Sábado, 14 de Agosto de 2021

Matra Fórmula 2 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Matra Fórmula 2 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

298ª – Matra F2 Norev

A única miniatura de um carro de Formula 2 à época

O carro usa o Bleu de France, a cor nacional de corrida da França, nas com o nº 5 não encontrei nenhuma foto ou referencia.

 Modelo real

A Fórmula foi iniciada em 1948 e é considerada como uma categoria de acesso à Fórmula 1,

O Campeonato Europeu de Fórmula 2 ocorreu entre 1967 e 74 nela participavam pilotos com o objetivo de competir na Fórmula 1, quer por pilotos de Fórmula 1 que desejam praticar. Mas, para evitar o seu domínio, o sistema de classificação determinava que os pilotos de Fórmula 1 e os recentes campeões da Fórmula 2 não podiam pontuar no campeonato Europeu de Fórmula 2.

Através da sua divisão esportiva, Matra Sports a Matra participou na Fórmula 3 e um grande sucesso nas corridas de F2, especialmente com o carro monocoque MS5, vencendo os campeonatos francês e europeu.

O Matra MS 5 foi desenvolvido para F 3, mas participou do campeonato de F 2 e foi usado na Fórmula 1 no Grande Prémio da Alemanha em 1966 e se classificaram entre os Formula 2 em 1ºJean Pierre Beltoise.  2º Helmuth Hahne e 3º Jo Schlesser. Jacky Ickx tambem participo

No ano seguinte alguns voltaram novamente ao Grande Prémio da Alemanha agora com uma grelha a seguir para carros de Formula 2 e a Matra participou com dois carros para Jo Schlesser.

Jack Ickx em Matra Ford também participou juntamente com outros Fórmula 2 taiscomo Pedro Rodrigues F2 2 S. Moser em Brabham F2 e G Miter em Lotus Ford de F2.

.O Matra MS7

Ken Tyrrell, o chefe da equipe de Fórmula 2, impressionado com o desempenho do Cosworth DFV na temporada de 1967 e convenceu Matra a construir um carro com este motor.

Em 1967, Jacky Ickx surpreendeu na corrida de F1 ao registrar o terceiro tempo de qualificação mais rápido, 8:14 "em  Nürburgring onde o Matra MS7 F2 de 1600cc, foi autorizado a entrar ao lado dos carros de F1 de 3000cc. Na corrida, não terminou por ter partido a suspensão.

 Nessa época a Matra foi campeã por três vezes.

Em 1967 com Jacky Ickx, em 1968 Jean-Pierre Beltoise e em 1969 com Johnny Servoz-Gavin

Um Matra da Formula 2 foi adaptado á Fórmula 1 por Kem Tyrrel até que em 1968 apresentou o MS 10 com um motor Ford para Jackie Stewart que tinha deixado a BRM e Jean-Pierre Beltoise, eram os pilotos da marca debutante

IMG_20210814_182042.jpg

IMG_20210814_182110.jpg

IMG_20210814_182230.jpg

Miniatura

Motor e interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plásticos iguais aos modelos desta época no fabricante.

Fabricante Norev

Série Metal

Referencia nº 601

Material – zamac

Material da placa de base – metal

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e também em blister.

País – França

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 22:55
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 12 de Agosto de 2021

Opel Rekord - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Opel Rekord - Um olhar sobre as minhas miniaturas

296ª – Opel Rekord A Norev

Modelo real

Opel Rekord A 1700 duas e quatro portas Coupe 1963-1965

O Opel Rekord A sucedeu ao Rekord P II como uma continuação com umas carrocerias completamente novas desenhadas no Michigan e não em Rüsselsheim, e inspiradas no Chevy II

O Rekord combinava uma carroçaria moderna e elegante com uma gama de motores que pouco tinham mudado desde 1937.

Alguns extras foram disponibilizados, travões de disco a frente com duplo circuito e caixa de quatro velocidades com o selector no chão em vez do selector no volante. Uma caixa de velocidades automática e uma de três velocidades semiautomática também eram opções.

