Quarta-feira, 30 de Junho de 2021

Hispano Suiza H6B 1926 Solido - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Hispano Suiza H6B 1926 Solido - Um olhar sobre as minhas miniaturas

253ª – Hispano Suiza H6B 1926 Solido

Hispano Suiza H6B 1926 torpedo semi decouvrable  

Modelos luxuosos fabricados em Espanha, França e Argentina

Modelo real

Na primeira edição do Salão do Automóvel de Barcelona, ​​1919, a Hispano Suiza lançou o H6, fabricado nas instalações parisienses da marca (Bois Colombes), o H6 deu origem ao H6B e ao H6C, para rivalizar com com a Rolls Royce, com versões feitas em Barcelona com os nomes T49 e T56. Assim, em 1924 teve início em Barcelona a fabricação do T49, uma versão simplificada e reduzida do H6, com motor de 6 cilindros e a mesma configuração, mas com cabeçote removível. O T48, com 4 cilindros e 48 CV, surgiu também em Barcelona em 1924.

Em 1925, Carlos Ballester obteve a permissão de representar a Hispano-Suiza na Argentina, num acordo consistia de uma fase em que o chassi era importado, seguido de uma produção completa na Argentina. A Hispano Argentina Fábrica de Automóviles (HAFDASA) foi então criada, para a produção de motores e automóveis da Hispano-Suiza e também a produção de peças para outros fabricantes de automóveis.

IMG_4209.JPG

IMG_4211.JPG

IMG_4213.JPG

IMG_4214.JPG

Miniatura

Motor e interior detalhado

Com suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série Série L ´Âge d´Or época de 1925 a 1935

Referencia nº 145 77 66 2º série

Material – zamac

Material da placa de base – pzamac

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - França

Anos de fabrico 1966 a

 


publicado por dinis às 22:10
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 29 de Junho de 2021

Volkswagen uma janela- Um olhar sobre as minhas miniaturas

Volkswagen uma janela- Um olhar sobre as minhas miniaturas

252ª – Volkswagen 1953 Ribeirinho

O S. Pedro no fundo da minha rua

Dia de S. Pedro em Vila Real nestes dois dias era só descer as escadas e já estava na festa, era na Rua Avelino Patena, e ao fundo, a Rua 31 de Janeiro até ao Calvário e para baixo os linhos e os panelos em direcção ao Excelcior..

Numa das voltas pela feira encontrei mais um VW Ribeirinho lembrei-me de que tirando a haste que dividia o (split window) o transformava no moderno oval e assim fiquei com o modelo de 1953.

 Modelo real

Era o ano de transição pelo que podemos encontrar modelos com o vidro tarseiro dividido em dois (split window) e o moderno oval e conhecido por “zwitter “Os Volkswagen de janela oval dividida foram produzidos de 1948 ao final de 1952. Os modelos de transição foram construídos de 1º de outubro de 1952 a 10 de março de 1953 eram modelos provisórios 'Zwitter' o hermafrodita, construídos com o antigo corpo de janela dividida e o novo painel do novo Oval - Carros com janela traseira oval.

Em 1953 o Volkswagen passou a ser o carro mais vendido em Portugal, ultrapassando as marcas tradicionais existindo ainda dois desses modelos dessa época.

Para promoção do modelo a Guerin distribuía uma brochura a cores em português mas impresso na Alemanha.

O oval foi produzido entre 1953 e 1957

Modificação na miniatura

A haste da divisória traseira foi retirada.

IMG_4421.JPG

IMG_4400.JPG

IMG_4415.JPG

IMG_4436.JPG

IMG_4438.JPG

Miniatura

Motor e interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Ribeirinho

Série

Referencia nº

Material – plástico,baquelite.

Material da placa de base – baquelite. plástico muito quebradiço.

A base encaixa à carroçaria

País – Portugal

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 16:26
link do post | comentar | favorito
Domingo, 27 de Junho de 2021

Lamborghini Urraco - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Lamborghini Urraco - Um olhar sobre as minhas miniaturas

251ª – Lamborghini Urraco Politoys

O modelo económico da antiga fábrica de tractores.

 Modelo real

O Lamborghini Urraco é um carro desportivo fabricado pela empresa italiana Lamborghini. Apresentado no salão de Turin em 1970, somente começou a ser produzido em 1973, ano em que cederam a sua fabrica de tractores à Fiat.

