Terça-feira, 28 de Agosto de 2018

Glórias do Circuito Internacional de Vila Real em Oulton Park Gold Cup

Glórias do Circuito Internacional de Vila Real  em Oulton Park Gold Cup

 

Durante o festejo das 50 do B8 Chevron em Oulton Park Gold Cup, algumas das velhas glórias do Circuito Internacional de Vila Real que competiram nas corridas de Vila Real e ainda se divertem….

40297150_2083766641873846_8526972033592983552_n.jpg

 Historic Sports Car Club L-R (I think): Ian Harrower, Digby Martland, John Cardwell, Roger Heavens, Mike Garton (kneeling), tba behind, Alan Rollinson, Peter Lawson, George Duncan, Peter Smith, John Burton, Barrie Smith, lady tba, Ian Skailes, Grahame White, Brian Classic. Do you agree?

 

40247038_2083766388540538_3078845025509965824_n.jpg

40279539_2083758411874669_6735099707627929600_n.jpg

 

 

In:

 Historic Sports Car Club

 


publicado por dinis às 18:31
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 5 de Setembro de 2014

Largo de S. Pedro

Fórmula 3 em Vila Real

 

Hoje ao passar no largo de S. Pedro lembrei-me do vídeo de Álvaro Pinto

“Fórmula 1 em Vila Real!”

https://www.facebook.com/video.php?v=823588504331569&set=vb.100000412820179&type=2&theater

A lembrar os meados dos anos sessenta, o sinaleiro, o falso sinaleiro, no Largo de S. Pedro, ou então, mais precisamente 1967 e 1968, quando Ronnie Peterson e outros levavam os bólides de Formula 3 a caminho do circuito, pelas ruas da cidade.

 

604106_1024362240912988_5336546470981861508_n.jpgÀ esquerda junto da igreja de S. Pedro, o edifício onde funcionou a garagem, alguns anos antes.

 

A propósito é bom ler o texto que se encontra no site oficial de Ronnie Peterson, em que descreve a viagem para Vila Real.

http://www.ronniepeterson.se/subc/eng/a4frame.html

 

Inaugurada em 2003, esta é a estátua em homenagem a Ronnie Peterson, em Örebro. 


publicado por dinis às 18:10
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 27 de Agosto de 2014

Ronnie Peterson, um ídolo que correu em Vila Real

Ronnie Peterson, um ídolo que correu em Vila Real 

(14/02/1944 - 11/08/1978

Sobre o titulo “ O tímido temerário “ encontramos no Auto Sport duas páginas de um piloto que iniciou a sua carreira internacional em Vila Real, na prova de Fórmula 3 e que  no Grande Premio de Italia (1978) durante a partida, sofreu um grave acidente, ao qual assisti em directo na televisão(RTP) ainda a preto e branco.

 


publicado por dinis às 18:54
link do post | comentar | favorito
Domingo, 9 de Fevereiro de 2014

As cores nacionais na Fórmula 3

 

As cores nacionais na Fórmula 3

1966

O  Matra de Luís Fernandes não compareceu e assim Filipe Nogueira foi o único concorrente nacional a percorrer o circuito para adaptação, e nos treinos obter o 5º  tempo e uma dor de costas, conforme nos informa o Jornalista do Comércio do Porto

33 Joaquim Filipe Nogueira Brabham BT 16

Portuguese Racing Team

Para 1967, e na corrida principal, a prova de Fórmula 3, estão inscritos novamente dois pilotos portugueses com bólides decorados com as cores nacionais “Vermelho e Branco”  o Brabham do Portuguese Racing Team de Joaquim Filipe Nogueira, aqui estreado no ano anterior, e  a estrear o novo Brabham BT 21 de Carlos Gaspar.

Um cena familiar, para a família Filipe Nogueira, nesta foto histórica, Joaquim Filipe Nogueira e José Filipe Nogueira , em cima do Brabham BT18 Ford do Portuguese Racing Team ou seja pai e filho, … é de pequenino que se começa…e se prolonga até à actualidade.

