Sábado, 12 de Janeiro de 2013

24º Circuito de Vila Real 1982

24º Circuito de Vila Real 1982

 

José Luís da Silva

Volkswagen Golf GTI

Novamente em Vila Real, José Luís inscreve-se na prova do grupo 1 acima de 13OOc.c com um carro novo “ex. trofeu GTI Alemão” adquirido à Muller Tuning e está acompanhado por:

Luís Paiva Andrade

Pedro Vilar

Guilherme Silva

João Vilar

Alcides Henriques Petiz da Silva 

e

João Manuel Faria Soares.

 

Nos treinos volta a melhorar os tempos dos anos anteriores (3. 17,64) (3 16,27) e faz 3. 15,89s onde é o melhor dos Golf presentes, antes de partir o motor.

Um tempo que o colocava entre BMW 528 i de Álvaro Parente e Mercedes Benz 450 SLC de Sande e Castro.

Como recorda José Luís...

 

“Nos treinos partiu a colaça, por terem metido o raport mais curto e eu ter levado o motor para além do limite”.

E assim terminou de uma maneira inglória a sua participação nesta edição do circuito.

 

Fotos incluídas na sua página pessoal de José Luís da Silva:

https://www.facebook.com/joseluis.silva.376


publicado por dinis às 23:45
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 9 de Janeiro de 2013

AutoSport no Circuito de Vila Real 1981

 AutoSport Nº 202 de 9 de Julho de 1981 / preço 20$00

 

Circuito de Vila Real

 

Um trabalho de seis páginas de Adalberto Ramos, Pedro Roriz e fotos de Photo Slick em trabalhos cativantes e informativos.


publicado por dinis às 22:04
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 8 de Janeiro de 2013

XXII Circuito de Vila Real 1980

XXII Circuito de Vila Real 1980 

Corrida de grupo 1, acima de 1300cc

José Luís da Silva

Volkswagen Golf GTI

  

José Luís inscreve-se pela segunda vez no Circuito de Vila Real em 1980 para a corrida de grupo 1, acima de 1300cc, com o Volkswagen Golf GTI.  

 Em conjunto com Hélder Valente e Celestino Marques formavam um trio muito competitivo, mas que na prova transmontana foi reduzido a um duo, devido ao atraso no envio da sua inscrição deste último.

Durante os treinos efectua o seu melhor tempo 3. 17,64, o que lhe proporciona um lugar na 7ª linha de partida ao lado de José Meireles em Toyota Célica 3 17,43.

A sua volta mais rápida foi a 13ª, em 3 14,76, à média de 128,003 Km.

No final da prova é 8º da geral e 2º da classe 3, antes de Jorge Tenreiro no Triumph Dolomite Sprint e depois de Hélder Valente no GTI.

José Luís com o VW efectuou as 13 voltas ao circuito em 42m 54,88s a uma média de 125,866 Km/h.

 

Foto incluída na página pessoal de José Luís da Silva:

https://www.facebook.com/joseluis.silva.376


publicado por dinis às 23:47
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 7 de Janeiro de 2013

Museu dos Bombeiros de Vila Real

Museu dos Bombeiros de Vila Real

 

 

Na minha volta habitual pela cidade, nesta tarde de nevoeiro passei pelo Quartel da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Salvação Pública e Cruz Branca reparei na transferência iniciada no dia 27 de Dezembro dos serviços operacionais e administrativos para o Novo Quartel nas Flores.

Parei, olhei e vi os prontos-socorros Ford de 1946 e o Cadillac 1930, quase como os vi há 46 anos quando se encontravam no então recém-inaugurado aquartelamento na Rua D. Margarida Chaves, vindos do antigo quartel da Rua Direita ou seja a Rua Dr. Roque da Silveira, onde eram conhecidos pelos “Bombeiros de Baixo”.

.

