Terça-feira, 28 de Fevereiro de 2023

Bugatti Royale 41 Kellner - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Bugatti Royale 41 Kellner - Um olhar sobre as minhas miniaturas

806ª – Bugatti Royale Kellner Coupe Aurora Models

Bugatti Royale type 41 Kellner Coupe châssis N° 41141 esteve na II Exposição de Miniaturas do CAVR na Garagem S. Cristóvão de 11 a 17 de Julho de 1988

Modelo real

O Bugatti Royale, como o nome indica, foi projetado exclusivamente para famílias reais, mas como estavam desaparecendo do mapa em toda a Europa, nenhum Royale foi vendido às famílias reais, provavelmente devido ao fato de ser duas vezes mais caro do que Rolls-Royce na época,

Somente 3 dos 6 dos 6 Royal foram vendidos enquanto os três restantes foram escondidos até o final da Segunda Guerra Mundial.

O quinto carro fabricado, chamado Kellner, que detém o recorde do carro Royale mais valioso, teve uma história estranha.

Em 1931, depois de ter vendido um exemplar ao rico cirurgião chamado Josef Fuchs, e Esders, Ettore Bugatti contratou o melhor construtor de carruagens de Paris, Kellner, para projetar uma grande carroceria de limusine para o chassi 41 141 um impressionante sedan de duas portas e quatro lugares para acomodar confortavelmente 4 passageiros e foi originalmente exibido no Olympia Motor Show de 1932 em Londres por 6,500£. mais do dobro de um Rolls Royce. Tinha um comprimento de cerca de 6 metros e um peso de cerca de 3 toneladas, atingiu um máximo de 160 km / h com uma transmissão manual de três velocidades.

Escondido na propriedade de Ettore Bugatti durante a Segunda Guerra Mundial, e utilizado por Ebé Bugatti foi vendida ao piloto americano Briggs Cunningham em 1950, juntamente com outro modelo Royale, o Berline de Voyage, enquanto o terceiro Bugatti o cupê de Napoleão, continuou na sua posse por mais algum tempo.

Os carros foram para os Estados Unidos em Janeiro de 1951, depois de Briggs Cunningham, ter entregue FR ₣ 200000 (US $ 571 US) mais dois novos refrigeradores elétricos Frigidaire da General Motors, indisponíveis na França do pós-guerra, numa época com o franco francês foi drasticamente desvalorizado nos anos do após a guerra.

Os custos de restauração trariam o custo total de até 1 milhão de francos, ou US $ 2.858, por carro.  

Depois de restaurado permaneceu na colecção até 1987 depois de ter sido utilizado frequentemente pelo seu proprietário.

IMG_20230309_141456.jpg

IMG_20230309_141501.jpg

IMG_20230309_141524.jpg

IMG_20230309_141530.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de resina de acordo com as originais.

Fabricante Aurora Models

Série numerada 178

Referencia nº  preço 10.000$00

Material – resina

Material da placa de base – resina

A base está acolada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão.

País – Switzerland

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 18:39
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 27 de Fevereiro de 2023

Monteverdi Hai 450 SS - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Monteverdi Hai 450 SS - Um olhar sobre as minhas miniaturas

805ª – Monteverdi Hai 450 SS Auto Pilen

O Monteverdi Hai 450 SS esteve na II Exposição de Miniaturas do CAVR na Garagem S. Cristóvão de 11 a 17 de Julho de 1988

Modelo real

O piloto e concessionário da BMW, Peter Monteverdi, já tinha fabricado o MBM, uma viatura de sport e competição. Abandonando a construção, vira a importador da Ferrari para o mercado suíço e em 1967 funda a Monteverdi para produzir automóveis desportivos na suíça, o assim os suíços ganharam um construtor de automóveis.

O Monteverdi Hight Speed 375S, 375 C, 375L e 375/4 foram disponibilizados ao publico equipados com um Motor Chrysler V8 de 72000cc.

O protótipo do Monteverdi Hai 450 SS, era um desportivo que nunca passou da fase de protótipo, foi apresentado ao público no Salão de Genebra de 1970, pintado na cor magenta, designada de Purple Smoke. A carroçaria desenhada por Trevor Fiore, da Carrozzeria Fissore, onde a própria Monteverdi detinha 50% da empresa. O nome significa tubarão em alemão Hai, a potência do motor, 450, e a designação Super Sport, o SS.

