Domingo, 10 de Janeiro de 2010

Piloto de dragster, John Woolfe (1936 - 1969)

 

O camião Fiat que transportava a equipa de  John Woolfe Racing

As provas de Dragster surgiram nos Estados Unidos, durante a década de 40.

Com um poder aceleração de 0-100 km/h quase instantânea, chega à linha de chegada, a uma velocidade na ordem dos 530 km/h, aí o piloto tem que accionar o pára-quedas, já que o sistema de travagem não chega para parar a tal velocidade.

De aspecto estranho e curioso, o Dragster é um tipo de veículo leve, com motores extremamente potentes, especialmente projectados para provas de arranque em rectas com um quarto de milha.


Estas miniaturas eram fabricadas pela Corgi Toys e foi com elas que muitos de nós brincaram e muitas corridas certamente participamos.
 

Sem saber usamos a réplica do modelo de inglês pertencente a John Woolfe, conhecido piloto de automóveis e um dos participantes no Circuito Internacional de Vila Real.

 

Os dois Cobras

 

 Em 1967 adquire dois  AC Cobra, um para as provas de velocidade (volante à esquerda GTM 700F) e o outro para as corridas de dragster em Inglaterra (o primeiro aligeirado com volante à direita de 1965, chasis nº CSX 3167  matrícula GTM777P).

 

 Nas corridas vila-realenses o GTM 700F é uma das atracções principais e muitos ainda hoje recordam aquele "cantar" ensurdecedor, provocado pelo enorme V 8 daquele carro azul-escuro com listas amarelas, que rivalizava com o verde sabonete de Micael Grace d`Udy.
Sortes distintas, para o AC Cobra 428 a desistência, enquanto o esbelto Lola T 70 Mk 3 iniciou uma série de vitórias algumas dos quais com o mesmo piloto na capital transmontana.

 


Lola T 70 Mk 3

 

John Woolfe preferia os automóveis rápidos e potentes, com grande poder de aceleração. No ano seguinte adquire o Lola T70-Chevrolet ( SL 102) a Sidney Taylor e dirige-se imediatamente para o nosso Circuito Internacional.

Parte da segunda linha da grelha de partida ao lado de John Miles e classifica-se em 6º lugar, atrás de Miles e do português Carlos Gaspar.

 


A titulo experimental faz algumas provas com o novo Chevron B12 -Repco V8 ,equipado com  um motor BRM três litros e com ele foi 8º em Karlskoga 1968 e abandona em Le Mans.

 

 

Miniatura da JPS 24 horas de Le mans 1968

 

O novíssimo Porsche 917
Naquela que foi a sua última corrida, estreava o seu imponente Porsche 917, um monstro com mais de 500 HP, 800 Kg e de estabilidade um tanto ou quanto duvidosa. Inesperadamente tornou-se no primeiro piloto a quem foi entregue o novo modelo e que com ele participou nas 24 horas de Le Mans.

 

Mas infelizmente a aventura terminou tragicamente em La Sathe, naquele Sábado 14 de Junho de 1969, durante a primeira volta, na fatidica Maison Blanche...  

 


A sua equipa a John Woolfe Racing em Le Mans, numa das suas últimas fotos.


http://www.woolfe.com/

http://www.theaccelerationarchive.co...woolfe_01.html

 

 


publicado por dinis às 02:04
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 6 de Janeiro de 2010

Conde de Monte Real

 

 

 

Jorge de Monte Real - Conde de Monte Real – Jorge Abreu de Mello e Faro

Era um dos nomes pelo qual foi conhecido este extraordinário defensor do desporto automóvel e um grande vencedor nas rampas portugueses.

Apaixonado pelas motos converteu-se ao automobilismo em 1935, ano em foi campeão de rampas na categoria corrida, com um MG. Nesse mesmo ano adquire o Bugatti T 35 de Alfredo Marinho Júnior e com ele obtêm o 2º lugar no Circuito do Estoril, e na primeira corrida realizada na Madeira, a Rampa dos Barreiros foi o vencedor na categoria sport e segundo na categoria corrida.

 

Foto Revista ACP

 

 

Em 1936, participa com o Bugatti no Circuito Internacional de Vila Real onde é 5º e no único circuito de Santarém, foi o vencedor.

