Sexta-feira, 13 de Março de 2015

1968 Chevron B8 James Tangye e Chris Smith

1968 Chevron B8 James Tangye e Chris Smith

 

Um dos mais belos carros de corrida é certamente o Chevron B8 construído pela Chevron Cars, entre 1968 e 1970, em apenas 44 exemplares e equipados com vários motores, sendo o mais popular o 2 litros da BMW.

O chassis DBE71 foi fornecido novo para Paul Vestey que o estreou no Daily Express Trophy em Silverstone em Março de 1969. O carro, em seguida, passou a ser utilizado por James Tangye da  Worcester Racing Association  entre Julho de 1969 e Setembro de 1970 em corridas como Vila Real, Spa, Nurburgring, Brands Hatch, entre outos.

Posteriormente Simon Philips em 1972 e Sir Stirling Moss em 1982 também o utilizaram.

Totalmente recuperado, foi-lhe recentemente devolvida a decoração que utilizou quando correu com Paul Vestey e James Tangye.

21701_924617657571951_7751210335849543332_n.jpg

150764_924618550905195_3421315691267631741_n.jpg

10996790_924618617571855_4571348053423218140_n.jpg

11042970_924617664238617_1141851776493420511_n.jpg

11050726_924618547571862_5471827120479178600_n.jpg

11070202_924617667571950_815980171424026366_n.jpg

circuito de vila real 2014.jpg

1t3cjgu1cj.jpg

126fp3kjy5.jpg

mxap6scxjk.jpg

ra7fvcafbw.jpg

tdkclrxs3k.jpg

xhmvl5k2tk.jpg

Esteve em Vila Real em:

1969 com os ingleses James Tangye e Chris Smith foi 9º mas, em 1970 James Tangye  não se classificou.

Paul Vestey coreu em 1969 mas, com um Porsche 911 S acompanhado por Peter Sadler

in:

http://www.motorsportmagazine.com/cars-for-sale/details-of-1968-chevron-b8-.htm?id=y9a5zjk2xg

 


publicado por dinis às 00:11
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 22 de Setembro de 2014

Histórico Ford GT 40 # 1022, Carlos Gaspar, Luís Fernandes e Carlos Santos e Diogo Ferrão

Histórico Ford GT 40 # 1022, Carlos Gaspar, Luís Fernandes e Carlos Santos e Diogo Ferrão

 

Depois de o ver em Vila Real, tive uma agradável surpresa ao saber da sua vitória na Bélgica.

Nas pistas internacionais, um fantástico carro nacional, outrora pilotado por Carlos Gaspar, Carlos Santos e Luís Fernandes e agora por Diogo Ferrão em conjunto com Martin Stretton foram os vencedores das 6 Horas de Spa/Francorchamps.

In:

https://www.facebook.com/diogoferraoracing?fref=ts

 

Viajante eterno voltou a Portugal depois de ter andado nos anos setenta por Inglaterra, nos anos oitenta e em seguida nos Estados Unidos.

Depois de o ter adquirido em 1965, Nick Cuthbert revende o Ford GT 40 # 1022 a Carlos Gaspar que o utilizou no Campeonato Nacional de Velocidade em 1968.

Umas listas brancas sobre a cor vermelha tornam-no facilmente identificável com as cores nacionais e as cores do piloto.

A estreia foi na Granja do Marquês, onde abandona, mas é em Vila Real, na única prova internacional em que participa nesse ano e que termina no quarto atrás de Paul Hawkins também em GT 40. No final do ano sagrou-se Campeão Nacional de GT e Desporto depois de no ano anterior ter sido Campeão Nacional na categoria de Turismo.

No ano seguinte e agora com as cores do Team Palma, é utilizado por Luís Fernandes e Carlos Santos que voltam a Vila Real para as 6 horas, onde para surpresa geral, alcança a “pole position” abandonado logo de seguida na 4ª volta.

