Segunda-feira, 28 de Fevereiro de 2022

Bugatti T 50 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Bugatti T 50 1952 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

497ª – Bugatti T50 Rio

Um dos mais bonitos Bugatti  o T 50

 Modelo real

O Bugatti Type 50 é a versão desportiva do Type 46 com uma menor distância entre eixos, 3099 mm, e o motor de 4972 cc. com 86 por 107 mm, e duplo comando de válvulas acionando duas válvulas por cilindro. A potência foi impressionante em 225 hp mas custava quase o dobro do preço do Type 46, ambos eram oferecidos ao mesmo tempo.

O chassi de estrutura de escada simples disponibilizado em dois tamanhos a curta, conhecida como 'Sports', tinha uma distância entre eixos de 3100 mm, enquanto a 'Touring' mais longa, com distância entre eixos de 3500 mm, era conhecida como 50T.

O Bugatti Type 50 Touring era o sedam do Type 50, com a mesma distância entre eixos de 3505 mm que seu antecessor, o Type 46, mas compartilhava o motor de 5,0 L do Type 50.

O design da cabeça do cilindro foi inspirado diretamente nos motores Miller que Ettore Bugatti adquiriu para estudar no final da década de 1920 e usada pela primeira vez no Type 51 Grand Prix.

As câmaras de combustão hemisféricas de alta taxa de compressão e curso curto, permitia ao Bugatti Type 50 atingir os 200 cv., somente igualada pelo Duesenberg SJ.

Além do motor, o Type 50 também semelhante ao Type 46, com caixa de três velocidades em unidade com o eixo traseiro. A travagem foi realizada por tambores de grande diâmetro. Rodas de alumínio fundido espetaculares foram instaladas como padrão e incluíam o tambor e as aletas de refrigeração.

O Bugatti Type 50 Coupe Profilee, com o seu para-brisas bastante inclinado e uma pintura de dois tons com grande efeito do qual apenas dois exemplares foram construídos no chassis mais longo.

O estilo inconfundível de Jean Bugatti aos 32 anos, encontra-se no design aerodinâmico e nos dois tons com que eram disponibilizados durante apenas três anos, nos quais foram construídos 65 exemplares.

IMG_20220301_004449.jpg

IMG_20220301_003925.jpg

IMG_20220301_002325.jpg

IMG_20220301_002546.jpg

IMG_20220301_002950.jpg

Miniatura

Abres as portas, levanta a mala e o capô para ver o motor.

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante  Rio

Série

Referencia nº

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com vitrine acrílica.

País – Itália

Anos de fabrico  a

 

 

 

 


publicado por dinis às 23:43
link do post | comentar | favorito (1)
Domingo, 27 de Fevereiro de 2022

Benz Victoria Vis à vis 1893 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Benz Victoria Vis à vis 1893 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

496ª – Benz Victória Vis à vis Gama  

Uma relíquia com a marca Mercedes inscrita na base adquirida num sitio pouco provável Camposana..

 Modelo real

O filho de um mecânico ferroviário, Karl Benz, é um dos pioneiros do automóvel, ao construir o seu primeiro veículo motorizado de três rodas, movida por um enorme motor montado transversalmente em 1885, após vários anos de experimentação com motores a petróleo.

Nesse mesmo ano outro inventor alemão, Gottlieb Daimler, cujo nome mais tarde seria inseparável do de Benz, demonstrou seu próprio motor de combustão interna de alta rotação, instalado em uma motocicleta rudimentar.

Daimler produziu o primeiro quadriciclo funcional no ano seguinte, instalando seu motor em uma carruagem puxada por cavalos modificada, mas sem muitos dos avanços já incorporados no triciclo de Benz.

A produção Benz em 1892, estava centrada em torno de um carro de quatro rodas mais convencional e, no início do século 20, a Benz estava produzindo o popular Velocipede (bicicleta), entre outros projetos, que superou seus maiores concorrentes europeus.

O conceito de motor Benz, com um ou dois cilindros, foi licenciado para outros fabricantes, incluindo Georges Richard, Marshall and Star e Émile Roger na França. O projeto básico de Benz foi influenciar a produção automobilística por quinze anos, de 1885 a 1900, até a chegada do novo "sistema Panhard" e os motores verticais de alta rotação de De Dion-Bouton, que soaram sua sentença de morte.

