Quinta-feira, 12 de Maio de 2022

Fiat S 61Corsa 1908  - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Fiat S 61Corsa 1908  - Um olhar sobre as minhas miniaturas

567ª – Fiat S 61Corsa 1908 Brumm

1908 - Fiat S.61 115Hp 10087 cc Corsa - North American Racer

Nº42 Ralph De Palma em Fiat S74 desclassificado no Grande Prêmio da França de 1912 realizado em Dieppe

Os Fiat continuava na minha preferência ao que não era adverso o facto de ter comprado um Fiat Ritmo e me ser entregue meio ano depois pela Fiat Portuguesa.

Na caixa do 4º modelo do Fiat S da Brumm podemos ler

Velocidade máxima 150Km

Hp115

10087cc

Grande Prémio da América 1912

Modelo real

Em 1909, um S 61 no Hipódromo de Brooklands atingiu uma velocidade média de 112 mph., então três carros foram enviados para a América

David Bruce-Brown, que levou um Fiat S61 ao terceiro lugar nas primeiras 500 Milhas de Indianápolis.

Duas corridas em França com um nome semelhante

Victor Hemery venceu o Grande Prêmio da França a 23 de Julho de 1911.conhecido como Grand Prix des Vieux Tacots, organizado pelo Automobile Club de l'Ouest e não pelo Automobile Club de France em Le Mans O evento teve 14 inscritos. O Fiat S61 foi seguido por Ernest Friedrich em Bugatti.

O 2.foi uma corrida em dois dias, com dez voltas por dia, e os seus tempos juntos para encontrar o vencedor. Os carros Coupe de l'Auto competiram juntos com os carros do Grand Prix. Enquanto os carros coupé eram limitados a motores de 3 litros os do Grande Prêmio a única restrição aos era a largura mínima de 1750 milímetros.

A primeira corrida começou quando Victor Rigal em Sunbeam partiu, seguidos dos restantes 47 concorrentes com intervalos de 30 segundos. Na terceira volta, ao carro de Léon Collinet sai-lhe uma roda, capota e provoca a morte ao mecânico Jean Bassignano.

Victor Hemery , num Lorraine-Dietrich, manteve a liderança após a primeira volta. David Bruce-Brown em Fiat posteriormente assumiu a liderança e manteve-a durante a noite, mais de dois minutos à frente de Georges Boillot no Peugeot. Louis Wagner foi terceiro.

O nº42 Ralph De Palma em Fiat S74 foi desclassificado na 7º volta depois de trabalhar no seu carro fora dos boxes na sétima volta.

Durante o segundo dia, Bruce-Brown foi desclassificado por reabastecimento fora dos boxes na volta 15, facilitando a liderança ao nº 22 Georges Boillot no Peugeot que fez as 20 voltas em 13: 58: 02.6, uma vitória confortável por mais de treze minutos em relação ao 2º classificado o nº 23 Louis Wagnerem Fiat S74 com mais 13: 05.8

De notar que o Nº 37 David Bruce-Brown, também em Fiat S74, é também desclassificado na 15ª volta por reabastecimento fora das boxes.

IMG_20220512_182628.jpg

IMG_20220512_182646.jpg

IMG_20220512_182703.jpg

IMG_20220512_182853.jpg

IMG_20220510_210226.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Brumm

Série Revival Gold

Referencia nº 17  

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e vitrine plástica.

País - Itália

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 19:03
link do post | comentar | favorito
Sábado, 30 de Abril de 2022

Benz HP 200 Corsa Blitzen - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Benz HP 200 Corsa Blitzen - Um olhar sobre as minhas miniaturas

555ª – Benz HP 200 Corsa Blitzen 1909 Brumm

Benz 82/200 hp 1909

202.700 km a maior velocidade já alcançada com um meio humano de locomoção, que seja em terra, na água ou mesmo no ar.