O chassis do Monteverdi cera tubular em aço, com tubos quadrados, coberto por uma carroçaria em aço também. A suspensão frontal é de triângulos sobrepostos e na traseira utiliza eixo De Dion com paralelo de Watt. Foi equipado com amortecedores Koni ajustáveis e para a travagem dispunha de quatro discos ventilados ATE, montados inboard na traseira.

Um segundo automóvel foi produzido, com uma maior distância entre eixos e outros pormenores diferentes, como a secção frontal, puxadores das portas, a cor vermelha e uma faixa preta na zona inferior. Este novo modelo denominado Monteverdi Hai 450 GTS, apresentado no Salão de Genebra de 1973. Estava equipado com um motor Chrysler Magnum de 7,3 litros de cilindrada.

Quando Paul Frère testou o 450SS, fez do  0-100 km/h (0–62 mph) em 6,9 segundos a uma velocidade máxima de 270,6 km/h (168 mph). s. enquanto o 450 GTs, testado pela Autozeitung, fez do 0 a 100 km/h (0-62 mph) em 5,5 segundos a uma velocidade máxima de 280 km/h (174 mph).

Construiu também vários SUV, todos eles de baixa produção, inclusivamente, foi a Monteverdi que desenvolveu o primeiro Range Rover de quatro portas, vendido sob encomenda na rede da marca. A construção de automóveis terminou em 1984 e a fábrica foi transformada no museu Monteverdi, que abriu as suas portas em 1985. Em 1992 a Monteverdi tentou renascer, mas sem sucesso.

Inicialmente estava prevista uma produção de 49 unidades, mas,  somente dois protótipos foram construídos, ao que podemos juntar anos 90, duas réplicas foram então construídas e pintadas de vermelho, uma de cada modelo, com peças que tinham sido produzidas pela Monteverdi na época, e que se encontram no museu fábrica da Monteverdi, o Museu dos Transportes Suíços, em Basileia.

IMG_20230308_170539.jpg

IMG_20230308_170600.jpg

IMG_20230308_170612.jpg

IMG_20230308_170655.jpg

IMG_20230308_170714.jpg

Miniatura

Abre as portas, levanta a mala e o capô para ver o motor.

Os bancos são rebatíveis.

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas têm pneus de borracha

Fabricante Auto Pilen

Série

Referencia nº 347 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - Espanha

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 18:03
link do post | comentar | favorito (1)
Domingo, 26 de Fevereiro de 2023

161º Encontro de Clássicos Além Corgo parte 4

161º Encontro de Clássicos Além Corgo parte 4

Um vila-realenses na América, na sua visita anual …

IMG_20230205_115027.jpg

IMG_20230205_115034.jpg

IMG_20230205_115342.jpg

IMG_20230205_115443.jpg

IMG_20230205_115456.jpg

IMG_20230205_115528 (1).jpg

IMG_20230205_115538.jpg

IMG_20230205_115545.jpg

IMG_20230205_115710.jpg

IMG_20230205_115904.jpg

IMG_20230205_120037.jpg

IMG_20230205_120042.jpg

IMG_20230205_120304.jpg

IMG_20230205_120334.jpg

IMG_20230205_120501.jpg

IMG_20230205_120543.jpg

IMG_20230205_120552.jpg

IMG_20230205_121936.jpg

IMG_20230205_121946.jpg

IMG_20230205_121947.jpg

IMG_20230205_122208.jpg

IMG_20230205_122414.jpg

IMG_20230205_122427.jpg

IMG_20230205_122951.jpg

IMG_20230205_123138.jpg

IMG_20230205_124308.jpg

IMG_20230205_125952.jpg


publicado por dinis às 19:06
link do post | comentar | favorito

Bugatti Type 55 Roadster - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Bugatti Type 55 Roadster - Um olhar sobre as minhas miniaturas

804ª – Bugatti T 55 roadster Provence Moulage

Bugatti Type 55 Super Sport Roadster 1932 esteve na II Exposição de Miniaturas do CAVR na Garagem S. Cristóvão de 11 a 17 de Julho de 1988 e na exposição miniaturas Vila Real 1990 acivr Associação Comercial e Industrial de Vila Real

Modelo real

O Bugatti Type 55 é um carro desportivo uma versão de estrada do Type 51 Grand Prix.

A Bugatti, no final de 1931, anunciou o início da produção de uma versão de estrada do novo Type 55 Super Sport.

Ettore Bugatti e seu filho Jean trabalharam na sua criação onde estão presentes muitos designs antigos testados e comprovados, misturados na configuração no Type 55, o primeiro e único Bugatti de estrada a usar o motor superalimentado de 2,3 litros.

