Sexta-feira, 10 de Dezembro de 2010

1º de Dezembro

Mais um 1º de Dezembro


Vila Real era a única cidade do distrito com direito a ter um Liceu até ao 7º ano, o Liceu Nacional de Vila Real, agora Camilo Castelo Branco, como antigamente.

O ensino era misto, mas os recreios estavam separados. Já dispunha de aquecimento central mas quando funcionava aquecia pouco. Nos tempos livres frequentávamos os cafés, depois de almoço, ao fim da tarde e depois de jantar. A Pompeia, a Gomes, a Rosas e por vezes a Brasileira, eram os principais lugares de encontro e também os preferidos principalmente pelas raparigas para convívio e até para estudo…

Tradicionalmente durante o mês de Novembro, preparava-se a festa, uma acalmia à nossa vida estudantil e uma manifestação de emancipação e rebeldia, enfim, era a festa dos estudantes.

A festa do 1ºde Dezembro, remonta aos primeiros anos do Liceu era o encerrar das festividades e o programa era sempre o mesmo.

cortejo

baile

teatro


No final, a ceia servia para reunir os amigos.


É bom recordar um pouco desses tempos em que era necessário arranjar as carnes galináceas para o banquete.

Com alguma antecedência faziam-se os preparativos para a ceia, nomeadamente arranjar as ditas cujas galinhas que era o prato principal.


Então aí vão alguns episódios…


Uma noite, ao passar junto da Ourivesaria Ferreira, encontrava-me a falar com o agente da autoridade, quando um estudante debaixo da capa levava escondida uma galinha, meia atordoada. De seguida, um outro faz quá, quá e é revistado, enquanto sorrateiramente o primeiro se afasta perante a complacência do agente de autoridade, que nunca esqueceu o sucedido.

De vez em quando e principalmente durante esta época, avivava-me muitas vezes a memória, dizendo:

- Onde está a galinha?!.

Qual galinha … era um pato a pedir socorro.


A tradicional noitada era complementada com o vagabundear pelas ruas da cidade, durante o resto da noite, até á madrugada do dia seguinte, onde muitos ainda regressavam a casa para descansar um pouco, mas outros eram obrigados pelos pais e professores a regressar às aulas do dia.


Nessa noite, em frente ao Lar e depois de nos apercebermos que por detrás da vidraça havia meninas a observar-nos, um destemido, salta para dentro da taça, sobe para junto da Maria da Fonte, abraça-a e enche-a de beijinhos. A emoção era tanta que nem o bronze gelado o fez desistir.

Uma outra vez, um agente da autoridade ao ver um a “verter as águas” diz-lhe:

- Amigo, quer que o ajude a apertar o fecho das calças.

Ao lado um colega diz:

- Há dois anos e na mesma situação tive de pagar 30$50.

Uma fortuna para a época e muito mais para quem ainda andava a estudar.


Os locais onde foram realizadas as ceias foram variando conforme os grupos, locais e interesses do momento.

Iniciado nos anos 80, há um grupo que ainda se mantém unido e cumpre a tradição, apesar de ter antecipado a ceia, por motivos profissionais para o último dia de Novembro.


Como sempre a nossa ceia foi uma vez mais um momento para recordar as aventuras e desventuras de outrora.


Com as ceias realizadas em casa de um dos elementos, iniciou-se o desenrolar de um rol de estórias daqueles tempos e que fomos contando noite fora...


Antes de mais, era necessário arranjar os inocentes animais e nada melhor do que nas imediações, onde por acaso até havia uns galinheiros com alguns espécimes bem nutridos e onde ninguém desconfiava.

Arranjadas as galinhas , foi necessário voltar lá outra vez pois aquelas não chegavam para os convivas.

O impacto foi grande e o medo da descoberta invadia mesmo os mais destemidos que a todo o momento esperam as possíveis represálias.


