em os novos Grupos A,B e N, coexistiram com os Grupos 2 e 4.

A passagem noturna do Porto foi fita entre muitos espectadores que estiveram um pouco por toda a parte. Com a Audi a comandar a prova como fizera no ano anterior, Mikkola comandou até capotar na Lousa e consequente desistência, é agora era a vez de Michele Mouton superiorizar-se, ao ser mais rápida que Rohrl, em Opel Ascona 400. O terceiro Audi Franz Wittmann/ Peter Dieckmannocupa o 3º lugar, atrás do Toyota de Per Eklund/Reignar Spjuth.

No final do Campeonato foi Vice-campeã do Mundo de Ralis em 1982, e um dos pilotos a contribuir para o título mundial de construtores para a Audi

Michele Mouton “Lembro-me bem dos fãs, sempre muito apaixonados pelos ralis e presentes em todo o lado, fosse de noite ou de dia, do nevoeiro em Arganil, mas recordo com muito agrado quando ganhei esta prova e, no final, quando caminhávamos para o pódio, as mulheres atiravam-nos flores. Foi fantástico e talvez por isso, ainda hoje não tenho dúvidas de que era o meu rali favorito.”

No ano seguinte, 1983 é finalmente a vez de Hannu Mikkola, Audi Quattro A1 e novamente em 1984 volta a vencer Hannu Mikkola num Audi Quattro A2

Em 1985 Hannu Mikkola é 3ª num Audi Sport Quattro enquanto o outro Audi de Stig Blomqvist / Björn Cederberg é quarto.

Modificação na miniatura

O kit da Modelos 3J agora já mais elaborado, foi limado e limpo. Depois de pintado e decorado foi sujo com lama.

IMG_20221201_142459.jpg

IMG_20221201_142520.jpg

IMG_20221201_142551.jpg

IMG_20221201_143916.jpg

IMG_20221201_142533.jpg

Miniatura

Interior detalhado

As rodas são de resina de acordo com as originais.

Fabricante Modelos 3J

Série Rally

Referencia nº7 preço 1000§00

Material – bloco de resina ao qual se juntavam peças metálicas

Apresentado em caixa de cartão.

País - Portugal

Anos de fabrico  a

 

 

 


publicado por dinis às 22:03
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 21 de Novembro de 2022

Porsche 936 Monza  - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Porsche 936 Monza  - Um olhar sobre as minhas miniaturas

720ª – Porsche 936 /76 Modelos 3J

Porsche 936 #002 - Porsche 911/78 F6 2142 cc Single-Turbo Jochen Mass (D)/Jacky Ickx (B) 1º nas 4 horas de Monza 1976

Modelo real

O segundo chassis 936 #002 apareceu nas 4 Horas de Monza com a decoração de fundo branco e já com as derivas verticais e a asa levantadas, inscrito pela equipa Martini Racing, o Porsche 936 foi desenvolvido segundo os regulamentos do Grupo 6 e o motor era o mesmo do 935, com 2.1L de cilindrada, de seis cilindros opostos, com um turbo para debitar 540 cv.

A primeira sessão de treinos foi dominada pelos Alpine A 442, mas Jochen Mass foi o mais rápido na segunda sessãocom uma vantagem de 0,04s sobre o Alpine de Jean-Pierre Jabouille (F)/Jacques Laffite (F).

A prova foi comandada por Mass e no final da primei volta seguiam-no Jabouille, Pescarolo, Joest, o nosso conhecido de Vila Real, Martin Raymond ,Casoni, Merzario o primeiro dos 2litros.

Jabouille vai a Box e Pescarolo ocupa o seu lugar seguido de Joest  e Merzario á frente dos 3litros.    

Meia hora de prova e Jabouille volta a box para não mais sair.

O reabastecimento para os melhores classificados começou entre as voltas 44º e 50ª quando o interesse foi retomado quando Jarrier, depois de substituir Pescarolo tenta aquando da troca de Mass por Icks, ocupar a primeira posição,  o que o leva a reagir de imediato.  Joest/ Craus manteve o terceiro lugar. Os nossos conhecidos Edwards / Lepps na 100ª volta e 2horas 30m de corrida abandonam por o radiador furado,   

Quase a terminar a prova Joest ia perdendo o lugar depois de uma saída sem consequências.

Jochen Mass /Jacky Ickx foram os primeiros vencedores de um modelo que no final foi o vencedor do Campeonato Mundial de Carros de Sport de 1976 e foi o vencedor de Le Mans.

Modificação na miniatura

Kit de resina em bloco único com peças de metal.

IMG_20221121_130341.jpg

IMG_20221121_130347.jpg

IMG_20221121_130350.jpg

IMG_20221121_130407.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de resina de acordo com as originais.

Fabricante Modelo 3J

Série Especial

Referencia nº 1 nº 040 preço

Material – resina e metal

Apresentado em caixa de cartão.