Em 1970, Luís Fernandes volta a Vila Real desta vez para os “500 Km de Vila Real” onde ocupa o 14º lugar na gelha de partida, mas abandona novamente na 11ª volta.

 

 

Já em 1970 nas 24 Horas de Le Mans Clássicas de 2010,estavam inscritos 10 Ford GT 40, vários Porsche 917, entre outras raridades de várias equipas nacionais:

 

-Miguel Pais do Amaral Porsche 917

-Manuel e Pedro Melo Breyner  AC Cobra

-Manuel Ferrão /Diogo Ferrão, Ford GT 40

-Carlos Barbosa /Pedro Lamy /Miguel Barbosa , Jaguar E

-Carlos Barbot /Baker , Lola T 70.   


publicado por dinis às 22:43
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 16 de Setembro de 2014

Lotus Elan Racing Team Palma

Lotus Elan Racing Team Palma

Um carro histórico que foi pilotado por:

Ernesto Neves 

Mário Araújo Cabral

Francisco Santos

Manuel Atsoc 1969/

Pinheiro Santos Silva 

Vasco Pinto Basto 

O Lotus Elan S 3 com as cores do Team Palma, foi pilotado em Vila Real por Ernesto Neves,1967 e 1968 e Manuel Atsoc, 1969 e 1970 e com e Vasco Pinto Basto em 1969.

E agora por Manuel Ferrão e Diogo Ferrão o maior colecionador de automóveis nacionais, sempre em provas desportivas.

Reapareceu no GP do Porto em 2005, pilotado por Manuel Ferrão.

Voltou a Vila Real em 2007 onde não foi bem-sucedido

 

Voltou a Vila do Conde no:

Circuito Vila do Conde Revival 2010 Padock parte 1

http://manueldinis.blogs.sapo.pt/57307.html

 

Circuito Vila do Conde Revival 2010 Históricos Revival Parte 2

 

 

1967http://manueldinis.blogs.sapo.pt/tag/revival+vila+do+conde

 


publicado por dinis às 14:14
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 23 de Agosto de 2013

O Lola T-70 MK3 B visto nas 6 Horas de Vila Real de 1969

Em Amelia Island o Lola T-70 MK3 B utilizado nas 6 Horas de Vila Real de 1969

Lola, uma das marcas mais vitoriosas em Vila Real, e o Lola T-70 MK3 B (# SL 149), utilizado nas 6 Horas de Vila Real de 1969 por Mike d'Udy e Frank Gardner, agora em Amelia Island, restaurado e com a cor com que esteve na prova vila-realense, na decoração de eleição do milionário piloto sul-africano.

Um pormenor salta à vista, a ausência dos dois periscópios, utilizados para refrescar o habitáculo, como se dizia na altura.

 

Aquela cor era inconfundível, verde sabonete, vista pela primeira vez em 1967, no Lola T 70 Mk 3 de Mike Grace d` Udy, cativou os presentes, quer pela pureza e beleza das linhas, mas também pela velocidade e consequente superioridade demonstrada, ainda sem os famosos periscópos.

 

Em 1968, regressa com um carro actualizado e com uns curiosos periscópios que certamente o auxiliaram na vitória. 

 

 

 No ano seguinte, d`Udy, volta para as 6 Horas de Vila Real pela terceira e última vez e com um novo modelo, e é desta vez que os periscópios o vão acompanhar até ao 2º lugar da geral, a duas voltas dos vencedores. O colega de equipa, Frank Gardner fez a volta mais rápida em 2, 28,90s a uma média de 167,427 K m/h

 

2011 Rolex Monterey Motorsports Reunion

 

http://www.supercars.net/Gallery?cmd=viewCarGallery&carID=4978&pgID=1

 

É este o exemplar que agora podemos apreciar novamente, na sua cor original.

 

 

SL76/149

Delivered 7th March 1969 to Michael Grace de Udy/Robin Ormes (Bahamas Racing).
Wet sump Bartz Chevrolet 5 liter engine. Gearbox no: LG600-182. Light green.

