Quinta-feira, 27 de Outubro de 2022

Ferrari 250 GT Califórnia  - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Ferrari 250 GT Califórnia  - Um olhar sobre as minhas miniaturas

695ª – Ferrari 250 GT California Vitesse

1960 #20 250 GT California Spyder Competizione Chassis #: 2015 GT Jo Schlesser / Bill Sturgis

Modelo real

Ferrari 250 SWB Califórnia Spyder Competizione

As primeiras nove versões de competição do Spyder California foram feitas no chassi longo, e três na forma de distância entre eixos curta “Paso Corto” segundo a ideia dos distribuidores da Ferrari os norte-americanos Jon von Neumann e Luigi Chinetti, para a Ferrari a criar um descapotável de alto desempenho com o nome de seu melhor mercado.

Baseado no 250 Tour de France, o chassi foi preparado e enviado para a Carrozzeria Scaglietti, em Modena. A carroçaria de aço substituída pelo alumínio, actualizadas as especificação do motor e instado um depósito de combustível de enchimento rápido no porta-malas.

Luigi Chinetti preparou um dos primeiros Spyders, o chassis 1085GT, para participar em Sebring em 1959, onde foi conduzido por Richie Ginther e Howard Hively, para terminar em nono lugar geral e primeiro lugar na classe GT9.

No início, as modificações do motor incluíam árvores de cames de corrida de maior elevação e carburadores Weber 40DCL/3 alimentados por pilhas de velocidade. Este motor, conhecido como 128F e produziu 262 cavalos de potência a 7.300. A maioria dos carros apresentava este motor, ou uma versão similar com velas de ignição externas conhecidas como Tipo 168. Apenas um carro, chassi 2015GT, apresentava o motor 168B com cabeçotes de alta compressão e válvulas maiores que podiam produzir 280 cv a 7.000 rpm.

O Ferrari 250 GT Califórnia inscrito pela NART vem a 24 Horas de Le Mans em 1959 conduzido por Bob Grossman e Fernand Tavano terminam em 5º da geral   

Depois que a Ferrari produziu nove modelos LWB no quadro Tipo 508 D do Tour de France, o modelo foi alterado para refletir a especificação do modelo SWB. Mais três modelos foram feitos no chassi Tipo 539 com faróis cobertos.

Um desses carros posteriores, chassis 2015GT, foi preparado para o LeMans de 1960 e foi construído com a especificação final com o motor de competição Tipo 168B.

Em 1960 foi inscrito pela NART, para Bill Sturgis e Jo Schlesser que tiveram de abandonaram á 22 hora com problemas no motor. Enquanto a Ferrari termina em primeiro e segundo e conquistar o campeonato mundial, batendo a Porsche por apenas quatro pontos.

Recentemente foi restaurado com a decoração de Le Mans de 1960, bem como o seu protótipo.

Modificação na miniatura

IMG_20221027_142017.jpg

IMG_20221027_142025.jpg

IMG_20221027_142037.jpg

IMG_20221027_142041.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Vitesse

Série Retro Vitesse

Referencia nº 141 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - Portugal

Anos de fabrico  a

 

 

 

 

 


publicado por dinis às 18:16
link do post | comentar | favorito
Domingo, 23 de Outubro de 2022

Seat ou Fiat 131 Abath - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Seat ou Fiat 131 Abath - Um olhar sobre as minhas miniaturas

691ª – Seat 131 Abarth Luso Toys

 Fiat 131 Abarth Salvador Servià /Alex Brustenga Monte Carlo 1979

A última prova do Fiat Seat da Servia Seat Sport

Modelo real

O FIAT 131 Mirafiori Abarth agora como Seat

Em 1979 a Fiat diminui de forma drástica os investimentos no departamento de competições de rallye já tinha 5 títulos mundiais 3 com a Stratos e 2 com o 131. Agora a Stratos participa como time semi-oficial. Alen conquista o terceiro lugar em Monte Carlo e o primeiro sucesso do ano só acontece com Markku, nos 1000 Lakes. Ficam em segundo no Rallye de Sanremo.