Desenhado pelos estilistas da Bertone e a técnica entregue a Paolo Stanzani, o Urraco foi um dos primeiros modelos de motor central transversal à frente do eixo traseiro. O Urraco foi projetado para ser mais acessível e uma alternativa aos contemporâneos Ferrari Dino e Maserati Merak.

Em França o “Seviçe de Mines” recusa-se a homologar o capot traseiro pelo que a Lamborghini teve de o alterar para o mercado francês.

Motor de 8 cilindros em V

As versões do Urraco foram o Urraco P200, o Urraco P250 e o Urraco P300 com motores V8 de 2 81994cc), 2,5 (2463cc) e 3(2996cc) litros, respectivamente.

 A produção terminou em 1979, 791 Urracos foram construídos, 21 eram Urraco P250s para o mercado americano, que para cumprir os regulamentos americanos, tinham os para-choques dianteiros e os controles de emissões maiores, o último resultava em menos potência.

A produção do modelo terminou em 1979.

IMG_4335.JPG

IMG_4337.JPG

IMG_4339.JPG

IMG_4341.JPG

Miniatura

Abre as portas, porta-malas e levanta o capô para ver o motor.

Motor e interior detalhado

Com suspensão.

As rodas têm pneus de borracha

As rodas são de plástico e rápidas.

Fabricante Politoys

Série M

Referencia nº 22

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - Itália

Anos de fabrico  a


publicado por dinis às 23:08
link do post | comentar | favorito

Alfa Romeo Montreal - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Alfa Romeo Montreal - Um olhar sobre as minhas miniaturas

250ª – Alfa Romeo Montreal Norev

Um dos poucos carros conceito dos anos 60 que viram realidade na produção.

 Modelo real

No Salão de Genebra de 1970 foi apresentado o Montreal. um coupé desportivo da Alfa Romeo.

A Alfa Romeo foi escolhida pelos organizadores da Exposição Mundial para apresentar um carro exclusivo do evento, mostrando o que de melhor em tecnologia de automóvel.

Orazio Satta Puliga e Giuseppe Busso para criar o carro utilizaram a estrutura do Giulia Sprint GT, de 1963, e o desenho ficou a cargo da Bertone, com o designer Marcello Gandini.

A Exposição Mundial de 1967 realizou-se na cidade canadiana de Montreal, estando inicialmente prevista para Moscovo, para comemorar os 50 anos da União Soviética, mas, em 1962 os soviéticos mudaram de ideias, emergindo de imediato a candidatura da cidade de Montreal,

A Expo 67 abriu a 28 de abril de 1967, com 90 pavilhões.

A parte principal do recinto era na ilha de Santa Helena e na Ilha de Notre Dame. Em 1975 a área da Ilha de Notre Dame foi reconstruída para acolher os Jogos Olímpicos de 1976

Um evento notável da Expo 67 foi o Festival Mundial do Entretenimento, com ópera, ballet e teatro, orquestras, grupos de jazz, grupos musicais pop canadianos e outros eventos culturais.

O Alfa Romeo foi uma grande atracção e fez grande sensação durante a Expo 67

Mais de 50 milhões de pessoas visitaram a exposição, estabelecendo o recorde de assistência de uma Exposição Mundial, que ainda não foi batido.

Os protótipos regressaram à fábrica e foram arrumados. No entanto, a repercussão foi tão grande que iniciaram-se os estudos para o lançamento de um modelo desportivo, e o modelo final foi apresentado no Salão de Genebra de 1970, agora com o nome oficial de Montreal.

 

Poucas mudanças houve entre os protótipos e modelo lançado. O motor V8 do Tipo 33 do Stradale foi mantido, mas as cilindradas aumentaram de 2 para 2,6L.

O Montreal era mais caro que os seus concorrentes, e as primeiras 672 unidades somente foram entregues em 1972. A crise energética do ano seguinte, determinou o fraco sucesso do carro, e somente 3.925 unidades saíram da fábrica de Arese entre 1972 e 1977.

IMG_4343.JPG

IMG_4345.JPG

IMG_4348.JPG

IMG_4350.JPG

Miniatura

Abre as portas.

Interior detalhado

Com suspensão.

As rodas são de plásticos iguais aos modelos desta época no fabricante.