Este é um dos primeiros Benz, com suas pequenas rodas dianteiras e grandes rodas traseiras e muito parecido às carruagens puxadas por cavalos. Motor de 2 cilindros e  1726 ccm, 104.8 cu-in

Karl e Bertha Benz, sua filha Clara e Fritz num Benz Victoria durante uma viagem perto de Schriesheim em 1894

IMG_20220227_143720.jpg

IMG_20220227_143744.jpg

IMG_20220227_144017.jpg

IMG_20220227_144434 (1).jpg

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas têm pneus de borracha

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante  Gama

Série

Referencia nº 974

Material – zamac

Material da placa de base – zamac

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - Alemanha

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 23:03
link do post | comentar | favorito
Sábado, 26 de Fevereiro de 2022

O 149º Encontro de Clássicos Além Corgo visto por Daniel Gouveia

O 149º Encontro de Clássicos Além Corgo visto por Daniel Gouveia

E já agora já se inscrevera no  “Passeio de Carnaval” a realizar no dia 6 de Março de 2022

 

273550413_331377272260272_4678449097832033992_n.jpg

273664822_5582651238417858_7731333371085347498_n.jpg

273491331_477785493981638_8143609584465035155_n.jpg

273517837_504654484386867_183623841576062582_n.jpg

273542588_695989534744139_1100650138040717790_n.jpg

273542589_692872885419289_8433635101566029688_n.jpg

273558695_934950790539942_7449635034240943153_n.jpg

273571135_709623640445789_4033781572636880635_n.jpg

273587004_3062620937339670_1021834746503239192_n.jpg

273599237_1000039677253554_1319922217654600847_n.jpg

273600776_951787375479926_3187353542343648800_n.jpg

273605731_1392012637919903_7623720040364317670_n.jpg

273609462_3228209927407088_7957847521048979167_n.jpg

273616206_341123811256124_2581746363536259246_n.jpg

273664822_5582651238417858_7731333371085347498_n (1).jpg

273698638_612914303146865_1747530278413617457_n.jpg

273715809_226878706240991_8409570367961683392_n.jpg

273730427_398907052001630_4402052129889923306_n.jpg

273732610_749546336015452_3704176517432568606_n.jpg

273751018_4809538099121747_352036565857928867_n.jpg

273760527_500079645166839_5286780913353129369_n.jpg

273810286_766945138025802_4282020670994402271_n.jpg

273819895_314331340712336_3081463596232314122_n.jpg

273904920_375892983883749_2115548506050148776_n.jpg

273984339_1363166387478072_6217441474946571357_n.jpg

 

 


publicado por dinis às 22:14
link do post | comentar | favorito (1)

Alfa Romeo 24 Hp Corsa 1911 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Alfa Romeo 24 Hp Corsa 1911 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

495ª – Alfa Romeo 60 Hp Corsa 1911 Brumm

Vermelho ou preto?

Entretanto o nº 5 parece ser de uma rampa em 1913 na primeira subida de Parma – Poggio di Berceto

O Alfa nº 1 aparece no livro Targa Florio 20º contury Epic e é um 24 Hp

Modelo real

No ano de 1906, o francês Alexandre Darracq, funda a SAID, Società Anonima Italiana Darracq,   com um conjunto investidores italianos, para produzir e vender os seus automóveis Darracq e a fábrica a ser construída em Nápoles, mas Darracq decidiu que Milão seria melhor, construindo a primeira fábrica em Portello.

O director Ugo Stella, solicitou a Giuseppe Merosi, o desenvolvimento de um automóvel para o mercado italiano,

Em Janeiro de 1910 a gestão da fábrica de Portello foi substituída por italianos, e somente em Junho a SIAD mudou sua denominação para ALFA.

No Outono de 1910, o primeiro protótipo do 24 HP foi concluído e testado e com com o nome "ALFA" (Società Anonima Lombarda Fabbrica Automobili).

A estreia ocorre em 1911 onde dois Alfa 24 HP com o nº 1 Nino Franchini e Giuseppe Campari e o  nº11 Ugo Ronzoni participaram da 6ª Targa Florio sem terminarem. No entanto, Nino Franchini e Giuseppe Campari, conseguiu o melhor tempo de volta.

Nicola Romeu em 1915 entra para a direcção da empresa, e em somente em 1920, a designação da marca passa para Alfa Romeo

O exemplo representado pelo modelo Brumm (assinado erroneamente 40/60HP), refere-se precisamente ao carro dirigido por Franchini em 1913.