Ao fundo o Brabham BT21 de Carlos Gaspar

Os treinos de sexta-feira foram mais favoráveis a Carlos Gaspar que obteve o 7º lugar e no sábado para Filipe Nogueira a 12º posição.

 

Durante a corrida, Filipe Nogueira aproxima-se de Carlos Gaspar, ultrapassa-o, mas é obrigado a abandonar. Definitivamente o 4º lugar não seria para os portugueses, uma vez que o Repco de Carlos Gaspar deixou de funcionar perto da meta, mas classificando-se ainda no 10º lugar. 


publicado por dinis às 23:58
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 4 de Outubro de 2013

Ronnie Peterson

Ronnie Peterson, apelidado de o sueco voador

 

Ronnie Peterson, apelidado de o sueco voador,

 

 

 


publicado por dinis às 23:29
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2013

Circuito Internacional de Vila Real

Circuito Internacional de Vila Real 1967

 

  

Postal dedicado às corridas de Vila Real.

 

Reprodução de um postal dedicado às corridas de Vila Real, onde podemos ver em acção os bólides da Fórmula 3. Enquanto decorriam as corridas, voava nos céus da nossa cidade  em missão de observação, o helicóptero da Força Aérea Portuguesa, um Allouette muito utilizado em várias missões nas antigas Províncias Ultramarinas, incluindo as de busca e salvamento. Portugal foi o primeiro país a utiliza-lo em combate.

A fotografia deve ter sido obtida em 1967, naquela que foi a primeira corrida internacional de Ronnie Peterson.

O postal foi editado pela Libraria e Papelaria Branco e circulou a partir do final dos anos sessenta, princípio dos anos setenta.


publicado por dinis às 23:31
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 8 de Dezembro de 2011

Circuito Internacional de Vila Real prova de Fórmula 3

Circuito Internacional de Vila Real prova de Fórmula 3

 

Para 1967, e na corrida principal, a prova de Fórmula 3, estão inscritos novamente dois pilotos portugueses com bólides decorados com as cores nacionais “Vermelho e Branco”  o Brabham do Portuguese Racing Team de Joaquim Filipe Nogueira, aqui estreado no ano anterior, e  a estrear o novo Brabham BT 21 de Carlos Gaspar.

vila real O.jpegUm cena familiar, para a família Filipe Nogueira, nesta foto histórica, Joaquim Filipe Nogueira e José Filipe Nogueira , em cima do Brabham BT18 Ford do Portuguese Racing Team ou seja pai e filho, … é de pequenino que se começa…e se prolonga até à actualidade.

Ao fundo o Brabham BT21 de Carlos Gaspar

Os treinos de sexta-feira foram mais favoráveis a Carlos Gaspar que obteve o 7º lugar e no sábado para Filipe Nogueira a 12º posição.

Vila real 1302_n.jpgOs bólides aguardam nas boxes o início da corrida…

Entre outros podemos ver com o nº 87 Chris Williams, …, …, 92 Charles Mc Carthy …,94 Barry Collerson

vila real D.jpegDurante a corrida, Filipe Nogueira aproxima-se de Carlos Gaspar, ultrapassa-o, mas é obrigado a abandonar. Definitivamente o 4º lugar não seria para os portugueses, uma vez que o Repco de Carlos Gaspar deixou de funcionar perto da meta, mas classificando-se ainda no 10º lugar.

    


publicado por dinis às 13:59
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 1 de Dezembro de 2011

14º Circuito de Vila Real 1967 Fórmula 3

XIV Circuito de Vila Real 1967 Fórmula 3 

 

"Circuito Internacional de Vila Real 

 

 

Wal Donnelly, chefe a equipa Merlyn que em Coserta (Italia) se classificou em 3º lugar.

 

MÁQUINAS POTENTES E VOLANTES AMBICIOSOS EM lUTA CONTRA AS MARCAS ESTABLECIDAS POR FENNING

Cada vez mais depressa. Velocidades cada vez maiores. Assim se faz a historia de Le Mans, Monza, Silverstone, Sebring, Brands Aatchs ... E as histórias de cada uma das pistas mais não são que capítulos da historia do automobilismo internacional de competição.