Modelo real

O Benz 120 HP de 1908 foi desenvolvido com vista ao Grande Prêmio da França, onde regras da corrida de Grand Prix estipulavam um peso mínimo de 1100 kg e um diâmetro máximo do cilindro de 155 mm.

Em Dieppe 7 de julho de 1908, dirigido por Victor Hémery e René Hanriot terminaram a corrida em segundo e terceiro lugar, respectivamente em quanto o seu chefe de equipe Fritz Erle ocupou o sétimo lugar, O motor de 120 cv. atingiu uma velocidade máxima de 160 km/h O vencedor foi um concorrente de Stuttgart-Úntertürkheim , Christian Lautenschlager ao volante de um Mercedes.

Inicialmente Carl Benz foi contra o projeto, não vendo a relevância de construir um carro recorde de velocidade terrestre quando sua empresa construía carros comuns, mas um membro do conselho da Benz & Cie, Julius Ganss, acreditava que poderia fazer maravilhas publicitárias, e então começou a construir um carro que fosse mais rápido que os comboios e aviões contemporâneos.

Baseado no carro de corrida Benz 150HP de 1908, o motor de quatro cilindros passou de 15,1 litros para 25,5 litros, aumentando a potência para 200 cavalos as 1.600 rpm .“Ele construído em 1909 para quebrar o recorde de velocidade em terra, o que obviamente era muito popular para tentar fazer na época”, disse Ben Collings, piloto do Blitzen “É incrivelmente amigável de dirigir.”

A meta dos 200 km/h, era uma tarefa difícil em 1909, mas o carro é notavelmente leve, pesando 1.450 kg, dos quais 407 kg são o motor. As rodas traseiras são acionadas por corrente, o carro usa uma caixa de quatro velocidades e os travões são a tambores muito grandes, mas relativamente ineficazes.

Em 17 de outubro de 1909, Victor Hémery ao volante do novíssimo Blitzen-Benz 200 HP pela primeira vez em Bruxelas, bateu o recorde mundial de velocidade percorrendo o quilômetro a uma velocidade máxima de 202,648 km/h. A barreira dos 200 km/h foi quebrada,

IMG_20220430_161604.jpg

IMG_20220430_161815.jpg

IMG_20220430_161837.jpg

IMG_20220430_162301.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Brumm

Série Revival

Referencia nº R19

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e vitrine plástica.

País - Itália

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 19:48
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 14 de Abril de 2022

Fiat 110 HP 1905 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Fiat 110 HP 1905 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

539ª – Fiat 110 HP 1905 Brumm

Fiat 110 HP Gordon Bennett 1905

E não é que nenhum dos Fiat tinha o nº5

A Copa Gordon Bennett foi idealizada por James Gordon Bennett  na primeira prova e pela primeira vez para identificar os seus países,  foi utilizado um código de cores, azul para a França, branco para a Alemanha, amarelo para a Bélgica, verde para a Grã-Bretanha e vermelho para os Estados Unidos e vermelho para a Itália.

Modelo real

Léon Théry, o vencedor da edição do ano anterior corrida, passou para o Automobile Club de France (ACF) a organização da corrida de 1905, VI Coupe Internationale, a 5 de Julho no Circuito de Auvergne, na França, com quatro voltas num circuito montanhoso de 137,35 km num total de 549,4 km

No total, 18 inscrições em nome de seis países, estiveram presentes

Os concorrentes partiram com um intervalo de cinco minutos cada um, e no final da primeira volta, o primeiro a passar foi Leon Thery, mas consultados os tempos o mais rápido era Vicenzo Lancia, que tinha patido em quarto, atrás de Clifford Earp e Camile Jenatzy, mas os tinha ultrapassado, pois foi o segundo a passar pela meta seguido de Felice Nazzarro e Alessandro Cagno eram o terceiro e o quarto classificado.

Jenatzy sofreu um acidente sem consequências, mas o carro ficou irrecuperável.

