Domingo, 28 de Fevereiro de 2010

4º Rali de Trás-os-Montes - Carnaval 2010 - parte 2

E as máquinas continuavam a desfilar diante dos nossos olhos …

 

 

Luís  Vasconcelos/Etelvina Lamas MG B 1967

José Vieira Ferraz/Rosa Ferraz Triumph GT 6 1969

Bruno Teixeira/Vanda Cristina Alves Mercedes-Benz 280 CE 1974

Joaquim Pereira Sousa/Zaira Sousa Opel Rekord 1957

Carlos Inácio Santos/Mª Sequeira Santos Volvo 122S 1959

Acácio Freitas/M Odete Freitas Ford Taunus 17 M

Adão Andrade Barros/Lourdes Barros Mercedes Benz 220 Sedan 1971

Nuno Falcão Navarro/Filomena Navarro Volkswagem 1303S 1978

José Oliveira Leite/Cândida Nery Volvo 144 1969

António Saavedra Neto/Mª Vila Fernandes Ford Taunus 17 M

Maria Adelaide Canas/Maria Helena Miranda Rover 3500 CA 1971


Celso Carrilho/Rosa Alice Ferreira  Mercedes-Benz 250 SL 1972

 


publicado por dinis às 01:00
link do post | comentar | favorito

4º Rali de Trás-os-Montes - Carnaval 2010 - parte 1

 

 

Durante um curto espaço de tempo tive a oportunidade de ver as máquinas concorrentes ao Rali de Trás-os-Montes/Carnaval 2010, realizado de 13 a 16 de Fevereiro.

Na manhã de segunda-feira, desloquei-me a Vila Pouca de Aguiar para os observar ainda que de passagem durante a

3ª ETAPA Chaves / Boticas – 91 kms – 10h00 / 12h30
Chaves
N2
Vidago
Pedras Salgadas
Vila Pouca de Aguiar
N206
Santa Maria da Montanha
Portela de Santa Eulália
N312
Ribeira de Pena
Santo Aleixo de Alem Tâmega
Bragadas
Beça
N311
Boticas

 

 

A sua apresentação será pela sua ordem de passagem

Jorge Mendes Dias/Teresa Mendes Dias MGA 1956

Parcidio Summavielle  Soares/Ana Isabel Soares Chevrolet Special de Luxe 1947

José Faria Xavier/Marcus César Austin Healey Sprite 1958

Carlos Linhares Carvalho/Cristina Macedo Brito Citroen 11B 1958

João Pinho Amaral/ Manuela Amaral Peugeot 203 Berline Luxe 1957

 

 

Hilário Pinheiro/Vasco Leite Mercedes 190 SL 1964

O Vila-realense Mário Vital Melo/Carlos Dionísio Porsche 356 1964

Alfredo Dias Ferreira/José Fernandes Antunes Volkswagem 1/11limousine 1960

José Martins Oliveira/Rosa Oliveira Austin Mini 850 1962

João Castro Pires/Teresa Romãozinho Diogo Porsche 911T 1970

Sofia Mendes Dias/Diogo Paulino MG B 1970

António Soares Silva/Ana Amélia Sousa Volvo P 1800 1966

 

 


publicado por dinis às 00:46
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 26 de Fevereiro de 2010

5º Encontro de Clássicos Além Corgo

 

Clássicos Além Corgo

 

 

 

Mas que Inverno é que este ano nós temos?... Foi com este espírito que iniciei o dia, numa manhã um pouco mais agradável que as precedentes. A ameaça de chuva ainda não se tinha concretizado e um nevoeiro alto, impedia que os raios do Sol dessem mais um pouco de brilho ao 5º encontro de Clássicos Além Corgo realizado neste Domingo, dia 7 de Fevereiro.

 

Podemos verificar que os encontros estão a ter uma crescente adesão, com mais pessoas e carros novos em cada encontro, também apareceu por lá muita gente sem clássico,  para os admirar.

Encontramos por lá o Correia com o Fiat 500, o Paulo Costa no Vauxhall Viva e o Afonso Costa no Renault 5 GT Turbo.

