Terça-feira, 25 de Dezembro de 2018

O Pai Natal já passou…

O Pai Natal já passou…

 IMG_20181225_033904.jpg

Este ano o Pai Natal deixo-me estas ricas prendinhas junto do Presépio

9789896583972.jpg

O livro “Alfa Romeo 8C2300 em Portugal”

9789896585624.jpg

Henrique Lehrfeld e o Bugatti 35 B por  José Barros Rodrigues

Uma viagem pelos anos trinta em dois automóveis de excepção, que tão bem dignificaram o Circuito Vila-realense.  

Classic Cars a história do automóvel em publicidade.

 

 A tradição mantem-se.

 

 

 


publicado por dinis às 18:19
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 14 de Outubro de 2016

Adler Trumpf Rennlimousine chassis nº 167671

Adler Trumpf Rennlimousine chassis nº 167671

 

Martin Schroder considera que este exemplar foi o automóvel inscrito em Le Mans em 1937 com o nº 34 e conduzido por Hans Otto Lohr e Paul von Guilleaume que no ano anterior esteve em Vila Real, integrado na equipa Adler e se classificou em 3º lugar e  em um leilão a13 de Agosto de 2015 pela RM Sotheby.

 

Adler-Trumpf-Rennlimousine-1-740x552.jpg

Adler-Trumpf-Rennlimousine-3-740x554.jpg

Adler-Trumpf-Rennlimousine-4-740x557.jpg

Adler-Trumpf-Rennlimousine-5.jpg

Adler-Trumpf-Rennlimousine-6-740x553.jpg

Adler-Trumpf-Rennlimousine-7-740x607.jpg

Adler-Trumpf-Rennlimousine-11-740x554.jpg

Adler-Trumpf-Rennlimousine-13-740x555.jpg

Adler-Trumpf-Rennlimousine-18-740x555.jpg

Adler-Trumpf-Rennlimousine-19-740x556.jpg

Adler-Trumpf-Rennlimousine-20-740x555.jpg

Adler-Trumpf-Rennlimousine-21.jpg

Adler-Trumpf-Rennlimousine-23.jpg

Adler-Trumpf-Rennlimousine-28.jpg

Adler-Trumpf-Rennlimousine-29-740x555.jpg

Adler-Trumpf-Rennlimousine-30-740x553.jpg

Adler-Trumpf-Rennlimousine-31.jpg

Adler-Trumpf-Rennlimousine-740x555.jpg

Adler-Trumpf-Rennlimousine-Auto.jpg

Adler-Trumpf-Rennlimousine-Car-740x555.jpg

 http://silodrome.com/adler-trumpf-rennlimousine/

 


publicado por dinis às 13:53
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 11 de Abril de 2016

BMW 315, o mais antigo de Portugal

BMW 315, o mais antigo de Portugal

Umas imagens de Rui Viana, alertaram me para um automóvel exposto durante o MotorClássico, incluído nas comemorações do Centenário da BMW

Era um belo e raro BMW 315 de 1934, um contemporâneo do de Manoel de Oliveira, então segundo classificado na categoria Sport ocorrida em 1937 no Circuito Internacional de Vila Real.

12920382_10207354771401871_7460626384401883656_n.j

 

Segundo o seu proprietário,Pedro Barreto foi " Adquirido novo em 1934, veio para Portugal em 1936, ano a que corresponde a actual matrícula,".

12966801_10207377254403932_685906767_n.jpg

12968610_10207377253203902_655265977_n.jpg

12980590_10207377255003947_905924954_n.jpg

motos sabrosa.jpg

 http://manueldinis.blogs.sapo.pt/237736.html

 

Actualmente  este belo e raro exemplar pode ser visto e admirado no Museu do Caramulo integrado na exposição 100 anos da marca " BMW -100 Anos em movimento”,

 

Também em exposição encontra se o BMW 635 CSI de Manuel Fernandes, conhecido piloto de Vila-realense, por diversas vezes campeão em várias categorias das provas do Campeonato Nacional de Velocidade.

http://www.museu-caramulo.net/pt/content/3-exposies/21-actuais/683-bmw-anos-em-movimento

 

 