Lancia tentava se distanciar de Théry, mas um furo no radiador obriga o representante italiano, Vincenzo Lancia e o mais rápido nas duas primeiras voltas no seu FIAT, a abandonar na terceira volta

Entretanto, Arthur Duray apanhava os Fiat de Nazzarro e Cagno,

Duray liderava, mas passou o comando a Théry, com os italianos a pressioná-lo. O Richard-Brasier de 96 cv resistiu e acabou por ser novamente o vencedor em 7 horas, 2 minutos e 42 segundos, uma velocidade média de 77,98 km/h, ficando como o único piloto a ganhar duas corridas da Taça Gordon Bennett, em representação da França.

Os Fiat de Felice Nazzaro e Alessandro Cagno, terminaram em segundo e terceiro respectivamente, com Nazzaro a terminar quase 17 minutos atrás de Théry e Cagno a mais dois minutos atrás.

A melhor volta foi de Lancia em 1h 34m 57s

Fiat 100HP 1905 tem um motor de 16 litros e 100 HP a carroceria é em preto, com assento preto RHD, número de corrida 5. Possui rodas de artilharia marrom, com 3 pneus sobressalentes na traseira.

IMG_20220414_143004.jpg

IMG_20220414_143046.jpg

IMG_20220414_143134.jpg

IMG_20220414_143137.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante  Brum

Série Revival

Referencia nº 10

Material – zamac

Material da placa de base – metal

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - Itália

Anos de fabrico  a

 

 

 

 

 

 


publicado por dinis às 22:11
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 8 de Abril de 2022

Fiat 75 HP Corsa 1904 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Fiat 75 HP Corsa 1904 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

533ª – Fiat 75 HP Corsa 1904 Brumm

Fiat 75 HP corsa - 1º Coppa Florio 1904 Vincenzo Lancia vencedor

 Modelo real

Dois dias depois da prova Paris Madrid em 1903, os governos de França e Espanha proibiram as corridas em estrada aberta.

Mas em Italia, na Sicília. no ano seguinte, a primeira edição da Coppa Florio, realizou no circuito de Brescia, a 4 de Setembro de 1904.

O empresário italiano e aristocrata siciliano, Vincenzo Florio, nascido em 1883, aos vinte anos, organizou seu primeiro evento de resistência automóvel em 1900, e.com seu nome em 1904, e mais tarde a Targa Florio em paralelo com a Coppa Florio, consideradas entre as corridas de estrada mais duras e difíceis da Europa.

O circuito era pelas estradas de montanha extremamente estreita e tortuosa nos arredores de Palermo, entre Brescia-Cremona-Mantova-Brescia, numa distância de 186.083 km feito em 2 voltas,

A Fiat com o Corsa de 75 cavalos de potência, estava equipado com um motor de quatro cilindros e catorze litros de cilindrada que lhe permitiria uma velocidade de 160Km/h, foi conduzido por Vincenzo Lancia, o piloto que mais tarde fundaria a Lancia Company.

O vencedor foi Vincenzo Lancia, depois de ter efectuado as duas voltas, 372.166 km, em 3h 12m 56s seguido de Georges Teste em Panhard 70 com 3h13m38.0 e o 3º classificado, o Conde Vincenzo Florio no Mercedes 60, em 3h18m09.2

Volta mais rápida foi de Georges Teste, embora isso não seja oficial, pois os tempos de volta não foram registrados oficialmente

IMG_20220408_143917.jpg

IMG_20220408_143925.jpg

IMG_20220408_143946.jpg

IMG_20220408_144103.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante  Brumm

Série Revival Gold

Referencia nº r 9

Material – zamac

Material da placa de base – metal

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País – Itália

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 19:01
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 5 de Janeiro de 2022

Ford T 1909 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Ford T 1909 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

443ª – Ford T 1909 Matchbox transformado

A Corrida Transcontinental realizada de Nova York a Seattle

Modelo real

A promoção da Exposição Alasca-Yukon-Pacífico, a visão de  Robert Guggenheim, industrial mineiro e a  necessidade de uma estrada nacional através do continente foi organizada pelo Automobile Club of America, o Seattle Automobile Club, o Alaska - Yukon - Pacific Exposition e Henry Ford uma corrida de automóveis .