Pela primeira vez, encontramos uma  Sachs EFS pertencente ao Vitor Almeida, o  Alberto Vaz e a sua filha com o Opel Olympia,  enquanto o piloto  Francisco Marrão a tilintar no Triumph Herald descapotável. Uma joaninha também esteve presente, ou seja o  Renault 4 CV de Ilídio Pinto,  BMW do José Matos e o  Seat 850 Especial de Eduardo Vaz . Nos carros da sua juventude compareceram orgulhosamente o   Valdemar Silva  no Fiat 127 preto, o  Júlio Pereira no Lancia HF Turbo,  Alberto Cruz  no Mini Clubman e o  José Santos no Austin 1275 GT . A terminar o  Alfredo Magalhães no Volkswagem carocha  e o  Toyota Starlet de Paulo Rodrigues.



 


publicado por dinis às 00:59
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 23 de Fevereiro de 2010

A elegância e imponência dos super desportivos em forma de gota - 4 – Delage

 

Delage D8-120 S Pourtout Aero Coupe 1937

 

 

 

 

Louis Delage teve um estilo de vida extravagante e exibicionista, ao qual corresponderam os carros fantásticos carros que produziu, mas também resultou na queda da companhia. Como muitos de seus contemporâneos, entrou em falência no meio da década de 1930 , acompanhando  a sociedade francesa. Na foto é um Delage D8 120 carroçado por Pourtout, técnico francês e construtor.

As linhas aerodinâmicas foram idealizadas por Georges Paulin, que também foi responsável pelo Bentley Embiricos e os Peugeots Darl'Mat. O exemplar apresentado foi ordenada pelo próprio Delage e concluída em sete meses. Após a guerra, foi ligeiramente alterada, mas com o recentemente restaurado voltou á sua condição original. O minucioso trabalho de restauro, foi galardoado com o prestigiado troféu Best in Show 2005 Pebble Beach, onde o centenário de Delage foi comemorado.

 

tags:

publicado por dinis às 00:27
link do post | comentar | favorito
Domingo, 21 de Fevereiro de 2010

A elegância e imponência dos super desportivos em forma de gota - 3 – Delahaye

 

Delahaye 135

 

 

Delahaye 135 Competition Court Coupe by Figoni & Falaschi 1936

 

Em Outubro de 1938, um sumptuoso roadster vermelho, reina na placa giratória da Delahaye durante o Salão do Automóvel de Paris .

Apesar do seu preço proibitivo encontra um comprador na Inglaterra, um dos filhos do romancista Conam Doyle (o criador de Sherlock Holmes).

Um segundo chassis e enviado para a   Figoni & Falaschi  e realizam uma carroçaria semelhante e foi terminado a 3 de Maio de 1939 co o numero de chassis 60744 e segue para os estados unidos para ser exposto na feira de Mundial de Nova Iorque. Mas não esta completo, o bloco não tem manivela, bielas,pistões ou distribuidor. O motor foi acabado mas nunca foi enviado para os Estados Unidos devido à Segunda Guerra Mundial. No fim da guerra foi adquirido por Roger Barlow e é equipado com um motor de um Cadillac e depois de uma grande historia encontra-se recuperado e com o motor de origem. É uma das maiores atracções dos concursos de elegância.

 

 

1939 Delahaye 165 Cabriolet by Figoni & Falaschi

O Delahaye pertence ao Peter Mullin Automotive Foundation. A Delahaye era uma marca de luxo francesa que desapareceu após a II Guerra Mundial.

 

 

1937 Delahaye 135 MS Figoni & Falaschi Cabriolet

 

 

1937 Delahaye 135 MS Figoni & Falaschi Roadster

 

1937 Delahaye Type 135 Figoni & Falashi

 

1938 Delahaye 135 MS Competition Cabriolet

 

Delahaye 135 MS "Narval", de 1948

 

1949 Delahaye 175 S Saoutchik Roadster

tags:

publicado por dinis às 02:33
link do post | comentar | favorito
Sábado, 20 de Fevereiro de 2010

A elegância e imponência dos super desportivos em forma de gota - 2 – Talbot Lago Teardrop

 


Joseph Figoni , o artista criador de automóveis franceses de alta costura


Nascido a 31 de Dezembro de 1894, em Itália, vem com os seus pais para Boulogne-sur-Seine junto de Paris.

Carpinteiro de carros hipomóveis começa a trabalhar por conta própria e realiza carroçarias por encomenda aplicando todo o seu saber a moldar chapa seja qual for o seu destino.