 


publicado por dinis às 01:37
link do post | comentar | favorito
Domingo, 27 de Setembro de 2015

Prova da Categoria Sport

Prova da Categoria Sport 

12074591_1047446038622517_5650554798469015729_n.jp

 

-vila-f-racing.jpg

 

aFF.jpeg


publicado por dinis às 21:48
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2013

1936 Circuito Internacional de Vila Real Categoria Sport

1936 Circuito Internacional de Vila Real Categoria Sport

 

Manoel de Oliveira, inicia-se no automobilismo em Abril de 1935, quando ao volanta de um Fiat Ballila participa na gincana no Palácio de Cristal, na Porto, prova essa, que ganhou.

Como viria para a quinta próxima de Vila Real, Veiga, e impulsionado pelo Irmão, Casimiro de Oliveira, adquire um BMW, para nas férias participar no Circuito de Vila Real.  

Inscreve-se na categoria Sport, e ao BMW 315, é-lhe atribuído nº 38.  Iniciada a prova, faz-se à pista agora asfaltada, naquela que foi a sua estreia em circuitos. Ainda foi primeiro, enquanto Manuel Carlos Agrelos de S. Mamede de Riba Tua efectua a volta mais rápida, abandonando pouco depois. No final, é segundo e o vencedor foi Adolfo Ferreirinha num Ford V 8-18.

  

Foto incluída no Livro de Carlos Guerra, Circuito de Vila Real 1931 1973


publicado por dinis às 23:41
link do post | comentar | favorito
Sábado, 29 de Setembro de 2012

Circuito de Vial Real Categoria Sport

Circuito de Vial Real Categoria Sport 

vila real 42_n.jpgQuando a equipa Adler veio a Vila Real

 

 


publicado por dinis às 01:25
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 5 de Outubro de 2011

Cartaz 5º Circuito de vila Real 1936

5º Circuito de Vila Real 1936 Sport

 


21 Junho prova para automóveis de categoria sport

 


Em O Volante de Maio

“As corridas de Vila Real

Como temos noticiado, realiza-se no próximo mês de Junho, no Domingo 21 a corrida de automóveis no do circuito de Vila Real. Essa corrida de velocidade, embora não possa ter , ao contrario do que os seus organizadores desejavam, característica de internacional, estará  aberta a corredores estrangeiros, pelo que deve constituir, não só pela provável representação de alguns dos bens corredores dos outros países, como também pela participação dos melhores volantes nacionais, a maior prova do género que , até hoje, se tem realizado em Portugal. Isso faz-nos prever que o seu êxito será completo. (…).

  (…) A reparação, ou melhor, o melhoramento da pavimentação do percurso está quasi concluído, podendo afirmar-se que pela sua perfeição fica em condições de sustentar comparação com o que de melhor existe lá fora.

Mas os organizadores desejando fazer das provas de Vila Real um verdadeiro “meeting” dos desportos mecânicos, não se limitam a realizar apenas as corridas de velocidade do dia 21. No sábado.20, terá lugar uma corrida de motos, patrocinada pelo Moto Club de Portugal, e no dia 22, segunda-feira, uma outra corrida para automóveis, de sport, que permitirá por á prova, numa competição interessantíssima, os recursos dos carros e condutores desta categoria (…)”.

 

 

 

 


publicado por dinis às 23:41
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 4 de Fevereiro de 2010

Adler Rennlimousine Competition - 5º parte

 

 

3º modelo sobrevivente

 

 

 

Adler Stromliniencoupe

A ideia de que somente teriam sobrevivido dois automóveis de competição Adler foi agora alterada com o aparecimento de um outro carro.

A descoberta deste Adler inspirou nos fãs da história do automóvel uma sensação semelhante á descoberta de uma pintura de um Picasso num sótão empoeirado, ou a achado de um esqueleto de dinossauro completamente preservado.

Este automóvel é uma testemunha silenciosa da história de um clássico portador dos inúmeros vestígios do seu passado, preservados até aos nossos dias.

Mas o que é que de espectacular este veículo representa?

Uma carroçaria aerodinâmica.

Naquela época, a fábrica Adler, procurava com diversas tentativas o reconhecimento internacional.