 

Fotos Primeiro Arranque Vasco Calisto

 

Foto Circuito de Vila Real Anos 30

 

 

Em 1937 foi novamente 5º em Vila Real e 3º no Estoril.

Este Bugatti T 35C vermelho e branco pertenceu a Alfredo Marinho Júnior e tinha a matrícula N-12252.

Depois da guerra é novamente Campeão Nacional de Rampas em 1951 e 1952 com um Ford Ardum um automóvel reconstruído nas oficinas Palma e Morgado.

Em 1951 termina em segundo lugar em Vila Real e no ano seguinte abandona.

 A primeira experiência internacional em rali surgiu em 1949, como co-piloto de António Herédia em Riley  e em 1951 inverte a posição e com  Manuel Palma, classifica-se em 2º da geral no Rallye de Monte Carlo. A máquina utilizada foi um Ford 100CV, nada mais que um carro de serviço da Palma & Morgado, cujo prémio não chegou sequer para cobrir as despesas de participação, quanto mais o conserto do carro. 

Terminou a sua actividade desportiva por volta de1956 e a última corrida foi na Granja do Marquês em 1968 numa prova para veteranos onde venceu. 

Ainda o vamos encontrar por Vila Real como comissário desportivo nos anos sessenta como comissário desportivo.

 

Foto inserida no livro das corridas de Vila Real 1952

 

Foto inserida no livro das corridas de Vila Real 1966

 

Em 1966 no livro das corridas de Vila Real a foto do livro de 1958 foi inserida novamente, com o seguinte comentário:

 

 

Conde Monte Real

 

 

“Este distinto volante honrou o Circuito de Vila Real com a sua presença pela primeira vez em 1936, disputando as provas de Sport e Corrida, obtendo um notável 2º lugar nesta última prova. (Faltou acrescentar antes de abandonar ou então 5º).

Voltou a participar neste famoso Circuito em 1937, conseguindo, porém, nos anos de 1949 e 1951, as suas mais brilhantes actuações, empolgando o denso público que o aplaudiu com vibrante entusiasmo.

Conde de Monte Real, deixou nesta Região bem assinalada a sua notável presença, caracterizada não só pela finura do seu trato como ainda pelas suas actuações, sendo, por isso, considerado umm ídolo que o povo transmontano jamais esquecerá.” 

 

 


publicado por dinis às 01:58
link do post | comentar | favorito
Sábado, 2 de Janeiro de 2010

Ferrari, exemplar único em Vila Real - 1951

 

Ferrari 166 MM 1949 166 Inter Spider Corsa, 008/0012 M em Portugal

008/0012M 49

166 SC, RHD

Motor 0010M

 

Roberto Vallone, campeão italiano na classe 1100 procurava para 1949 um carro vencedor. A escolha recai num Ferrari para ser carroçado em Spider Corsa. No intuito de alinhar simultaneamente em Sport e Formula 2, opta por guarda-lamas e faróis amovíveis e inclui a roda suplente na traseira, numa estratégia para melhorar a aerodinâmica e diminuir o peso. O chassis 12M foi entregue a Touring pela Ferrari, com o caderno de encargos segundo os desejos expressos pelo seu proprietário.

 

23 de Abril de 1949 Mille Miglia - Roberto Vallone/ Sergio Sighinolfi

 A estreia foi o  Targa Florio, acompanhado por Sergio Sighinolfi, mas teve de abandonar com problemas de transmissão. Um total de 17 participações com vitórias em Nápoles, Umbria, Dolomites e Fasano, satisfaz o seu proprietário que não o chegua a usar em F2 por ter entretanto adquirido o novo 125 de F 1.

Em 1950, participa em quatro provas, mas não obtêm nenhum primeiro lugar.

Com doze provas em 1951, o carro é pertença do representante da Ferrari Franco Cornachia proprietário da Scuderia Guastalla, que o traz a Portugal para os circuitos da Boavista e de Vila Real.

17 de Junho4º - GP Portugal -Emílio Romano#18

15 de Julho  2º -Circuito de Vila Real - Conde Monte Real#18

No ano de 1952 faz quatro provas até ter terminado a sua carreira desportiva em 1955, utilizando a mesma carroçaria.

