Sábado, 2 de Setembro de 2023

Lada Niva - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Lada Niva - Um olhar sobre as minhas miniaturas

953ª – Lada Niva BA3 2121CCCP

Lada Niva BA3 2121

Modelo real

Apresentado em Fevereiro de 1976 ainda na antiga URSS, o Niva em russo, significa lavoura ou milharal é um veiculo todo o terreno inspirado no Range Rover dotado de uma carroçaria de concepção mais próxima de uma viatura normal do que o habitual Jeep. Misturavam as linhas retas e os cantos curvos, que pareciam estar uns dez anos defasados em termos de estilo e que pouco tinham a ver com o que conhecíamos de jipes e 4x4. A carroçaria é monobloco, a suspensão dianteira independente e a tração integral, com três diferenciais, era um todo-terreno bem moderno para os anos 70, projetado para enfrentar situações extremas, como o frio da Sibéria. Apesar de ter vários componentes de origem Fiat, a empresa da qual a Lada comprava tecnologia, o Niva é um projeto soviético.

Um tablier espartano e na consola central, duas alavancas, a de velocidades e o seletor do bloqueio do diferencial.

O Lada Niva produzido pela AvtoVAZ, caracterizado como um jipe russo compacto e rústico. O modelo mais famoso e difundido pelo mundo é a versão curta, denominado pela fábrica como BA3 2121, foi produzido em várias versões e modelos, como o Curto, Curto Cabriolet, e Pickup.

O modelo de 5-portas encontramos os russos nitidamente a improvisarem nas soldas aparentes nos pontos em que o monobloco do 3 portas foi cortado para ser emendado para poderem adicionar as duas portas traseiras

O importador da Lada em França, a sociedade CH Poch, apresentou de Paris em 1982, um cabriolet onde o arco de segurança da viatura conservado pela Lebranchu. Enquanto o importador alemão, encarrega um GWS em Volklinger de também fazer também um cabriolet.  

Quando a GM adquiriu os direitos do nome Niva em 2002 o nome Lada passou para Chevrolet Niva e o Jeep Lada a ser conhecido como 4x4, a  maneira como é conhecida actualmente. 

O veterano Lada ainda continua a ser feito pela Avtovaz em Togliatti, na Rússia, com poucas evoluções mecânicas ao longo das décadas só recebeu alguns recursos e leves atualizações de estilo mesmo depois de alcançar a marca de 2 milhões de unidades produzidas. já pode ser considerado um clássico - afinal, é fabricado desde 1977 com pouquíssimas modificações estéticas e mecânicas (como a opção de um motor a diesel desde os anos 90).

IMG_20230902_150602.jpg

IMG_20230902_150654.jpg

IMG_20230902_150701.jpg

IMG_20230902_150707.jpg

IMG_20230902_150755.jpg

Miniatura

Abre as portas, levanta a mala e o capô para ver o motor.

Os bancos são rebatíveis.

Interior detalhado

Com suspensão e direcção funcionavél.

As rodas têm pneus de borracha

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante CCCP

Série

Referencia nº preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - URSS

Anos de fabrico  a

 

 

 

 


publicado por dinis às 19:58
link do post | comentar | favorito
Domingo, 27 de Agosto de 2023

Lada Samara- Um olhar sobre as minhas miniaturas

Lada Samara- Um olhar sobre as minhas miniaturas

947ª – Lada Samara BA3 2108 CCCP

Lada Samara duas portas

Curiosamente as caixas de cartão soviéticas continuava a guardá-las.

Modelo real

A Fabrica de Automóveis de Volga, a VAZ é o mais importante complexo industrial Russo de viaturas particulares instalada com o patrocínio da Fiat em Togliatti em 1969.