A oficina começa a encher-se de automóveis cujos clientes queriam um toque especial ou mesmo carroçarias novas.

O primeiro trabalho e exposto em 1926 e é o próprio Ettore Bugatti que lhe começa a encomendar as novas carroçarias. Eis alguns dos seus principais trabalhos.

 


 

Talbot-Lago  Teardrop

 

A Talbot-Lago T23  em azul
e o  Talbot-Lago T150 a direita.


Entre os fabricantes de carroçarias muito especiais, encontramos os franceses Giuseppe Figoni e Ovidio Falaschi e os maravilhosos contornos do Talbot Lago T150 SS de 1938.

Os primeiros sinais destas grandes e exuberantes carroçarias surgiram em 1936 numa obra de Figoni & Falaschi em que prevalece um notável design curvilíneo.

Atingiu o seu auge um ano mais tarde, quando o design de Figoni & Falaschi combinou  os seus desenhos com os últimos chassis Talbot Lago, para criar alguns dos carros mais sugestivos jamais  produzidos.

O Teardrop foi considerado o mais belo carro até então fabricado. É um exagero, mas ele está certamente entre os mais marcantes modelos desta época.

Mostrado ao público no Salão Automóvel de Paris 1937, imediatamente foi apelidado de "Goutte d'Eau", gota de água, mas em Inglês é Teardrop.

Há duas versões diferentes do Teardrop: o primeiro chamado 'Jeancart' - em homenagem ao seu primeiro proprietário - e o segundo "estilo Nova York", por ter sido mostrado nessa cidade em 1937. No total, apenas cinco carroçarias estilo Jeancart foram construídas e, posteriormente onze outras com o estilo Nova York, cada uma diferem em detalhes, pois todos foram construídos com pedidos muito específicos dos clientes.

Esta técnica personalizada atinge nesta altura o seu auge, mas o simples chassis monocoque assumiu após a guerra a primazia, deixando pouco espaço para pessoas como Figoni, poderem trabalhar. Alguns sobreviveram como designers independentes, mas muitos “carrossiers ", incluindo Figoni & Falashi foram obrigados a fechar seus negócios.

 

Talbot Lago T150 C Teardrop

 

 

1938 Talbot-Lago T-23 Teardrop Coupe

 

1938 Talbot Lago T23

 

1937 Talbot Lago Tear Drop

 

1938 Talbot-Lago T150 C SS Teardrop Coupe

 

1938 Talbot Lago T150 Teardrop

 

Figoni & Falaschi Talbot Lago T150C 'Jeancart Teardrop' 1938

 

Talbot Lago T150C SS Figoni & Falaschi Teardrop Coupe (90105)

 

Talbot Lago T150C SS Figoni & Falaschi Teardrop Coupe (90107)

 


 

1947 Talbot-Lago T26 Figoni et Falaschi 4-Seat Cabriolet


publicado por dinis às 23:58
link do post | comentar | favorito

A elegância e imponência dos super desportivos em forma de gota - 1 – Rolls-Royce

 

Primeiro, era necessário adquirir o motor, o chassis e os demais componentes mecânicos para depois escolher a oficina especializada na fabricação da carroçarias a executar. Descendentes directos da arte dos profissionais de carruagens, utilizavam suas técnicas na criação e construção de carroçarias praticamente artesanais, feitas especialmente para estes reduzidos e endinheirados tipos clientes.

 

Rolls-Royce Phantom 1 Jonckheere Coupé de 1925/1934

 

 

 

Originalmente o carro era um Rolls Royce Phantom de 1925, e como todos os Phantom foi entregue em chassis e recebeu uma carroçaria Hooper & Co cabriolet, ao gosto da sua primeira proprietária, a senhora Hugh Dillman de Detroit, mas em 1934 recebeu uma nova carroçaria agora construída por Jonckheere da Bélgica. Poucos anos depois, um incêndio destruiu todos os registos da empresa, por isso, é incerto que encomendou e quem desenhou a carroçaria do novo coupé.

O que resta, porém, é o resultado final de um dos desenhos mais extravagantes jamais colocado sobre quatro rodas. De guarda-lamas dianteiros enormes, portas ovais e terminando com uma barbatana em altura na parte de trás, encontramos no Coupe Jonckheere  seis longos metros de exuberância.