Com um percurso desconhecido até aos anos 60, foi encontrado à venda na revista Road Track com diversas mutações, entre elas uma carroçaria lembrando um 500 Testa Rossa e um motor de um 250GTE. 

De mão em mão chega a Europa onde o seu proprietário actual o encontrou depois de o ter reconhecido. Confirmados os números de chassis e suspeitando no do motor. Iniciada a sua reconstrução, surgiram pedaços da antiga cor azul, (intrigando Antoine Prunet historiador da marca), como no chassis utilizado por Raymond Sommer em 1948.O V 12 de dois litros original foi guardado e conservado pelo autor desta transformação, talvez consciente do trabalho então realizado. Foi a confirmação de que o chassis foi renumerado antes de ser carroçado e vendido novamente. 

 

 

 Foto inserida no livro das corridas de Vila Real 1952

 

Um excelente trabalho da revista Auto Retro de Novembro de 2009, um numero para coleccionar.

 

 

Palmares desportivo

 

1949

Participa em 17 provas, as mais importantes

19 de Junho Grande Premio de Nápoles -1º.

29 de Junho Giro dell á Umbria - Roberto Vallone /Meloni-1º.

17 de Julho Coupé dês Dolomites - Vallone /Franco Meloni-1º.

21 de Agosto rampa de Fasano – Selva -1º.

1950

Abril Syracusa - Cherubini - 2º

10 de Junho grande Premio de Roma abandono

6 de Agosto volta á Calabre – 6º

13 de Agosto Coupe de Taras - 2º

1951

17 de Junho - Grande Prmio de Portugal - Emílio Romano 4º

15 de Julho - Vila Real -  Conde Monte Real 2º

7 de Outubro - Coupé de Nissena - Pucci -1º

1952

Volta  à Sicília - Romano/ Tornetta -5º

1955

Grand Prix Supercortemaggiore – Ottavio Guarduchi –abandono

 

 


publicado por dinis às 00:57
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 1 de Janeiro de 2010

2010


Bom ano 

Feliz 2010

Cada novo amigo que ganhamos no decorrer da vida aperfeiçoa-nos e enriquece-nos, não tanto pelo que nos dá, mas pelo que nos revela de nós mesmos.

Miguel Unamuno

 


publicado por dinis às 02:55
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10

15
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Caramulo Motorfestival 20...

. Parabéns Sir Stirling Mos...

. Parabéns Sir Stirling Mos...

. Caramulo Motorfestival 20...

. Caramulo Motorfestival 20...

. Caramulo Motorfestival 20...

. Caramulo Motorfestival 20...

. Caramulo Motorfestival 20...

. 120º Encontro de Clássico...

. Caramulo Motorfestival 20...

. Caramulo Motorfestival 20...

. Mário Gonçalves na sua pa...

. Caramulo Motorfestival 20...

. NSU de Sanz de Madrid em ...

. 120º Encontro de Clássico...

. 120º Encontro de Clássico...

. 60 Anos de Mini...

. Ferdinand Piëch 1937-2019

. Suzuka 10 Hours

. Das festas de Viana do Ca...

. Vila Real nas revistas me...

. “NÃO GOSTO DE VILA REAL… ...

. Americancars Algarve 2019...

. Americancars Algarve 2019

. De Vila Real a Vila Real ...

. 119º Encontro de Clássico...

. Américo Nunes, 1972, Vila...

. FIA WEC 2019/2010

. Santos Peras 1941-2019

. The provisional calendar ...

. 24 Hours of Spa

. 10º Passeio 2 rodas cláss...

. 118º Encontro de Clássico...

. PAM Porto, Julho de 2019

. III Concentração Motards ...

. Open de Velocidade TCR Ib...

. Vila Real na imprensa...

. Campeonatos de Portugal d...

. Kia Picanto GT Cup Qualif...

. Kia Picanto GT Cup Qualif...

. Campeonato de Portugal de...

. Open de Velocidade TCR Ib...

. 118º Encontro de Clássico...

. Open de Velocidade TCR Ib...

. Kia Picanto GT Cup Free P...

. Vila Real Kia Picanto GT ...

. Campeonatos de Portugal d...

. Campeonato de Portugal de...

. Open de Portugal + TCR Ib...

. Emilio Romano 2º Classifi...

.arquivos

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs
RSS