A ideia de um coupé aerodinâmico para as corridas de turismo baseado no Adler Trumpf, partiu de um projecto de Barão Reinhard von Koenig-Fachsenfeld, de implementar os estudos aerodinâmicos  de Paul Jaray.

O director da Adler-Werke, Erwin Kleyer autoriza então a construção de seis coupés de corrida.

Em  Bad Cannstatt, perto de Stuttgart a carroçaria foi feita em alumínio e aplicada sobre uma estrutura de aço tubular.

Visto de perfil, a secção de baixo é similar á de uma asa, enquanto visto de cima tem uma forma de uma gota. O teto encurvado flete para a frente e as pequenas janelas curvas lembram o cockpit de um avião.

Os Adler Renncoupés foram aprovados para a estrada

Cinco dos seis carros produzidos, foram equipados com motores de  1,5 - ou 1,7 - litros e comprovados em corridas no logo no início. O primeiro sucesso teria sido em Vila Real na prova de carros de sport, e depois nas 24 hora de Spa para carros de turismo, em 1936,onde ocuparam os três primeiros lugares.

Um novo  sucesso para a Adler em 1937onde ganhou obteve em Le Mans o 1º e 2º lugar da categoria de dois litros um segundo lugar para o sexto lugar geral.

Mas o que era aplicado por Huschke von nos cupês de corridas Hanstein agora temos diante de nós?

O fato é que todos os carros foram "aprovados para a estrada", disse Gerd Heinz Schott do Veteran Eagle Motor Club.

Agora, apesar de sabermos o número do chassis deste modelo, necessitamos de uma ajuda na sua “identificação ", ela não funciona devido à falta de testemunhos para elaborar uma melhor identificação, lamenta o arquivista do clube, Apesar de uma investigação intensiva, a história do carro, apresenta algumas lacunas.

A pintura encontrada sugere um dos quatros veículos utilizados em exemplares brancos. A frente acabou por receber uma entrada de ar menor, como o que foi feito em1939 no carro usado na corrida. Este modelo possui um motor de dois litros conforme indica a placa do compartimento do motor.

O que aconteceu durante e imediatamente após a guerra com o carro, permanece incerto. Em qualquer caso, o Adler chegou numa data desconhecida em os E.U onde um tal Joe Gertler o levou o para a garagem de Gertler Raceway em Bronx. Em que estado estava o Adler, quando o comprou, infelizmente, não poderemos saber. Em qualquer caso, perdeu os faróis e outras pintadas de azul, enquanto se prevê um telhado azul. Ele consertou os pára-choques dianteiro e traseiro, com algumas peças ainda disponíveis.

Em 1953, foi publicado na revista especializada Motor Trend um artigo sobre Gertler e seu 'Adler'.

O seu restauro, inicialmente tão promissor, perdeu-se e a partir dai nada mais mudou, até ser matriculado em 1951 como PV 67 F Nova Jersey.

Na edição de Abril de 1954, Gertler, coloca no New York Times um anúncio para venda do carro por $ 2.500.

O novo proprietário, um entusiasta de carros clássicos Andrew Adler, tomou conta dele até ao final dos anos 70. Ainda tentou, sem sucesso. encontrar ainda um outro carro para restauro.
Um americano de nome James Lynas, alegou uma vez que ser o dono do carro de Gertler e de um outro veículo.

Inegavelmente, o actual proprietário comprou o carro com o número do chassis de 167 673 há dois anos ao sobrinho do falecido Andrew Adler.

Ao contrário dos dois carros já conhecidos, com os nº 167 671 e 168 302, este apresenta-se no estado de não restaurado e é, portanto, um dos destaques da colecção Steim e pode ser admirado desde Maio de 2007 em Schramberg, na Floresta Negra.

Aliás, informações para colmatar lacunas na sua história será bem-vinda. Porque, infelizmente, os carros não podem falar .

Como disse  Bernd Woytal no seu trabalho na Motor Klassik de 20. Juni 2007


publicado por dinis às 00:20
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 2 de Fevereiro de 2010

Adler Rennlimousine Competition 4º parte

Uma versão estrada…

 

….de uma empresa que teve a ousadia de oferecer veículos de competição para venda ao público… Embora todos fossem destinados as corridas o mais provável é terem sido utilizados na estrada durante as deslocações para as provas o que aconteceu para a corrida de Vila Real conforme comprova a revista do ACP no seu número dedicado às provas vila-realenses da categoria Sport.