Vila Real, possuidora de uma das mais arrojadas e bem lançadas pistas da Europa, sonha com a sua entrada nos calendários nacionais.

O ano passado, o britânico John Fenning pulverizou com relativa facilidade a marca estabelecida na anterior edição pelo campeão Stirling Moss e o seu nome entrou na Historia do Circuito Internacional de Vila Real, uma história que se antolha extensa e a velocidades cada vez maiores  

1967 ficará como um altivo marco na historia do automobilismo português de competição.

Máquinas e volantes as primeiras poderosas e os segundos sedentes de glória e ambiciosos, prometem luta empolgante contra a media de 143,569 e a volta mais rápida de 153Km estabelecida por Fenning .

Este duelo contra as marcas referidas, será mais um dos mil aliciantes do XIV Circuito Internacional de Vila Real, um duelo prometedor, dado que pelo menos oito dos concorrentes terminaram o ano passado a prova da F 3, apresentando-se agora melhores conhecedores dos 6925 metros do perímetro da pista. Para eles, as curvas da Timpeira, o troço junto à Ponte Metálica, a viragem na bifurcação da estrada que leva a Sabrosa, bem como as diversas rectas, não serão já problema. Rollo Fielding (4º), Reine Wisell (6º), Paul Deetens (8º), Mike Herbertson (9º) Cliff Haworth (12º), Crenier (13º), Tim Cash (14º), ou G. Olivier (16º), aspiram corrigir as classificações de Vila Real – 66 e os recordes de Fenning é que irão pagar as favas.

In Jornal que desconheço


publicado por dinis às 23:35
link do post | comentar | favorito
Sábado, 26 de Novembro de 2011

14º Circuito de Vila Real 1967

 

14º Circuito de Vila Real

 

Vinheta para colar no vidro dos veículos automóveis 

 

XIV Circuito Internacional de Vial Real

 

“É CADA VEZ MAIOR O NÚMERO DE INSCRIÇOES DE VOLANTES ESTRANJEIROS NO CIRCUITO INTERNACIONAL 

VILA REAL - Tomam proporções grandiosas os trabalhos que estão a ser levados a efeito pela comissão organizadora do XIV Circuito Internacional de Vial Real.

A pista da capital transmontana, que tem sido alvo de rasgados elogios pelos mais consagrados volantes mundiais, não se cansam de a colocar entre as mais famosas do mundo, e tem merecido especial atenção do Ministério das Obras Publicas, beneficiou no corrente ano de mais um magnifico melhoramento, por intermédio da Junta Auton0oma de Estradas. Com efeito esta já em andamento a cobertura de um troço de 250 metros com nova camada de betuminoso – o único de todo o circuito que realmente necessita de tal melhoramento, e se encontra junto do cruzamento da estrada de Chaves, no conhecido cruzamento da Timpeira.

Dois mil contos é a verba que os organizadores antevêem com toda a justificação necessária para a realização de todas as provas.

Só em prémios por regulamento estão estabelecidos mais de 850 contos, a que  se juntam cerca de 150 contos para taças. Pelas presenças dos concorrentes, os organizadores teem de despender cerca de 400 a 450 mil escudos, verbas que, só por si significam o alcance das provas, a que devemos juntar, também, o prémio da apólice. O arrojo dos organizadores – uma dúzia de vila-realenses bairristas e desportistas – merecem todo o apoio e aplauso. O risco da organização é grande, sob o ponto de vista financeiro, mas a comissão executiva não se cansa de melhorar e impulsionar tudo quanto venha a melhorar o aspecto e a classe do circuito.(…)”

In jornal que desconheço


publicado por dinis às 23:33
link do post | comentar | favorito
Sábado, 27 de Junho de 2009

As visitas de Charles Mc Carty a Vila Real

 

No inicio de Setembro de 2008, Charles McCarty visita Vila Real. Acompanhado pela vila-realense que entretanto rumara às terras de Sua Majestade, percorre o circuito, ou melhor revive a pista que em 1966, 1967 e 1968, havia pisado como piloto.
O seu melhor lugar acontece em 1967, onde com uma maior experiência e um melhor conhecimento do traçado, obtêm o 4º lugar, com um Brabham BT 18. Steve Matchett, o seu companheiro de desgraça, abandona, depois de ter obtido o 3º tempo dos treinos, com um ultrapassado BT 15. No ano anterior, o acidente quase o deixa na ruína, ou não fosse a colaboração de vários beneméritos durante a entrega de prémios.
Em 1968, voltou a não ser feliz, Charles foi obrigado a abandonar na 6º volta.