1969
04/4: Guards International Trophy, Snetterton, RAC Gr. 4 Championship, round 2: Frank Gardner. DNS (suspension failure in practice).
07/4: Thruxton, RAC Gr. 4 Championship, round 3. F. Gardner whilst leading, DNF (clutch).
01/6: Nurburgring 1000 km: Mike de Udy/F. Gardner, #59; DNA.
06/6: Vila Real, Portugal: Frank Gardner; 2nd. (Set lap record of 104 mph.)
13/7: W.D. & H.O. Wills Trophy, Croft: Frank Gardner; 2nd in 1st heat. DNF in 2nd heat (out of fuel whilst leading).
10/8: Thruxton: F. Gardner, #1; 2nd.
18/8: Oulton Park: F. Gardner; 1st.
08/11: Rand Daily Mail 9 hours, Kyalami: F. Gardner/M. de Udy; 2nd.
23/11: Cape International 3 hours, Killarney: M. de Udy/F. Gardner; 1st.
1/12: Lourenco Marques 3 hours: M. de Udy/F. Gardner, #7; 1st.
13/12: Roy Hesketh 3 Hours, Pietermaritzburg: M. de Udy; DNF (differential).

1970
21/3Sebring 12 hours: M. de Udy/M. Hailwood; DNF after one lap (brakes).
Possibly:
12/4: BOAC 500, Brands Hatch: M. de Udy/F. Gardner, #7; DNF with broken camshaft. Fitted Bartz tuned Chevrolet. (This MAY have been SL76/138.)
July: Leased to Solar Productions for the film “Le Mans”.

1971
04/4: Brands Hatch 1000Kms: R. Allen/T. Trimmer/T. Stock, #5; DNQ.
09/5: Spa-Francorchamps 1000Kms: R. Ormes/T. Stock, #30; DNA.
24/7: Watkins Glen 6 Hours: R. Orme/B. Brown/B. Bondurant, #60; DNF (stuck throttle).

Sold to Rod Leach of “Nostalgia'”.
Sold to Joel Finn.
1986: Sold to Terry Jones of Cerritos, California. $18,000.00.
Totally restored with re-skinned tub by Jim Chapman. 5.7 liter engine built by Dennis Fischer.
1990: Sold to Reginald Howell, USA.
1993. Sold to Bob Akin, raced extensively in historic events.
1999: Sold to John Littlewood.
2001: For sale due to acquisition of Spice GTP car.
2003: Symbolic Car Company (Frank Gallogly).
2003: Sold to Robert Sherrard, Australia.
2008: Sold to present owner, America.


publicado por dinis às 01:33
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 6 de Agosto de 2013

É pena não ser de Vila Real, mas pode vir a ser…

É pena não ser de Vila Real, mas pode vir a ser…

 

Costin Nathan em miniatura

Em tempos, a Spark apresentou um Costin Nathan, reproduzindo o modelo de  Le Mans 1967, para o qual  foi inicialmente projectado, onde foi inscrito pelo Roger Nathan Racing e pilotado pelo seu criador e por Mike Beckwith. 

Posteriormente também foi feita a versão de Nurburgring.

Mas este modelo diferia muito do modelo que esteve na capital transmontana e a sua transformação era bastante complicada..

 

Anos mais tarde, foi a vez da Ebbro apresentar um movo modelo em resina, London Racing Car Show de 1969 e uma versão em verde, mas o problema da traseira continuava.

 

Este bonito protótipo foi redesenhado, e agora com a traseira correcta, poderá facilmente servir de base para vir a representar o Nathan que correu em Vila Real no ano de 1969, pilotado por Batista dos Santos.

A nova miniatura, e como erradamente a base indica, “Targa Florio 1970”, onde não correu, representa sim a prova do ano anterior, a 53º edição, pilotado por Markey/Martin/Hunter, a 4 de Maio de 1969.