Na Alemanha o seu preço era entre os DM 6,830 a 9,370; freios a disco dianteiros: + DM 200, quatro velocidades com mudança de piso: + DM 180. 885.292 unidades. Em números muito limitados, Karl Deutsch do Colônia vendeu uma versão conversível com motor 1700 S ou 2600 a  DM 11.765 e 13.060

O coupé foi baseado no design norte-americano do sedan tinha um perfil mais elegante, foi o trabalho da equipa de desenvolvimento alemã da Opel e montado na linha de produção de Rüsselsheim em conjunto com a Sedan e a CarAVan.

O Rekord A coupé serviu de base a conversões descapotáveis para construtores de carrocerias como a Autenreith produzido até 1964 e, posteriormente, por Karl Deutsch. Essa abordagem os tornou muito mais caros do que os outros carros da linha, e a conversão cabriolet não foi oferecida com o motor menor de 1.488 cc. Muito poucos cabriolés Rekord A foram vendidos.

Depois de Março de 1964 o motor L-6 com 2605cc, com seis cilindros em linha e 100cv era uma nova opção mas este motor também não era novo pois era baseado no Super 6 de 1937. Para o motor caber dentro do compartimento do motor foi necessário remover o radiador frontal e colocar um radiador de lado.

Este seria também o primeiro carro de passageiros Opel a funcionar com 12V.

Devido ao peso do motor e a falta de direcção assistida era difícil de conduzir.

De Março de 1963 a Agosto de 1965 foram construídos 887304..

IMG_20210812_175706.jpg

IMG_20210812_175717.jpg

IMG_20210812_180018.jpg

IMG_20210812_180058.jpg

IMG_20210812_180126.jpg

Miniatura

Abre as portas, porta-malas e levanta o capô para ver o motor.

Os bancos são rebatíveis.

Motor e interior detalhado

Com suspensão.

As rodas têm pneus de borracha de acordo com as originais.

Fabricante Norev

Série Metal

Referencia nº 803

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está carrvada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - França

Anos de fabrico  a

 

 

 

 


publicado por dinis às 23:50
link do post | comentar | favorito
Sábado, 3 de Julho de 2021

Matra MS 670B curto - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Matra MS 670B curto - Um olhar sobre as minhas miniaturas

256ª – Matra Simca MS 670B curto Norev

A Matra estava imbatível mas a Norev nem tanto.

Modelo real

Matra Ms 670 curto foi o vencedor de Le Mans

https://manueldinis.blogs.sapo.pt/matra-ms-670-curto-vencedor-de-le-mans-1223387

 e o Longo o segundo em 1972

https://manueldinis.blogs.sapo.pt/matra-simca-670-longue-le-mans-72-1223802

era a gora a vez da Norev de nos apresentar o 679B

https://manueldinis.blogs.sapo.pt/matra-ms-670b-longo-um-olhar-sobre-as-1244711

e agora fui buscar o longo, este também não se parece com o real .

Lembra um pouco o dos 1000kms de Spa-Francorchamps na Bélgica a 6 de Maio de 1973. Com Henri Pescarolo // Gerard Larrousse / Chris Amon, Matra-Simca MS670B,  Chris Amon / Graham Hill / Henri Pescarolo, Matra-Simca MS670B, ou então o da publicidade quando foi campeão do Mundo de Marcas.

IMG_20210703_191145.jpg

IMG_20210703_191227.jpg

IMG_20210703_191238.jpg

IMG_20210703_220937.jpg

Modificação na miniatura

Rodas do Matra da Solido

Miniatura

Os decalques são muto inventados e pouco se parecem com os originais.

Levanta as portas.

Motor e interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas têm pneus de borracha

Fabricante Norev

Série Jet-Car

Referencia nº 832

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está acravada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - França

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 22:42
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 2 de Julho de 2021

Matra MS 670B longo - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Matra MS 670B longo - Um olhar sobre as minhas miniaturas

255ª – Matra Simca MS 670B longo Norev

A Matra estava imbatível a Norev nem tanto.