O 46º  Rallye Automobile de Monte-Carlo 1978 foi vencido por  Jean-Pierre Nicolas Vincent Laverne       em Porsche 911 Carrera e em 1979 foi Bernard Darniche Alain Mahé Team Chardonnet Itália Lancia Stratos HF.

O Fiat 131 Abarth TO N92974 Servià chassis número 131AR-0061309 #G3, usado com test car em 1976 Rally Isola D'Elba, com as matrículas, PROVA TO 1002, TO N19170 e TO N9297, fez o Rali de Monte Carlo de 1978 pilotado pelo espanhol Salvador Servia e Alex Brustenga o seu co-piloto no final a dupla espanhola terminou no décimo segundo lugar.

O Fiat 131 Abarth estava equipado com um motor de 4 cilindros e 16 válvulas colocado longitudinalmente à frente, com uma cilindrada de 1995 cm3, alimentado por injecção electromecânica multiponto Kugelfischer e uma potência total de 255 cv a 8000 rpm.

O chassi é um monocoque de aço com célula de reforço tubular, as suspensões dianteiras são independentes do tipo McPherson e as traseiras também são independentes do tipo MacPherson, mas ajustáveis. A transmissão é feita nas rodas traseiras acopladas a uma caixa de 5 velocidades.

Com um comprimento é 4190mm, sua largura 1720mm, sua altura 1360mm, sua distância entre eixos 2490mm e seu peso 980kgs.

O TO N92974 volta no ano seguinte volta para a sua ultima prova, agora com o nº 31 Servià Salvador - Brustenga Alex Fiat 131 Abart abandou com problemas na direcção. Terminando desta maneira a sua serie de abandonos.

IMG_20221022_170520.jpg

IMG_20221022_170712 (1).jpg

IMG_20221022_170532 (1).jpg

IMG_20221022_170639.jpg

 

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

. Fabricante Luso Tpys

Série

Referencia nº17-08-80 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País – Portugal

Anos de fabrico  a

 

 

 


publicado por dinis às 18:03
link do post | comentar | favorito
Sábado, 17 de Setembro de 2022

Porsche Kremer - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Porsche Kremer - Um olhar sobre as minhas miniaturas

639ª – Porsche 935 Luso Toys transformado

Porsche 935 #006 00019-K1 - Porsche 930/72 F6 2v SOHC 2856 cc 1xKKK

Modelo real

As mudanças de 1976 com a introdução do Grupo 5, permitiu aos fabricantes uma maior liberdade para desenvolver motores com muita potência, além de poderem adicionar bastantes apêndices aerodinâmicos. Somente o capot, tejadilho e portas tinham de ser iguais às do modelo de estrada.

As regras de Grupo 5 impunham um limite máximo de 3.5 litros e a BMW tirou o máximo partido disso, apesar do CSL pesar somente 970 kg e o motor de seis cilindros naturalmente aspirado debitar 470 cv, os Porsche debitavam mais 160 cv com os seus motores turbo. Mas, como seriam provas de resistência, o factor de maior importância seria a fiabilidade.

Ao mesmo tempo que a Porsche desenvolvia o 935 em 1976, a Porsche Kremer Racing, também o fez, enquanto competiam ao lado com os da fábrica.

Para os distinguir os Porsche 935 preparado por Ervin e Manfred Kremer em 1976, começaram a ser designados por K1,

O K2 seguiu em 1977 e o último K3 apareceu antes da temporada de 1979. O K3 ganhou Le Mans em 1979, com uma especificação de fábrica 935 terminando em segundo e no ano seguinte o K4

O primeiro 935 da Kremer, ficou em segundo atrás do 935 oficial, na primeira prova em que participou, as 6 horas de Mugello, mas em Valelunga abandona e nas 6 Horas de Silverstone 9.5.1976 volta a ser segundo mas com o  o BMW 3.5 CSL do team Hermetite á frente e em Silverstone  nova vitória de John Fitzpatrick /Tom Walkinshaw, enquanto nas 6 h Watkins Glen a Porsche vence

A versão com os faróis altos e normais continuaram na Kremer tal como na Porsche aqui em simultâneo.