Fabricante Norev

Série Jer Car metal

Referencia nº 816

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está cravada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País – França  

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 14:58
link do post | comentar | favorito
Sábado, 26 de Junho de 2021

Porsche Carrera 6 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Porsche Carrera 6 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

249ª – Porsche Carrera 6 Solido

Um dos carros de corrida associados a Vila Real é o Porsche Carrera 6 mas, o nº 31 era em Le Mans, um cauda longa e branco.

Modelo real

O neto de Ferdinand Porsche, Piëch aos 28 anos assumiu a responsabilidade pelo desenvolvimento dos carros de corrida da Porsche.

O projecto intensamente desenvolvido em túnel de vento, na procura de uma aerodinâmica ideal para o Carrera 6, permitiu-lhe alcançar um coeficiente de arrasto de 0,35.

Como era um Grupo 4 da FIA, o Carrera 6 foi equipado com rodas de 15 polegadas, o que fazia sentido para uma máquina que podia também andar na estrada.

A estreia deu-se nas 24 Horas de Daytona de 1966, onde foi 6º e venceu sua classe Sports 2000. o mesmo aconteceu nas 12 Horas de Sebring e nos 1000 km de Monza, Spa e Nürburgring.

No Targa Florio, o Carrera 6 de Willy Mairesse (B)/Herbert Müller (CH) venceu a geral, sendo 2º Guichet / Baghetti no Ferrari 206S Dino.

Nas 24 Horas de Le Mans, os Ford GT40 MkII movidos pelos poderosos V8 de 6982cc, atingiram a meta em 1, 2, e 3, mas os Porsche Carrera 6 cauda longa, chegaram a seguir. 4º com Jo Sifert/Colin Daves ao volante do nº30, Hans Herrmann foi 5º com o nº 31, 6º Udo Schuetz/Peter de Klerk no nº 32 e  o sétimo e 1º do Grupo S, Gunter Klass/ Rolf/Stommelen, todos eles movidos pelos flat-6 de 2.0 litros. Enquanto os Porsche Carrera 6 nº 33 de Peter Greg/Sten Axelsson abandonou e o de Robert Buchet Gerhard e o nº 34 teve um acidente.

IMG_4315.JPG

IMG_4318.JPG

IMG_4320.JPG

IMG_4321.JPG

Miniatura

A miniatura foi roduzida entre de Maio de 1967 a 1972, em várias cores e números de corrida 18, 31 e 37.

Portas em plástico "asa de gaivota". Suspensões. Espelhos retrovisores cromados. A primeira versão tem a caixa vermelha e pode ter o número de corrida 18 (com listras longas no teto e cauda) ou 31. A segunda série tem o número de corrida 37 e geralmente tem uma caixa de mostruário amarela e vermelha.

Para o mercado americano, semelhante à segunda série, mas com a caixa vermelha MARX e rodas ROLL-FREE. Todas as séries foram feitas nas cores: vermelho, prata, amarelo e verde-claro.

A Dalia Solido também produziu o modelo em Espanha.

Abre as portas.

Interior detalhado

Com suspensão.

As rodas têm pneus de borracha de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série 100

Referencia nº 151 5 1967

Material – zamac

Material da placa de base – zamac

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - França

Anos de fabrico 1967 a 1972

 


publicado por dinis às 23:54
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 25 de Junho de 2021

Peugeot 104 Zs Rallye - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Peugeot 104 Zs Rallye - Um olhar sobre as minhas miniaturas

248ª – Peugeot 104 ZS rallye Norev transformado

O Peugeot 104 começou a ser comercializado em 1972 e era uma das mais pequenas berlinas de quatro portas e construído sob licença por outras marcas como a Talbot e a Citroën.

Várias versões foram então propostas, mas são as desportivas, Zs as mais nervosas e também as mais procuradas.

Modelo real

Peugeot 104 ZS Kit Rallye

Gérard Allégret, chefe do departamento de corridas da Peugeot inscreve um cupê ZS preparado para Gr.2 com uma potência de 110cv para testar as suas capacidades na Ronde de la Giraglia, na Córsega, este 104 “Rally” vai dar as primeiras voltas com o finlandês Timo Mäkinen ao volante mas abandonoua

No Salão Automóvel de Genebra de 1976 a Peugeot  apresenta um  kit adaptável e homologado para estrada, inspirado no ZS com elementos específicos da carroceria, bem como jantes de liga leve largas, alargamentos do para-choque em plástico e um motor de 85 cavalos de potência.