Nos 1000 km Nürburgring, utilizou um motor Ford 1300c.c. e Anderstorp foi a prova que antecedeu o Circuito de Vila Real.

É este o modelo que vai servir para realizar a miniatura que correu em Vila Real, como é natural, uma vez que não deverá ser comercializada a versão que percorreu a pista vila-realense, na minha juventude.

Mãos à obra, vamos lá…, uma homenagem a Batista dos Santos.


publicado por dinis às 23:32
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 28 de Março de 2013

As 6 Horas de Vila Real 1969

As 6 Horas de Vila Real  1969

 

No parque fechado do Jardim da Carreira lá estava o pequeno protótipo que iria ser pilotado por John Markey e José Baptista dos Santos e que na lista de inscritos aparecia como Nathan 1600, certamente um erro de impressão.

14739284_zpihI.jpeg

14739295_Vg7qs.jpeg

 "Junto do Ginetta Climax nº27 de Jeremy Richardson/Bernard Farthing, o rapazinho de óculos à direita c'est moi Carlos Batista dos Santos".

vila real 37_n.jpgO Ferrari Dino 206 S (ex-Tony Dean) de Alain de Cadenet e Mike Walton 

15554380_0rTtA.jpeg

Os treinos de sexta-feira foram livres e no sábado conseguiu um lugar na 9º fila ao lado do Ford GT 40 de William Green /Johnny Blades com 2, 58.61s., Manuel Atsoc /Pinto Bastos Lotus Elan S 2.em 3.4,77s  e  John Markey/ José Batista dos Santos /G. Konig  com 3,11.23s.

 

vila real 5_n.jpg

 

vila real19_n.jpgO Porsche 908/2 da equipa David Piper - Chris Craft de Alain de Cadnet

vila real 44_n.jpg

circuito vila real9_n.jpg

inicio da prova.jpeg

 Início da prova

circuito vila real 65.jpeg

Aí vão, após a partida, à direita o Nathan quase ao lado do Ford GT 40 do britânico William Green /Johnny Blades, seguido do Porsche 911de Américo Nunes/Evaristo Saraiva, segue o Lotus Elan de Manuel “Atsoc”.Costa / Pinto Bastos e dois Chevron B 8.

"John abusou do excelente vinho (uma paixão, dizia ele), e na manhã da prova a dor de cabeça não ajudava nada.

O transtorno era tal, que engoliu primeiro o alka seltzer antes de beder a àgua.

Foi no entanto ele quem partiu, para largar o volante na volta seguinte;

Depois, cerca de meia hora de voo no levíssimo carrito de madeira (só 300 kg) empurrado pelo motor 1000 do IMP.

Em seguida, sem travões (vinham-se degradando), imobilizámo-nos para o resto da prova, tentando recuperar a frágil mecânica.

Já para o final, o John ainda voltou à pista só para cruzar a meta sobre rodas."

vila real48_n.jpg

vila real 7.jpeg

Foto Alberto Correia

O  Brabham BT 8 Climax de Peter Crossley / Richard Shardlow  seguido do Costin Nathan de John Markley/ Batista dos Santos / Gabriel Konig e o Porsche 911 T de Paul Vestley / Peter Sadler.

 Ao fim de 26 voltas o Costin Nathan abandona… e com ele o fim de um belo sonho..

vila real8663_n.jpg 

vila real 3_n.jpgManuel Nogueira Pinto/ João Andrade Vilar.

vila real 155_n (1).jpg

vila real aaa.jpg

vila real 69_n.jpg

 

1969421_n.jpgO Alfa Romeo 33 de Taf Gosselin- Claude Bourgoignie  a fazer companhia ao carro de Joaquim Filipe Nogueira

vila real 58_n.jpg

vila real 2_n (1).jpg

vila real 32923_n.jpg

 

Fotos

Alberto Correia

Autosport

ACP

Livro das Corridas

 

 


publicado por dinis às 22:26
link do post | comentar | favorito
Sábado, 16 de Março de 2013

O fim de um belo sonho...

