Sábado, 21 de Dezembro de 2013

Lotus MK VI MG Aranhiço

Lotus MK VI MG "O Aranhiço" 

 

Um Automóvel Português com História, o qual terá tido duas carroçarias idealizado por Mário de Jesus para o chassis Lotus MK VI de Eduardo Nunes de Carvalho.

"A história de uma improvável descoberta começa num domingo de manhã ao receber um link para um leilão no eBay. O nosso sempre atento amigo João Vieira da Cunha alerta-nos para o facto de alguém em Portugal acreditar estar na posse de um Lotus MK VI, o primeiro carro feito em série por Colin Chapman e um dos apenas 110 fabricados sendo que muitos deles não chegaram aos nossos dias. O titulo do item era sugestivo “Lotus Mk VI - mistery car ? Barn find”. O proprietário confessava-se “not an Lotus expert” o que mais tarde se veio a revelar pouco verdadeiro como poderão comprovar os que o conhecem há anos. 
Logo a minha curiosidade e vontade de saber mais se coloca em campo e começo a perguntar a meia dúzia de contactos com largo conhecimento do automóvel em Portugal, se poderia ser verdade. Ao mesmo tempo tento entrar em contacto com o vendedor na esperança de saber mais. Domingo passou e algumas respostas começam a chegar mas poucos equacionavam que pudesse ser um verdadeiro 6 apontando o carro como sendo um mero MG que tinha corrido em Portugal na década de 50, sob o nome de Lotus-MG com fracos resultados.
Segunda-feira recebo a resposta do vendedor e com a mesma a confirmação de uma pequena desconfiança dado o nome que usa no eBay. Era de facto o conhecido Joaquim “Kikas” Bessa que estava a negociar o carro. A história era simples de contar, o carro chega-lhe às mãos, há uma tentativa de restauro por parte de um parente que na altura não identifica o carro como um Lotus e uma desistência do projecto fazendo o mesmo retornar às mãos de Kikas. Numa visita de um cliente, também ele um apaixonado por Lotus, surge a hipótese de esse amontoado de tubos ao canto da garagem ser de facto um Mk6. Com base nessa hipótese e sem nenhuma confirmação, Kikas decide arriscar num leilão do eBay.
Com base nestes dados e valendo-me da já vasta rede de contactos que o Club Lotus Portugal foi estabelecendo, entro em contacto com os grandes especialistas dos Lotus pré-Hethel que pouco a pouco vão desvendando detalhes que mais tarde me ajudariam no meu trabalho. Por esta altura já meio mundo Lotus estava de olho no carro, incluindo o historiador da marca que me diz ter recebido alguns pedidos de informação sobre aquele carro, administradores de Forums Lotus que tinham sido inundados com perguntas e os especialistas dos Registos Lotus que tinham sido alertados da possibilidade. Ora aqui entra em cena Charles Helps, register dos Mk6 que com o seu vastíssimo conhecimento me indica o que procurar e onde. As possibilidades era remotas, pouca coisa indicava que pudesse ser um Lotus 6 mas para quem como eu acredita que nem tudo é como lhe contam ou parece, tinha de ver com os meus próprios olhos.
Chegados à oficina do Kikas, a mesma simpatia e vasto conhecimento de sempre. Muitas histórias sobre a história do automóvel em portugal, muitos detalhes deliciosos de Lotus em Portugal e finalmente o desvendar do pequeno carrinho vermelho. Munidos de fotos e esquemas enviados de várias partes do mundo e de vários especialistas, as primeiras impressões não enganavam. Todos os tubos estão na posição correta, todos os detalhes que o tornam num carro de corrida estão lá e eu podia até esquecer as modificações bárbaras feitas durante os anos. A antepara foi fortemente modificada, mas os restantes painéis são muito próximos do original. Toda a secção traseira está muito próxima do original, e quanto ao nariz parece feito a partir de um Austin Healey Sprite. O chassis é muito sólido, sem ferrugem visível e todos os pontos de ancoragem são sólidos. Cada vez mais acreditávamos que poderia mesmo ser “the one”. 
Faltava o detalhe fundamental, o que separa o sonho da realidade, o número de chassis. Munidos de lixa atacamos a pequena peça metálica frontal e depois de alguns segundos ele ali estava! MK6 69! O sexagésimo nono Mk6 a sair dos barracões de Hornsey, Londres. Não havia muitas dúvidas, este era um Mk6 original, muito possivelmente o primeiro Lotus a entrar em Portugal no ano de 1955.
Mas porquê Lotus-MG? Há um artigo muito interessante que pode dar algumas pistas sobre o assunto embora nunca avente a possibilidade de ser um verdadeiro Lotus:


http://autohistoria.net/marcas/portuguesas_12.html  

Aqui se conta a história do preparador Mário de Jesus e dos seus trabalhos com base nos MG o que levava a entender que este carro poderia ser um chassis MG já que a mecânica era desta marca. O próprio registo original do carro, a matricula LD-12-06, pertencia a um MG do final da década de 40 o que pode desde logo indicar que o carro nunca foi registado ou conhecido como Lotus muito provavelmente por ser uma marca nova, sem representante em Portugal o que já na altura deveria dificultar o registo correcto. Ora se o carro tinha mecânica MG, porque não registá-lo como MG? Atenção que esta é uma interpretação pessoal pois não tenho dados que confirmem, mas poderá fazer algum sentido. E porque fazê-lo correr como Lotus-MG? Numa altura em que ainda haviam corridas com carros de fabrico nacional, teria sido esta uma tentativa de entrar nessa competição particular esquecendo de forma conveniente que o carro era de facto de fabrico totalmente inglês? Fica a dúvida...
Voltando ao nosso curioso 69, nessa noite tirei algumas fotografias que me ajudariam a clarificar qualquer dúvida existente junto dos especialistas. E após análise das mesmas, mais uma surpresa extremamente agradável sobre o carro. Não só era um potencial Mk6, como poderia ser um dos 3 únicos carros comissionados por Peter Gammon, ex-piloto official de Chapman!Segundo Charles Helps: 
 

”The interesting bit for me is the rear suspension:  the top A-frame and twin short radius rods were only used on three cars that I know about and two of them were Peter Gammon's.  The other car, built about the same time as yours, was chassis 71 - with a lightweight rear end which the Portuguese chassis doesn't have.  I need to do a bit more research on this but Joaquim's chassis may be another Gammon one.”

Em face de todos estes argumentos, o mundo Lotus verdadeiramente conhecedor entra em reboliço e os lances no leilão começam a tornar-se bem mais interessantes, quase exclusivamente vindos do estrangeiro. Coleccionadores ingleses e americanos tentam saber mais e tentam dissipar as ainda poucas dúvidas que restavam. Por esta altura estabeleciam-se alguns contactos com potenciais interessados nacionais que reagem com menor entusiasmo. Uma nota para referir que na altura optamos por não divulgar a história porque subsistiam dúvidas quanto ao historial do carro e tendo nós a intenção do rigor, seria imprudente revelar dados que poderiam não se confirmar. Por esta altura havia também a possibilidade do carro ser retirado do leilão o que nos daria mais tempo de divulgar a história a mais interessados, mas no final a decisão era do Kikas e ele decidiu levar o leilão até ao fim.
No final do leilão um coleccionador da Califórnia aguentou-se até ás 3 da manhã locais para apresentar o seu valor final, £15.211,11 (24,717.40 USD ou 17,978.24 EUR)! Nada mau para um aparente amontoado de tubos...
E assim parte mais uma relíquia da história automóvel do país, por esta altura estarão-se a ultimar os preparativos para a viagem e infelizmente e com muita pena do nosso clube, este pequeno carrinho vermelho sairá de Portugal onde esteve quase 60 anos sem que quase ninguém se apercebesse do seu real valor e da sua importância para a história da marca no país. Sai assim o mais antigo Lotus em existência em Portugal. Por minha parte foi um privilégio o ter identificado e ter passado algumas horas à sua volta. A emoção da descoberta da sua identidade será algo que guardarei com particular emoção.
Ao Kikas agradecemos ter confiado no clube para desvendar parte do historial do MK6 69".
Texto e imagens: Rui Coelho/ Lotus Clube Portugal
http://www.clublotusportugal.com/

publicado por dinis às 18:18
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 18 de Dezembro de 2013

Prova do Grupo Turismo

Prova do Grupo Turismo

No arranque, Manuel Fernandes, Jorge Petiz e António Conceição   

1915671_1304434291610_5769915_n.jpgNi Amorin e Jorge Petiz em animada luta

 


publicado por dinis às 17:53
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 17 de Dezembro de 2013

"Uma volta record com Gaspar"

Foi há 40 anos …

Carlos Gaspar é o piloto mais rápido em Vila Real , 178,171 Km/H, em  2.19,92, numa corrida em que foi o brilhantemente vencedor no T292 #HU 52 do Team Bip.

"Uma volta record com Gaspar"

foi o título da descrição da volta mais rápida pode ser lida no Jornal O Volante de 1973

““(…)Mesmo em cima da meta mudo da 4ª às 9200, para a 5º. Estas rotações são possíveis por se tratar de um motor de 1930. Com o 2l o limite máximo utilizável é de 8800rpm. Passa-se a recta e surge a curva larga para a direita, que é feita sem levantar o pé. Surge depois a curva do cruzamento de Chaves e a descida para Timpeira, também de gás a fundo.(…).