O prêmio e o troféu foram doados por Meyer Robert Guggenheim. O primeiro prêmio foi de $ 2.000 e o segundo foi de $ 1.500.

 Dos trinta e cinco automóveis foram inscritos, apenas seis compareceram na linha de partida de Nova York,

Um Itala, Shawmut, Acme, Stearns e dois Fords Modelo T no início da sua comercialização o Ford nº 1 e o Ford nº 2, eram basicamente carros de produção pesando 950 libras e movidos pelo motor de 4 cilindros de 20 cavalos.

Às 15h03 em 1 de junho, em frente a uma multidão de mais de 20.000 pessoas, assistiram à partida dada pelo presidente William Howard Taft da Casa Branca.

"A corrida pelo continente foi notável. As máquinas e os pilotos passaram por grandes sofrimentos, encontrando acidentes e obstáculos incontáveis. Estradas construídas sob a direção de engenheiros foram percorridas a uma velocidade maravilhosa em algumas partes do país e em outras trechos que levavam dias inteiros para percorrer alguns quilômetros de rodovias mal cuidadas e mal construídas. Os delegados da Convenção de Good Roads acreditam que a corrida entre "Old Scout" e "Old Steady" terá grande efeito no trabalho missionário necessário para colocar as estradas em todas as seções do país em condições transitáveis ​​"(" Old Scout Wins Race Across Continent ").

Ao atravessar o Missouri e entrar nas planícies do Kansas, fortes chuvas transformaram as estradas rurais em mares de lama. No Colorado, as condições eram tão ruins que as velocidades médias raramente ultrapassavam 10 milhas por hora.

Vários dias depois, chegaram a Seattle na Fonte Drumheller, estava o Ford nº 2 tripulado por James Smith e Bert Scott, seguido 17 horas depois pelo Shawmut precisamente às 12h55min25s do dia 22 de Junho de 1909 na A-Y-P Expo, e quando lhe perguntaram como se sentiram ao vencer a primeira competição de automóveis transcontinental de 4.106 milhas, eles responderam: "Exaustos!"

Venceram a prova após 6,5 mil quilômetros percorridos em 22 dias e 55 minutos, com velocidade média de 14,4 km/h.

Após a corrida, a Ford Motor Company usou o vencedor do Modelo T nº 2 para publicidade, mostrando o carro em várias feiras e exposições de automóveis em todo o país. Mas cinco meses depois, a vitória reverteu para o Shawmut quando foi descoberto que Smith e Scott haviam trocado o motor do No.2 ao longo do caminho.

Modificação na miniatura

Cortada e retirada a carocaria foi feita a traseira

IMG_20220105_212653.jpg

IMG_20220105_212908.jpg

IMG_20220105_213025.jpg

IMG_20220105_232803.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante  Matchbox

Série Models of the yesteryer

Referencia nº Y 1

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está cravada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - Inglaterra

Anos de fabrico  a

 

 

 


publicado por dinis às 23:59
link do post | comentar | favorito (1)
Quarta-feira, 10 de Março de 2021

Opel Doktorwagen  - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Opel Doktorwagen  - Um olhar sobre as minhas miniaturas

143ª – Opel Doktorwagen1909 Gama

O carro do médico

Em casa a gozar as minhas primeiras férias e em Janeiro ir fazer a especialidade, sempre na esperança de não ir para o Ultramar. Os dias que estive de férias foram-me descontados na contagem no Tempo de Serviço para Aposentação

 Modelo real

O Opel 4/8 PS era um pequeno e ágil automóvel usado principalmente por médicos nos atendimentos ao domicílio, e por isso apelidado de "carro do médico"

O primeiro a ter escrito Opel no radiador.