País - Portugal

Anos de fabrico  a

 

 


publicado por dinis às 18:07
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 7 de Novembro de 2022

Porsche Carrera longo - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Porsche Carrera longo - Um olhar sobre as minhas miniaturas

706ª – Porsche Carrera long tail Sunoco Modelos 3J

Porsche Carrera long tail Sunoco Holbert – Donohue 1º Watkins Glen em 21 de julho de 1973.

Modelo real

Porsche Carrera RSR Porsche Carrera Long tail Sunoco

A 13 de Maio de 1973 na Targa Florio na Itália a Porsche não participa na Classe GT para evitar os carros de clientes.

O departamento da Porsche preparou cinco 911 RSR para a corrida, dos quais dois GT par a Martini Racing Team com a cauda de pato estendida e alterado de amarelo para vermelho e o 'R6'  conduzido por Herbert Müller e Gils van Lennep vencem a prova.

Para Zeltweg, na Áustria, a corrida de 1000 km em 24 de junho de 1973, a Porsche inovou no design da carroceria e adicionou uma cauda longa aos RSR.. Ambos os RSRs usavam o motor de 2,8 litros e, na maioria das vezes, pareciam um RSR com rodas Fuchs muito largas na frente e atrás.

Em Watkins Glen, Nova York, 21 de julho de 1973, os dois Porsches de fabrica aqui, disfarçados de Penske (Donohue/Follmer) e Brumos (Gregg/Haywood), na versão long tail. Além de um IMSA Capri, outro carro (ex-works) foi inscrito para Stewart e Scheckter. Os carros tinham spoilers traseiros e tiveram que largar na classe de carros esportivos, mas infelizmente o carro dos pilotos de F1 perdeu o motor na prática, que não pôde ser consertado a tempo.

Mark Donohue dividiu este Porsche 911 RSR da Penske Racing Sunoco nº 6 com George Follmer para terminar em 6º no geral nas 6 horas de Watkins Glen.

Para a última prova o chassis Nr.0588 R6 foi entregue à Roger Penske Enterprises (EUA) para Mark Donohue e George Follmer para as 6 Horas de Watkins Glen em 21 de julho de 1973.

A nova cauda longa tinha agora um aerofólio adicional entre as barbatanas traseiras. Repintado com a nova pintura azul escura patrocinada pela Sunoco, Holbert – Donohue levaram o RSR  protótipo ao 6º lugar geral, este foi um final impressionante para a curta carreira original de corrida de 1973 do Nr.0588 R6.

O outro Brumos Porsche Carrera Prototype pilotado por Peter Gregg, Hurley Haywood, ficou em segundo e os 3º foram Michael Keyser, Milt Minter com o nº16 da Toad Hall Racing num Porsche Carrera RSR da categoria IMSA

Modificação na miniatura

O Kit foi limpo com diluente e pintado

IMG_20221107_141110.jpg

IMG_20221107_141119.jpg

IMG_20221107_141144.jpg

IMG_20221107_141221.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de resina de acordo com as originais.

Fabricante Modelos 3J

Série Export

Referencia nº 16 preço 700$00

Material – resina

Material da placa de base – resina e metal

Apresentado em caixa de cartão.

País - Portugal

Anos de fabrico  a

 

 

 

 


publicado por dinis às 18:05
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 3 de Novembro de 2022

Porsche 936 “Viúva Negra” - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Porsche 936 “Viúva Negra” - Um olhar sobre as minhas miniaturas

702ª – Porsche 936 /76 Modelos 3J

Porsche 936 #001 - Porsche 911/78 F6 2142 cc Single-Turbo pilotado por Rolf Stommelen foi 5º 300-km de Nürburgring

Como não havia nenhuma foto da corrida em Monza resolvi fazer o preto pela sua estranha cor e por ser o primeiro #001

Modelo real

O primeiro 936 #001 de Sport, era preto e teria sido desenhado sem recorrer ao túnel de vento da VW com disse o Dr. Fuhrmann à equipa quando iam produzir um sport-protótipo para o novo Campeonato do Mundo de Sport, a par do 935 do Campeonato de Marcas.

O primeiro 936 fotografado em Weissach no início de 1976 mostrava um pequeno para-brisas.

Os testes continuaram em Fevereiro de 1976, no autódromo de Paul Ricard em Le Castellet, perto da cidade mediterrânea de Marselha, um dos melhores lugares na Europa para testar no inverno.

O Porsche 936 do Grupo 6 foi o sucessor do 908/03 quando a Porsche e a Martini voltaram a unir os esforços. O chassis tubular do 936, praticamente idêntico ao 908/03 no qual foi montado um motor de 6 cilindros horizontais opostos de 2140 cc, com turbocompressor KKK para se enquadrar na classe de 3 litros (os carros turbo tinham um coeficiente de 1,4). Apesar da pequena capacidade, o motor desenvolveu mais de quinhentos cavalos de potência. 520CV Din ás 8000 rpm.