Modelo real

Matra Ms 670 curto foi o vencedor de Le Mans

https://manueldinis.blogs.sapo.pt/matra-ms-670-curto-vencedor-de-le-mans-1223387

 e o Longo o segundo em 1972

https://manueldinis.blogs.sapo.pt/matra-simca-670-longue-le-mans-72-1223802

era a gora a vez da Norev de nos apresentar o 679B

uma vez que a Matra voltou a vencer em 1973 e foi terceira o mesmo acontecendo em 1974 repetindo a mesma sequencia.

Em Le Mans 1974 estiveram três 670B e a novidade o 680 para Beltoise e Jarrier.  

Modificação na miniatura

Rodas do Matra da Solido

IMG_20210702_192355.jpg

IMG_20210702_190809.jpg

IMG_20210702_190817.jpg

IMG_20210702_190834.jpg

IMG_20210702_191024.jpg

IMG_20210702_191100.jpg

Miniatura

Os decalques são muto inventados e pouco se parecem com os originais.

Levanta as portas.

Motor e interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas têm pneus de borracha

Fabricante Norev

Série Jet-Car

Referencia nº 833

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está acravada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - França

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 22:34
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 1 de Julho de 2021

Ligier JS2 Norev - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Ligier JS2 Norev - Um olhar sobre as minhas miniaturas

254ª – Ligier JS2 Norev

Um protótipo que queria ser um GT, uma homenagem Jo Schlesser

Modelo real

Guy Ligier e seu amigo Jo Schlesser conversaram sobre a construção de um carro para superou deficiências dos carros que dirigiam. Para eles, o carro deve primeiro ser projetado para a corrida e só depois adaptado para a estrada.

Após a morte de Schlesser, e do seu acidente no Grande Prémio da Alemanha em 1968 de Guy Ligier abandona as corridas e fundou a Automobiles Ligier no intuito de construir uma viatura polivalente aliando as qualidades desportivas à possibilidade de uma utilização corrente.

MichelTétu, um antigo da CD trata do chassis enquanto Pietro Frua para a carroceria e coadjuvados também por Jean Bernardet.

O primeiro o JS1foi apresentado no Salão de Paris em 1969 em homenagem ao seu amigo.

O primeiro JS1 nos testes preliminares das 24 Horas de Le Mans em abril em nas 24 heures du Mans 1970 o protótipo Ligier JS1 #50 pilotado por  Guy Ligier  e Jean-Claude Andruet abandona à 8º hora.

O segundo chassi trocou o motor Cosworth FVA por um 1800cc FVC desenvolvendo 235 cavalos de potência.

Quatro exemplares foram fabricados e disputaram numerosas provas em 1970 com mecânicas do Ford Taunus 20 M ou o Ford Cosworth FVA.

Em Outubro de 1970 surge o segundo modelo, o JS2, com uma arquitectura semelhante aos protótipos JS1. O chassis foi aligeirado e mais resistente constituído por uma célula central em Klegecel (espuma plástica colocada entre duas folhas de alumínio). A carrocaria compacta e  é feita em poliéster estratificado. O modelo de produção apresentado na primavera possui para choques e dos novos luzes traseiras do coupé Peugeot 504. A grande inovação é a introdução do motor do Citroen SM em deterimento do Ford. Inicialmente previsto.

O modelo foi produzido entre 1971 e 1975

IMG_20210701_174147.jpg

IMG_20210701_163311.jpg

IMG_20210701_163323.jpg

IMG_20210701_163332.jpg

IMG_20210701_190452.jpg

Miniatura

Abre as portas.

interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante

Série

Referencia nº

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - França

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 23:11
link do post | comentar | favorito
Domingo, 27 de Junho de 2021

Alfa Romeo Montreal - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Alfa Romeo Montreal - Um olhar sobre as minhas miniaturas

250ª – Alfa Romeo Montreal Norev

Um dos poucos carros conceito dos anos 60 que viram realidade na produção.