Desde muito novo que me habituei a ver nos veículos dos bombeiros uma forma de acudir às mais variadas situações de emergência, mas era durante as suas festas que tínhamos oportunidade de nos aproximar um pouco mais e ao mesmo tempo deliciar-nos com estas verdadeiras relíquias do passado.

A minha cabecinha imaginou logo ali um excelente local para o museu de automóveis vila-realenses e já com duas raridades recentemente restauradas. 

O 1º piso onde funcionou uma sala de cinema, um salão de baile e um bar, poderia ser aproveitado para recolher muito espólio que se encontra espalhado pelos coleccionadores da cidade , fazendo companhia às peças que por lá existem.

Espero e desejo que esta ideia possa contribuir, assim como outras, para ajudar a valorizar aquele espaço e seja uma mais-valia social patrimonial e cultural da nossa cidade.

 

(… mas isto sou só eu a pensar em voz alta …) 

 

 

 

 

 


publicado por dinis às 22:44
link do post | comentar | favorito
Domingo, 6 de Janeiro de 2013

40º Encontro de Clássicos Além Corgo 2013

 

40º Encontro de Clássicos Além Corgo 2013

 

Dia de Reis  

O dia de Reis celebra-se a 6 de Janeiro, porque se pensa que foi neste dia que os Reis Magos chegaram a Belém junto do Menino Jesus para o homenagearem, oferecendo, ouro como Rei, incenso como Deus, e mirra enquanto Homem.

Belchior seria o representante da raça branca, Gaspar a raça amarela e Baltazar representaria todos os da raça negra. Pode dizer-se que a adoração dos Reis Magos ao menino jesus simboliza a homenagem de todos os homens da terra ao Rei dos Reis

Neste dia era habitual a rapaziada cantar os reis de porta em porta, comer o bolo-rei, esperando que não lhe saísse a fava, pois mandava a tradição que o contemplado pagasse o bolo.

O bolo com a sua forma de coroa, representa os presentes oferecidos pelos Reis Magos ao Menino Jesus. A côdea (a parte exterior) simboliza o ouro; já as frutas secas e as cristalizadas representam a mirra; por fim, o incenso está representado no aroma do bolo.

E foi precisamente neste dia que este ano se fez o 40º Encontro de Clássicos, o 1º de 2013.

A manhã estava muito agradável e os três primeiros chegaram cedo e começaram por ler o jornal. Pouco depois mais alguns se juntaram para tomar o pequeno-almoço, uma vez que não havia Bolo-rei. Entretanto na carrinha do pai, surge o Francisco Marrão a recordar a outra carrinha, entretanto oferecida pelo seu pai a um comerciante, num estado lastimoso.

 

 

 

Peugeot 404 4XD 1981 Francisco Marrão 

 

 

 Ao meio dia iniciou-se o passeio pela cidade perante a curiosidade de alguns e  o incitamento de alguns amigos que por lá se encontravam.  

Na zona da estação

Entrada da ponte

 

Avenida Carvalho Araújo 

 

 

 

 

 

 


publicado por dinis às 22:16
link do post | comentar | favorito
Sábado, 5 de Janeiro de 2013

Victor Henry Elford " Quick Vic "

Victor Henry Elford " Quick Vic "

 

Victor Henry Elford, conhecido pelos seus amigos como " Quick Vic ", nasceu a 10 de Junho de 1935, em Peckham, nos arredores de Londres. Foi um dos pilotos mais rápidos e versáteis dos anos sessenta e setenta e elevado á categoria de herói Porsche.

O gosto pelos automóveis despontou quando o pai o levou a assistir ao primeiro GP de Inglaterra, no ano de 1949, tinha 13 anos, quando segundo se diz, teve esta saída: “era aquilo que queria fazer!”

Iniciou a actividade automobilista como co-piloto de David Seigle-Morris num Triumph TR3A. Mas foram as provas de pista e ao volante de um Mini que em 1961 o iniciaram no automobilismo. No ano seguinte passou para os ralis e utilizando um DKW Junior. Em 1964 passou a piloto oficial da Ford.

