Quarta-feira, 1 de Dezembro de 2021

Jeep Willys CJ5 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Jeep Willys CJ5 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

408ª – Willys CJ5 Mebetoys

Um Jeep com comunicações via radio

 Modelo real

O jeep Willys foi montado entre 1954 e 1983 nos Estados Unidos e no Brasil o modelo foi produzido entre 1957 e 1982

Na Austrália, uma variante exclusiva do CJ5 / CJ6 foi produzida em números limitados. Em 1965, começaram a instalar motores Falcon de 6 cilindros em sua fábrica Rocklea em Queensland.

O Willys CJ-5 foi influenciado pelo novo proprietário, a Kaiser, e pelo Jeep M38A1 da Guerra da Coréia. A intenção era substituir o CJ-3B, mas esse modelo continuou em produção. O CJ-5 repetiu esse padrão, continuando em produção por três décadas enquanto três modelos mais novos apareciam. O CJ-5 foi a produção mais longa em Jeep.

De 1961 a 1965, como opcional para o CJ-5 e CJ-6 era o Perkins de fabricação britânica

Em 1965, a Kaiser comprou a licença para produzir o Buick 225 motor V6 Dauntless, para oferecer a nova opção de 155 hp no CJ-5 e CJ-6, O motor Willys Hurricane de baixa potência. provou ser tão popular que, em 1968, que cerca de 75% dos CJ-5s o utilizaram.

O Kaiser Jeep foi vendido para a American Motors Corporation (em 1970, e o motor Buick foi aposentado após o ano modelo de 1971. (A divisão Buick da GM recomprou as ferramentas do motor no início dos anos 1970, que serviam como motor em vários veículos da GM.

Modificação na miniatura

IMG_20211201_144205.jpg

IMG_20211201_144214.jpg

IMG_20211201_144342.jpg

Miniatura

O modelo Mebetoys # A-79, Jeep CJ5 Army surgiu em 1975 no catálogo Mebetoys como um modelo da Série Europa.

Este modelo foi a base para o Mebetoys Jeep Civile, Modelo # A-80 e o Mebetoys Jeep Pubblica Sicurezza, Modelo # A-89.

Os bancos são rebatíveis.

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são da Ribeirinho

Fabricante Mebetoys

Série Europa

Referencia nº A 79

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - Itália

Anos de fabrico  a

 

 

 


publicado por dinis às 19:18
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 30 de Novembro de 2021

Tiny's Mini Moke- Um olhar sobre as minhas miniaturas

Tiny's Mini Moke- Um olhar sobre as minhas miniaturas

407ª – Austin Mini Moke Dinky Toys  

De uma serie de TV desconhecida

Mini moke de Dinky Toys Tiny da série de TV The Enchanted House.

A personagem da serie não veio com a miniatura assim como nunca vi nenhum episodia na TV.

 Modelo real

Numa tentativa de concorrer com a Land Rover Allec Issigonis projetou o Mini Moke, utilizando elementos mecânicos do Mini, mas com uma carroceria mais robusta. Issigonis já havia projetado o Austin Champ era um veículo semelhante a um jipe militar fabricado pela Austin Motor Company na década de 1950 e o Austin Gipsy é um veículo off-road produzido por Austin de 1958 a 1968. A substituição de baixo custo para o Austin Champ com Motor Austin A70) tração nas quatro rodas foi roduzido entre 1958 a1968.

Em 1959, a BMC testava os protótipos "The Buckboard", que mais tarde se tornaria o Mini Moke. mostrados ao Exército Britânico como um veículo que pode ser solto de pára-quedas, mas a falta de distância ao solo e um motor de baixa potência não atendiam aos requisitos mais básicos de um veículo off-road somente a Royal Navy mostrou algum interesse para uso no convés de porta-aviões.

Ainda equiparam alguns Mokes de tração nas quatro rodas feitos pela adição de um segundo motor e transmissão na parte de trás do veículo com embraiagens conectadas e shifters de marcha. Mas os problemas de distância ao solo e complicações mecânicas desencorajaram o desenvolvimento além do estágio de protótipo. O "The Twini" ainda foi mostrado ao Exército dos EUA mas novamente sem sucesso.

Três veículos foram usados ​​pelo Exército Brasileiro após serem capturados durante a Rebelião Rupununi de 1969 pelos rebeldes da Guiana, que cruzaram a fronteira com o Brasil.