 Modelo real

No Salão de Genebra de 1970 foi apresentado o Montreal. um coupé desportivo da Alfa Romeo.

A Alfa Romeo foi escolhida pelos organizadores da Exposição Mundial para apresentar um carro exclusivo do evento, mostrando o que de melhor em tecnologia de automóvel.

Orazio Satta Puliga e Giuseppe Busso para criar o carro utilizaram a estrutura do Giulia Sprint GT, de 1963, e o desenho ficou a cargo da Bertone, com o designer Marcello Gandini.

A Exposição Mundial de 1967 realizou-se na cidade canadiana de Montreal, estando inicialmente prevista para Moscovo, para comemorar os 50 anos da União Soviética, mas, em 1962 os soviéticos mudaram de ideias, emergindo de imediato a candidatura da cidade de Montreal,

A Expo 67 abriu a 28 de abril de 1967, com 90 pavilhões.

A parte principal do recinto era na ilha de Santa Helena e na Ilha de Notre Dame. Em 1975 a área da Ilha de Notre Dame foi reconstruída para acolher os Jogos Olímpicos de 1976

Um evento notável da Expo 67 foi o Festival Mundial do Entretenimento, com ópera, ballet e teatro, orquestras, grupos de jazz, grupos musicais pop canadianos e outros eventos culturais.

O Alfa Romeo foi uma grande atracção e fez grande sensação durante a Expo 67

Mais de 50 milhões de pessoas visitaram a exposição, estabelecendo o recorde de assistência de uma Exposição Mundial, que ainda não foi batido.

Os protótipos regressaram à fábrica e foram arrumados. No entanto, a repercussão foi tão grande que iniciaram-se os estudos para o lançamento de um modelo desportivo, e o modelo final foi apresentado no Salão de Genebra de 1970, agora com o nome oficial de Montreal.

 

Poucas mudanças houve entre os protótipos e modelo lançado. O motor V8 do Tipo 33 do Stradale foi mantido, mas as cilindradas aumentaram de 2 para 2,6L.

O Montreal era mais caro que os seus concorrentes, e as primeiras 672 unidades somente foram entregues em 1972. A crise energética do ano seguinte, determinou o fraco sucesso do carro, e somente 3.925 unidades saíram da fábrica de Arese entre 1972 e 1977.

IMG_4343.JPG

IMG_4345.JPG

IMG_4348.JPG

IMG_4350.JPG

Miniatura

Abre as portas.

Interior detalhado

Com suspensão.

As rodas são de plásticos iguais aos modelos desta época no fabricante.

Fabricante Norev

Série Jer Car metal

Referencia nº 816

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está cravada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País – França  

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 14:58
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 25 de Junho de 2021

Peugeot 104 Zs Rallye - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Peugeot 104 Zs Rallye - Um olhar sobre as minhas miniaturas

248ª – Peugeot 104 ZS rallye Norev transformado

O Peugeot 104 começou a ser comercializado em 1972 e era uma das mais pequenas berlinas de quatro portas e construído sob licença por outras marcas como a Talbot e a Citroën.

Várias versões foram então propostas, mas são as desportivas, Zs as mais nervosas e também as mais procuradas.

Modelo real

Peugeot 104 ZS Kit Rallye

Gérard Allégret, chefe do departamento de corridas da Peugeot inscreve um cupê ZS preparado para Gr.2 com uma potência de 110cv para testar as suas capacidades na Ronde de la Giraglia, na Córsega, este 104 “Rally” vai dar as primeiras voltas com o finlandês Timo Mäkinen ao volante mas abandonoua

No Salão Automóvel de Genebra de 1976 a Peugeot  apresenta um  kit adaptável e homologado para estrada, inspirado no ZS com elementos específicos da carroceria, bem como jantes de liga leve largas, alargamentos do para-choque em plástico e um motor de 85 cavalos de potência.