O Lada Samara foi apresentado em Dezembro de 1985 na URSS com o nome de um afluente do Rio Volga, tornou-se na primeira viatura soviética de tracção a frente sob a marca Jigouli e vendida localmente com o nome de Spoutnik a evocar o famoso satélite lançado pelos soviéticos em 1957

Desta vez a Lada contou com a ajuda da Porsche, que a par da sua actividade como construtora de GT dispõe também de um gabinete de engenharia que vende os seus serviços a outros construtores.A Porsche intervém tanto no motor (câmara de combustão otimizada) como no chassis., intervença~no motor do contemporâneo Seat Ibiza do Samara. mas, ao contrário de Lada, Seat divulgou muito o que foi dito acima, alardeando alto e bom som o "System Porsche!!"

O Samara foi um automóvel compacto da Lada, produzido em carrocerias hatch e sedan, de 3 portas, o modelo dois-volumes era baseado na plataforma do Fiat 124, e lembrava o já conhecido Volkswagen Passat, já que foi desenvolvido pelo mesmo projetista, o italiano Giorgetto Giugiaro. num desenho bem simples, com linhas retas, frente baixa, para-choques envolventes e grande área envidraçada.

Projetado para ser um veículo simples, durável e barato por um preço acessível, contava com tração dianteira, motor transversal, caixa de 5 marchas, suspensão com atualizações e motorizações diferentes que iam de 1.1 a 1.5 litros. Apesar de ter boa estabilidade, pecava no acabamento, design, qualidade de construção e motor, que tinha sérios problemas de carburação e funcionamento.

IMG_20230827_185639.jpg

IMG_20230827_191044.jpg

IMG_20230827_191147.jpg

IMG_20230827_191205.jpg

IMG_20230827_191226.jpg

IMG_20230827_191340.jpg

IMG_20230827_191423.jpg

Miniatura

Abre as portas, levanta a mala e o capô para ver o motor.

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante CCCP URSS

Série

Referencia nº preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - URSS

Anos de fabrico  a

 

 

 

 


publicado por dinis às 20:32
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 23 de Agosto de 2023

YA3 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

YA3 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

943ª – Jeep UAZ YA3 469 CCCP

UAZ é um construtor de automóveis baseado na cidade de Ulyanovsk, Rússia. A produção começou em 1941 e fazem jipes, ônibus e caminhões.

Modelo real

A União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS) em plena Segunda Guerra Mundial, estabelecia em Julho de 1941 uma fábrica de jipes e caminhões para fins militares, a Ulyanovsky Avtomobilny Zavod (fábrica de automóveis de Ulyanovsk, cidade na atual Rússia) ou UAZ. O comitê de defesa do governo havia decidido retirar de Moscou algumas das maiores empresas, Em 1943, quando a perspectiva dos alemães em ganhar a guerra era mais fraca, o governo de Stalin reorganiza as fábricas foram separadas em diferentes unidades.

A escolha lógica foi para a recém-criada fábrica foi para produzir carros militares e paramilitares, principalmente devido à sua distância da fronteira. Assim, em meados de 1950 a produção era apenas de carros offroad Soviéticos, o GAZ-69.

Até meados de 1960, a nova gestão da fábrica já havia completado o desenvolvimento das primeiras originais da Automóveis UAZ, apresentado em 1961sob a forma de protótipo.

O GAZ-69 foi substituído pelo UAZ-469 em 1968 com um motor Volga de 4 cilindros em V com caixa de 4 velocidades e transmissão as quarto rodas motrizes.. O UAZ-469 foi muito semelhante ao original, resistente, mas não tão confortável carro - que era capaz de dirigir em praticamente qualquer terreno e foi fácil de desenvolver. Mas o carro não era muito confiável, e sua transmissão tinha problemas atingido quase um lendária estatuto (embora a transmissão fosse um ponto problemático em quase todos os automóveis Soviéticos). O carro não entrou em uso pessoal no mercado até antes de 1980 e foi reservado para uso em forças policiais e paramilitares (sua disponíveis versões comercialmente-analógico estavam sendo produzidas pela LuAZ, que era muito próximo da fronteira a ser associado com os militares).