Com o título em jogo entre a Porsche e a BMW a marca que ganhasse as 6 Horas de Dijon seria a vencedora.

A configuração dos faróis baixos foi agora aplicada no Kremer Porsche 935 #006 00019-K1 pilotado por Bob Wollek /Hans Heyer.

O Porsche da Martini Racing nº1 pilotado por Jacky Ickx /Jochen Mass venceu a prova e o novo Kremer Porsche 935K1 foi segundo seguido do Nº3 também da Martini Racing.

No dia seguinte a Porsche vence também o mundial de Spot na mesma pista com o 936

Modificação na miniatura

As abas laterais da frente foram refeitas assim como os alargamentos traseiros e acrescenta uma espécie de saia por baixo das portas.

IMG_20220917_011532.jpg

IMG_20220917_011825.jpg

IMG_20220917_011958.jpg

IMG_20220917_012206.jpg

IMG_20220917_014413.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Luso Toys

Série

Referencia nº preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País – Portugal

Anos de fabrico  a

 

 

 

 


publicado por dinis às 20:28
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 14 de Setembro de 2022

Porsche 930 Kremer - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Porsche 930 Kremer - Um olhar sobre as minhas miniaturas

653ª – Porsche 935 Luso Toys transformado

Uma carroçaria extravagante um autentico dream car  

Modelo real

A Porsche fez o 930 ou melhor o 911 Turbo, para homologar os novos carros de corrida para 1976 para as corridas do Grupo 4, o 934 e o mais desenvolvido Grupo 5, o 935. Mas nunca teria imaginado o que lhe iria suceder.

A vitória em Le Mans da Kremer Racing, equipa erigida por Manfred e Erwin Kremer, que criou o espantoso Porsche 911 K3 de Grupo 5.

Em 1979 Walter Wolf o patrão do construtor de Fórmula 1 sondou os irmãos sobre a construção de um 935 legal para ruas, resultando na produção do Porsche Kremer Racing 930 Turbo. O Kremer tinha um motor refrigerado a ar Flat 6 Turbo de 3,3 litros com uma caixa manual de quatro velocidades. Os 300bhp originais (224kW) do 930 Turbo foram aumentados para 375bhp (280kW) nas especificações básicas do Kremer devido a um intercooler maior, turbo (K27) e árvore de cames. O escapamento e os cabeçotes de aço inoxidável da própria Kremer aumentaram a potência para 410bhp (305kW).

O kit de conversão de Kremer adicionou principalmente um kit de carroceria de fibra de vidro estilo 935, com para-lamas mais largos e o característico capot plano o spoiler dianteiro de Kremer preso sob o nariz onde estavam os faróis e um spoiler traseiro de cauda de baleia ampliado para acomodar o intercooler maior. Atualizou a travagem e o manuseio e o carro recebeu amortecedores Bilstein mais rígidos. Algumas características interessantes do carro foram a adição de um medidor de impulso Kremer Racing LED Ladedruck e um ajustador de impulso Kremer ao lado do freio de mão.

O interior foi atualizado com novos assentos ajustáveis eletricamente e um sistema de áudio premium com telefone com fio para complementar o rádio cassete Blaupunkt original do 930.

A Porsche percebeu sua popularidade e decidiu construí-los internamente também produzidos pela Ruf, Almeras outras empresas de reposição.

IMG_20221213_142810.jpg

IMG_20221213_142651.jpg

IMG_20221213_142726.jpg

IMG_20221213_143008.jpg

Modificação na miniatura

Retirado o spoiler traseiro foi colocado um da Modelos 3J e as rodas são do 930 da Solido.

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Luso Toys

Série Kit

Referencia nº K8 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base é em cartão colada  à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - Portigal

Anos de fabrico  a

 

 


publicado por dinis às 19:04
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 3 de Agosto de 2022

BMW 320 GR 5 Silhueta - Um olhar sobre as minhas miniaturas

BMW 320 GR 5 Silhueta - Um olhar sobre as minhas miniaturas

619ª – BMW 320 Racing Luso Toys

Manfred Winkelhock BMW 320 #E21-R1-10 - BMW M12/7 L4 4v DOHC 1990 c

A 30.7.1977 no DRM Hockenheim  nº13 o #E21-R1-10 pilotado por Manfred Winkelhock do BMW Junior Team foi 2º

Várias vezes 2 e 3º e quando venceu o aileron traseiro é diferente.