IMG_20220226_173218.jpg

IMG_20220226_173236.jpg

IMG_20220226_173247.jpg

IMG_20220226_173602.jpg

Miniatura

Na caixa pode ler-se

Os primeiros 60 cv de la casa de Portello estrearam-se em 1911 e logo comecei a distinguir-me pelas qualidades mecânicas de velocidade que teriam então formado parte integrante da imagem de Alfa Romeo na década seguinte. Em sua estreia desportiva em 1911 ele segurou a cabeça por 2 das 3 voltas do 6º Targa Florio até que foi forçado a abandonar devido a um acidente que ocorreu com o motorista cego por um borrifo de lama.

Motore : 4 cilindri

Cilindrata : 4084 cc

Velocita’ : 115 km/h

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante  Brumm

Série Revival

Referencia nº 26

Material – zamac

Material da placa de base – metal

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - Itália

Anos de fabrico  a

 

 

 


publicado por dinis às 19:16
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 25 de Fevereiro de 2022

Afonso Costa 1952/2022

Afonso Costa 1952/2022

Mais um amigo que parte... sem esquecer as miniaturas.

afonso (1).jpg

A sua alegria e boa disposição era uma constante.

O 1º Encontro de Clássicos Além Corgo, realizado a 4 de Outubro de 2009

https://manueldinis.blogs.sapo.pt/30957.html

 

Até um dia.


publicado por dinis às 23:38
link do post | comentar | favorito

BMW Jagermeifter Spa 1973 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

BMW Jagermeifter Spa 1973 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

494ª – BMW 3.0 CSL Jagermeister Solido

24h Spa-Francorchamps 1973 BMW 3.0 CSL Alpina-Jägermeister de Hans-Peter Joisten e Brian Muir

Modelo real

A BMW e a Alpina, provaram que o pesado e grande 2800 CS era surpreendentemente digno de pista no cenário europeu de turismo, uma noção confirmada ainda mais pela vitória de Schnhitzer contra o reverenciado Ford Capri em 1971.

A essa altura, a BMW estava determinada a entrar em ação e lançou uma divisão especial de automobilismo com a única intenção de construir 1000 unidades leves para homologar o 3.0 CSL para o Grupo 2 do Campeonato Europeu de Carros de Turismo.

A versão de homologação final do 3.3, tinha um motor de seis cilindros de 3295 cc que proporcionava cerca de 360 cv a 7.800 rpm, ganhou o apelido de "Batmobile" pelo especto muito desportivo, o 3.0 CSL tinha de serie um imponente spoiler á frente e um aileron traseiro, um pacote aerodinâmico, somente instalado nos modelos de exposição e que nem sequer chegou a ser instalado por ser ilegal nas estradas alemãs e "esquecidamente " deixado no porta-malas quando foi entregue aos clientes.

Em 1973 o BMW patrocinado pela Jägermeiste e preparado na Alpina, ​​proporcionou a Niki Lauda Lauda e Hans-Peter Joisten durante as 24 horas em Nürburgring a 8.7.1973 o terceiro no Grande Prêmio de Carros de Turismo.

Mas nas 24 horas de Spa o BMW Jägermeister foi completamente destruído em 21 de Julho de 1973, quando Hans-Peter Joisten sofreu um acidente fatal durante a 7ª hora de corrida, por volta das 23h00 da noite de sábado.

Hans-Peter Joisten era uma figura bem conhecida no automobilismo alemão e na época era considerado um dos pilotos de carros de turismo mais promissores.

IMG_20220225_194659.jpg

IMG_20220225_194739.jpg

IMG_20220225_194906.jpg

IMG_20220225_194921.jpg

Modificação na miniatura

Miniatura

Abres as portas.

Os bancos são rebatíveis.

Interior detalhado com arco de segurança.

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série

Referencia nº 75 – 6/78

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - França

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 22:24
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 24 de Fevereiro de 2022

Porsche 935 "Martini" 1976 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Porsche 935 "Martini" 1976 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

493ª – Porsche 935 Luso Toys

Porsche 935 Martini 6 Horas de Mugello Jochen Mass /Jacky Ickx vencedores

O modelo do Luso Toys foi apresentado no Jornal Motor na Rubrica Escala Reduzida por Rui Faria a 15 de Julho de 1978, onde acolhia com grande entusiasmo a marca Portuense Luso Toys e nos relembrava os kits proibitivos feitos por fabricantes ditos “artesanais” como M. Conti, FDS e especialmente as marcas vendidas pela Boutique Auto-Moto de Paris os BAM,X, etc e pela Minichamps com preços muito perto dos 1000$00 por unidade o que torna proibitivo para a maioria dos miniaturistas.