Jean desenhou uma carroceria deslumbrante para o novo modelo, um roadster que entrou para a história como uma das mais belas carrocerias onde a forma da carroceria é instantaneamente reconhecível, com as partes laterais sem portas e cortadas até os guarda-lamas, a influenciar a aparência de muitos outros depois dele. Até as rodas são surpreendentemente modernas.

O motor de 2,3 litros foi retirado do Tipo 51, mas foi instalado em um novo chassi com uma estrutura mais larga e mais forte, semelhante aos usados ​​no Tipo 45/47 de dezasseis cilindros e no Tipo 54 Grande Prêmio.

No período de produção, de 1932 a 1935, foram construídos 38 exemplares do Bugatti Type 55 Super Sport, com mais da metade no primeiro ano de produção.

Dos 38 modelos Super Sport fabricados de 1932 a 1935, 14  receberam a carroceria Jean Bugatti Roadster, dos quais três tiveram a carroceria original alterada.

Um Bugatti correspondente fica no Musee National de L'Automobile, na França, enquanto outro está no Revs Institute, na Flórida.

Projetado para clientes muito ricos, foi um verdadeiro supercarro com um peso de 800 quilos, e equipado de um motor de 2.262 cm3 e 145 cavalos de potência acelerava facilmente a 180 quilômetros por hora.

O Type 55 é movido por uma versão do motor DOHC de 8 cilindros em linha de 2,3 L (2262 cc/138 in³) do Type 51 com um supercharger do tipo Roots. Produz 130 hp (96 kW) a 5000 rpm. As diferenças em relação ao motor do Type 51 incluem a adição de uma bomba de gasolina mecânica AC acionada por árvore de cames e um supercharger modificado. A taxa de compressão também foi reduzida pelo uso de uma placa de compressão maior de 9 mm (0,3 pol.) (o Tipo 51 usava uma placa de 6 mm (0,2 pol.)).[2] A transmissão manual de 4 velocidades do carro veio do carro de turismo Tipo 49 e apresentava engrenagens de corte reto.

O carro também usava as rodas de alumínio de oito raios da Bugatti.

Modificação na miniatura

É um kit em metal e resina

IMG_20230307_142257.jpg

IMG_20230307_142300.jpg

IMG_20230307_142311.jpg

IMG_20230307_142324.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de metal e plástico de acordo com as originais.

Fabricante

Série Kit

Referencia nº preço

Material – Resina e zamac

Material da placa de base – resina

A base está colada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão

País - França

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 18:36
link do post | comentar | favorito

36º Encontro Motard Carnaval Justes 2023 parte 2

36º Encontro Motard Carnaval Justes 2023 parte 2

IMG_20230221_171527.jpg

IMG_20230221_171531.jpg

IMG_20230221_171536.jpg

IMG_20230221_171538.jpg

IMG_20230221_171546.jpg

IMG_20230221_171548.jpg

IMG_20230221_171551.jpg

IMG_20230221_171553.jpg

IMG_20230221_171555.jpg

IMG_20230221_171557.jpg

IMG_20230221_171559.jpg

IMG_20230221_171601.jpg

IMG_20230221_171605.jpg

IMG_20230221_171606.jpg

IMG_20230221_171608.jpg

IMG_20230221_171609.jpg

IMG_20230221_171611.jpg

IMG_20230221_171613.jpg

IMG_20230221_171615.jpg

IMG_20230221_171617.jpg

IMG_20230221_171623.jpg

IMG_20230221_171625.jpg

IMG_20230221_171627.jpg

 


publicado por dinis às 18:18
link do post | comentar | favorito
Sábado, 25 de Fevereiro de 2023

Um modelo Russo - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Um modelo Russo - Um olhar sobre as minhas miniaturas

803ª – Yanka TAE 13 CCCP

Em 1969 Tchaika agora Chaica,esteve na exposição miniaturas Vila Real 1990 acivr Associação Comercial e Industrial de Vila Real

Modelo real

A fabrica de automóveis de Gorki , a GAZ, (Gorkovsky Avtomobilny Zavod,,em 1932 começou a produzir os Ford americanos modelo A e depois od V8/40. Depois da guerra a Gaz desenvolveu a sua própria gama que foi que foi constituída por veículos populares, Pobjeda e depois Volga e da uma serie luxuosa e exclusiva, os ZIM e depois Tchaica .