 

Foto de Bob Sheldon.

 

Este exemplar comprova a versalidade do Adler 1,5 litros Rennlimousine de 1937, em versão de estrada, numa imagem de 1952, em Cortina d'Ampezzo, Itália, com as chapas de matrícula da Baviera, na Alemanha. A carroçaria é ligeiramente diferente, principalmente na frente devido a colocação de novos e mais aerodinâmicos faróis, de uma grelha de menores dimensões e inclusão de pára-choques. Um rádio seria um dos acessórios mais desejados.

 

2º modelo sobrevivente

Outro modelo, este restaurado há alguns anos…


publicado por dinis às 00:17
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 1 de Fevereiro de 2010

Adler Rennlimousine Competition 3º parte

 

Os modelos sobreviventes

1º modelo sobrevivente

 

Preto, azul ou azul-escuro?

Um dos Adler Rennlimousine que poderá ter corrido em Vila Real?

 

O comentário de um antigo proprietário:

“Eu encontrei um carro de corrida antigo de Le Mans que foi o primeiro automóvel fechado para corrida em Le Mans, destinado à primeira mulher co-piloto. É um Adler Rennlimousine de 1936 feito na Alemanha. Ele era preto em 1937, quando foi conduzido por Madamme Annie Itier e Fritz Von Baron Hueske Hanstein, mais tarde motorista das SS de Hitler e depois corredor da BMW. Em 1938 ele ganhou sua classe e chegou em 7 º lugar geral. Esteve debaixo de um pinheiro em Southfield, Michigan durante anos. Eu comprei-o e percebi que não o poderia restaurar a sua estrutura de tubo de alumínio da maneira como o carro merecia e por isso o vendi a Richie Cline da  Blackhawk, que o restaurou. Mostrado em Pebble Beach, onde ele ficou em terceiro na classe de carro de corrida e depois foi vendido a um coleccionador Europeu.

 

O proprietário na década de 50 era um técnico que o trouxe para casa com ele, após a guerra. Usou-o para se deslocar em torno de Detroit durante muito tempo até ser roubado. Mais tarde, ele foi "descoberto" num posto de gasolina em Garden City na década de 70. Eu ainda tenho algumas fotos antigas dele enquanto ele estava no posto de gasolina! Depois que a polícia o trouxe de volta ao proprietário da estação de gás que o estava a tentar vender, foi colocado no quintal da casa para evitar que outras pessoas o roubassem. Eu vi-o pela primeira vez no quintal no final dos anos 70 e voltou para ele no final dos anos 80.

 

 

Adler Rennlimousine Competition Coupe

 


“Um dos três Adlers de competição então construídos, este é o único exemplar restante. Um coupê de tracção dianteira e motor 1,5-litros Adler. Os sucessos em Spa e Le Mans, fizeram manchetes em vários periódicos e estimulou a criação de outros carros de competição. Em 1938, em Le Mans foi o carro número 33, dirigido por Otto Lohr e pelo Conde Paul Von Gilleaume”.

 

ID#168302 Motor 112563

 

Este belo exemplar foi totalmente restaurado nas especificações originais, venceu um prémio do Concours d'Elegance de 1996, em Pebble Beach.

 

 

Será este o  Adler Super Trumpf Stromlinien com que Paul von Guilleaume correu em Vila Real?

 


publicado por dinis às 09:00
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

15
16
18
19
20

21
23
24
25
26
27

28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O Pai Natal já passou…

. Adler Trumpf Rennlimousin...

. BMW 315, o mais antigo de...

. Prova da Categoria Sport

. 1936 Circuito Internacion...

. Circuito de Vial Real Cat...

. Cartaz 5º Circuito de vil...

. Adler Rennlimousine Compe...

. Adler Rennlimousine Compe...

. Adler Rennlimousine Compe...

. Adler Rennlimousine Compe...

. Adler Rennlimousine Compe...

. Manoel de Oliveira 101 an...

.arquivos

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs
RSS