A estreia foi nos 300 km de Nürburgring em 4 de Abril de 1976, e o 936 qualificou-se entre os dois Alpine A 442 Turbo.

Debaixo de chuva intensa e na eminencia de nevoeiro partiram os 22 concorrentes onde Stommelen foi o mais rápido mas na primeira curva a esquerda teve de ceder ao Alpine de Jabouille  e pouco depois a Depailler até que s 2km de prova trava tarde demais sai da pista o mesmo acontece ao outro Alpine ao tentar evitar a colisão e abandonam. Stommelen comanda e na 6 volta o controle do acelerador partiu e tiveram de fixar a articulação e Rolf Stommelen enviado para a pista para terminar a corrida, com o botão liga/desliga, pilotou o carro com o interruptor principal, ora a desligar a energia e, portanto, o motor, antes das curvas, depois ligar a energia novamente e acelerar a fundo, consegui terminar em 5º num desempenho de condução invulgar. A corrida foi ganha pelo 908/4 da Joest Racing, com uma carroceria aberta turboalimentado seguido de Toine Hezeman no Porsche 934 da Tebernum Racing Team de Georg Loos KG

O carro preto fosco a começar a ser conhecido por “Viúva Negra”.

A sua cor levantou uma grande polémica ente os promotores dos campeonatos, ao abolirem a sua presenças com esta cor , sob o curioso pretexto de que se tornava difícil vê-lo no asfalto..

Modificação na miniatura

Kit de resina em bloco único com peças de metal

IMG_20221103_190226.jpg

IMG_20221103_190240.jpg

IMG_20221103_190252.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de resina de acordo com as originais.

Fabricante Modelo 3J

Série Especial

Referencia nº 1 nº 083 preço

Material – resina e metal

Apresentado em caixa de cartão.

País - Portugal

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 19:15
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2024

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Lotus 11 - Um olhar sobre...

. Lotus Eleven streamlined ...

. Chevron B 19 - Um olhar s...

. GRD S 73 - Um olhar sobre...

. Porsche Kremer K2 grupo 5...

. Bravo GRD - Um olhar sobr...

. Audi Quatro - Um olhar so...

. Porsche 936 Monza  - Um o...

. Porsche Carrera longo - U...

. Porsche 936 “Viúva Negra”...

. Mercedes Benz 450 Slc - U...

. Lancia D 24 - Um olhar so...

. Porsche 908 S David Piper...

. Porsche 911 SC - Um olhar...

. Porsche 911 SC - Um olhar...

. Porsche 908 S Jorge de Ba...

. Jaguar D Le Mans - Um olh...

. Chevron B 21 FVC  John Bu...

. Chevron B 21 - Um olhar s...

. Porsche 935 Joest - Um ol...

. Porsche 935 Kremer K2 Vai...

. Porsche 908/3 Toblerone -...

. Osella Abarth PA2 - Um ol...

. Porsche 908/3 - Um olhar ...

. GRD S-73/072 - Um olhar s...

. Porsche 908/2 Flunder Le ...

. MG A 1600 - Um olhar sobr...

. Ferrari 275P Le Mans  #20...

. Nash Healey Le Mans 1950 ...

. Austin Healey LM 1953 - U...

. Ford Escort RS 1800 - Um ...

. Porsche 908 Spyder - Um o...

. Porsche RS 61 Spyder - Um...

. Jaguar XK 120 - Um olhar ...

. Fiat Abarth Rali Internac...

. Lola T 70 Riverside 1966 ...

.  Porsche 908/3- Um olhar ...

. Cunningham - Um olhar sob...

. Fiat 124 Spider Abarth Ra...

. Maserati A6 GCS, afinal o...

. Ferrari 250 P 1963 - Um o...

. Ferrari 712 Can Am - Um o...

. Maserati A6 GCS - Um olha...

. Triumph TR2 Le Mans - Um ...

. Porsche 718 Fórmula 2 - U...

. Aston Martin DB3S - Um ol...

. Aurora Porsche Spyder - U...

. Vanwall F1 Grande Prémio ...

. MG 182 EX - Um olhar sobr...

. Connaught Type A 1953 - U...

.arquivos

. Abril 2024

. Março 2024

. Fevereiro 2024

. Janeiro 2024

. Dezembro 2023

. Novembro 2023

. Outubro 2023

. Setembro 2023

. Agosto 2023

. Julho 2023

. Junho 2023

. Maio 2023

. Abril 2023

. Março 2023

. Fevereiro 2023

. Janeiro 2023

. Dezembro 2022

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Julho 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs
RSS
Em destaque no SAPO Blogs
pub