 O Gaz 13 substituiu o Gaz 12 em 1958 e recebeu a frente actual em 1968. Pela sua classe ela encontra-se entre os Volga  e os Zil . O motor é um V8 de 5530cc 195 cv compressão 8,5, . Arvore de cames central, carburador de 4 corpos refrigerado por água. transmissão clássica e caixa automática. Peso 2000kg.

O GAZ Chaika (em russo: Ча́йка), que significa gaivota, é um automóvel de luxo da União Soviética fabricado pela GAZ (Gorkovsky Avtomobilny Zavod, o que que dizer, Fábrica de Automóveis Gorky (em russo: ГАЗ ou Го́рьковский автомоби́льный заво́д)).

GAZ Chaika tem um estilo americano com frente imponente, lembrando muito os Packard de 1955-56 num esforço dos de actualizar o modelo e lhe retirar a identidade.

O veículo está abaixo da limusine ZIL-111 e foi produzido em duas gerações, o GAZ-13 de 1959 a 1981 e o GAZ-14 de 1977 a 1988.

Após o colapso da União Soviética, esses Chaikas começaram a ser vendidos para pessoas comuns.

Nos 19 anos de produção, apenas 3.179 unidades foram fabricados o que não é surpreendente, porque Chaika tinha uma classe representativa e não se destinava à produção em massa

IMG_20230306_170708.jpg

IMG_20230306_170902.jpg

IMG_20230306_171549.jpg

IMG_20230306_171851.jpg

IMG_20230306_171941.jpg

Miniatura

Uma miniatura pela segunda ou terceira vez fora da caixa e talvez um dos que me levaram a deixar os carrinhos na caixa original.

Abre as portas e a mala,

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante CCCP

Série 

Referencia nº A15 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - Ussr

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 20:19
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 24 de Fevereiro de 2023

Renault 4L Fourgonnette  - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Renault 4L Fourgonnette  - Um olhar sobre as minhas miniaturas

802ª – Renault 4 Fourgonnette Solido

Renault 4 Solido

A Solido também escolheu este veículo, não só pelas suas qualidades intrínsecas, mas também porque era uma marca nacional.

Modelo real

Renault 4 Fourgonnette,

O Renault 4, mais conhecido como 4L, apareceu pela primeira vez em a 3 de Agosto de 1961, a carrinha que o Presidente da Renault Pierre o Dreyfus exigiu um automóvel simples, moderno, barato e funcional, capaz de atender a tudo e todos, eficaz em estradas e no campo, para substituir o 4CVdo qual herdaria boa parte da mecânica do 4CV, mas agora com tracção dianteira, O seu primeiro motor tinha quatro cilindros, caixa de três velocidades em linha e 603 cm3. A potência de 20 cv às 4.700 rpm permitia velocidade máxima de 95 km/h e um consumo médio de 15 km/l. O capô abria-se de trás para a frente e a suspensão era independente nas quatro rodas, com barras de torção em ambos os eixos.

Os Franceses fizeram dela uma lenda depois de ter sido adoptada pela polícia, Correios, as famílias sem esquecer os irmãos Marreau  que a levaram  para o Paris Dakar tornando -se um símbolo da fábrica de Seguin Island, design foi refinado e seus pára -choques reforçados

O Renault 4 Fourgonnette, substitui o Dauphinoise , o furgão do Reanult Juvaquatre é o concorrente das carrinhas Citroën 2 CV, que como este, existe em versão envidraçada com banco traseiro, ou em versão utilitária estritamente apainelada. Sem janelas traseiras, puxadores de portas e lugares traseiros.

A carrinha podia transportar 300 kg, um volume de quase 2 m3, tinha as barras de torção reforçadas para a suspensão traseira, porta traseira com vidro que se abre da direita para a esquerda a fim de facilitar o acesso à zona de carga no lado do passeio, a furgoneta oferece vantagens infindáveis! em versão envidraçada com banco traseiro, ou em versão utilitária estritamente apainelada, que podia ter uma escotilha de teto opcional chamada girafon, e se distingue-se pelo seu painel curvo móvel e amovível que se estende sobre o tejadilho e permite colocar na furgoneta objetos compridos.

Em 1976 foi substituído pela van de 400 kg, mais comprida com distância entre eixos alongada em 12 cm, carroceria mais quadrada de 2,35 m3 e para-brisa alargado em sua parte superior. Em todos os casos, o chassis é reforçado nomeadamente ao nível das barras de suspensão e do eixo traseiro que recebeu uma barra estabilizadora.

A Renault 4 furgoneta irá ajudar uma infinidade de artesãos, autoridades e grandes marcas.