O kit foi comercializado no Outono e era composto por duas partes: o kit do motor que inclui um colector de admissão específico, uma cabeça de cilindro com quatro entradas separadas, dois carburadores Solex 35 de cano duplo, uma árvore de cames e molas de válvula reforçadas. Depois de preparado, o 1124cc oferece 80cv (ou 85 dependendo da fonte) a 6200 rpm, permitindo atingir 165 km / h contra 156 do ZS normal. Os 400 m DA são percorridos em 18 segundos e os quilômetros DA em 34,4 segundos. A segunda parte é composta por um kit de carroceria, composto por um para-choque dianteiro com spoiler integrado, quatro para-lamas largos e um para-choque traseiro, todos em poliéster. Além dos componentes da carroceria, há aros Amil largos que permitem a instalação de pneus Goodyear "Eagle Touring" em 175/70 x13.

Um Peugeot 104 ZS kit "Rallye" encontra-se no Museu de l'Aventure Peugeot

Modificação na miniatura

A miniatura foi cortada ao meio  e alargada com barro plástico.

A pintura foi feita integralmente á mão.

IMG_20211011_135124.jpg

IMG_20211011_135138.jpg

IMG_20211011_135152.jpg

IMG_20211011_135252.jpg

Miniatura

Abres as portas.

Os bancos são rebatíveis.

Interior detalhado

Sem suspensão.

Fabricante  Norev

Série Metal Jet car

Referencia nº 826

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País -

Anos de fabrico  a

 

 

 

 


publicado por dinis às 19:16
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 24 de Junho de 2021

Hispano Suiza H6 Limousine de Ville 30HP 1919 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Hispano Suiza H6 Limousine de Ville 30HP 1919 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

247ª – Hispano Suiza H6 Limousine de Ville 30HP 1919 Eko

A escala de produção era pequena, temos de ter em mente que esta é uma máquina muito cara nos padrões da Rolls-Royce e outras.

Em 1919, a Hispano-Suiza adoptou o símbolo da cegonha, em homenagem ao Esquadrão das Cegonhas, comandado por Guynemer na Iº Grande Guerra.

A terceira versão do 30 Hp de 1919

1º versão Miniatura nº 229 Torpedo Tourer aberto

https://manueldinis.blogs.sapo.pt/2021/06/16/

2º versão Miniatura nº 229 Torpedo Tourer fechado

https://manueldinis.blogs.sapo.pt/hispano-suiza-1919-com-capota-fechado-1238219

 Modelo real

O Salão do Automóvel de Paris de 1919, proporcionou a Marc Birkigt o lançou o seu chassi mais prolífico para o Hispano Suiza.

A alta qualidade de trabalho e o luxo refinado, dotou o H6 dos melhores componentes disponíveis.

Os motores V12 fornecidos para aviões de combate durante a primeira guerra, mostrou que a Hispano Suiza estava bem preparada para equipar o seu chassis,

 O motor era feito de alumínio, com um único eixo de comando de válvulas no cabeçote e um virabrequim feito de uma única peça de aço. Inicialmente 135 bhp era possível usando um único carburador Solex.

Este chassi foi o primeiro a ser produzido fora da Espanha na nova fábrica da Hispano Suiza na França. Muitos dos carros foram equipados com algumas das melhores carrocerias e interiores franceses.

Hispano-Suiza H6 foi fabricado entre 1919 e 1922

IMG_4290.JPG

IMG_4293.JPG

IMG_4296.JPG

IMG_4298.JPG

Miniatura

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Eko

Série

Referencia nº 6008

Material – plástico

Material da placa de base – plástico

A base está colada à carroçaria

Apresentado em vitrine transparente em base plástica.

País - Espanha

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 23:19
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 23 de Junho de 2021

Alfa Romeo T33/2 cauda longa - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Alfa Romeo T33/2 cauda longa - Um olhar sobre as minhas miniaturas

246ª – Alfa Romeo T 33/2 cauda longa Norev

Inicialmente com uma cor invulgar, mas que com o passar do tempo está em dois tons.

Esta miniatura foi um presente enviado de França por uma francesa que por cá esteve a passar férias.

Modelo real

O desenvolvimento do Type 33 iniciou-se em 1967 por intermedio da Autodelta,

Em 1968, surgiu o modelo 33/2, e na primeira corrida uma vitória nas 24 Horas de Daytona na classe para protótipos até 2 litros, com Udo Schütz/Nino Vaccarella em 5º lugar na classificação geral, atras dos três Porsche 907 oficiais e um Mustang da Shelby Racing pilotado por Titus  e Bucknum.