 

As cores do Team Bip, uma feliz evocação de Rodrigo Galego no seu Lola T 292 #HU 64, voltaram a Vila Real, em 2009, para vencer as duas corridas da Taça Cidade de Vila Real e fazer a Volta mais rápida em 2m05,089s.

 

http://manueldinis.blogs.sapo.pt/22736.html

http://manueldinis.blogs.sapo.pt/tag/2009+42%C2%BA+circuito+vila+real+t+gt+e+sp+80

 

 

Le Castelet 2013

Este belo bólide continua a mostrar as suas potencialidades como podemos ver nas imagens de Tom Zurstrassen, o actual proprietário do Lola T 292, publicadas na sua página.

https://www.facebook.com/tom.zurstrassen/photos


publicado por dinis às 23:54
link do post | comentar | favorito

Livro das corridas 28º Circuito de Vila Real e IX Circuito de Motos

Livro das corridas 28º Circuito de Vila Real e IX Circuito de Motos

16215675_8ZzGP.jpegNa edição do Livro das Corridas para o 28º Circuito de Vila Real e IX Circuito de Motos, podemos ver varia fotografias da minha colecção que por aí impressas.

 

 

 

 


publicado por dinis às 22:43
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 16 de Dezembro de 2013

Prova da Categoria Corrida 1937

Prova da Categoria Corrida 1937

Vile Real 1.jpegNo início da prova, Manoel de Oliveira 

vila real 2.jpeg

vila realvu.jpeg

vila real7_n.jpg

 

38726857_1461959467283081_5527932766072602624_n.jpg

 

Fotos 

Colecção Manuel Dinis 

Colecção Elísio Neves 

Domingos Campos


publicado por dinis às 19:53
link do post | comentar | favorito
Sábado, 14 de Dezembro de 2013

Jantar de Natal do Nama

Jantar de Natal do Nama

Hoje, 14 de Dezembro, lá estava o Fiat para anuncia o jantar de Natal do Nama.

No ambiente acolhedor do restaurante O Mateus, um excelente espaço de eventos, decorreu o jantar Natalício do Nama, numa sala muito agradável com muita cordialidade no atendimento. Foi o início de uma noite muita animada, com uma vasta ementa, de variedade e qualidade á nossa disposição. 

O jantar decorreu com a animação habitual do costume, com muitas piadas, histórias e gargalhadas à mistura e constituiu mais uma oportunidade de convívio entre todos aqueles que gostam de automóveis.

 

E como estávamos numa de memórias, um amigo da infância, recordou uma das nossas brincadeiras.

Um pequeno triciclo, era então a atracção da miudagem da aldeia, e o meu quintal era onde eu podia brincar. Mas, como pedalar custava, era nas descidas que eu mais gostava de andar e sempre que podia, era para lá que dava uma escapadela. A rampa mais utilizada foi a que fica entre a minha casa e a do António, e que segundo ele, me empurrou por várias vezes, para também poder dar umas voltinhas comigo e saborearmos aquele trigo com marmelada que a minha mãe nos dava. Como sabia bem…. aquele pão, depois  daquelas voltinhas  ….

 No final do jantar, acordes da viola e da guitarra ajudaram aos convivas a recordar e a entoar várias canções populares.

Exacto momento em que alguém dizia “Quando quiserem tirar uma foto com eles a sorrir digam-lhes: pensem em sexo. E  não é que resultou… vai-se saber porquê!....

 

Um agradável convívio, cheio de animação e boa disposição.


publicado por dinis às 23:41
link do post | comentar | favorito

Ferrari 166 MM Touring Barchetta 0056M Guilherme Guimarães, G Searamiug,

Ferrari 166 MM Touring Barchetta 0056M Guilherme Guimarães, G Searamiug,

A máquina, outrora azul metálica continua a sua aventura pelo mundo fora. 

O Ferrari 166 MM Touring Barchetta 0056M entregue em Agosto de 1950 a José Barbot foi pilotada por Guilherme Guimarães em 1951 no Circuito Internacional de Vila Real.

Foi vendido para Angola “ATCA”com o motor do 0200ED do Spyder Vignage 225S de D. Fernando de Mascarenhas continuou a sua carreira na Africa do Sul e nos anos 90 pertencia a Robert van Zyl.

