Terça-feira, 28 de Agosto de 2018

Glórias do Circuito Internacional de Vila Real em Oulton Park Gold Cup

Glórias do Circuito Internacional de Vila Real  em Oulton Park Gold Cup

 

Durante o festejo das 50 do B8 Chevron em Oulton Park Gold Cup, algumas das velhas glórias do Circuito Internacional de Vila Real que competiram nas corridas de Vila Real e ainda se divertem….

40297150_2083766641873846_8526972033592983552_n.jpg

 Historic Sports Car Club L-R (I think): Ian Harrower, Digby Martland, John Cardwell, Roger Heavens, Mike Garton (kneeling), tba behind, Alan Rollinson, Peter Lawson, George Duncan, Peter Smith, John Burton, Barrie Smith, lady tba, Ian Skailes, Grahame White, Brian Classic. Do you agree?

 

40247038_2083766388540538_3078845025509965824_n.jpg

40279539_2083758411874669_6735099707627929600_n.jpg

 

 

In:

 Historic Sports Car Club

 


publicado por dinis às 18:31
link do post | comentar | favorito
Domingo, 8 de Abril de 2018

A passagem de John Miles por Vila Real

A passagem de John Miles por Vila Real

John_Miles_1970_Nürburgring.jpg

A passagem de John Miles por Vila Real

Um herói da juventude

1966

John Miles.jpgInicio da prova de Turismo que iria vencer no Lotus Cortina quando completou as 20 voltas em 1h 03m 50,52á media de 130,158Kmh

miles.jpgMas é com o Lotus Elan 26 R que nos deslumbra e vence novamente agora na prova de Grande Turismo e Sport tendo feito as 25 voltas em 1h 13m 57,20s à média de 140,499km/h

John miles aa.jpgNa edição de 1968 num Lotus 47 de fábrica 68, em que ganhou a classe de Sport 2 litros.

 

18441861_L0ZeU.jpeg

E na prova de Formula foi 3º também com um Lotus e términu as 25 voltas á media de 158,857Kmh

John Miles nasceu a 14 Junho de 1943 em Londres e faleceu a 8 Abril de 2018

Obrigado pelos momentos inesquecíveis.


publicado por dinis às 23:42
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 22 de Maio de 2015

Prova de Fórmula 3

Prova de Fórmula 3

vila real 2_n.jpg

Nas boxes, Peter Korda em Tecno Cosworth MAE 

via real1_n.jpg

Na primeira linha da partida 

Manfred Mohr , Roonie Petterson e Allan Rollinson

seguido de

Cris Williams e Jurg Dubler

vila real  formula 3_n.jpgNo fim da prova António Vilela tira uma fotografia junto do Lotus de fórmula 3 de Jonh Miles que também se encontra ao lado

 


publicado por dinis às 00:04
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 5 de Setembro de 2014

Largo de S. Pedro

Fórmula 3 em Vila Real

 

Hoje ao passar no largo de S. Pedro lembrei-me do vídeo de Álvaro Pinto

“Fórmula 1 em Vila Real!”

https://www.facebook.com/video.php?v=823588504331569&set=vb.100000412820179&type=2&theater

A lembrar os meados dos anos sessenta, o sinaleiro, o falso sinaleiro, no Largo de S. Pedro, ou então, mais precisamente 1967 e 1968, quando Ronnie Peterson e outros levavam os bólides de Formula 3 a caminho do circuito, pelas ruas da cidade.

 

604106_1024362240912988_5336546470981861508_n.jpgÀ esquerda junto da igreja de S. Pedro, o edifício onde funcionou a garagem, alguns anos antes.

 

A propósito é bom ler o texto que se encontra no site oficial de Ronnie Peterson, em que descreve a viagem para Vila Real.

http://www.ronniepeterson.se/subc/eng/a4frame.html

 

Inaugurada em 2003, esta é a estátua em homenagem a Ronnie Peterson, em Örebro. 


publicado por dinis às 18:10
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 27 de Agosto de 2014

Ronnie Peterson, um ídolo que correu em Vila Real

Ronnie Peterson, um ídolo que correu em Vila Real 

(14/02/1944 - 11/08/1978

Sobre o titulo “ O tímido temerário “ encontramos no Auto Sport duas páginas de um piloto que iniciou a sua carreira internacional em Vila Real, na prova de Fórmula 3 e que  no Grande Premio de Italia (1978) durante a partida, sofreu um grave acidente, ao qual assisti em directo na televisão(RTP) ainda a preto e branco.

 


publicado por dinis às 18:54
link do post | comentar | favorito
Sábado, 16 de Agosto de 2014

Amigos recordam Jürg Dubler

Amigos recordam Jürg Dubler

 

Segundo o Ostthüringer_Zeitung  

 

O piloto suíço de Formula 3 Jürg Dubler faleceu no fim de Julho de 2014, com a idade de 73 anos, mas o seu nome foi agora recordado na Alemanha, durante a prova de Schleiz.

http://www.otz.de/startseite/detail/-/specific/Rennsportfreunde-trauern-auch-in-Schleiz-um-Juerg-Dubler-1873835748#.U_dcQyQ2p9A.facebook

 

Foto: Jürgen Müller

 

Foi também o autor dos livros sobre a Fórmula 3

http://manueldinis.blogs.sapo.pt/189200.html

Nos dois volumes de ” LES ANNES FABULEUSES DE LA FORMULE 3. 1964 – 1970” onde são recordados  Os Anos Dourados da Formula 3, época de 1964 -1970.