Com cinco lugares, banco traseiro rebatível, dois pequenos assentos dobráveis no compartimento de carga, um de face ao outro. Dois tanques de combustível, cada um para 40 litros, asseguravam longa autonomia. Ele pesava 1.650 kg e oferecia um ótimo vão livre do solo de 30 centímetros na versão militar, reduzido a 22 cm na 469B para uso civil. A velocidade máxima era de 100 km/h no primeiro e 120 no segundo, que usava uma transmissão mais longa.

IMG_20230823_165901.jpg

IMG_20230823_165930.jpg

IMG_20230823_165952.jpg

IMG_20230823_170002.jpg

IMG_20230823_170033.jpg

Miniatura

Levanta a mala e o capô para ver o motor.

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante

Série

Referencia nº preço

Material – plástico

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País -  URSS

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 16:49
link do post | comentar | favorito
Sábado, 4 de Março de 2023

Moskvitch, o habitante de Moscovo - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Moskvitch, o habitante de Moscovo - Um olhar sobre as minhas miniaturas

810ª – Moskvitch 403 CCCP

Moskvitch 403 / Москвич 403 esteve na II Exposição de Miniaturas do CAVR. na Garagem S. Cristóvão. de 11 a 17 de Julho de 1988

Modelo real "um nativo de Moscou,

A empresa KIM Juventide Comunista Internacional nunca fabricou automóveis depois de Staline ter recusado o seu primeiro projecto. Mas pessoalmente em junho de 1945 escolheu o  Opel Kadett de quatro portas para se tornar o primeiro carro soviético popular produzido em massa, então os planos e ferramentas de uma versão de quatro portas tiveram que ser reconstruídos com a ajuda de engenheiros alemães, que trabalharam em eles em uma zona de ocupação soviética.

Depois de ter fabricado os Opel voltou-se para um projecto próprio  o Moskvitch fabricado na União Soviética pela MZMA com sede em Moscou, introduzido pela primeira vez em 1956 com o 402.

O Moskvitch 403 foi apresentado em 5 de Dezembro de 1963, durante o fabrico em França do Peugeot 403

O 407 foi produzido de 1958 a 1963, e foi substituído pelo 403, muito pouco diferente, e vendido até 1965.

As modificações dizem respeito à grade, mais alta e com malha mais larga, aos bancos, e notamos o surgimento de lavadores de para-brisa.

Moskvitch 403 Rally Prticipou no Rali de Monte Carlo em  1964 nr.21 Suchkov Nikolay e  Shchavelev Viktor mas não se classificou 21 "Volga" chegaram pela primeira vez ao Rali de Monte Carlo onde o Mini Cooper nº 37 venceu a corrida e, para o Volga, foi um teste sério.

IMG_20230313_144412.jpg

IMG_20230313_144758.jpg

IMG_20230313_145241.jpg

IMG_20230313_145256.jpg

Miniatura

Abre as portas, levanta a mala para ver a roda suplente.

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de metal têm pneus de borracha

Fabricante CCCP

Série

Referencia nº preço 1290$00

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - URSS

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 18:59
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 3 de Março de 2023

ZIL 117 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

ZIL 117 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

809ª – Zill 117 1981CCCP

Zill 117 depois 4104, esteve na II Exposição de Miniaturas do CAVR na Garagem S. Cristóvão de 11 a 17 de Julho de 1988 e na exposição miniaturas Vila Real 1990 acivr Associação Comercial e Industrial de Vila Real.

Modelo real

No final dos anos 60 a Fabrica de Moscovo na URSS construía em pequenas series viaturas de parada reservadas aos membros do Governo em preto ou cinza a cor das versões do desfile do exército. primeiro com o nome Zis Zavod Imeni  Staline e depois como ZIL Zis Zavod Imeni  I.A. Likatcheva.

Para o lugar do ZIS saiu o Zis “Mocva” em 1956. Mas por razoes políticas foi a ZIL em 1957 e em 1967 a ZIL revela uma neva viatura derivada da 11G a 114. lançada em 1970.