Modelo real

As novidades da Porsche para 1976 foram o 936 e o 935

O Porsche 935 foi um carro de corrida desenvolvido como a versão de corrida de fábrica do 911 (930) Turbo quando as corridas de resistência se dividiram em dois campeonatos o Campeonato Mundial da FIA para carros de produção especiais do Grupo 5 conhecidos por Silhueta e o Campeonato Mundial de Carros Desportivos para protótipos do Grupo 6 até 3,0 L

Ao analisar os regulamentos de carroceria do Grupo 5 até o limite, quando Norbert Singer, descobriu uma brecha em relação às modificações dos para-lamas para remover os faróis para reduzir o arrasto e criar mais downforce, para o qual as entradas de ar contribuem. As duas grandes extensões de arco de roda foram necessárias para cobrir as enormes jantes BBS.

O motor do 935 era uma versão de 418 kW (568 PS; 561 hp) (a 7.900 rpm) do 3.0 L flat-six regular, com 60 mkp (438lb-ft, 588Nm) de torque a 5.400 rpm. Boost foi entre 1,35 e 1,55 e consumo de combustível foi de 52 litros por 100 km. A capacidade foi reduzida para 2,85 L e, com o fator de penalidade de carga do turbo de 1,4, ele se encaixava na classe de 4,0 L, que tinha um peso mínimo prescrito de apenas 970 kg (2.140 lb).

O protótipo Carrera RSR pesava menos de 800 kg e vazio 900 kg e a distribuição de peso podia ser equilibrada com mais 70 kg. Os testes em Paul Ricard mostraram uma velocidade máxima de 295 km/h.

A Porsche para a primeira prova do campeonato em Mugelo levou os novos 935 (chassis 002) e o carro de teste original (001) como reserva.

Os Porsche 935 Martini e o da Kremer dominaram a corrida, desde o início, e na décima volta, Jochen Mass /Jacky Ickx,já tinham uma vantagem de 15 segundos sobre o BMW 3,5 CSL Hermetite. O BMW Schnitzer de Quester / Krebs / Redman parecia ser segundo até perder a pressão do óleo nos minutos finais, o que permitiu ao Kremer 935 de Wollek / Heyer recuperar o segundo lugar com um Porsche Kremer 935 construído à pressa. O terceiro lugar foi para o vencedor da classe GT Egon Evertz e Leo Kinnunen em Porsche 934. Reinhold Jöst /Jürgen Barth /Wilhelm Bartels Porsche Carrera RSR foi 4º

Modificação na miniatura

Depois de pintadas as listas foram colocadas as decalcomanias.

IMG_20220224_141427.jpg

IMG_20220224_140740.jpg

IMG_20220224_140807.jpg

IMG_20220224_140933.jpg

IMG_20220224_140817.jpg

Miniatura

Porsche 935 com que Icck/Mass venceram as 6 Horas de Mugelo em a 21.Março de 1976, na única prova que esta versão representa com as extensões dos guarda-lamas cobrir as jantes BBS e a frente plana sem os faróis.

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Luso Toys

Série Expor Metal Kit

Referencia nº K 8

Material – zamac

Material da placa de base – metal

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão.

País - Portugal

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 19:01
link do post | comentar | favorito (1)
Quarta-feira, 23 de Fevereiro de 2022

Fiat 500 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Fiat 500 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

492ª – Fiat 500 1936 Prima Série Brumm

Brumm - Fiat - 500a Topolino Teto Metálico 1936

 Modelo real

O Fiat 500 foi desenvolvido pelo engenheiro italiano Dante Giacosa com o intuito de tornar os automóveis acessíveis ao maior número possível de pessoas, ficou conhecido por Topolino (ratinho, em italiano) era, como o próprio nome sugere, era um dos mais pequenos carros do mundo na época de sua produção,

Somente com dois assentos, uma distância entre eixos de 6½ pés estava equipado com um motor de quatro cilindros de apenas 569 cc de quatro cilindros, válvula lateral, refrigerado a água montado na frente do eixo dianteiro e 13 cv de potência, cuja velocidade máxima não ultrapassava os 85 km/h., e poderia atingir um consumo de combustível de cerca de 6 litros por 100 km de gasolina.