 


publicado por dinis às 18:56
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 19 de Fevereiro de 2010

Aerodinâmica em forma de gota - 10 – Volkswagem


KdF-Wagen Volkswagem

 

 

Motorizar a Alemanha era a ambição de Adolf Hitler, que esteve na origem do "carro do povo" Volkswagen, projectado pelo genial Ferdinad Porsche.

Ferdinand desenhou o protótipo VW em 1933 e foi apresentado ao Ministério Alemão dos Transportes, no dia 17 de Janeiro de 1934, englobado no seu “Estudo da Produção de um carro Alemão para o Povo” , tendo com base quatro grandes objectivos: espaço para toda a família, conforto, potência suficiente para subir montanhas e um chassis polivalente que se pudesse adoptar a diversas carroçarias.

O dia 22 de Junho de 1934, marca a história do automóvel quando a Associação do Reich Alemão para a Indústria Automóvel dá a ordem para construir o Volkswagen. Os protótipos são desenvolvidos e submetidos aos mais duros testes.

 

Para a apresentação do KdF-Wagen e lançamento da primeira pedra da fábrica de Wolfsburg, o governo alemão programou uma grande festa, com a presença de seu líder, em Maio de 1938. Na ocasião foram apresentados três modelos: um convencional, um cabriolet (conversível) e um com teto solar.

 

Muito interessante também foi a forma como os automóveis iriam ser vendidos: metade do seu valor deveria vir do preenchimento de um álbum de selos, comprados semanalmente.

Com um preço fixo de  990“reichsmarks”, o KdF-Wagen mostrava ser acessível a uma maioria dos alemães. Mas, a guerra frustrou todos os desejos e não foi possível conseguir entregar um único carro que fosse a um cliente privado, os 340 mil investidores no projecto perderam o seu dinheiro, embora houvesse varias tentativas para o reaver.

 

A partir de 1939, Ferdinand Porsche desenvolveu novas variantes do Volkswagen para o uso militar. Assim, mais de 60.000 unidades dos jipe Kübelwagen, do Schwimmwagen (anfíbio e do Kommandeurwagen (carro de comando), alguns dos quais com tracção integral, foram construídos durante a Segunda Guerra Mundial.

No do final do conflito, os britânicos recuperaram a fábrica de Wolfsburg onde o "Carocha" começou finalmente a ser produzido no Verão de 1945, até ao ano de 1974 para ser substituído pelo Golf. Depois de 30 anos e 11.916.519 carros produzidos, a Volkswagen em Wolfsburg pára com a produção, continuando na Europa em Emden em Bruxelas.

 

De uma forma espantosa ficou popular em todo o mundo e ficou conhecido em Portugal como "Carocha", no Brasil como "Fusca", na Alemanha como "Käfer" e nos Estados Unidos e na Inglaterra, como "Beetle” com Kafer. Foi também por isso que o Carocha estabeleceu recordes de longevidade e volume de vendas, foi fabricado até Julho de 2003 e foi produzido num total de 21.529.464 unidades, sendo de longe o carro mais produzido de todos os tempos.

O México pois, foi o último Pais no Mundo a fabricar o fusca .

Hans Ledwinka. comentava muito as suas ideias com Ferdinand Porsche que utilizou várias características dos desenhos do Tatra no projecto VW de 1938. Esta circunstância resulta particularmente evidente ao observar-mos o Tatra 97 de 1936 com motor traseiro de 4 cilindros refrigerado a ar e a sua carroçaria de formas arredondadas. A Tatra moveu imediatamente acções legais, porém o litígio só foi concluído em 1961, quando a Volkswagen foi condenada a pagar 30 milhões de marcos alemães por danos e prejuízos.

 

 


publicado por dinis às 01:13
link do post | comentar | favorito

Aerodinâmica em forma de gota - 9 – Adler Autobahn

Adler Autobahn 1937 – 1941

 

 

O Adler Sport Limousine é um sedan desportivo com pára-brisas inclinado, em forma hatchback, conhecido como " "Autobahn".  

Desenhado pelo famoso estilista Karl Jenschke, oriundo da Steyr, que entretanto começou a trabalhar para a Adler, parece muito semelhante com o Steyr 50, entretanto apelidado de o "bebê" , a sua anterior criação, transformou-se no seu irmão da estrada.