O fim de um belo sonho...

 

O Costin Nathan nasceu de um projecto para o piloto Roger Nathan utilizar em 1966 época em que  em seis provas,  ganhou na sua classe  cinco vezes e foi segundo uma vez , em Outubro vence a “Coupes du salon à Montlhery ”  R Nathan bate o Abarth oficial de Ortner na corrida de GT e Sport Protótipo, menos de 1150c.c,..

 

O Costin-Nathan GT é um pequeno protótipo cuja construção foi iniciada em 1965, é o fruto da experiencia do projectista Frank Costin, irmão de Mike Costin (pai da Cosworth) que durante a 2ª Guerra Mundial se especializou na construção de planadores em madeira, Horsa e contraplacado de madeira.

 

Apresentado no Racing Car Show de 1967, o coupé foi baseado no Costin Nathan aberto, está dotado de uma carroçaria feita inteiramente em de fibra de vidro, que o torna aerodinamicamente muito elegante. Foi projectado especialmente para Le Mans, onde inscrito pelo Roger Nathan Racing, e pilotado pelo seu criador e por Mike Beckwith, teve de abandonar ao fim de 15 voltas, com problemas eléctricos. Ainda efectuou mais algumas provas do mundial de marcas, mas o seu pequeno motor (preparado pela Roger Nathan racing )  é que não se manifestou adequado.

Frank Costin abandona o projecto e dedica-se a um outro. o  Astra. Roger Nathan prossegue o projecto e ainda pensa na possibilidade de o equipar com um motor BMW 2000.

A primeira versão era aberta e depois também se construiu uma com capota (GT) para Roger Nathan correr as 24 Horas de Le Mans.
Até à separação os dois sócios construiram 6 spyders e 6 GT; depois Nathan produziu mais 18 GT, nunca conseguindo a homologação em Grande Turismo.

 

Em 1968 Charles Graemiger esteve inscrito para a prova de Vila Real com um Costin Imp, mas no dia da prova não compareceu.

No ano seguinte, na 53° edição do Targa Florio, um circuito com um perímetro de 71.9 km, o Costin-Nathan GT - Hillman Imp pilotado por John Markey (GB)/Terry Hunter (GB) e Dominique Martin (CH) não terminam  devido a uma ligeira saída de estrada na 6º volta.  

Em seguida a 1 de Junho, nos 1000 km Nürburgring faz equipa com Clydesdale, agora com um motor Ford Cosworth 1300,mas retira-se ao fim de percorrer por duas vezes os 22.835 kms. agora com problemas de motor.

No final do mês na Suécia, em Anderstorp, o carro do Falken Racing é agora 4º, em Protótipos até 2000, a quatro voltas do vencedor.

Uma semana depois está em Vila Real e para alegria de Batista dos Santos poder concretizar um sonho …numa prova de seis horas.

No parque fechado do Jardim da Carreira lá estava o pequeno protótipo que iria ser pilotado por John Markey e José Baptista dos Santos e que na lista de inscritos aparecia como Nathan 1600, certamente um erro de impressão.

"Junto do Ginetta Climax nº27 de Jeremy Richardson/Bernard Farthing, o rapazinho de óculos à direita c'est moi Carlos Batista dos Santos".

 

Os treinos de sexta-feira foram livres e no sábado conseguiu um lugar na 9º fila ao lado do Ford GT 40 de William Green /Johnny Blades com 2, 58.61s., Manuel Atsoc /Pinto Bastos Lotus Elan S 2.em 3.4,77s  e  John Markey/ José Batista dos Santos /G. Konig  com 3,11.23s.

 

vila real97_n.jpg

 Início da prova 

 

Aí vão, após a partida, à direita o Nathan quase ao lado do Ford GT 40 do britânico William Green /Johnny Blades, seguido do Porsche 911de Américo Nunes/Evaristo Saraiva, segue o Lotus Elan de Manuel “Atsoc”.Costa / Pinto Bastos e dois Chevron B 8. 