Na campanha da Opel para o PS Type 4/8 (hp) onde se evidenciava o "Mecanismo simples", "Incrivelmente fácil de usar" e, acima de tudo: "Sem motorista".

O baixo preço de 3.950 Mark tornou-o um modelo de muito sucesso.

Foi contruido entre 1909 e 1910

IMG_1718.JPG

IMG_1720.JPG

IMG_1721.JPG

IMG_1723.JPG

IMG_1728.JPG

Miniatura

Faróis de diamante.

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas têm pneus

Fabricante Gama

Série Oldtimer

Referencia nº 986

Material – zamac

Material da placa de base – zamac

A base está cravada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela e expositor.

País – Western Germany

Anos de fabrico  a

 

 

 


publicado por dinis às 17:17
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 3 de Março de 2021

Alfa Romeo TZ 1 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Alfa Romeo TZ 1 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

133ª – Alfa Romeo TZ 1 Solido

Jean Rolland / Gabriel Augias Alfa Romeo GiuliaTZ Critériun des Cevennes em 1965.

 Modelo real

TZ1

A Giulia TZ quer dizer Tubolare Zagato, feito de tubos (lightweight) e uma carroceria de alumínio (tinha 150mm a menos que o Giulia Coupe, e um peso de 660kg.

A primeira serie TZ nasceu em 1963, e foi equipada com a mecânica da Giulia, desenvolvida pela Autodelta comandada pelo ex-engenheiro da Ferrari Carlo Chiti. Um motor de 1.570cc, com 2 carburadores tinha 160hp para as pistas e para a estrada, tinha 112hp. Havia uma nova suspensão traseira independente e travões de disco nas 4 rodas. Foram feitas112 unidades da primeira geração e 12 da segunda.

TZ2

A segunda geração veio em 1965 e era mais parecida com a Ferrari GTO, que a da primeira geração. Carroçaria em fibra de vidro, pesando 620kg, ou seja, 40kg a menos que a TZ1. Era feita somente para as corridas com uns invejáveis 170hp, mas a Alfa Romeo no meio de 1966 concentrou mais seus esforços para os carros de Turismo, priorizando o programa Giulia GTA.

IMG_2390.JPG

IMG_2391.JPG

IMG_2394.JPG

Miniatura

Abre as portas, .

Interior detalhado

Com suspensão.

As rodas têm pneus

 

Fabricante Solido

Série

Referencia nº 146

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão.

País - França

Anos de fabrico  a

Foi fabricada pela Verem e Starter

 

 


publicado por dinis às 22:32
link do post | comentar | favorito
Sábado, 13 de Fevereiro de 2021

Rolls Royce Silver Gosth 1907 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Rolls Royce Silver Gosth 1907 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

113ª – Rolls Royce 1907 Matchbox

Este carro Tourer é o original Silver Gosth construído em 1907 e que a data completou 400,000 milhas e esta em excelente estado rodando frequentemente. Em Maio de 1907 este carro foi conduzido numa distância de 4000 milhas em alta velocidade, mais tarde percorreu 14,371 milhas sem parar.

Modelo real

Nos primeiros anos de produção, o Silver Ghost foi o melhor carro de turismo do mundo. O primeiro exemplo, # 60551 com carroceria Barker Roi de Belges, AX-201 é o carro mais valioso do mundo. Construído em 1906 antes do início da produção regular, ele terminou alguns testes de durabilidade muito públicos que estabeleceram o padrão para todos os Rolls-Royces que se seguiram.

IMG_2041.JPG

IMG_2042.JPG

IMG_2043.JPG

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas têm pneus

Fabricante Matchbox

Série Models of Yesteryer

Referencia nº 15

Material – zanmac

Material da placa de base – zamac

A base está cravada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão.