Era uma competição realmente internacional,  onde os jovens pilotos provenientes de todos os países do mundo, sulcavam as estradas da Europa, desde a Alemanha até Portugal, da Sicília à  Inglaterra e da França à Suécia. Em “meetings”, onde as corridas de Fórmula 3, eram as vedetas e os prémios de partida e de  chegada permitia aos melhores viver, quotidianamente, da corrida.

È esta fabulosa época, vivida por ele, nas maiores provas internacionais que nos conta este  Suíço, onde destaca a sua presença em Portugal, o seu primeiro lugar na grelha de partida da primeira manga e o 21º lugar na final, com o Brabham BT15 – Ford, no circuito de Cascais no ano de 1965 e a sua passagem por Vila Real.

Esteve em Vila Real em 1966,  com um Brabham BT 18, mas abandonou,

em 1968 obtêm o 11º lugar, com um Brabham BT 21 B.


publicado por dinis às 22:08
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 1 de Março de 2013

Les anneés fabuleuses de lá Formule 3 - 1964 – 1970

Les anneés fabuleuses de lá Formule 3 - 1964 – 1970 


Um extraordinário testemunho do período mais  surpreendente do F3, escrito por um dos seus actores, Jürg Dubler
Antes de começar a correr, Jürg Dubler escrevia artigos para a " Revue Automobile" suíça. Os seus talentos de poliglota, conduziam-no igualmente a traduzir artigos em francês, inglês e italiano.  Seguidamente, sempre continuou a escrever, tendo uma crónica regular onde contava as corridas que disputava.

Jurg Dubler, esteve em Vila Real em: 
1966
Abandonou, com um Brabham BT 18
1968
Obtêm o 11º lugar, com um Brabham BT 21 B

Nos dois volumes de ” LES ANNES FABULEUSES DE LA FORMULE 3. 1964 – 1970” onde são recordados  Os Anos Dourados da Formula 3, época de 1964 -1970. 
Era uma competição realmente internacional,  onde os jovens pilotos provenientes de todos os países do mundo, sulcavam as estradas da Europa, desde a Alemanha até Portugal, da Sicília à  Inglaterra e da França à Suécia. Em “meetings”, onde as corridas de Fórmula 3, eram as vedetas e os prémios de partida e de  chegada permitia aos melhores viver, quotidianamente, da corrida. 
È esta fabulosa época, vivida por ele, nas maiores provas internacionais que nos conta este  Suíço, onde destaca a sua presença em Portugal, o seu primeiro lugar na grelha de partida da primeira manga e o 21º lugar na final, com o Brabham BT15 – Ford, no circuito de Cascais no ano de 1965 e a sua passagem por Vila Real.


publicado por dinis às 22:48
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 9 de Dezembro de 2011

15º Circuito de Vila Real 1968 Fórmula 3

XV Circuito Internacional de Vila Real 1968 Fórmula 3

 

Excerto da entrevista de Avelãs Coelho a Francisco Teixeira inserida no Jornal Motor nº 241

“ «Esperamos que o êxito das corridas deste ano nos abra a porta para a inclusão de Vila Real no Trofeu Europeu de Fórmula 2»

- Confiou-nos Francisco Oliveira Teixeira, membro destacado da Comissão Organizadora do circuito.

A organização de qualquer prova automobilística  é sempre um problema  deveras complexo.

Pelas pessoas que movimenta pela sua extensão, territorial, pelos interesses em jogo, pela sua grandiosidade, afinal, as competições exugem de quem as organiza, um grau bastante elevado de preparação sob pena de se tornarem em autênticos fracassos ao mais pequeno descuido… (…)

(…) - «Qual o critério adoptado na selecção dos concorrentes ao circuito de Vila Real?»

- «No que concerne a estrangeiros procuramos ( e não nos poupámos a esforços) para trazer até Portugal os nomes de maior grandeza.»

«Ao contrario do que sucedeu em 1966 e num alargamento do que se passou no ano passado, não foi praticamente necessário enviar convites a ninguém, sendo os próprios pilotos que se mostraram particularmente interessados em correr em Vila Real. Nestas circunstâncias devo dizer que a dificuldade da organização foi seleccionar os elementos a admitir. Tanto nos protótipos como na Formula 3 fizemos a exclusão de numerosos corredores, que embora de certo valor, não tinham o nível que consideramos necessário ou um indispensável palmarés.