"John abusou do excelente vinho (uma paixão, dizia ele), e na manhã da prova a dor de cabeça não ajudava nada.

O transtorno era tal, que engoliu primeiro o alka seltzer antes de beder a àgua.

Foi no entanto ele quem partiu, para largar o volante na volta seguinte;

Depois, cerca de meia hora de voo no levíssimo carrito de madeira (só 300 kg) empurrado pelo motor 1000 do IMP.

Em seguida, sem travões (vinham-se degradando), imobilizámo-nos para o resto da prova, tentando recuperar a frágil mecânica.

Já para o final, o John ainda voltou à pista só para cruzar a meta sobre rodas."

 

 

Foto Alberto Correia 

O  Brabham BT 8 Climax de Peter Crossley / Richard Shardlow  seguido do Costin Nathan de John Markley/ Batista dos Santos / Gabriel Konig e o Porsche 911 T de Paul Vestley / Peter Sadler.

 

Ao fim de 26 voltas o Costin Nathan abandona… e com ele o fim de um belo sonho...

 

Fotos incluídas na sua página pessoal de Carlos Batista dos Santos https://www.facebook.com/cbsantos?fref=ts


publicado por dinis às 23:40
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 5 de Março de 2013

Porsche Carrera 6 ou 906 #126 Aurora Porsche 2000

 

Porsche Carrera 6 ou 906 #126 Aurora Porsche 2000

 

Um dos mais belos modelos da Porsche vistos em Vila Real, na minha juventude, embora já muito desactualizados, ainda foram estrelas no campeonato nacional e um Campeão Nacional de Velocidade em 1972.

O Porsche Carrera 6, com o chassis # 126 percorreu as várias pistas internacionais com as cores da “Ecurie Basilisk” em 1966. O seu proprietário Hans Khunis e Heini Walter percorreram as pistas internacionais intercalando com algumas provas de rampa, onde também foi um sério candidato à vitória na classe até dois litros. Em 1967 Richard Broström também o usou até que foi adquirido em 1969 por Manuel Nogueira Pinto (Campeão Nacional Turismo Especial e Desporto Protótipos) e João Posser de Andrade Villar, e que em conjunto com o de Carlos Santos e depois de Vila Real, se juntou o de Joaquim Filipe Nogueira para animar o nosso campeonato nacional de velocidade na categoria Grande Turismo e Desporto.

Manuel Nogueira Pinto, João Posser de Andrade Villar, Álvaro Parente e Carlos Santos foram os seus orgulhosos volantes.

A estreia aconteceu em Jarama no dia 27 de Abril, onde Andrade Villar foi 2º da geral à média de 116,833Km/h, depois do Ford GT40 de José Maria Juncadella.

A vez de Manuel Nogueira Pinto estrear o 906 foi no Grande Prémio do ACP, na Granja do Marquês onde terminou em segundo, depois de uma boa luta com o vencedor, Ernesto Neves no Lotus 47.

Pintado de branco e vermelho os seus proprietários Nogueira Pinto e Andrade Villar participaram nas 6 horas de Vila Real no Porsche Carrera 6, onde conseguiram nos treinos a 11ª posição na grelha de partida e no final um 7º lugar e ser a melhor equipa portuguesa em prova.

Nas 3 Horas da Granja do Marquês, a 20 de Julho, o melhor tempo foi o de Nogueira Pinto 1.43.81, seguido de Carlos Santos em igual carro (1. 44.30)  e de Max Wilson / Mac Daghorn  em Lola T 70 BRM MK III - SL73/113. Uma má partida e problemas com os apoios do motor obrigam-no a abandonar, o mesmo acontecendo aos dois únicos pilotos estrangeiros presentes, sendo Carlos Santos o vencedor. 

Novamente na Granja do Marquês decorreu o  II Grande Prémio do A. C. P onde Manuel Nogueira Pinto, foi o vencedor ao fim de 40 voltas, Carlos Santos (Lotus Elan) foi segundo com 36 v e  Américo Nunes (Porsche 911) o terceiro.