O kit foi comercializado no Outono e era composto por duas partes: o kit do motor que inclui um colector de admissão específico, uma cabeça de cilindro com quatro entradas separadas, dois carburadores Solex 35 de cano duplo, uma árvore de cames e molas de válvula reforçadas. Depois de preparado, o 1124cc oferece 80cv (ou 85 dependendo da fonte) a 6200 rpm, permitindo atingir 165 km / h contra 156 do ZS normal. Os 400 m DA são percorridos em 18 segundos e os quilômetros DA em 34,4 segundos. A segunda parte é composta por um kit de carroceria, composto por um para-choque dianteiro com spoiler integrado, quatro para-lamas largos e um para-choque traseiro, todos em poliéster. Além dos componentes da carroceria, há aros Amil largos que permitem a instalação de pneus Goodyear "Eagle Touring" em 175/70 x13.

Um Peugeot 104 ZS kit "Rallye" encontra-se no Museu de l'Aventure Peugeot

Modificação na miniatura

A miniatura foi cortada ao meio  e alargada com barro plástico.

A pintura foi feita integralmente á mão.

IMG_20211011_135124.jpg

IMG_20211011_135138.jpg

IMG_20211011_135152.jpg

IMG_20211011_135252.jpg

Miniatura

Abres as portas.

Os bancos são rebatíveis.

Interior detalhado

Sem suspensão.

Fabricante  Norev

Série Metal Jet car

Referencia nº 826

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País -

Anos de fabrico  a

 

 

 

 


publicado por dinis às 19:16
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 23 de Junho de 2021

Alfa Romeo T33/2 cauda longa - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Alfa Romeo T33/2 cauda longa - Um olhar sobre as minhas miniaturas

246ª – Alfa Romeo T 33/2 cauda longa Norev

Inicialmente com uma cor invulgar, mas que com o passar do tempo está em dois tons.

Esta miniatura foi um presente enviado de França por uma francesa que por cá esteve a passar férias.

Modelo real

O desenvolvimento do Type 33 iniciou-se em 1967 por intermedio da Autodelta,

Em 1968, surgiu o modelo 33/2, e na primeira corrida uma vitória nas 24 Horas de Daytona na classe para protótipos até 2 litros, com Udo Schütz/Nino Vaccarella em 5º lugar na classificação geral, atras dos três Porsche 907 oficiais e um Mustang da Shelby Racing pilotado por Titus  e Bucknum.

Os outros Alfa Romeo foram 6º com Andretti / Bianchi e o de Casoni / Biscaldi / Zeccoli foi 7º

Nos testes pré Le Mans mostram a nova versão longtail e a seção elevada do telhado foi modificada para ser mais alta que a versão anterior.

A 6 a 7 de abril de 1968 no Teste em Le Mans uma nova a introdução de flaps no final da cauda.

Nos 1000 km de Nürburgring, estreou a primeira versão da 33/2 com motor de 2,5 litros, para Udo Schütz/Lucien Bianchi, que terminaram em 7º lugar.

E em Sarthe, na edição das 24 Horas de Le Mans excepcionalmente adiadas para o fim de Setembro, os três T33/2 inscritos chegaram em quarto, quinto e sexto, com Giunti/Galli formando a melhor dupla da Autodelta na ocasião.

Voltam a Le Mans em 1969, a 14 e 15 de Junho, onde os cauda longa do Team VDS são utilizados porGustave Gosselin/ Claude Bougoignie nº 38 e o nº36 para Teddy Pilette / Rob Slotemaker abandonam 8º hora e 5º hora respectivamente.

De seguida o  Racing Team VDS vem a Vila Real e agora com os nº 19 para Gustave Gosselin /Claude Bougoignie, e nº 18 Teddy Pilette /  Rob Slotemaker, utilizam a carroçaria normal.