Na Porsche com David Stone, alcançou o titulo de Campeão de Europeu de Ralis GT em 1967,, depois das vitórias nos Ralis Stuttgart-Lyon-Charbonnières e Tulip, foi 3º  em Monte Carlo, 2º no Tour de Corse , com o Porsche 911 S (190ch – 980 kg).  

Na velocidade, conquistou o título de campeão britânico de velocidade na categoria 2 litros com um Porsche 911, e abandona com o 910 da equipa Porsche System Engineering nas  6 Horas de Brands Hatch  com Lucien Bianchi,  no Circuito de Mugello utiliza o Porsche 911 R também  do Porsche System e com  Gijs van Lennep ocupa o 3º lugar da geral e  é o 1º  nos protótipos até 2 litros.

Volta ao 910 para os 1000 Km de Nürburgring, com  Jochen Neerpasch onde é  terceiro, o mesmo resultado do Targa Florio.

O seu palmarés espalha-se na lendária e louca prova de estrada “Le Marathon de la Route”( prova de 84 horas realizada em Nürburgring) com Hans Herrmann e Jochen Neerpasch, num  911R Sportomatic. Entretanto experimenta os fórmulas e com um Protos 16 de F2 foi sétimo em Nürburgring e em Monza, com um Brabham BT23C, desistiu.

A vitória no mítico Rali de Monte Carlo de 1968 é obtida acompanhado por David Stone e uma semana depois, nas 24 Horas de Daytona com um Porsche 907 LH, vence, acompanhado por  Jochen Neerpasch/Jo Siffert/Rolf Stommelen/Hans Herrmann, naquela que foi a primeira vitória da Porsche numa corrida de 24 horas.  No Targa Florio é 1º com Umberto Magliol, segundo nas 12 Horas de Sebring, com o Porsche 907 e 3º  nas 6 horas Brands Hatch com Jochen Neerspasch . Não termina os 1000 Quilómetros de Spa nem as 6 horas de Watkins Glen.

1968 no GP de França foi quarto na sua primeira corrida de F1 apenas a sua terceira corrida em monolugares.

1969, não termina as 24 Horas de Daytona no Porsche 908 fechado, em Sebring é 7º em Porsche 908 /02 com Richard Attwood e nos 1000 Km de  Spa  Porsche 908/02  Kurt Ahrens é 3º. Abandona nos 1000 km de Nürburgring e é 2º nas  6 Horas Watkins Glen, uma prova de Sport e Can-am, com Richard Attwood .  Nas 6 Horas de Brands Hatch, foi segundo com Richard Attwood, o mesmo resultado no Targa Florio com Umberto Magliol. Estreou-se nas 500 Milhas de Daytona  uma prova da famosa NASCAR onde foi 11º, com um Dodge.

Em 1970, dispõe do novo 917 K, mas a juventude do modelo obriga  ao abandono em Daytona e Sebring. Volta às pistas do Mundial de Marcas depois do acidente no GP da Alemanha onde vence os 1000 km de Nürburgring, com Kurt Ahrens, Jr no Porsche 908/3, é segundo nos 1000 Km de Brands Hatch num Porsche 917 K do team Porsche Salzburg na companhia de Denny Hulme e com Kurt Ahrens, Jr e terceiro nos 1000 Km de Spa-Francorchamps num carro do mesmo team. Em Le Mans com Kurt Ahrens, abandona com o Porsche 917 LH depois de obterem o melhor tempo para a grelha de partida.  

Na Trans-Am onde obtém uma vitória espectacular à chuva em Watkins Glen, com um Chevrolet Camaro.

Volta a Nürburgring para vencer os 500 Km de prova a contar para o Europeu de Sport 2 litros, num Chevron B16.

Nos Estados Unidos alinha em várias provas de Can-Am onde é quarto em Watkins Glen, com um Porsche 917K, é sexto em Road Atlanta, ao volante do revolucionário Chaparral 2J da Chaparral Cars Inc (o primeiro carro a adoptar o efeito solo, ao colocarem dois ventiladores, accionados por um pequeno motor, para sugar todo ar debaixo do carro e colá-lo na pista.