 

Como nos conta
http://www.barchetta.cc/All.Ferraris/

MCIMG_24425_689_455.jpg.jpg2007 - Robert van Zyl, ZA

MCIMG_24426_634_455.jpg.jpg 

Ferrari-166-MM-Touring-Barchetta.jpg

 

Ferrari-166-MM-Touring-Barchetta (1).jpg

Ferrari-166-MM-Touring-Barchetta (2).jpg

Na prova Freddie March Memorial Trophy em 2011 durante o  Goodwood Revival como nos mostra Wouter Melissen , em:

http://www.ultimatecarpage.com/chassis/1727/Ferrari-166-MM-Touring-Barchetta-0056M.html

 


publicado por dinis às 20:05
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 13 de Dezembro de 2013

Prova do Grupo N Nacional

Prova do Grupo N Nacional  

 vila real 0219_n.jpgManuel Fernandes no BMW 325 i

 

 

 

 

 


publicado por dinis às 23:25
link do post | comentar | favorito

Hoje há festa na minha aldeia

Hoje há festa na minha aldeia

É festa por vários motivos

Todos os anos já la vão 27, que acordo com os estrondos dos foguetes a lembrar que é dia de Santa Luzia.

Mas, a parceira do lado, faz questão de me lembrar, nem que seja baixinho, para não despertar o sono, que foi neste dia que “juntamos os trapinhos”.   

Ora como devem calcular, é impossível não assinalar ou eu não me lembrar deste dia, que por sinal até é, um dia, que gosto particularmente, porque esta festa de Santa Luzia, traz-me sempre boas recordações principalmente da minha meninice.

Por isso neste dia os motivos são muitos para haver FESTA.

 

 

 

Placa existente interior ..

“Mandou fazer esta capela excepto paredes a Ex. ma Srª. D. Virgínia Teixeira Ferreira e Viana  em 1887”

 

A Capela de Nossa Senhora dos Remédios, actualmente mais conhecida por Capela de Santa Luzia, por ser aqui que se realiza a festa em sua honra. 

 

 

 

A Marilia e a mãe também por lá passaram... 

 

 

 

 

 


publicado por dinis às 19:20
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2013

1936 Circuito Internacional de Vila Real Categoria Sport

1936 Circuito Internacional de Vila Real Categoria Sport

 

Manoel de Oliveira, inicia-se no automobilismo em Abril de 1935, quando ao volanta de um Fiat Ballila participa na gincana no Palácio de Cristal, na Porto, prova essa, que ganhou.

Como viria para a quinta próxima de Vila Real, Veiga, e impulsionado pelo Irmão, Casimiro de Oliveira, adquire um BMW, para nas férias participar no Circuito de Vila Real.  

Inscreve-se na categoria Sport, e ao BMW 315, é-lhe atribuído nº 38.  Iniciada a prova, faz-se à pista agora asfaltada, naquela que foi a sua estreia em circuitos. Ainda foi primeiro, enquanto Manuel Carlos Agrelos de S. Mamede de Riba Tua efectua a volta mais rápida, abandonando pouco depois. No final, é segundo e o vencedor foi Adolfo Ferreirinha num Ford V 8-18.

  

Foto incluída no Livro de Carlos Guerra, Circuito de Vila Real 1931 1973


publicado por dinis às 23:41
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Vila Real nas revistas me...

. “NÃO GOSTO DE VILA REAL… ...

. Americancars Algarve 2019...

. Americancars Algarve 2019

. De Vila Real a Vila Real ...

. 119º Encontro de Clássico...

. Américo Nunes, 1972, Vila...

. FIA WEC 2019/2010

. Santos Peras 1941-2019

. The provisional calendar ...

. 24 Hours of Spa

. 10º Passeio 2 rodas cláss...

. 118º Encontro de Clássico...

. PAM Porto, Julho de 2019

. III Concentração Motards ...

. Open de Velocidade TCR Ib...

. Vila Real na imprensa...

. Campeonatos de Portugal d...

. Kia Picanto GT Cup Qualif...

. Kia Picanto GT Cup Qualif...

. Campeonato de Portugal de...

. Open de Velocidade TCR Ib...

. 118º Encontro de Clássico...

. Open de Velocidade TCR Ib...

. Kia Picanto GT Cup Free P...

. Vila Real Kia Picanto GT ...

. Campeonatos de Portugal d...

. Campeonato de Portugal de...

. Open de Portugal + TCR Ib...

. Emilio Romano 2º Classifi...

. Sessão de Autógrafos

. Quarta-feira, 1 de Julho ...

. Terça-feira, 1 de Julho d...

. Vila Real 2019 Kia Picant...

. Segunda-feira, 1 de Julho...

. Domingo, 30 de Junho 2019

. Gostavas de sentir a adre...

. Transmissão em directo da...

. Citroen Saxo não vai perc...

. Vila Real 2019 Campeonato...

. Inscritos VIla Real 2019 ...

. Parada Comemorativa

. Campeonato Nacional de Ve...

. Vila Real 2019 WTCR RACE ...

. José Rodrigues não vai es...

. Circuito de Spa-Francorch...

. S. Pedro e a Avenida Carv...

. Alfa Romeo 156 Spark Vila...

. Noite Negra na Avenida Ca...

. Maserati A6 GCS Bialbero ...

.arquivos

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs
RSS