10700685_748979585173524_4104313790142759035_o.jpg

150097_748979645173518_5650935221602259287_n.jpgPáginas da Revista Noticia 

(foto de E.Baião)

1452582_827583200626263_5293298689665118006_n.jpg 

No Circuito Palanca Negra, em Luanda, realizado a 21 de Dezembro e após a largada escalonada em função dos números atribuídos pela organização, Andrade Villar com o nº 16 e saído da 4 linha de partida, tenta ultrapassar os mais lentos, inesperadamente provoca uma tragédia junto dos espectadores com várias vítimas mortais, destrói por completo o Porsche do qual também acaba por ser mais uma vítima mortal algum tempo mais tarde.    

Posteriormente adquirido por Carlos Santos e Eduardo Santos o carro foi reconstruido na garagem Aurora de uma maneira artesanal e com uma carroçaria inspirado nos carros de Sport da época.

Uma tarefa engenhosa onde a arte, o engenho, criatividade e a perseverança estiveram sempre presentes no propósito de o recuperar novamente para as corridas, aquilo que segundo as fotos parecia irrecuperável.

Em Julho de 1973, Robert Giannone veio a Vila Real estrear o novo protótipo onde foi inscrito como Porsche 2000, modelo que posteriormente ficou conhecido como Aurora Porsche Spyder.

Durante os três dias de prova e alguns acertos, conseguiu o 18º lugar nos treinos oficiais, mas na prova abandonou após 19 voltas, enquanto o carro “irmão” de Miguel Lacerda (Aurora #133) conseguiu um honroso 10º lugar.

Ainda nesse ano e em Outubro, Robert Giannone consegue a primeira vitória absoluta do Aurora Porsche Spyder, agora com uma nova traseira mais envolvente, tipo Chevron B 21, ao fazer os 5.000 metros da subida do Monte Farinha em Mondim de Basto em 3.06.16. Mário Gonçalves em Austin 1275 GT (3.12.43) e Francisco Fino em Datsun 1200 Coupé (3.15.59) foram segundos e terceiros respectivamente.

Em 1974 e durante a revolução, o Aurora Porsche foi a Angola para o Circuito das Festas do Mar em Moçâmedes, onde Giannone abandonou.

No Estoril e durante o I Circuito Nacional do ACP, em Junho 1975, o Porsche Aurora surge com novos desenvolvimentos visíveis, um novo aileron, aletas na dianteira e está pintado de amarelo e verde. O vencedor foi Carlos Santos GRD S 73,  Giannone é segundo e “Lumaro” também em GRD, é terceiro.

Nova decoração no circuito de Vila do Conde agora de branco vermelho e azul,  a corrida dos grupos 2,3,4e5 e naturalmente a prova principal.  Gianonne fez o melhor tempo 1. 74,06 seguido por Santos 1. 04,76  e “Lumaro” 1. 04,91. No final e depois de uma corrida bem disputada o Aurora Porsche terminou em 3º lugar, Santos foi primeiro e “Lumaro” o segundo.

No Circuito da Costa de Lisboa, em 1976 na prova de Fórmula Livre para carros dos grupos 6 e 8, Álvaro Parente estreava-se no Aurora Porsche, Carlos Santos no GRD S 73 e António Oliveira em Lotus Seven os únicos presentes enquanto no grupo 8 estavam quatro Fórmula Ford entre eles o Lotus Ford de Robert Gianonne e três Fórmula V. Álvaro Parente arranca muito bem, mas no final da recta já esta em segundo depois de uma rápida adaptação ao carismático bólide, onde Carlos Santos averba nova vitória.