 Modelo real

O primeiro programa de desenvolvimento para jovens pilotos, foi criado pela BMW Motorsport GmbH e implementado por Jochen Neerpasch quando lançou o programa para jovens pilotos conhecido como 'BMW Junior Team' em 1977 participando no DRM Championship na Divisão2

Manfred Winkelhock, Marc Surer e Eddie Cheever formaram a lendária primeira BMW Junior Team em 1977 aos quais foram atribuídos os n° 11 para  Eddie CHEEVER, o n° 12, Marc SOURD e n° 13: para Manfred WINKELHOCK

O Campeonato Alemão (DRM) em 1977 foi um dos testes mais difíceis para pilotos e veículos. Os promissores pilotos juniores Eddie Cheever, Marc Surer e Manfred Winkelhock. Apesar do apoio da fábrica, o sucesso dos jovens pilotos tiveram de confrontar-se com os privados que dispunham dos melhores pilotos de carros de turismo alemães. Assim a Alpina e Jägermeister, Faltz Hans-Joachim Stuck e Harald Grohst, GS Tuning patrocinado pela Warsteiner, Jörg Obermoser, Hohmann Auto Technik (doravante HAT) e excelente piloto sueco de F1 Ronnie Peterson no 320

Winkelhock fez jus à confiança depositada nele e se tornou o piloto de maior sucesso na mais pequena divisão do DRM em 1977.

Ao lado deles estava o Schnitzer com seu velho BMW de 2002, mas já com o novo motor turbo de 1,4 litro, que tornou os carros envelhecidos terrivelmente rápidos nas mãos de Klaus Ludwig, Albrecht Krebs e Peter Hennige,

IMG_20220802_201403.jpg

IMG_20220802_201413.jpg

IMG_20220802_201459.jpg

IMG_20220802_201523.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante  Luso Toys

Série Kit

Referencia nº 21-5 - 80 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - Portugal

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 18:45
link do post | comentar | favorito (1)
Terça-feira, 28 de Junho de 2022

Porsche 935 Aurora Rufino Fontes - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Porsche 935 Aurora Rufino Fontes - Um olhar sobre as minhas miniaturas

614ª - Porsche 935 Luso Toys transformado

Porsche RSR Rufino Fontes - Circuito de Vila Real 1981

 Modelo real

Porsche 935 “Aurora” – Rufino Fontes

Rufino Fontes utilizou o Porsche "RSR" da Garagem Aurora, tinha sido de Kiko Ribeiro da Silva, Joaquim Moutinho e que António Barros trouxe a Vila Real em 1979 e foi 2º com o nº 25 e o vencedor com nº3, no ano seguinte

Desde 1980 que o Aurora estava equipado com um motor de 3,5 litros adquirido em Paris a Louis Meznarie e com o qual em Vila Real, António Barros foi o vencedor ao o campeão em 1979 e 1980.

Rufino Fontes em 1981 na Rampa da Falperra, Rufino Fontes estreou no Porsche Aurora o motor de três litros e meio com injeção que debitava cerca de 380CV o que lhe permitiu entre os treinos e as subidas de prova melhorar cerca de 12 segundos, estabelecendo como melhor tempo 2'19''34 que lhe deu direito ao 3º lugar da geral...

O auge do Grupo 5 em Portugal foi no Circuito de Vila Real de 1981 quando os 4 Porsche deram de novo um ar "internacional" ao mítico circuito da "Bila".numa fantástica prova do automobilismo nacional, marcada por nomes como, Robert Giannone, Jorge Petiz Joaquim Moutinho e Rufino Fontes.