Os outros Alfa Romeo foram 6º com Andretti / Bianchi e o de Casoni / Biscaldi / Zeccoli foi 7º

Nos testes pré Le Mans mostram a nova versão longtail e a seção elevada do telhado foi modificada para ser mais alta que a versão anterior.

A 6 a 7 de abril de 1968 no Teste em Le Mans uma nova a introdução de flaps no final da cauda.

Nos 1000 km de Nürburgring, estreou a primeira versão da 33/2 com motor de 2,5 litros, para Udo Schütz/Lucien Bianchi, que terminaram em 7º lugar.

E em Sarthe, na edição das 24 Horas de Le Mans excepcionalmente adiadas para o fim de Setembro, os três T33/2 inscritos chegaram em quarto, quinto e sexto, com Giunti/Galli formando a melhor dupla da Autodelta na ocasião.

Voltam a Le Mans em 1969, a 14 e 15 de Junho, onde os cauda longa do Team VDS são utilizados porGustave Gosselin/ Claude Bougoignie nº 38 e o nº36 para Teddy Pilette / Rob Slotemaker abandonam 8º hora e 5º hora respectivamente.

De seguida o  Racing Team VDS vem a Vila Real e agora com os nº 19 para Gustave Gosselin /Claude Bougoignie, e nº 18 Teddy Pilette /  Rob Slotemaker, utilizam a carroçaria normal.

Aqui os resultados também não são animadores, o Nº 19 tem um acidente e o 18 não se classifica.

Modificação na miniatura

Rodas Alfa Romeo da 3J

IMG_4281.JPG

IMG_4283 (1).JPG

IMG_4284.JPG

IMG_4287.JPG

Miniatura

Abre as portas, não no mesmo sentido, levanta o capô para ver o motor.

Motor e interior detalhado

Com suspensão.

As rodas são de plástico.

Fabricante Norev 

Série Jet-car

Referencia nº 815

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está cravada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - França

Anos de fabrico 1968 a

 


publicado por dinis às 23:15
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 22 de Junho de 2021

Fiat 124 Sport Coupé - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Fiat 124 Sport Coupé - Um olhar sobre as minhas miniaturas

245ª – Fiat 124 Sport Coupé Mercury

Uma placa à frente, diz: Rally Acropolis

 Modelo real

O Fiat124 de quatro portas, após ter derivado as versões Familiare e Spider, a Fiat acrescentou o Coupé, apresentado no Salão de Genebra de 1967. O Fiat 124 Sport Coupé era um coupé de duas portas e quatro lugares produzido pela Fiat em três gerações entre 1967 e 1975

A primeira série do 124 Sport Coupé foi produzida até 1969.

Desenhado pelo Fiat Style Center a provar que também são capazes de belas carroçarias especiais, foi produzido pela própria Fiat e mecânica do 124 Spider, um motor 90cv de 1438cc de eixo duplo, montado na plataforma do 124 normal, com distância entre eixos de 2,42m.

O motor ”Lampredi' de quatro cilindros de alumínio e ferro com cames duplo foi projetado pelo ex-engenheiro da Ferrari, Aurelio Lampredi.

O AC, ou primeira geração, apresentava um motor de 1.438 cc,

 A segunda geração ou BC aumentou para 1.608 cc ,

A terceira geração, ou CC, no início com o motor de 1.592 cc e depois o motor de 1.756 cc (alguns dos primeiros modelos CC saíram de fábrica com os restantes motores restantes de 1.608 cc).

O Fiat 124 Sport Coupé também foi construído sob licença na Espanha como SEAT 124 Sport.

IMG_4273.JPG

IMG_4274.JPG

IMG_4276.JPG

IMG_4279.JPG

Miniatura

Abre as portas.

Interior detalhado

Com suspensão.

As rodas têm pneus de borracha

Fabricante mercury

Série

Referencia nº 302

Material – zamac

Material da placa de base – zamac

A base está cravada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão.

País - Itália

Anos de fabrico  a

 

 

 

 


publicado por dinis às 23:37
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 21 de Junho de 2021

Lola T 280 de “Nicha” Cabral em Le Mans 1972 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

Lola T 280 de “Nicha” Cabral em Le Mans 1972 - Um olhar sobre as minhas miniaturas

244ª – Lola T 280 M.A.Cabral Solido

O Lola T280 n° 7 nas 24 horas de Le Mans 1972

Uma das mais famosas miniaturas do Lola é sem dúvida o n ° 7 de Le Mans em 1972 e representa o Lola T 280 e que Mário Araújo Cabral não chegou a conduzir em Le Mans. 