IMG_20230222_195514_resize_wm.jpg

IMG_20230222_195522_resize_wm.jpg

IMG_20230222_195537_resize_wm.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico.

Fabricante Solido

Série Kit

Referencia nº 1385 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização e expositor plástico.

País - França

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 19:38
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 21 de Fevereiro de 2023

36º Encontro Motard Carnaval Justes 2023 parte 1

36º Encontro Motard Carnaval Justes 2023 parte 1

Em desfile pela cidade Motard Carnaval Justes animaram a cidade.

IMG_20230221_171407.jpg

IMG_20230221_171413.jpg

IMG_20230221_171417.jpg

IMG_20230221_171419.jpg

IMG_20230221_171421.jpg

IMG_20230221_171422.jpg

IMG_20230221_171424.jpg

IMG_20230221_171427.jpg

IMG_20230221_171429.jpg

IMG_20230221_171431.jpg

IMG_20230221_171436.jpg

IMG_20230221_171438.jpg

IMG_20230221_171442.jpg

IMG_20230221_171445.jpg

IMG_20230221_171448.jpg

IMG_20230221_171450.jpg

IMG_20230221_171453.jpg

IMG_20230221_171456.jpg

IMG_20230221_171458.jpg

IMG_20230221_171500.jpg

IMG_20230221_171504.jpg

IMG_20230221_171506.jpg

IMG_20230221_171509.jpg

IMG_20230221_171512.jpg

IMG_20230221_171517.jpg

IMG_20230221_171519.jpg

IMG_20230221_171521.jpg

IMG_20230221_171524.jpg

 


publicado por dinis às 23:09
link do post | comentar | favorito

Fiat Ritmo cabriolet  - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Fiat Ritmo cabriolet  - Um olhar sobre as minhas miniaturas

801ª – Fiat Ritmo Cougar

De Fiat Ritmo a Bertone supercabriolet

Modelo real

O Fiat Ritmo foi estilizado por Sergio Sartorelli[4] no Centro Stile da Fiat em Turim, foi apresentado no Salão Automóvel de Turim a 20 de Abril de 1978  caixa de 5 velocidades, coisa que na altura ainda era "raro" para uma viatura deste segmento, e oferecido nas carrocerias Hatchback e conversível de 3 e 5 portas, conhecido como Fiat Strada, Inglaterra, SEAT Ritmo e Nasr Ritmo Egito.

O Fiat Ritmo foi a primeira verdadeira novidade da Fiat desde o 131 de 1974 para  o 128, o compacto italiano mirou deliberadamente o Golf, que fez sucesso, mas não conseguiu igualar o sucesso.

Às versões 1.1, 1.2 e 1.5 juntou-se o diesel em 1980 e em 1981 surge o primeiro Ritmo desportivo, o 105TC, dotado de um motor Fiat DOHC de 1585 cc derivado do 131 produzindo 105 cv. Alguns meses depois, o Ritmo Abarth 125TC, era um 105TC fortemente modificado com um DOHC de 1995 cc com 125 cv, discos dianteiros ventilados, uma nova caixa de câmbio ZF, configurações de suspensão revisadas e componentes reforçados, para se posicionar perante o Volkswagen Golf

Fiat Ritmo Cabriolet Bertone

Bertone elabora o Fiat Ritmo Cabriolet, e a comercialização iniciou-se em 1982, para em 1983 ser reestilizado e dotado do motor 1.5 de 85 CV da recente versão Super 85.

Até 1985 a FIAT só vendeu cerca de 4.000 unidades do Ritmo Cabriolet, o que determinou o fim da produção apenas dois anos, quase sem beliscar o seu concorrente o Golf Cabriolet mais caro,

O Ritmo Cabriolet ressurge quando parecia seu fim. Bertone reivindicou para si a fabricação do modelo, rebatizando-o de Bertone Supercabriolet incorporando o motor da Ritmo 100 Super,1.6 litros e 105CV até ao ano de 1988 quando o último Ritmo sair da linha de produção.

Fiat Ritmo Cabrio Bertone em apenas três anos, conseguiu elevar o número de vendas acima de 14.000 unidades, contando com o que já vinha da época do FIAT Ritmo Cabriolet.

Modificação na miniatura

Umas jantes que gostaria de ter mas que o não podia fazer em virtude dos caminhos que tinha de percorrer.

IMG_20230221_142045.jpg

IMG_20230221_142111.jpg

IMG_20230221_142152.jpg

IMG_20230221_142202.jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas rápidas de plástico.