Durante a Guerra de Bush da Rodésia, houve uma tentativa das Forças de Segurança da Rodésia de criar um Moke Blindado como um veículo de combate improvisado, que aparentemente não teve sucesso.

Mas na vida civil foi o encanto de muitos como  Austin Mini Moke, Morris Mini Moke ou  Leyland Moke e produzido emtre  1964 e 1993 pela British Motor Corporation (BMC) e depois pela MLMC British Leyland Motor Corporation, Cagiva, e montado em  Setúbal, Portugal, Birmingham, Inglaterra, Zetland, Austrália,Umtali, Rodésia.

IMG_20211130_140531.jpg

IMG_20211130_140558.jpg

IMG_20211130_140644.jpg

IMG_20211130_140803.jpg

Miniatura

No final da sessão fotográfica uma desilusão;

- A parte traseira de plástico partiu-se.

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante  Dinky Toys

Série

Referencia nº 350

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está integrada na carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - Inglaterra

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 19:47
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 29 de Novembro de 2021

Ford Escort de Ralye - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Ford Escort de Ralye - Um olhar sobre as minhas miniaturas

406ª – Ford Escort MK2 Solido

Ford Escort L N° 15 Ari Vatanen no Lombard Ralye

 Modelo real

O Ford Escort MK2, foi produzida de 1975 a 1979 e que brilhou nos ralis das décadas de 70 e 80 e ainda continua a brilhar..

Modificação na miniatura

A miniatura devia ser alargada e assim está até agora so que já me faltam o resto dos decalques

IMG_20211129_135123.jpg

IMG_20211129_135348.jpg

IMG_20211129_135405.jpg

IMG_20211129_135417.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Com suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante  Solido

Série Gam 1 e Gam 2

Referencia nº 45 -6/71 na caixa 61

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - França

Anos de fabrico  a

 

 

 

 


publicado por dinis às 18:37
link do post | comentar | favorito
Domingo, 28 de Novembro de 2021

Nissan Skiline 1800 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

 

Nissan Skiline 1800 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

405ª – Nissan Skyline 1800

Um Nissan pouco visto em Portugal e com o nome de Datsun

Modelo real

O Nissan Skyline é um carro produzido pela Nissan, cuja produção iniciou-se em 1957, quando a Prince Motor Company —empresa fundada três anos antes pela Tama Electric Car Company, fabricante de veículos elétricos— lançou o modelo ALSI-1, com motor da Fuji Precision Industries de 1,5 litro e 60 cv. Em 1966 o governo japonês sugeria a criação de grandes empresas para competir no mercado internacional, o que levou a Prince a fundir-se com a Nissan.

O primeiro Skyline, ALSI-1 entrou em produção em abril de 1957, naquela época era vendido como um carro de luxo, sob a marca Prince.

Com velocidade máxima de 160 km/h, um peso de 950 kgs, o C10 Skyline 1800 está equipado com um motor em linha de 4 cilindros atmosférico, a Gasolina, com o código de motor G18.

Este motor produz uma potência máxima de 106 CV às 5600 rotações e um binário máximo de 147 Nm às 3600 rotações. A potência é transmitida através de uma caixa de velocidades Manual de 4 mudanças, e o tipo de tração é traseira (RWD).

Quanto às características do chassis, tem suspensão dianteira do tipo McPherson struts. Coil springs. Lower wishbone. Anti-roll bar e suspensão traseira do tipo Semi-elliptic leaf springs. De Dion axle.. As medidas de pneus são 6.5 / 4P em jantes de 14 polegadas à frente e 6.5 / 4P em jantes de 14 polegadas atrás. Na travagem, o sistema de travões do C10 Skyline tem Discos à frente e Tambores na traseira.

O nome Skyline já representava muito para os japoneses quando, em 1972, surgia a nova geração C110, que incluía os potentes 2000 GT-X (130 cv) e GT-R (160 cv), de duas e quatro portas.

IMG_20211128_141718.jpg

IMG_20211128_141730.jpg

IMG_20211128_141752.jpg

IMG_20211128_141902.jpg

Miniatura

Abres as portas, levanta a mala e o capô para ver o motor.

Os bancos são rebatíveis.