O projeto do ZIL-117 começou em 1968, com o primeiro protótipo a rodar em 1969.

Para projetar o ZIL-117  surge da necessidade do governo  dispor de um carro entre o ZIL-114, reservado para as mais altas autoridades estaduais e partidárias) e o GAZ-13 Chaika, para candidatos a membros do Politburo e como carros de apoio em comboios de altos funcionários.

Em 1971, foi apresentada a ultima novidade da ZIL, o117 derivada directamente do Zil 114, ao qual foi retirado um pouco do comprimento, tornando-se de uma Berlina e não uma Limousine.

O carro tinha apenas 5.725 mm de comprimento, em comparação com 6.300 mm do ZIL-114, em uma distância entre eixos de 3.310 mm (em comparação com 3.760 mm para o ZIL-114.

O Zil 117 transportava cinco passageiros, em vez dos sete do ZIL-114.

O ZIL-117 está equipado com o mesmo  motor V8 de 6.959 cc também instalado no ZIL-114, com uma potência máxima de saída de 300 hp SAE as 4.400 rpm, e uma taxa de compressão relativamente alta de 9,0:1, sendo a alimentação de combustível por meio de um único carburador de quatro estrangulamentos. O carro usa uma transmissão automática de duas ou três marchas e a direção hidráulica vem como padrão. A fábrica reivindicou uma velocidade máxima entreos190e os 201 km/h..

Entre 1973 e 1979 50 automóveis teriam sido construídos, incluindo o conversível, o ZIL-117V de duas ou quatro portas, para desfiles militares na Praça Vermelha.

IMG_20230312_142452.jpg

IMG_20230312_142522.jpg

IMG_20230312_142610.jpg

IMG_20230312_142629.jpg

Miniatura

Abre as portas, levanta a mala e o capô para ver o motor.

Os bancos são rebatíveis.

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de metal e têm pneus de borracha

Fabricante CCCP

Série

Referencia nº preço

Material – zamac

Material da placa de base – metal

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - USSR

Anos de fabrico  a

 

 

 

 

 


publicado por dinis às 18:56
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 2 de Março de 2023

Volga em russo Волга - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Volga em russo Волга - Um olhar sobre as minhas miniaturas

808ª – Volga 3102 Sedan 1982 CCCO

Volga 3102 esteve na II Exposição de Miniaturas do CAVR. na Garagem S. Cristóvão. de 11 a 17 de Julho de 1988

Modelo real

GAZ Volga 3102

O Volga, em russo Волга, é um automóvel executivo na União Soviética. Fabricado pela GAZ, a Gorkovsky Avtomobilny Zavod uma fábrica construída em 1932 para produzir o Ford Americano com uma grande capacidade de produção de camiões e de viaturas particulares, o Volga, desenvolvido no pós a guerra para a nomenklatura soviética.

Em 1976, os primeiros protótipos foram exibidos como GAZ-3101. Visualmente com o reminiscente da moda Norte Americana, ao qual adicionaram os faróis quadrados construídos na Alemanha Oriental, a influência europeia visível também nos novos farolins traseiros.

O GAZ foi aprovado para produção, mas sem o aval de Moscovo, a desempenhar um papel controlador, economia da URSS a trazer a terceira geração do Volga a uma substituição derivada do GAZ-24, com Polyakov, ansioso para ver a gigante VAZ produzindo carros mais novos, perante a incapacidade da fábrica de motores Zavolzhye de iniciar a produção da motor V6. Com a Autoexport cautelosa já que a economia de combustível após a crise do petróleo de 1973 na Europa, cuja exportação era uma fonte de moeda estrangeira tão necessária.

Em Abril de 1982, a montagem manual deste carro começou na unidade especializada da fábrica que construiu os Chaikas, com uma produção anual de cerca de 3.000 carros. Apesar de seu status e qualidade de montagem, em meados da década de 1980 era claramente um automóvel desatualizado em comparação com seus equivalentes ocidentais

O Volga Gaz 24 ainda era vendido em conjunto com o novo 3102, o dotado de um Motor Indenor, pelo revendedor belga como Scaldia Volga, em 1982. 