Fabricante Cougar

Série

Referencia nº 1303 – 07/80 preço

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está encaixada à carroçaria

Apresentado em cartão com expositor em plástico.

País - França

Anos de fabrico a

 


publicado por dinis às 20:07
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2023

161º Encontro de Clássicos Além Corgo parte 3

 

161º Encontro de Clássicos Além Corgo parte 3

 O movimento era uma constante e enorme numero de automóveis presentes o que não surpreende, se levarmos em linha de conta a necessidade que os clássicos têm em dar umas voltinhas.

IMG_20230205_104626.jpg

IMG_20230205_104314 (1).jpg

IMG_20230205_105004.jpg

IMG_20230205_105014.jpg

IMG_20230205_105757.jpg

IMG_20230205_105951.jpg

IMG_20230205_110006.jpg

IMG_20230205_110221.jpg

IMG_20230205_110411.jpg

IMG_20230205_110415.jpg

IMG_20230205_110513.jpg

IMG_20230205_110537.jpg

IMG_20230205_110540.jpg

IMG_20230205_110955.jpg

IMG_20230205_111708.jpg

IMG_20230205_112940.jpg

IMG_20230205_113910.jpg

IMG_20230205_114029.jpg

IMG_20230205_114048 (1).jpg

IMG_20230205_114105.jpg

IMG_20230205_114222.jpg

IMG_20230205_114224.jpg

IMG_20230205_114236.jpg

IMG_20230205_114313.jpg

IMG_20230205_114750.jpg

IMG_20230205_114902.jpg

IMG_20230205_114907.jpg

IMG_20230205_114913.jpg

IMG_20230205_114918.jpg

IMG_20230205_115010.jpg

 

 

 

 


publicado por dinis às 18:58
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2024

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9



28
29


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Mini Cooper S - Um olhar ...

. Morris Cooper S - Um olha...

. 172º Encontro de Clássico...

. Sauber Mercedes C9 - Um o...

. BMW 320 Gr 5 - Um olhar s...

. Karmann Ghia conversível ...

. Ferrari 330P4 Spyder - Um...

. Ford V8 1935 - Um olhar s...

. Chevrolet Impala Daytona ...

. 53° Circuito Internaciona...

. Chevrolet Corvette- Um ol...

. 172º Encontro de Clássico...

. Volkswagen  Karmann Ghia ...

. Messerschmitt KR 200 - Um...

. Manuel Armando 2024

. Chevrolet Lumina ou Buick...

. DKW Júnior - Um olhar sob...

. Volkswagen US Army - Um o...

. Triumph TR2 1955 - Um olh...

. Pontiac Grande Prix - Um ...

. Volkswagen Golf - Um olha...

. 172º Encontro de Clássico...

. Ferrari 125 S - Um olhar ...

. Porsche Boxster protótipo...

. Lancia Ferrari D50 um car...

. BMW E30 3 Series 325i - U...

. 1992 # 6 Ford Thunderbird...

. Renault Twingo - Um olhar...

. 172º Encontro de Clássico...

. BMW Isetta - Um olhar sob...

. Opel Kapitan - Um olhar s...

. Ferrari F1126 C4 M2 - Um ...

. Ford Mk II 1966 - Um olha...

. Ferrari 250 GT curto - Um...

. Porsche 908/2 Can Am - Um...

. 171º Encontro de Clássico...

. Ford Sierra RS Cosworth  ...

. Volkswagen 1948 Polizei -...

. BMW 850 coupé- Um olhar s...

. Opel ou Vauxhall - Um olh...

. Fiat 508 C 1100 Cabriolet...

. Ferrari P3 spider - Um ol...

. Citroën DS 19 - Um olhar ...

. Ford Fairlane Sunliner Co...

. Ferrari Special - Um olha...

. Bugatti Grand Prix - Um o...

. Peugeot 905 - Um olhar so...

. Ferrari 312 F1 1968 - Um ...

. Toyota Célica GT 4 - Um o...

. 171º Encontro de Clássico...

.arquivos

. Fevereiro 2024

. Janeiro 2024

. Dezembro 2023

. Novembro 2023

. Outubro 2023

. Setembro 2023

. Agosto 2023

. Julho 2023

. Junho 2023

. Maio 2023

. Abril 2023

. Março 2023

. Fevereiro 2023

. Janeiro 2023

. Dezembro 2022

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Julho 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs
RSS
Em destaque no SAPO Blogs
pub