Foi produzido na antiga fábrica da Fiat de Lingotto, inaugurada em 1923, a fábrica da Fiat ainda hoje é admirada por sua modernidade e seu elegante desenvolvimento vertical. Na época, a solução de construir uma pista de testes na cobertura ganhou a admiração do arquiteto Le Corbusier. Mesmo antes de ser concluído, o edifício projetado como local de trabalho tornou-se o símbolo da florescente indústria italiana.

Semelhante, mas em ponto mais pequeno que o Fiat 1500 dessa época, em que foi um dos primeiros carros testados em túnel de vento, seguindo o Chrysler Airflow produzido um ano antes. O estilo aerodinâmico alcançou uma eficiência aerodinâmica inigualável antes em um carro de turismo

A forma do carro e a frente permitia um perfil aerodinâmico e uma visibilidade dianteira excepcional, proporcionada pelo radiador instalado na parte de trás do motor, ou a suspensão traseira de molas elípticas.

O preço do carro era inicialmente de 5.000 liras, mas o preço de lançamento foi de 9.750 liras o que mesmo assim permitiu que famílias que nem imaginavam ter um carro o pudessem comprar.

IMG_20220223_143445.jpg

IMG_20220223_144223.jpg

IMG_20220223_144625.jpg

Miniatura

Os bancos são rebatíveis.

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Brumm

Série Revival

Referencia nº 22

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País – Itália

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 17:51
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 22 de Fevereiro de 2022

Citroen Traction 15 six 1944 FFI - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Citroen Traction 15 six 1944 FFI - Um olhar sobre as minhas miniaturas

491ª – Citroen 15 Six 1939 Solido

Citroen Traction 15 six 1944 FFI

O Citroen conhecido em Portugal por Citroen Arrastadeira

Modelo real

O Citroen Traction Avant 1944 da FFI das Forces Françaises de l'interieur, um grupo de resistência francesa no final da guerra

As FFI Forces Françaises de l'Intérieur é a designação dos membros da Resistência francesa na fase final da Segunda Guerra Mundial.

A Resistência Francesa começou com várias organizações locais e construídas a volta de outras organizações  existentes, como sindicatos, comunidades de imigrantes ou grupos católicos.

O movimento francês livre de Charles de Gualle, com sede em Londres, trabalhou para trazer os grupos da Resistência para o seu próprio controle, chamando-os de Forces Françaises de l’Intérieur.

A marcação “FFI” foi pintada à pressa principalmente nos veículos pretos da “Préfecture de Police” que desempenhou um papel central em grande parte nos combates na capital francesa.

O 7, 11, 15 e 22cv é acima de tudo um mito, uma lenda, é carro da polícia, de bandidos, da Gestapo mas também da resistência.

IMG_20220222_134829.jpg

IMG_20220222_134852.jpg

IMG_20220222_134921.jpg

IMG_20220222_135116_1.jpg

Miniatura

Abres o capô para ver o motor.

Interior detalhado

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante  Solido

Série Age d´or

Referencia nº 32-11/74

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - França

Anos de fabrico  a

 

 

 

 


publicado por dinis às 19:17
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 21 de Fevereiro de 2022

Porsche 936/77 vencedor em Le Mans em 1977 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Porsche 936/77 vencedor em Le Mans em 1977 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

 490ª – Porsche 936 Le Mans 1977 Solido

Prenda de Natal 1980, com uma curiosidade, a referência é o nº 86-4/79 enquanto o Alpine Renault era a seguinte 87-4/79.

Modelo real

Porsche 936/77  o vencedor de Le Mans 1977, com de Jurgen Barth, Hurley Haywood e Jacky Ickx

Para 1977 a Porsche não vende os dois 936, para que as equipes privadas utilizassem o 935 e 908 atualizados

O modelo de 1977 era muito mais elegante, todas as partes da carroceria do 936/77  eram novas em comparação com o 936/76, o que era difícil detectar

O motor agora apresentava dois turbocompressores, um novo intercooler e um pouco mais de potência (oficialmente 397 kW). O peso estava na região de 750 kg/1650 lb. Os tamanhos das rodas eram 10,5×15″ na frente e 15×15″ na traseira rodas de quinze polegadas de largura!

 Para a prova, a Porsche inscreveu Jacky Ickx nos dois carros simultaneamente, com Ickx/Pescarolo e Barth/Haywood.