O Adler 2,5, era certamente original, combinava a forma tradicional com o conceito da gota de chuva, com um interior espaçoso e prático, podia transportar até seis pessoas na versão sedan. Muitas vezes faltou espaço para as pernas e cabeça, um pouco largo (1,74 m) e alto (1,65 m) o carro tinha um interior espaçoso, mas parecia um pouco desajeitado. Era económico e atingia uma velocidade máxima de cerca de 125 km / h e gastava apenas 12 litros de combustível por cada 100 km.  Tinha um coeficiente de 0,36, muito semelhante aos coupés dos anos 70 e um moderno 6 cilindros em linha, com cabeças de alumínio e pistões que produzia 58 cv a 3.800 rpm de 2494 cc.
A distância ao solo de 21 centímetros deu-lhe algum potencial off-road, e muitos foram utilizado pelo exército alemão durante a Segunda Guerra Mundial.

Infelizmente para Adler o carro não foi um sucesso comercial. Foi caro para a classe média para o qual estava previsto que não têm dinheiro para o comprar, devido à economia pré-guerra.

Entre 1937 e 1940, apenas 5.290 carros deste tipo foram vendidos, estava disponível como um sedan de 4 portas, cabriolet de 2 ou 4 lugares e como um Sport-coupe Limousine, dos quais o último foi mais poderosos e o menos produzido.

 

Um carro de tamanho médio, não era barato e a sua apresentação um pouco antes da guerra, limitou o sem futuro.
Pode parecer estranho agora, mas na época, era o carro mais avançado produzido na Alemanha de então.
Pouco lembrado, é um destino injusto para este notável automóvel, o último a ser desenvolvido pela  Adler.

 

A fábrica de automóveis Adler foi bombardeada durante a guerra e depois da guerra, a empresa abandonou a produção de automóveis e decidiu concentrar-se principalmente em máquinas de escrever e seus derivados.

 

tags:

publicado por dinis às 01:01
link do post | comentar | favorito

Aerodinâmica em forma de gota - 8 – Steyr

Steyr Type 50 "Baby"

 

 

Steyr Type 50, conhecido como "Steyr Baby", foi o "Carro do Povo" austríaco

.


Desenvolvido nas fábricas da Steyr, projectado por Karl Jenschke foi apresentado em 1934. A aparência era similar e subsequente á do"Volkswagen" (apesar dos rumores de que Porsche não esteve envolvido), baseado num conceito autónomo, com um motor boxer dianteiro de  4 cilindros, refrigerado a água, tracção traseira e um carroçaria com leves reminiscência do Chrysler Airflow. O carro oferecia quatro lugares e é menor que o Volkswagen. Os travões hidráulicos e um teto solar deslizante de metal foram notáveis para a época. Com uma velocidade máxima de 90 km / h, tinha uma alta velocidade de cruzeiro em relação a outros carros contemporâneos. Ao preço de 4500 xelim austríacos, no entanto, não era barato, embora cerca de 13.000 veículos fossem vendidos.

 

 

 O engenheiro austríaco Karl Jenschke, foi também autor  do Steyr Type 50 de 1935, um carro não muito diferente da Volkswagen do seu camarada austríaco Ferdinand Porsche. Tanto o esboço da carroçaria, como o chassis e motor eram diferentes de qualquer outro carro no mercado alemão na época.

 

 

tags:

publicado por dinis às 00:56
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. 99º Encontro de Clássicos...

. WTCR FIA World Touring Ca...

. WTCR Vila Real 2018

. 99º Encontro de Clássicos...

. Spa e Vila Real

. Parabéns Pedro Lamy

. FIA WTCR 2018

. Macau Grand Prix FIA GT ...

. João Barbosa venceu as 24...

. GP Comunidade Valenciana

. Highlands 501

. Chevron B 19 John Bamford...

. De corrida com matricula ...

. 98º Encontro de Clássicos...

. McLaren M8C #70-01- Vila ...

. 98º Encontro de Clássicos...

. Candy de Tomaso Pantera G...

. "...nos rastos do..." Mas...

. Miguel Oliveira volta a v...

. Campeonato Nacional Legen...

.arquivos

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.Estatísticas

genius stats



SAPO Blogs

.subscrever feeds