Ostentando as cores da Maconde, Rufino Fontes, intrometeu-se na luta dos Porsche 935. Robert Giannone foi o primeiro a entrar em pista com o Porsche 935 preparado pela Almeras enquanto o de Joaquim Moutinho e Rufino Fontes era preparado na Aurora e qualquer dos quatro carros dispunham de motores de 3500cc. Jorge Petiz no 935 Kremer

Nos treinos, os quatro Porsche foram os mais rápidos, e na prova Rufino Fontes arranca bem mas na passagem de nível é ultrapassado por Jorge Petiz seguido de Joaquim Moutinho e Giannone.

O duelo que prometia.com Jorge Petiz, Rufino Fontes, Joaquim Moutinho e Robert Giannone é interrompido quando Jorge Petiz desiste na 5ª volta com motor partido e Rufino Fontes desiste com um furo.

Modificação na miniatura

Mais um Luso Toys e ai está o carro de Rufino fontes ou a outra cor do carro da Aurora campeão nacional.

IMG_20220628_193843.jpg

IMG_20220628_193901.jpg

IMG_20220628_193914.jpg

IMG_20220628_194028.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plastico de acordo com as originais.

Fabricante Luso Toys

Série Kit

Referencia nº K 13 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está cravada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - Portugal

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 20:09
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 27 de Junho de 2022

Porsche 935 Aurora Miura Ciprac- Um olhar sobre as minhas miniaturas

Porsche 935 Aurora Miura Ciprac- Um olhar sobre as minhas miniaturas

613ª – Porsche 935 Luso Toys transformado

Porsche Carrera RSR Joaquim Moutinho Circuito de Vila Real 1981

Os míticos Porsche silhueta inscreviam-se como "935" ou Porsche Aurora RSR embora o modelo 935 preparado e feito em Portugal dispunha de uma asa traseira de fabrico artesanal e desenho bastante diferente do modelo alemão.

Em 1980 a Garagem Aurora construiu um segundo 935 o Miura Ciprac  e que foi pilotado por Joaquim Moutinho

 Modelo real

0 21º Circuito de Vila Real de 1981 no Agrupamento B - grupos 2,3,4 e 5 acima de 1300c.c.

Robert Giannone foi o primeiro a entrar em pista com o Porsche 935 preparado pela Almeras enquanto o de Joaquim Moutinho e Rufino Fontes preparado na Aurora. Qualquer dos quatro carros dispunham de motores de 3500cc.

Nos treinos, os quatro Porsche foram os mais rápidos, Rufino Fontes seguido de Robert Giannone , Jorge Petiz e Joaquim Moutinho

O Vila-realense António Conceição no Opel 1904 SR foi 7º.

Rufino Fontes arranca bem mas na passagem de nível é ultrapassado por Jorge Petiz seguido de Joaquim Moutinho e Giannone. António Conceição abandona.

Jorge Petiz, Rufino Fontes, Joaquim Moutinho e Robert Giannone num duelo aguardadado por todos.

Jorge Petiz desiste no 5º volta com motor partido e Rufino Fontes desiste com um furo.

Enquanto Giannone tenta solucionar os problemas eléctricos Joaquim Moutinho procura aguentar o primeiro lugar alcançado depois Jorge Petiz ter abandonado na 5º volta com motor partido e Rufino Fontes desiste com um furo.

Moutinho com uma volta de avanço sobre Robert mas o seu andamento muito abaixo do seu habitual e pouco depois abandona com um princípio de incendio.

Giannone volta a primeiro até receber a bandeira de chegada na 18ª volta para parar pouco depois com problemas elétricos no motor. O segundo é Santos Pereira no Opel Kadet GTE

Modificação na miniatura

A base é o 935 da Luso Toys que foi quase totalmente modificado e pintado, encontrando-se a aguardar os decalques.

IMG_20221217_222010.jpg

IMG_20221217_222044.jpg

IMG_20221217_222059.jpg

IMG_20221217_222200.jpg

IMG_20221217_222250.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de resina de acordo com as originais.