Interior detalhado

Com suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Diapet Yonezawa Toys

Série

Referencia nº 225

Material – zamac

Material da placa de base – zamac

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País – Japão

Anos de fabrico  a

 

 

 

 


publicado por dinis às 19:04
link do post | comentar | favorito
Sábado, 27 de Novembro de 2021

Peugeot 604 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Peugeot 604 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

404ª – Peugeot 604 V6 SL Solido

A primeira berlina de 6 cilindros fabricada depois da guerra

 Modelo real

O Peugeot 604 foi projetado pela Pininfarina e apresentado no Salão Automóvel de Genebra em Março de 1975

Lançado durante a recessão causada pela crise de energia de 1973, que criou um mercado ainda mais hostil para os carros com motores grandes na França., um estilo conservador, com um estilo formal e bonito contrariava a falta de inovação técnica, desempenho modesto num momento desfavorável para a Peugeot e Renault, cujo próprio sedan de seis cilindros colocado à venda alguns meses antes e entrar no mercado dos seis cilindros.

Utilizando do Peugeot 504, a sua antepara, portas e parte do piso 504, e geralmente alimentado pelo então novo 144 PS de 2,7 litros Motor V6 PRV, desenvolvido em conjunto com a Renault e a Volvo, o carro foi a primeira entrada da Peugeot no mercado de sedans de luxo em 40 anos com o Peugeot 601 de 1934.

A Heuliez produziu 124 limusine de longa distância entre eixos do 604. Essas versões estavam equipadas com dois assentos extra móveis, produzidas de 1978 a 1984.

De 1975 a 1985 foram produzidos 153.252 e também foi  também montado pela Kia na Coreia do Sul,

IMG_20211127_144933.jpg

IMG_20211127_145044.jpg

IMG_20211127_145118.jpg

IMG_20211127_145448.jpg

Miniatura

Abres as portas, levanta o capô para ver o motor e tem fecho que nunca funcionou..

Interior detalhado

Com suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante  Solido

Série Gam 3

Referencia nº 40 – 5/76

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - França

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 17:46
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 26 de Novembro de 2021

Citroen Cx 2400 Break - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Citroen Cx 2400 Break - Um olhar sobre as minhas miniaturas

403ª – Citroen CX 2400 Break Solido

Uma grande e luxuosa carrinha

 Modelo real

20 anos depois a CX toma o lugar do DS no Salão de Paris de 1974 foi a apresentação pública do CX, um legítimo substituto para outros modelos de técnica avançada da Citroën e fabricado entre 1974 e 1991.

Em 1975 chega a carrinha, com 4,90 metros de comprimento e 3,09 m de entre eixos.

A partir da metade do vidro lateral traseiro, tinha o teto levemente mais alto. Diferente do sedã, trazia três bancos traseiros individuais rebatíveis e, como opcional, um terceiro banco inteiriço atrás deles, em um total de oito lugares. A área envidraçada era ótima e a capacidade de carga também. Impressionava pelo tamanho e espaço. A abertura da tampa traseira era ampla. Atraiu muito mais a clientela do interior do que a de Paris, justamente por seu gabarito pouco metropolitano. Por causa da suspensão, não se intimidava no fora-de-estrada.

Em 1977 o CX recebia duas novas motorizações. Uma que agradaria em cheio era a movida a diesel, o primeiro automóvel da marca a usar este combustível.

A Break CX Evasion foi apresentado em 1978 e fabricado pela Société Augereau Heuliez e distribuída pela Citroen, era um pouco maior na parte traseira e muito mais luxuosa e com tecto panorâmico.

A Coachbuilders Tissier colocou-lhe mais um eixo para um nicho de mercado para entrega de alta velocidade e conforto entre os continentes em poucos dias em vez de uma carrinha pesada.

IMG_20211126_135640.jpg

IMG_20211126_140004.jpg

IMG_20211126_140523.jpg

Miniatura

Levanta a mala.

Interior detalhado, mas só tem bancos a frente.

Com suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série

Referencia nº 65 – 4/78

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País – França

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 18:47
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 25 de Novembro de 2021

Gropa CMC vermelho - Um olhar sobre as minhas miniaturas

 

Gropa CMC vermelho - Um olhar sobre as minhas miniaturas

402ª – Gropa CMC 1971 construção própria  

Com no ano seguinte vieram dois Gropa a Vila Real ai vai o terceiro

 Modelo real

A Gropa, continuava a converter os B8s, em Spyders, e assim mais um veio a Vila Real Mike da Mick Gribben Racong o Gropa CMC #CH-DBE-53, era vermelho e foi pilotado pelo seu proprietário Mike Gribben estava equipado com um motor BMW e foi inscrito em Gr. 6 

No final classificou-se no 14º lugar após 29 voltas em 1h 28m49,62s á media de 135,651Km/h á frente de Miguel Correia no Porsche 914 o primeiro do GTS

GROPA eram as iniciais de Graphic Racing Organization Prototype Automobiles  e o nome do modelo era CMC (Curl Mylius Chevron).