Em 1971 Abandona em Daytona com Gijs van Lennep e é primeiro em Sebring no Porsche 917 K do Martini & Rossi Racing Team com Gérard Larrousse , volta abandonar nos 1000 Km Brands Hatch, Monza e SPA. Agora com o Porsche 908/03 do Martini Team abandona novamente no Targa Florio e é primeiro com Gérard Larrousse nos 1000Km de Nürburgring, uma prova a contar para o Mundial de Marcas.  Novo abandono em Le Mans com o Porsche 917 LH do  Martini International Racing Team e em Hockenheim no  Int.ADAC-Solitude-Rennen Stuttgart, Südwest-Pokale foi 3º com um Lola T 222 da Ecurie Bonnier. 

Agora com um Alfa Romeo T33/3 da Autodelta S.p.A. abandona nas 6 Horas de Watkins Glen e na Can-Am e em Watkins Glen com um McLaren M8E é 6º.

No GP Alemanha volta a conduzir um Formula 1 do Yardley B.R.M Team, um P160 e com o qual obteve o  11º.

Nas provas do  Canpeonato da Europa de Sport protótipos 2 litros participa com o Lola T 212da Ecurie Bonnier - Scuderia Filipinetti com em Paul Ricard é segundo, Salzburgring é 5º na1ª manga, e vence a segunda, Hockenheim 3º na 1ª manga e 2º na segunda. Nos 500 km de Nürburgring  é primeiro, (como curiosidade refira-se que  Vic Elford partilha com Rudolph Caracciola o recorde de seis vitórias absolutas no mítico Nürburgring-Nordschleife, juntamente com Rudolf Caracciolo  em 1920, John Surtees e Stirling Moss). Em Vallelunga 2º na 1º manga, e 3º na 2ªmanga, terminando em 2º o respectivo campeonato.

Na Trans-Am corre desta vez com um AMC-Javelin em Riverside e a contar para o Europeu de Sport 2 litros, com o Lola T212 da  Ecurie Bonnier - Scuderia Filipinetti, chega em segundo em Paul Ricard.

 Acompanhado por Max Kingsland participa no XVI Tour de France Automobile em que foi 4º com o Ferrari 365 GTB/4 da Scuderia Filipinetti.

A ligação á Porsche terminou e Elford transfere-se para a Alfa-Romeo (Autoelta Spa) para disputar o Mundial de Marcas de 1972 com o Alfa Romeo 33TT3 onde conquista o 3º lugar nas 6 Horas de Daytona com Helmut Marko  e não termina em Sebring, Targa Florio e Le Mans.

Nas 24 Horas de Le Mans de 1972, é acompanhado por Helmut Marko e quando pilotava o Alfa Romeo T33/TT/3, depara – se com o Ferrari que após o despiste se incendiou e vitimou Jo Bonnier.  Imediatamente pára para o socorrer, facto que foi registado pelas camaras de TV, acto pelo qual o presidente francês Georges Pompidou o tornou “Chevalier de l'Ordre National du Mérite” pela sua coragem e heroísmo. Elford desabafou mais tarde: "foi a primeira vez na minha carreira que estou feliz por partir a embraiagem”.

Em 1972, surge em Vila Real para delírio de todos os presentes, integrado na Ecurie Bonnier, com Mário Araújo Cabral e Claude Swietlik, o futuro vencedor da corrida.

A sua espectacular recuperação foi notória, pois poucas voltas demoraram para o Lola, com as cores da Ecurie Filipinetti chegar ao lugar cimeiro, após o abandono de José Maria Juncadella, até surgiram os problemas na refrigeração e consequente desistência.