Fabricante Luso Toys

Série Kit

Referencia nº 8.1/78 preço

Material – zamac

Material da placa de base – metal

A base está cravada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - Portugal

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 22:30
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 24 de Junho de 2022

 Ford Capri Production - Um olhar sobre as minhas miniaturas

 Ford Capri Production - Um olhar sobre as minhas miniaturas

610ª – Ford Capri 3.0 Racing Luso Toys

Fabergé Racing Ford Capri II 3.0S V6 Championnat de France Production 1978 Lucien Guitteny 

O último Luso Toys…

Modelo real

A Equipe Fabergé competiu nos campeonatos britânico e europeu divulgando a sua “ eau de toilette”

O Ford Capri 3.0 no Campeonato Francês de Produção em 1978 foi entregue a Lucien Guitteny.

"Um avion nomme LULU": é o título do artigo da Auto Hebdo, após a vitória de Lucien Guitteny em Magny-Cours.

Ford  Capri 3.0 Racing Nº 33 do Fabergé Racing no Circuit de Magny-Cours, Nièvre, em France a 1/5/1978, foi pilotado por Lucien Guitteny e com o qual foi o vencedor, seguido do BMW 530i de Dany Snobeck, e do BMW 530i de Alain Cudini, em 4º ficou o Ford Capri III 3.0S Charles Cevert, F 2993 V6 que também foi proposto no Kit

Championnat de France de Production - Lucien Guitteny em 1978 tornou-se o terceiro Campeão Francês de Superturismo pela sua segunda temporada, com um Fabergé Racing Ford Capri III 3.0 S V6 com vitórias em Nogaro, Magny-Cours, Séquestre-Albi e nas 4 horas du Bugatti).

Modificação na miniatura

O Kit tinha os decalque para as versões de Charles Cevert e Lucien Guitteny, o escolhido para a minha miniatura.

IMG_20220624_183524.jpg

IMG_20220624_185239.jpg

IMG_20220624_185252.jpg

IMG_20220624_185313.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante

Série Kit

Referencia K 10 preço

Material – zamac

Material da placa de base – metal

A base encaixa na carroçaria

Apresentado em caixa de cartão em kit e em embalagem de cartão com janela de visualização.

País - Portugal

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 19:24
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 17 de Junho de 2022

Aurora Porsche RSR António Barros - Um olhar sobre as minhas miniaturas


Aurora Porsche RSR António Barros - Um olhar sobre as minhas miniaturas

603ª – Porsche Aurora RSR Luso Toys transformado

No post referente á miniatura
https://manueldinis.blogs.sapo.pt/tag/miniatura+0509+porsche+aurora+rsr+luso+t
1979 Pierre Axel 2º classificado ou 1980 Ponto Verde vencedor, qual decorar e porque não o da Proloco?
Uns tempos mais tarde comprei outro Porsche da Luso Toys e fiz o do António Barros, somente ainda não percebi porque não pintei o Aileron e na frente lhe faltam as duas entradas de ar e os piscas.
Seria para fazer o da fazer o da Proloco o outro Aurora Porsche Proloco construído em 1980 para Joaquim Moutinho e que não correu em Vila Real, é só fazer os faróis ovalizados.
Modelo real
A corrida do Agrupamento B em 1979 começou com o arranque de Barros, seguido por Giannone, Tino Pereira (de Tomaso Pantera) , Serafim Martins (Capri 3000), Jorge Petiz (Escort) e de Fernando Carneiro (Datsun 240Z). os espectadores estão de pé e os Porsche colados até que António Barros veio às boxes e , Giannone toma o comando. Na 21ª, Tino Pereira no terceiro posto com o grande De Tomaso Pantera abandona. Fernando Carneiro com o 240Z, é terceiro, já sem Sol
Em 1980
A duelo contínua agora com novos motores.
António Barro partiu muito bem e Giannone atrasou-se e na primeira volta já havia uma diferença de mais de 5 segundos até que na 14 volta Giannone vai à box com o motor envolto em fumo.
O novo motor Motor preparado por Meznaire caminha para a vitoria e Robert é 17º numa classificação em que o artigo 21 do regulamento estabelece que só serão classificados os concorrentes que efetuem pelo menos 2/3 das volatas do vencedor.
Modificação na miniatura
Refeita a frente ainda hoje estou a espera dos decalques…