Bob explica: “No final de 1969, Andy Mylius estava competindo com um Chevron B8 e, conversando comigo e com Mark, surgiu a ideia de remover o teto e projetar uma carroceria aberta para ele. Tive que alterar o chassi para manter a rigidez - e também mover o radiador e o tanque de combustível. A economia de peso foi de 80 libras muito úteis.

Bob-Curl-2008

“Acabamos fazendo cerca de 20 deles. Depois dos dois ou três primeiros, paramos de usar chassis Chevron: Andy fez carros completos, comigo estilizando e Arthur Rothon fazendo a carroceria. Um bom número deles foi para a América e era um carro muito competitivo. Bill Tucketts tinha um motor BRM, mas a maioria deles era movido a BDA ou BMW.

Modificação na miniatura

Depois de remover os guara lamas traseiros e tapar parte da entrada de ar da frente efectuei a sua pintura..

IMG_20211125_183400.jpg

IMG_20211125_183446.jpg

IMG_20211125_183733.jpg

IMG_20211125_183806.jpg

Miniatura

Interior detalhado

As rodas são da 3J

Fabricante Manuel Dinis

Série Barro plástico

Referencia nº 4

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

País - Portugal

Anos de fabrico 1979

 


publicado por dinis às 18:58
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 24 de Novembro de 2021

Gropa CMC outro Gropa amarelo - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Gropa CMC outro Gropa amarelo - Um olhar sobre as minhas miniaturas

401ª – Gropa CMC 1971 Construção própria

Inscritos para Vila real estavam dois Gropa CMC

O amarelo mais parecia uma actualização de 1971, isto é sem a protecção do guarda-lamas traseiro., foi pilotado por  Martin Deuley mas,  que não tinha o barulho do do ano passado.  

O Gropa era basicamente uma nova carroceria aberta  para o Chevron B8. Os carros de fábrica eram completamente novos, mas vários proprietários de B8 tiveram os seus bólides convertidos entre 1970 e1972. Os carros Gropa eram frequentemente movidos por motores Ford e BMW.

 Modelo real

O Gropa CMC de Martin Deuley tinha o nº 36 e era movido por um motor Ford FVA. O Gr. 6      fez  as 31 voltas em 1h 28m 39,50s a uma media de 145,283 Km/h

No início do seculo dois Gropa em amarelo e um azul participavam em provas de clássicos habitualmente.

IMG_20211124_191942.jpg

IMG_20211124_192151.jpg

IMG_20211124_192217.jpg

Miniatura

Como a nova miniatura estava a sair bem pensei em fazer o outro Gropa e para isso era apenas necessário retirar a parte traseira dos guarda-lamas.

Depois de bem seco foi pintado.

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de um outro modelo.

Fabricante  

Série

Referencia nº 3

Material – barro plástico

Material da placa de base – barro plástico

País - Portugal

Anos de fabrico 1969


publicado por dinis às 20:03
link do post | comentar | favorito (1)
Terça-feira, 23 de Novembro de 2021

Gropa CMC 1970- Um olhar sobre as minhas miniaturas

Gropa CMC 1970- Um olhar sobre as minhas miniaturas

400ª – Gropa CMC 1970 Construção própria

Depois de ter feito o Aurora Porsche pensei em fazer o Gropa um carro que correu em Vial Real no ano de 1970.

Modelo real

Em 1969 a equipa Angus Clydestale /Terri Hunter e Andrew Mylius no Chevron B8  B M W tiveram um incêndio no Sábado e consequente paragem um pouco á frente da meta e a rápida intervenção dos bombeiros não impediram o abandono da prova 1968 Chevron B8 Chassis nº. CH-DBE-81

No ano seguinte surge o Gropa uma conversão de um Chevron B8 em carro aberto equipado de uma carroceria concebida por “Andy Mylius” que vai estreá-lo com Gerry Birrell no BOAC 1000km de Brands Hatch equipado com um motor Ford-Cosworth FVC 1.8L e inscrito pela A. M. Graphics Racing Organisation .

No final foi o vencedor da categoria Protótipo 2.0 a 40 voltas do vencedor e 15º da geral

Em Vila Real o Gropa CMC #CH-DBE-1 tem um Motor BRM inscrito por William. Tuckett  para Bill Tucket a que se juntou Mário Araújo Cabral.