Na actual Ponte de Ferro sobre o rio Corgo, recorda o seu acidente ocorrido durante a sua primeira participação. Na sequência de um contacto com a berma da ponte e consequente despiste, seguido de um toque do seu compatriota Steve Matchett, na 11ª. volta, espalham os destroços dos seus Brabham ao longo da Ponte Metálica. Entretanto, alguns pedaços saltam os resguardos da ponte, em direcção ao rio. Espectadores e elementos de segurança, aguardam impacientemente que nenhum piloto tivesse a infelicidade de acompanhar algumas dessas partes.
Imediatamente os bombeiros constatam somente a existência de alguns destroços espalhados pela encosta, uma vez que os respectivos pilotos nada sofreram além do tremendo susto.

Alguns pedaços dos bólides foram posteriormente recolhidos e guardados em várias residências, incluindo uma roda pertencente ao formula 3, ainda se encontra bem guardada.


Resultadosdas suasparticipações:

Charles McCarty

1966 Nº 28 BT 18 Acidente

1967 BT 18 Nº 92 4º lugar

1968 BT 18 Nº 23 Abandonou.

Steve Matchett

1966 Nº 3 BT 15 Acidente

1967 Nº 98 BT 15 abandonou.

A partir de então, tem visitado a barbearia situada na curva mais famosa de Vila Real, a curva da Salsicharia, ou melhor, o Sinaleiro, a mítica curva que depois de 1958, proporcionou inúmeras e variadas emoções quer a pilotos e fotógrafos ou espectadores.

É nesse local que se encontra o livro “Circuito Internacional Automóvel de Vila Real Recordações de corredores” com algumas opiniões de pilotos, entre os quais as de McCarthy, nos anos de 1966 ou 67 e 1968, onde se pode ler:

 

 

 

 

 

 

“Eu achei a organização da corrida de alto calibre. Os fiscais das bandeiras fizeram um excelente trabalho. Para o próximo ano eu penso que deviam considerar os seguintes melhoramentos:

A superfície da pista em alguns pontos está irregular e deveria ser recoberta.

A grelha de partida deveria ser mais afastada. Os carros estão perigosamente juntos à partida.

 

“Eu estou muito contente com a corrida e espero voltar no próximo ano.”

Charles Mc Carty

 

1968

“Como sempre o meu circuito favorito na minha cidade com pessoas muito simpáticas.”

Charles Mc Carty

 

 

Local de encontro de pilotos, entusiastas e curiosos á procura de novidades ou recordações, amavelmente disponibilizadas por Joaquim Teixeira, coleccionador, expositor e divulgador do nosso maravilhoso circuito e quem sabe encontrar Charles Mc Carty a cortar o cabelo.

Assim encontrei no jornal O Comercio do Porto de Segunda-feira 11de Julho de 1966, uma desenvolvida reportagem sobre o acidente ocorrido no Domingo.

Algumas imagens do XIII Circuito Internacional de Vila Real

 

 


 

 

 

 

 

Na legenda deve retirar-se o nome de Charles McCarty, em virtude de não ter sido reconhecido pelo próprio.

 


publicado por dinis às 01:59
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

14
15
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Glórias do Circuito Inter...

. Largo de S. Pedro

. Ronnie Peterson, um ídolo...

. As cores nacionais na Fór...

. Ronnie Peterson

. Circuito Internacional de...

. Circuito Internacional de...

. 14º Circuito de Vila Real...

. 14º Circuito de Vila Real...

. As visitas de Charles Mc ...

. Visita de Charles McCarth...

. A viagem de Ronnie Peters...

.arquivos

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs
RSS