IMG_20220617_143602.jpg

Ainda com o pó com que eu diferencio as minhas miniaturas já publicadas…

IMG_20220617_143643.jpg

IMG_20220617_180430.jpg

IMG_20220617_180644.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante  Luso Toys

Série Metal

Referencia nº 8

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está cravada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País – Portugal

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 21:45
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 8 de Junho de 2022

BMW 320 Gr.5 Roy Lichtenstein - Um olhar sobre as minhas miniaturas

BMW 320 Gr.5 Roy Lichtenstein - Um olhar sobre as minhas miniaturas

594ª – BMW 320 Racing Luso Toys

BMW 320 Gr.5 24h. Le Mans 1977 - Roy Lichtenstein

Quando em 1975 Hervé Poulain e a BMW realizaram o projeto Art Car, num momento de plena crise do petróleo, ao associar um artista conhecido á equipa de competição para decorar o carro em iam correr.

A aventura continuou em 1977 e o novo BMW 320i turbo do Grupo 5, sucedeu ao 3.0 CSL. Desta vez, Hervé Poulain confia a decoração á imaginação e criatividade do artista americano Roy Lichtenstein, nascido em Nova York em 1923, é um dos fundadores da pop art americana para decorar o 320i de Grupo 5, onde o pintor americano, assumiu o desafio de simbolizar a velocidade por meio de linhas curvas, tornando-o num dos mais emblemáticos Art Car participantes em Le Mans.

Modelo real

Roy Lichtenstein sobre o seu trabalho no 320i, disse:

"Pensei sobre isso por um longo tempo e coloquei o máximo que pude".

“Eu queria que as linhas que pintei fossem uma representação da estrada mostrando ao carro para onde ir”. “O design também mostra a paisagem por onde o carro passou. Pode-se chamar isso de uma enumeração de tudo o que um carro experimenta – apenas que este carro reflete todas essas coisas antes de realmente estar na estrada”.

Apresentado no Centre Pompidou, em Paris, como obra de arte e levado para competir nas 24 Horas de Le Mans. 1977

O mentor, leiloeiro e piloto Hervé Poulain com Marcel Mignot. Instrutor da escola de condução Automobile Club de l'Ouest, fizeram os 3921,270Km á media de 163,386Km/h com o BMW 320 Gr.5, o que representou o nono lugar da geral, o segundo lugar na sua classe e o primeiro "Art Car" da marca bávara a chegar ao final das 24 Horas de Le Mans.

IMG_20220608_195415.jpg

IMG_20220608_195428.jpg

IMG_20220608_195435.jpg

IMG_20220608_195440.jpg

IMG_20220608_195503.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante  Luso Toys

Série 5000

Referencia nº 3752 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - Portugal

Anos de fabrico  a

 

 

 

 

 

 

 

 


publicado por dinis às 22:29
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2023

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

17

22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ferrari 250 GT Califórnia...

. Seat ou Fiat 131 Abath - ...

. Porsche Kremer - Um olhar...

. Porsche 930 Kremer - Um o...

. BMW 320 GR 5 Silhueta - U...

. Porsche 935 Aurora Rufino...

. Porsche 935 Aurora Miura ...

.  Ford Capri Production - ...

. Aurora Porsche RSR Antóni...

. BMW 320 Gr.5 Roy Lichtens...

. Porsche Carrera RSR Rober...

. BMW 320 Warsteiner  - Um ...

. BMW 320i Jagermeister - U...

. Porsche Aurora RSR - Um o...

. Porsche Carrera RSR Robet...

. BMW 320 Grupo 5 - Um olha...

. Porsche 935 com faróis Va...

. Aurora Porsche 935 - Um o...

. Opel Kadett GTE - Um olha...

. Aurora Porsche RSR Antóni...

. Porsche 935 "Martini" 197...

. Porsche 917/30 Can Am - U...

.arquivos

. Março 2023

. Fevereiro 2023

. Janeiro 2023

. Dezembro 2022

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Julho 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs
RSS
Em destaque no SAPO Blogs
pub