Aqui os resultados também não são animadores, o Nº 19 tem um acidente e o 18 não se classifica.

Modificação na miniatura

Rodas Alfa Romeo da 3J

IMG_4281.JPG

IMG_4283 (1).JPG

IMG_4284.JPG

IMG_4287.JPG

Miniatura

Abre as portas, não no mesmo sentido, levanta o capô para ver o motor.

Motor e interior detalhado

Com suspensão.

As rodas são de plástico.

Fabricante Norev 

Série Jet-car

Referencia nº 815

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está cravada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - França

Anos de fabrico 1968 a

 


publicado por dinis às 23:15
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 15 de Junho de 2021

Chevron B 23 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Chevron B 23 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

238ª – Chevron B 23 Norev

Finalmente um Chevron em miniatura de um dos muitos protótipos que vinham a Vila Real e onde, na Electro Auto Ideal do Pinhão que agora tem lá e pela primeira vez os Norev.

Modelo real

Em Le Mans no ano de 1973, o Chevron B23 de Pierre Maublanc – Robert Mieusset utilizou um motor Schnitzer BMW e abandonou à 9ª hora devido aos problemas desenvolvidos no motor durante a corrida.

Os três Chevron abandonaram os outros dois que viriam a Vila Real também abandonaram.

A Schnitzer na Alemanha desenvolveu e começou a vender a sua própria Válvula M10 desenvolvida com base em motor 2 L disponível para o público para 1973 em 2 versões básicas: A versão 1 com Carboidratos para Rally Spec BMW e a versão 2 com Injeção de combustível para F2 ou Corrida de Carros Desportivos.

A própria BMW para 1974 o usou no seu novo motor para carro desportivo M12/ 7 F2 & 2 L começaram a filtrar-se em uso privado em 1974-Há uma maneira fácil de dizer qual dos 2 motores é qual o IF

Um olhar para o B23, a furo da entrada de ar de indução dos motores está no lado esquerdo do piloto LHS - Se tivesse sido equipado com o M12/ 7, o furo de ar para indução de motor teria estado nos conductor RHS

IMG_4174.JPG

IMG_4175.JPG

IMG_4176.JPG

IMG_4177.JPG

Miniatura

Uma miniatura patrocinada pela Norev

Abre o capô traseiro para ver o motor.

Motor e interior detalhado

Com suspensão.

As rodas são de plástico e pouco de acordo com as originais.

Fabricante Norev

Série Jet car Metal

Referencia nº 834

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está cravada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - França

Anos de fabrico 1973 a

 

 

 


publicado por dinis às 23:52
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2024

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

13
15
16
17
18

19
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Peugeot 304 - Um olhar so...

. Ferrari 312 PB - Um olhar...

. Porsche Carrera 6 - Um ol...

. Lola T 292 - Um olhar sob...

. Renault 16 Táxi radio - U...

. Renault 15- Um olhar sobr...

. Dino - Um olhar sobre as ...

. De Tomaso Pantera- Um olh...

. Porsche Carrera RSR - Um ...

. Lancia Stratos - Um olhar...

. Matra Fórmula 2 - Um olha...

. Opel Rekord - Um olhar so...

. Matra MS 670B curto - Um ...

. Matra MS 670B longo - Um ...

. Ligier JS2 Norev - Um olh...

. Alfa Romeo Montreal - Um ...

. Peugeot 104 Zs Rallye - U...

. Alfa Romeo T33/2 cauda lo...

. Chevron B 23 - Um olhar s...

.arquivos

. Maio 2024

. Abril 2024

. Março 2024

. Fevereiro 2024

. Janeiro 2024

. Dezembro 2023

. Novembro 2023

. Outubro 2023

. Setembro 2023

. Agosto 2023

. Julho 2023

. Junho 2023

. Maio 2023

. Abril 2023

. Março 2023

. Fevereiro 2023

. Janeiro 2023

. Dezembro 2022

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Julho 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs
RSS
Em destaque no SAPO Blogs
pub