No Europeu de Sport 2 litros é terceiro e segundo na 1 ª e 2ª manga em Enna-Pergusa e em  Nürburgring, nos 500 Km, volta a abandonar com o Lola T 290 acabando o campeonato em 18º.  No Europeu de Formula 2, participa ao volante de um Chevron B20 onde obtém o quarto lugar em Crystal Palace.

Vic Elford foi um dos pilotos contratados por Steve McQueen para conduzir os Porsche 917 e Ferrari 512 para fazer a alta velocidade, acção “close-up” para o filme "Le Mans"

No cinema, interveio como narrador director para o produtor Michael Keyser em "Os mercadores de velocidade".

Nas 24 Horas de Le Mans de 1973,pilota o Ferrari 365 GTB/4 da equipa Automobiles Charles Pozzi onde é acompanhado por Claude Ballot-Léna.  No final é 6º e 1º dos GT.

Desta vez com a sua própria equipa, a Ecurie Vic Elford volta a Vila Real com os novos March S73 BMW, mas, acaba por não terminar, orientando de seguida a prova de Mário Araújo Cabral, seu colega de equipa.

Em 2004, aquando do Vila Real Revival é um dos convidados de honra no qual se fez acompanhar pela sua esposa Anita Elford. Durante a sessão de autógrafos conviveu com os presentes, enquanto autografa os mais diversos objectos que lhe são apresentados.

Durante o Circuito de Vila Real Revival, com um Porsche 356, reviveu e ajudou a reviver os tempos áureos do circuito vila-realense.

 

Foto em:

https://www.facebook.com/Vic.Elford

http://www.vicelford.com/now.html

 

…e o livro em:

 

http://www.bullpublishing.com/shop/item.asp?itemid=76#FullDescription


publicado por dinis às 23:22
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9


22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Uma relíquia com o P de P...

. Aston Martin DB5 descapot...

. Azcona, Gene espera que a...

. Duesenberg Model J - Um o...

. Land Rover 109 - Um olhar...

. Ferrari 312 PB - Um olhar...

. Gabriele Tarquini pergunt...

. BMW Isetta - Um olhar sob...

. Fiat Abarth 2000 Pininfar...

. Jaguar Mark X  Sallon Cor...

. Morris Bull Nose 1923 Spo...

. O Azulinho de José Luis M...

. Iso Rivolta S 4 300 - Um ...

. Abarth 1000 bialbero - Um...

. Voisin 17 CV "Carene".- U...

. Seat 850 Sport - Um olhar...

. James Bond 007 Aston Mart...

. Mc Laren M8 A can Am - Um...

. Siata Coupé Fiat 1500  - ...

. Panhard & Levassor 6 Cil ...

. Ford Capri 2900 Injection...

. Alfa Romeo Carabo Bertone...

. Toyota de You Only Live T...

. Ferrari 512 M Sunoco - Um...

. Alfa Romeo Canguru - Um o...

. Chevrolet Corvette Pininf...

. Jaguar E - Um olhar sobre...

. Renault AG Town Car 1910 ...

. Isso Grifo 7 Litre - Um o...

. Panther Bertone  - Um olh...

. Ford Mustang Rally «Spa S...

. Alfa Romeo P 33 Pininfari...

. Circuito de Vila Real 195...

. Cadillac El Dorado1967 - ...

. O Showman continua. Tom C...

. Mercedes SS Torpedo Fecha...

. A ler a Topos & Clássicos...

. DB Panhard  - Um olhar so...

. Maserati Quatro Porte - U...

. Tiago Monteiro O WTCR est...

. Vauxhall Cresta - Um olha...

. Porsche 917-10 Can Am 197...

. Vila Real 2021 WTCR

. Bentley Continental Sport...

. Jaguar E V 12  - Um olhar...

. Alfa Romeo 33 Protótipo "...

. Maserati Indy - Um olhar ...

. Citroen B2 Táxi 1924 - Um...

. Dino 206 S  - Um olhar so...

. 6º Encontro Virtual de Cl...

.arquivos

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs
RSS
Em destaque no SAPO Blogs
pub