Na partida lançada Jabouille adianta-se seguido pelo Porsche 935 de Stommelen e Ickx no 936 e desistência de Pironi com um principio de incendio no Alpine Renault.

No final da terceira hora o Porsche 936 com Henri Pescarolo ao volante, mostra fumo, uma biela tinha partido e a dupla estava fora da prova, com os três Renault na frente, seguidos dos dois Mirage.

O Porsche com Ickx mantem uma margem de segurança sobre o Renault, até Depailler sob ordens de Gérard Larrousse, tenta a aproximação mas em Indianápolis, mas o motor do Alpine A442 partiu, era a derrota da Renault, com 4 carros fora de prova, e a Porsche com uma vantagem de 19 voltas sobre o Mirage de Schuppan/Jarier.

Na última hora Hurley Hawyood entra nas boxes, com fumo suspeito a sair dos escapes do Porsche e os mecânicos a descobrirem um pistão furado, optando pela sua neutralização.

Como não era possível correr a última hora com o motor a trabalhar em cinco cilindros e sem turbo, o Porsche 936 ficou nas boxes 40 minutos até que Jürgen Barth arranca com ele, na esperança de fazer as duas ultimas voltas a um ritmo suficiente para ser desclassificado, apesar do fumo suspeito que continuava a sair dos escapes do Porsche até que o 936-001 passa na meta as 15h e 57m Barth dá nova volta e passa a meta como vencedor.

No final, 11 voltas ainda de avanço sobre o Mirage de Schuppan/Jarier com motor Renault, 27 voltas sobre Ballot-Lena/Gregg, vencedores no Grupo 5, seguido do Inaltera de Rondeau/Ragnotti, vencedor dos GTP, e o De Cadenet de Craft/De Cadenet

O Porsche 936/77 encontra-se no Museu Porsche

IMG_20220221_152207.jpg

IMG_20220221_152524.jpg

IMG_20220221_152602.jpg

IMG_20220221_152735.jpg

Miniatura

O espelho do lado direito está meio partido e cai entre o pneu, procuro na relva, encontro-o e colo-o e volto a fotografar.  

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série Sport et competition

Referencia nº 86

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País – França

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 21:21
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2022

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9


28

29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Fiat 519S 1823 - Um olhar...

. Porsche 935 Giannone - Um...

. Rolls Royce Phanton III c...

. McLaren M26 - Um olhar so...

. Bugatti Atalante 1939 - U...

. 152º Encontro de Clássico...

. Lola T 70 P 101 BRM MK 3 ...

. Blitzen Benz o Benz de re...

. Brabham Alfa Romeo BT 46 ...

. BMW 2002 TI Alpina Gr2 Ma...

. 51ª Edição Circuito Inter...

. Ferrari 275P Le Mans  #20...

. Porsche 917/10 Can Am Bru...

. Alfa Romeo T 33/TT/12 Red...

.  Renault 18 - Um olhar so...

. 152º Encontro de Clássico...

. Nash Healey Le Mans 1950 ...

. BMW 320i Jagermeister - U...

. Fiat S 61Corsa 1908  - Um...

. Mini Cooper Grupo 5 - Um ...

. Lotus 78 Formula 1 John P...

. Lancia Stratos HF de velo...

. Porsche Aurora RSR - Um o...

. 152º Encontro de Clássico...

. Toyota Celica Rally - Um ...

. Alpine Renault A 442 V6  ...

. Talbot Tagora - Um olhar ...

. Wolf F1  - Um olhar sobre...

. Fiat 12 HP 1902 - Um olha...

. Porsche Carrera RSR Robet...

. 152º Encontro de Clássico...

. BMW 320 Grupo 5 - Um olha...

. Benz HP 200 Corsa Blitzen...

. BMW 2.8 CS Alpina - Um ol...

. Austin Healey LM 1953 - U...

. Porsche 917/10 Can Am - U...

. Lamborghini Countach - Um...

. Porsche 935 com faróis Va...

. 151º Encontro de Clássico...

. Miguel Oliveira Fim de se...

. Talbot T 23 1937  - Um ol...

. Drive-it day 2022

. Ford Mustang - Um olhar s...

. Citroen DS curto - Um olh...

. As equipas começam a apre...

. Duesenberg Modelo SJ - Um...

. Porsche 917 10 Can Am - U...

. Lola T 280 Jo Bonnier 197...

. 51º Circuito Internaciona...

. Porsche 930T "Meccarillos...

.arquivos

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs
RSS
Em destaque no SAPO Blogs
pub