Na prova de 500 Km Cabral abandonou na 11ª volta depois de ter estado nos lugares cimeiros, até o.motor BRM V 8 se calar na Ponte da Timpeira.

IMG_20211123_182422.jpg

IMG_20211123_191252.jpg

IMG_20211123_191444.jpg

IMG_20211123_191456.jpg

Miniatura

Continuando a ideia do Aurora Porsche, pensei em fazer o Gropa e a pouco e pouco a sua forma foi surgindo, naquela que iria ser a minha primeira e única serie em barro plástico

 O que nunca pensei e já no início do século XXl iria dar origem a uma pequena serie em resina, do qual me ofereceram uns exemplares que nunca terminei.

Interior detalhado

As rodas são da 3J

Fabricante  Manuel Dinis

Série

Referencia nº 2

Material – barro plástico

A base está aparafusada à carroçaria.

País - Portugal

Ano de fabrico 1969


publicado por dinis às 19:50
link do post | comentar | favorito (1)
Segunda-feira, 22 de Novembro de 2021

Volkswagen 1300 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Volkswagen 1300 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

399ª – Volkswagen 1300 Norev

Como os para-choques estão um pouco abaixo daria para fazer o Beetle de Dan Gurney, em Nassau em 1963.mas não sabia da sua existência.

Modelo real

O 1300 foi lançado em agosto de 1965 com uma carroçaria semelhante ao 1200 do qual digere em alguns detalhes , a salientar os para-choques mais elevados e as luzes traseira mais volumosas.  Naquele ano previa para o 1300 uma caixa de velocidades semiautomática que já equipava o 1500.

Exclusivamente em Berlina de duas portas viu a sua cilindrada elevada para 1285cc. Velocidade máxima 120Km/h  para um peso de 820Kg.

IMG_20211122_140057.jpg

IMG_20211122_140142.jpg

IMG_20211122_140401.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as da miniatura da época.

Fabricante Norev

Série Plástico

Referencia nº 62

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está carvada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - França

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 18:44
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Jeep Willys CJ5 - Um olha...

. Tiny's Mini Moke- Um olha...

. Ford Escort de Ralye - Um...

. Nissan Skiline 1800 - Um ...

. Peugeot 604 - Um olhar so...

. Citroen Cx 2400 Break - U...

. Gropa CMC vermelho - Um o...

. Gropa CMC outro Gropa ama...

. Gropa CMC 1970- Um olhar ...

. Volkswagen 1300 - Um olha...

. Chevron B 23/73 - Um olha...

. Land Rover Militar - Um o...

. BMW 3.5CSL 1976 Gosser Bi...

. Citroen Ami 8 - Um olhar ...

. Bond Bug 700 ES aberto - ...

. Rolls Royce Phantom III 1...

. Team Simca - Um olhar sob...

. Gulf Mirage GR8 - Um olha...

. Alpine Renault A 441 Turb...

. Peugeot 404 - Um olhar so...

. Ford Capri 3000 GT- V6 U...

. Renault 12 - Um olhar sob...

. Alfa Romeo Giulia Xavier ...

. Porsche Aurora 2000 1972 ...

. Morris Mini 1000 van aber...

. Citroen Pop cross de Lisb...

. Mirage GR7 do Gelo Racing...

. Austin - Mini - Morris - ...

. Lola T 290 - Um olhar sob...

. Lotus Elan histórico- Um ...

. Porsche Aurora Carrera 6 ...

.  Austin Mini 1275 GT - Um...

. Lotus Elan  - Um olhar so...

. Ligier JS2 - Um olhar sob...

. Mini Marcos GT 850 - Um o...

.  Lola T 290 Claude Swietl...

. Fiat 2300 S coupé Norev -...

. Alfa Romeo Giulia GTV 200...

. Lotus 47 John Miles - Um ...

. Fuchs Racing - Um olhar s...

. Stutz Bearcat 1931 - Um o...

. Jeep da Champion - Um olh...

. Mercury Cougar - Um olhar...

. Delage D8 120 Carrosserie...

. Mercedes Benz 250 coupé -...

. Rolls Royce Silver Ghost ...

. Morgan Sport Aperta - Um ...

. Opel Ascona Rallye - Um o...

. Riley MPH 1934 - Um olhar...

. Volvo 66 DL- Um olhar sob...

.arquivos

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs
RSS
Em destaque no SAPO Blogs
pub