País - inglaterra

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 22:15
link do post | comentar | favorito
Domingo, 7 de Fevereiro de 2021

Peugeot Double Phaéton 1906- Um olhar sobre as minhas miniaturas

Peugeot Double Phaéton 1906- Um olhar sobre as minhas miniaturas

92ª – Peugeot Typ 81 B Double Phaéton 1906 Minialuxe

Modelo real

O Peugeot Type 81 era um carro grande, com um chassis rebaixado e um motor dianteiro sob o capô, quebrando com as referências a carruagens. A grade plana do radiador com laterais verticais, usada nos últimos três anos, confere à linha Type 81 B um estilo de marca reconhecível.

Disponível como uma limusine fechada ou em duplo faeton, O motor era um 2.2 L direto-4 que produzia 15 cv a 1400 rpm.

O Type 81 é movido por quatro cilindros de 2,207 cm cúbicos, embreagem cônica e uma caixa de 4 velocidades. De acordo com a relação escolhida, a velocidade máxima vai de 73 km / h (Tipo 81 A) a 89 km / h (Tipo 81 B). A direção usa cremalheira e pinhão, enquanto os freios a tambor atuam apenas nas rodas traseiras. A suspensão é do tipo molas com amortecedores de fricção.

251 unidades do Type 81 foram construídos durante 1906 em Audincourt num total de 2.966 carros construídos no mesmo ano.

IMG_1965.JPG

IMG_1966.JPG

IMG_1967.JPG

IMG_1968.JPG

IMG_1969.JPG

Miniatura

Abre as portas de trás.

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas têm pneus

Fabricante Minialuxe

Série Les vieux tacots

Referencia nº 8

Material – Plástico

Material da placa de base – Plástico

A base está colada à carroçaria

Apresentado em expositor plástico em cima de uma base de papel dobrado a fazer a base da placa expositora

País - França

Anos de fabrico  a

Existe a versão Peugeot - Double Phaeton Siamois 1906 Ref 9 ou seja  o mesmo modelo com duas capotas separadas abertas e fechada.

Também foi distribuído pela Shell em França como Minialuxe Shell.


publicado por dinis às 19:19
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 25 de Janeiro de 2021

Jamieson Runabout 7hp Um olhar sobre as minhas miniaturas

Jamieson Runabout 7hp Um olhar sobre as minhas miniaturas

79ª – Jamieson 1902 Minialuxe

Modelo real

Mark W Jamieson era um industrial e comerciante em Warren (Pensilvânia) e um apaixonado por automóveis. Em 1902 ele construiu um runabout de dois cilindros a gasolina de 7hp equipado com transmissão de corrente dupla, direção do leme, rodas de arame altas e pneus pneumáticos. Ele construiu mais sete carros mais ou menos como o primeiro. Mas ele nunca pensou em fabricar, construí-los era simplesmente seu hobby. - 'Catálogo Padrão de Carros Americanos, 1805-1942'.

IMG_1608.JPG

IMG_1597.JPG

IMG_1600.JPG

IMG_1610.JPG

Miniatura

O volante é uma cana.

Abre o porta-malas.

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas têm pneus

A base está incluída na carroçaria

Fabricante Minialuxe

Série Les Vieux Tacots

Referencia nº 26

Material – Plástico

Material da placa de base – plástico

Apresentado em expositor plástico grosso ou fino em cima de uma base de papel dobrado a fazer a base da placa expositora.

País – França

Anos de fabrico 1954 a 1970


publicado por dinis às 21:32
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2022

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9


28

29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Fiat S 61Corsa 1908  - Um...

. Benz HP 200 Corsa Blitzen...

. Fiat 110 HP 1905 - Um olh...

. Fiat 75 HP Corsa 1904 - U...

. Ford T 1909 - Um olhar so...

. Opel Doktorwagen  - Um ol...

. Alfa Romeo TZ 1 - Um olha...

. Rolls Royce Silver Gosth ...

. Peugeot Double Phaéton 19...

. Jamieson Runabout 7hp Um ...

. Oldsmobile Curved dash  -...

. Renault Paris Madrid 1903...

. Peugeot 12/16 1907 - Um o...

.arquivos

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs
RSS
Em destaque no SAPO Blogs
pub