IMG_20230311_011825.jpg

IMG_20230311_011903.jpg

IMG_20230311_012019.jpg

IMG_20230311_012027.jpg

Miniatura

Abre as portas, levanta a mala e o capô para ver o motor.

Os bancos são rebatíveis.

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas têm pneus de borracha

As rodas são de metal de acordo com as originais.

Fabricante CCCP

Série

Referencia nº preço

Material – zamac

Material da placa de base – zamac

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - URSS

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 19:50
link do post | comentar | favorito
Sábado, 25 de Fevereiro de 2023

Um modelo Russo - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Um modelo Russo - Um olhar sobre as minhas miniaturas

803ª – Yanka TAE 13 CCCP

Em 1969 Tchaika agora Chaica,esteve na exposição miniaturas Vila Real 1990 acivr Associação Comercial e Industrial de Vila Real

Modelo real

A fabrica de automóveis de Gorki , a GAZ, (Gorkovsky Avtomobilny Zavod,,em 1932 começou a produzir os Ford americanos modelo A e depois od V8/40. Depois da guerra a Gaz desenvolveu a sua própria gama que foi que foi constituída por veículos populares, Pobjeda e depois Volga e da uma serie luxuosa e exclusiva, os ZIM e depois Tchaica .

 O Gaz 13 substituiu o Gaz 12 em 1958 e recebeu a frente actual em 1968. Pela sua classe ela encontra-se entre os Volga  e os Zil . O motor é um V8 de 5530cc 195 cv compressão 8,5, . Arvore de cames central, carburador de 4 corpos refrigerado por água. transmissão clássica e caixa automática. Peso 2000kg.

O GAZ Chaika (em russo: Ча́йка), que significa gaivota, é um automóvel de luxo da União Soviética fabricado pela GAZ (Gorkovsky Avtomobilny Zavod, o que que dizer, Fábrica de Automóveis Gorky (em russo: ГАЗ ou Го́рьковский автомоби́льный заво́д)).

GAZ Chaika tem um estilo americano com frente imponente, lembrando muito os Packard de 1955-56 num esforço dos de actualizar o modelo e lhe retirar a identidade.

O veículo está abaixo da limusine ZIL-111 e foi produzido em duas gerações, o GAZ-13 de 1959 a 1981 e o GAZ-14 de 1977 a 1988.

Após o colapso da União Soviética, esses Chaikas começaram a ser vendidos para pessoas comuns.

Nos 19 anos de produção, apenas 3.179 unidades foram fabricados o que não é surpreendente, porque Chaika tinha uma classe representativa e não se destinava à produção em massa

IMG_20230306_170708.jpg

IMG_20230306_170902.jpg

IMG_20230306_171549.jpg

IMG_20230306_171851.jpg

IMG_20230306_171941.jpg

Miniatura

Uma miniatura pela segunda ou terceira vez fora da caixa e talvez um dos que me levaram a deixar os carrinhos na caixa original.

Abre as portas e a mala,

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante CCCP

Série 

Referencia nº A15 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - Ussr

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 20:19
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2024

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Lada Niva - Um olhar sobr...

. Lada Samara- Um olhar sob...

. YA3 - Um olhar sobre as m...

. Moskvitch, o habitante de...

. ZIL 117 - Um olhar sobre ...

. Volga em russo Волга - Um...

. Um modelo Russo - Um olha...

.arquivos

. Abril 2024

. Março 2024

. Fevereiro 2024

. Janeiro 2024

. Dezembro 2023

. Novembro 2023

. Outubro 2023

. Setembro 2023

. Agosto 2023

. Julho 2023

. Junho 2023

. Maio 2023

. Abril 2023

. Março 2023

. Fevereiro 2023

. Janeiro 2023

. Dezembro 2022

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Julho 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs
RSS
Em destaque no SAPO Blogs
pub