Um ano tivemos de levar de casa a loiça e o talher para a ceia. O local era grande e agora era o animal escolhido era o cabrito criteriosamente escolhido e com um peso a rondar os 3 a 4 kg.

Depois de devidamente temperados pela mãe de um amigo, foi assado na padaria e transportado para dito salão. No final e como um dos convivas não queria lavar a louça, um dos (mais idiotas) desculpem quero dizer imaginativo, atirou com o prato contra a parede, imitado em seguida pelos restantes, desejosos de se libertarem de tal tarefa o que obrigou a uma limpeza mais profunda do salão, aquando da entrega das respectivas chaves.


Certa noite, um nosso amigo resolveu iniciar uma sessão de striptease, uma coisa muito vulgar a altas horas da noite, principalmente quando o álcool atingia a sua força máxima. Tudo normal até quando o “artista”  se lembrou de baixar um pouco mais a cueca, gesto imediatamente aproveitado por um observador que o marcou com um ferro em brasa, tirado oportunamente da lareira.


A cave da prima de um dos elementos, também serviu para a deglutição de mais uma ceia, onde um famoso e veterano pescador foi batido em conversa por um principiante nas lides ribeirinhas.


Ainda no ano passado e mostrando a pujança actual, depois da ceia, de uns jogos de cartas e após a despedida de outros que entretanto tinham regressado a casa, já madrugada, convida os restantes parceiros para o acompanhar a casa e beber mais umas pingas do tal “especial”.

Ao chegar a casa e perante tal algazarra, a esposa, delicadamente diz:


- Fazei pouco barulho… está tudo a dormir e o menino também.

O menino, já homem, diz;

Chu… chuiu,  Pai  …isto são horas de vir para casa.

-Está bem, desculpai, eu não trago mais ninguém para casa.


E a reunião continuou até o dia raiar…

 

Até para o ano, na mesma data, hora e local.

 

 


publicado por dinis às 23:58
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Rallyspirit Altronix 2019...

. Rallyspirit Altronix 2019...

. A ler a Topos & Clássicos...

. Rallyspirit Altronix 2019...

. Rallyspirit Altronix 2019...

. Rallyspirit Altronix 2019...

. Rallyspirit Altronix 2019

. 122º Encontro de Clássico...

. Motos, motos e mais motos

. Pedro Alves e Alexandre A...

. Race of Japan

. WTCR eSports última corri...

. VW a electrificar os seus...

. 51º Circuito Internaciona...

.  BMW M1 Spa Francorchamps...

. Rally de Portugal Históri...

. Rally de Portugal Históri...

. Rally de Portugal Históri...

. 121º Encontro de Clássico...

. 121º Encontro de Clássico...

. Auto Clássico Porto 2019 ...

. Auto Clássico Porto 2019 ...

. Auto Clássico Porto 2019 ...

. Auto Clássico Porto 2019

. Oliveira Cup Vila Real 20...

. Oliveira Cup Vila Real 20...

. Oliveira Cup Vila Real 20...

. 50 anos 914 Leiria parte ...

. 50 anos 914 Leiria parte ...

. 50 anos 914 Leiria parte ...

. 50 anos 914 Leiria

. Ferrari 250 LM e BMW 2800...

. Caramulo Motorfestival 20...

. Caramulo Motorfestival 20...

. Parabéns Sir Stirling Mos...

. Parabéns Sir Stirling Mos...

. Caramulo Motorfestival 20...

. Caramulo Motorfestival 20...

. Caramulo Motorfestival 20...

. Caramulo Motorfestival 20...

. Caramulo Motorfestival 20...

. 120º Encontro de Clássico...

. Caramulo Motorfestival 20...

. Caramulo Motorfestival 20...

. Mário Gonçalves na sua pa...

. Caramulo Motorfestival 20...

. NSU de Sanz de Madrid em ...

. 120º Encontro de Clássico...

. 120º Encontro de Clássico...

. 60 Anos de Mini...

.arquivos

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs
RSS