Um dos nossos melhores pilotos e, certamente, o mais conhecido a nível internacional na época era Mário de Araújo “Nicha” Cabral, um "bon vivant", em que as corridas eram para ele um divertimento...

Modelo real

Uma decoração inédita em estilo de um queijo, o patrocinador Switzerland, nome da organização dos produtores suíços de queijo, envolvia os Lola T 280 DFV da Ecurie Lola Switzerland. O número 7, chassis HU1, é para o Barão belga Hughes de Fierlandt, Mário Araújo Cabral e o nosso bem conhecido príncipe espanhol Jorge de Bagration.

O nº 7 partiria na 9ª posição, com um tempo de 3'54 "5 obtido na qualificação e 5 segundos mais rápido que o outro Lola o nº 8 de Jo Bonnier, Gerard Larrousse e Gijs van Lennep

Hughes de Fierlandt ainda esteve na liderança na primeira hora e no reabastecimento o volante é para Jorge de Bagration, que abandona à 7 hora.

Araújo Cabral como não conduzia à noite, vai para a roulotte descansar, onde é acordado por Bagration a contar-lhe o que passara com o acidente fatal do colega e chefe de equipa Jo Bonnier, na 16º hora.

Um mês depois, a equipa Bonnier vem a Vila Real mas, sem o apoio dos queijos suíços.  

IMG_4264.JPG

IMG_4266.JPG

IMG_4267.JPG

IMG_4269.JPG

Miniatura

Abre as portas.

Interior detalhado

Sem suspensão.

As rodas são de plástico de acordo com as originais.

Fabricante Solido

Série

Referencia nº 15

Material – zamac

Material da placa de base – plástico

A base está aparafusada à carroçaria

Apresentado em caixa de cartão com janela de visualização.

País - França

Anos de fabrico  a

 


publicado por dinis às 23:02
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Porsche Aurora Carrera 6 ...

. Austin London Taxi - Um o...

.  Austin Mini 1275 GT - Um...

. Rolls Royce Silver Shadow...

. Lotus Elan  - Um olhar so...

. Citroen Maserati - Um olh...

. Ligier JS2 - Um olhar sob...

. Osi Daf City- Um olhar so...

. Peugeot 404 - Um olhar so...

. Monteverdi 375l- Um olhar...

. Rally de Portugal Históri...

.  Lola T 290 Claude Swietl...

. Fiat 2300 S coupé Norev -...

. Rally de Portugal Históri...

. Alfa Romeo Giulia GTV 200...

. Rally de Portugal Históri...

. Lamborghini Marzal - Um o...

. Rally de Portugal Históri...

. Renault R17 Rali de Marro...

. Alfa Romeo T 33 TT 12 - U...

. Minissima Town car - Um o...

. 145º Encontro de Clássico...

. Icsunonove Dallara - Um o...

. 145º Encontro de Clássico...

. Lotus 47 John Miles - Um ...

. Fuchs Racing - Um olhar s...

. Stutz Bearcat 1931 - Um o...

. Jeep da Champion - Um olh...

. Datsun 260 Z - Um olhar s...

. Citroen GS Camargue Berto...

. Mercury Cougar - Um olhar...

. Rampa de Santa Luzia 2021...

. Ford Escort Mk2 - Um olha...

. Delage D8 120 Carrosserie...

. Mercedes Benz 250 coupé -...

. Rampa de Santa Luzia 2021...

. Rolls Royce Silver Ghost ...

. Porsche 917/10 Interserie...

. Morgan Sport Aperta - Um ...

. Rampa de Santa Luzia 2021...

. Opel Ascona Rallye - Um o...

. Rampa de Santa Luzia 2021...

. Riley MPH 1934 - Um olhar...

. Volvo 66 DL- Um olhar sob...

. Rampa de Santa Luzia 2021...

. Ferrari 512 S Spyder 1970...

. 144º Encontro de Clássico...

. Rolls wagen- Um olhar sob...

. Rampa de Santa Luzia 2021

. Stutz Roadster - Um olhar...

.arquivos

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs
RSS
Em destaque no SAPO Blogs
pub