No Circuito de Verão, no Estoril, em Agosto de 1977, Carlos Santos na prova de Formula Livre (Grupos 6 e 8) inicia os treinos, alcança 2.2,53s e de seguida abandona com problemas no motor, a partir deste daqui, o original bólide é esquecido naquela que deve ser a melhor evolução do Porsche Carrera 6.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Imagens: Bonhams

 

Afinal, já chegou, e percorreu o Circuito Vasco Sameiro no primeiro fim-de-semana de Março.de 2013 

 

Imagem gentilmente cedida por António Carvalheira 

 


publicado por dinis às 23:56
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 11 de Dezembro de 2011

XVI Circuito de Vila Real 6 Horas

 

XVI CIRCUITO INTERNACIONAL 1969 "6 HORAS DE VILA REAL”

Grupos 3 - Grande Turismo, 4 - Sport e 6 - Protótipos

 

Extracto do regulamento.

“(…)DESCRIPTION OF THE EVENT

ART. 2 - The event IS composed by following four races

A)     «6 HOURS OF VILA REAL»

(Cup XVI Circuito Internacional de Vila Real)

For a division composed of

Group 3 – Grand Touring Cars

Group 4 – Sport Cars

Group 6 – Prototype – Sports Cars

This race has the duration of six hours: the cars this division will be distributed into the following claas, according to their cylinder capacity:

Class 1 - cylinder- capacity inferior or equal to 1.600 c.c.  

Class 2 - cylinder- capacity exceeding 1.600 c.c. and inferior or equal to 2,000 c.c.

Class 3 - cylinder- capacity exceeding 2.000 c.c. (…)”

 


publicado por dinis às 23:54
link do post | comentar | favorito
Sábado, 10 de Dezembro de 2011

16º Circuito Internacional de Vila Real

XVI CIRCUITO INTERNACIONAL 1969

"6 HORAS DE VILA REAL

Com a colaboração do ACP

5-6 de Julho

1969

Regulamento

6 HOURS OF VILA REAL

XVI International Circuit of Vila Real

Regulations

Description of the event

ART. 1 – The Permanent Organizing Committee of the International Circuit of Vila Real with the collaboration of the Automobile Club of Portugal organizes on 4th,5th and 6th of July 1969 an International Sporting event on the circuit, according to the rules of the International Sporting Code, the Portuguese Drivers Speed Championship Regulations ( only for the Portuguese drivers) and the present regulations. This event is patronizes by the Governo Civil de Vila Real, the Câmara Municipal de Vila real, the Comissão Regional de Turismo da Serra do Marão, the Automobile Club of Portugal and the Portuguese Press, Radio and Television.(...)"

 


publicado por dinis às 23:27
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Chris Craft na sua passag...

. 1968 Chevron B8 Lord Angu...

. Alfa Romeo T33 Team VDS

. 85 anos do primeiro pilot...

.  Chevron J.C.Bamford de  ...

. Porsche Carrera 6 Améric...

. Lotus Elan de John Miles ...

. Lord Angus Clydesdale - A...

. Não era amarelo mas sim c...

. Ginetta G16 em Oulton Par...

. Vencedor nas 6 horas de V...

. 6 Horas de Vila Real de 1...

. Porsche Carrera 6

. British Racing Prototype ...

. My particular Alfa-Romeo ...

. Axel r Chevron B 8 John H...

. Kit Resina Axel'r Chevron...

. Chevron B8 JCB Escavators

. Miniaturas de Vila Real M...

. Racing Team V.D.S.

. 1968 Chevron B8 James Tan...

. Histórico Ford GT 40 # 10...

. Lotus Elan Racing Team Pa...

. O Lola T-70 MK3 B visto n...

. É pena não ser de Vila Re...

. As 6 Horas de Vila Real 1...

. O fim de um belo sonho...

. Porsche Carrera 6 ou 906 ...

. XVI Circuito de Vila Real...

. 16º Circuito Internaciona...

. Porsche 906 Grip "Janita"...

. Porsche 908 Spyder Grip D...

. Três preciosidades das 6 ...

.arquivos

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs
RSS
Em destaque no SAPO Blogs
pub