«No que se refere aos portugueses o critério foi o mesmo tendo no entanto procurado que a corrida de Turismo fosse uma prova “ para” os nossos corredores, havendo, nesse sentido, recusado a participação de vários pilotos estrangeiros»

- «Nota-se todavia que há poucos concorrentes nesta prova em relação a de GT Desporto Protótipos… Porque se recusou então a inscrição de mais concorrentes?»

- «Não aceitamos algumas inscrições, por acharmos que os concorrentes não tinham palmarés suficiente.»

«Mas se se trata de uma corrida «só» para nacionais, não sera de admitir todos os que lá queiram correr?»

-« Bom … os pedidos rejeitados foram no pela comissão desportiva Nacional e esta entidade bem sabe porquê ! Não deixamos que alinhassem por exemplo, Gaspar Sameiro, Herminio Rodrigues e Siva Pereira porque se considerou não terem aptidões suficientes para um circuito rápido como o de Vila Real.» …

 


publicado por dinis às 12:43
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 1 de Outubro de 2008

Visita de Charles McCarthy

Visita de Charles McCarthy

No inicio de Setembro, Charles McCarthy, resolveu visitar Vila Real. Acompanhado por uma Vila-realense percorre o Circuito. ou melhor revive a pista que em 1966, 1967 e 1968 havia percorrido como piloto.
Em 1967 e com muita mais experiencia e consequentemente um melhor conhecimento do traçado, com um Brabham BT 18 obtêm o 4º lugar enquanto Steve Matchett o seu companheiro de desgraça abandona, depois de ter obtido o 3º tempo dos treinos com um ultrapassado Brabham BT 15, enquanto no ano anterior um acidente quase o deixa na ruína, não fosse a colaboração de vários beneméritos .
Novamente em 1968 foi obrigado a abandonar na 6º volta.
Visita a Ponte de Ferro e aí recorda o seu acidente em que com Steve Matchett espalharam os destroços dos seus bólides ao longo da Ponte Metálica, tendo alguns bocados caído ao rio deixando em sobressalto os espectadores ao pensarem na pouca sorte de um piloto também poder ter sido projectado.
Imediatamente os bombeiros constataram que somente alguns destroços se encontravam espalhados pela encosta, muitos dos quais foram posteriormente guardados em diversas residências.
De salientar que a roda pertencente ao Formula 3, ainda se encontra em Vila Real.

Charles McCarthy 1966 Nº 28 BT 18 Acidente ::::1967 BT 18 Nº 92 4º lugar :::1968 BT 18 Nº 23 Abandonou
Steve Matchett 1966 Nº 3 BT 15 Acidente ::: 1967 Nº 98 BT 15 abandonou

vila real (2).jpgCharles McCarthy é o piloto que se encontra com os braços levantados.


publicado por dinis às 19:49
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 21 de Maio de 2008

LES ANNES FABULEUSES DE LA Formule 3. 1964 – 1970

LES ANNES FABULEUSES DE LA Formule 3. 1964 – 1970 
Um extraordinário testemunho do período mais surpreendente do F3, escrito por um dos seus actores, Jürg Dubler
Antes de começar a correr, Jürg Dubler escrevia artigos para a " Revue Automobile" suíça. Os seus talentos de poliglota, conduziam-no igualmente a traduzir artigos em francês, inglês e italiano. Seguidamente, sempre continuou a escrever, tendo uma crónica regular onde contava as corridas que disputava.

Jurg Dubler, esteve em Vila Real em: 
1966
Abandonou, com um Brabham BT 18
1968
Obtêm o 11º lugar, com um Brabham BT 21 B

Nos dois volumes de ” LES ANNES FABULEUSES DE LA FORMULE 3. 1964 – 1970” onde são recordados Os Anos Dourados da Formula 3, época de 1964 -1970. 
Era uma competição realmente internacional, onde os jovens pilotos provenientes de todos os países do mundo, sulcavam as estradas da Europa, desde a Alemanha até Portugal, da Sicília à Inglaterra e da França à Suécia. Em “meetings”, onde as corridas de Fórmula 3, eram as vedetas e os prémios de partida e de chegada permitia aos melhores viver, quotidianamente, da corrida. 
É esta fabulosa época, vivida por ele, nas maiores provas internacionais que nos conta este Suíço, onde destaca a sua presença em Portugal, o seu primeiro lugar na grelha de partida da primeira manga e o 21º lugar na final, com o Brabham BT15 – Ford, no circuito de Cascais no ano de 1965 e a sua passagem por Vila Real.

374945_1a547a24e5f8b04981b4eb1ea7b977c4.JPG

374948_4a3f3ae804a1cdc192c6911b1a819896.JPG


publicado por dinis às 22:08
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13

19

25
26
27
28
29

30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Glórias do Circuito Inter...

. A passagem de John Miles ...

. Prova de Fórmula 3

. Largo de S. Pedro

. Ronnie Peterson, um ídolo...

. Amigos recordam Jürg Dubl...

. Les anneés fabuleuses de ...

. 15º Circuito de Vila Real...

. Visita de Charles McCarth...

. LES ANNES FABULEUSES DE L...

. A viagem de Ronnie Peters...

.arquivos

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs
RSS